CONTRATAÇÃO DE PRIMEIRA CLASSE



Como se sabe, a presença de Felipe Espindola, um dos assessores de imprensa do São Paulo, durante as negociações para a contratação de Luis Fabiano, foi uma exigência (não um pedido) do próprio jogador.

LF queria a segurança de ter alguém de sua confiança nas conversas. E revelou seu desejo em contato com os assessores do clube.

Quando o presidente Juvenal Juvêncio foi informado da ideia, ou seja, do envolvimento de alguém que normalmente não participa desses processos, aprovou na hora. Especialmente porque Luis Fabiano ofereceu-se para bancar a viagem do assessor.

Quem se deu bem foi Felipe. LF não colocou a mão no bolso, usou uma passagem da cota a que tem direito por contrato com o Sevilla. Felipe viajou de primeira classe.

Além de tranquilizar o atacante (que em nenhum momento escondeu sua vontade de voltar ao Brasil, e apenas para o São Paulo), a participação de Felipe teve também uma conotação estratégica. Digamos que ele foi um “agente duplo”, no melhor dos sentidos. Ficou ao lado de LF, ao mesmo tempo aplicando uma “marcação por pressão”.

Luis Fabiano sempre soube das concessões financeiras que teria de fazer para retornar ao mercado brasileiro. Não se esquivou de fazê-las. Sua preferência pelo São Paulo foi evidente durante as conversas, a ponto de ter uma ou outra discussão mais contundente com seu empresário. Havia mais dinheiro na mesa, de outros clubes. Não só do Corinthians.

Felipe Espindola ainda está na Espanha, quase completando duas semanas de viagem. Ele aguarda disponibilidade de lugares nos voos da Iberia.

Lamentavelmente, a primeira classe está cheia.



  • Marcos Vinícius

    André,na sua opinião,qual contratação foi mais “impactante”?E qual traz mais benefícios?

    Luis Fabiano no São Paulo ou Ronaldinho Gaúcho no Flamengo?

    Abraço.

    AK: Só será possível responder depois que eles atuarem por, pelo menos, uma temporada. Um abraço.

  • Juliano

    André: O Inter chegou a fazer uma proposta concreta pelo LF? Se fez, ela era superior a do SP?
    Abraço

    AK: Sim. Não sei qual foi o valor, mas suspeito que, para ser competitiva em relação à vontade de LF jogar no São Paulo, o oferta não poderia ser igual ou menor. Um abraço.

  • Marcel Souza

    Completando meu comentário no post da “Caixa Postal”: de vermos a palhaçada pública que o Ronaldinho Gaucho e seu irmão promoveram no inicio da teporada, deu gosto de ver essa negociação do Luis Fabiano e o São Paulo.

  • Anna

    O título, muito bem escolhido, por sinal, é a melhor definição a respeito da contratação de Luis Fabiano pelo São Paulo. Tomara que ele faça muitos gols e tenha muito sucesso!!! E volte à Seleção Brasileira!

  • Willian Ifanger

    Eu ia comentar exatamente isso que o Marcel falou. A diferença de negociação entre R. Gaucho e Luis Fabiano. Não teve aquele circo todo.

    É lógico que a negociação deve ter deixado algum agrado futuro ao Sevilla e aos investidores, mas se isso se compensar em campo, está valendo.

  • Rita

    Quando acessei a internet e vi na primeira página a contratação do Luis Fabiano,
    simplesmente vibrei como num gol.
    Incrível! A negociação, o retorno aos 29 anos, ao São Paulo… Incrível!
    Desde a saída dele, eu já pensava em sua volta,
    pensamento ainda mais alimentado depois daquele gol contra o Uruguai no Morumbi.
    Sucesso Luis Fabiano!

  • BASILIO77

    Grande contratação para o SPFC e para o futebol brazuca em geral.
    Luis Fabiano e Elano estiveram na ultima copa…
    Ganso e Neymar, devem estar na proxima….
    O brasileirão desse ano promete…
    Abraço.

  • eduardo pieroni

    Boa Andre, vc acha que a contratação de Ronaldinho e LB pode se equiparar a do R9, financeiramente???????

    AK: Difícil, no caso do R10. Impossível, no do LF. Um abraço.

  • Raphael

    André Kfouri,
    Você sabe dizer como esse cara pode ter tanta identificação com um clube onde ele não ganhou nada e ainda foi escorraçado pela torcida??? Como?

MaisRecentes

Abraçados



Continue Lendo

A diferença aumentou



Continue Lendo

Sabotagem



Continue Lendo