CAIXA-POSTAL



Ao assunto da semana:

Alexandre escreve: Você já disse que é contra a divisão igualitária dos recursos provenientes da transmissão televisiva das partidas da Série A do Campeonato Brasileiro. Pois bem, de que forma você acredita que deveria ser feita a divisão dos recursos e, na sua opinião, quais os pressupostos que deveriam ser seguidos para a definição dos critérios de divisão?

Resposta: Times que são mais expostos devem receber mais. A questão deve ser discutida entre emissora e clubes, e todos devem estar de acordo. Faz-se uma programação dos jogos que serão transmitidos e a divisão dos recursos, de acordo com ela.

______

Luiz Paulo escreve: Esta briga que está acontecendo dos clubes brasileiros com a TV, é somente para a aberta? Ou isto também se refletirá nas transmições por Pay-Per-View?

Resposta: A venda dos direitos do Campeonato Brasileiro se dará nas seguintes plataformas: televisão aberta, televisão por assinatura, pay-per-view, internet e telefonia móvel. Cada empresa pode concorrer e uma ou mais plataformas, mesmo porque elas estão interligadas. Estima-se, por exemplo, que as empresas de telefonia móvel podem oferecer, juntas, US$ 400 milhões, para também redistribuir conteúdo para operadoras de televisão.

______

Roberto Carlos escreve: Neste final de semana temos rodada completa do Paulistão. Porém a detentora dos direiros de TV aberta não transmitirá nenhum jogo e a sua parceira também não. Já que o CADE e a Secretária de Direito Econômico estão se envolvendo na licitação do Brasileiro também não deveriam obrigar a transmissão de pelo menos um jogo?

Resposta: Eu acho uma pena que os jogos deste sábado estejam restritos à TV fechada e ao pay-per-view. Não há o que fazer em relação a isso. Mas vejo a questão também por outro lado, mais uma prova da irrelevância do Campeonato Paulista.

______

Fernando escreve: André, é possível ver alguma relação entre a discussão entre clubes e TV aqui no Brasil e o que está acontecendo na NFL nos Estados Unidos?

Resposta: Não. Além de serem dois mundos completamente diferentes, a TV tem pouco a ver com o problema do futebol americano, que é uma questão trabalhista. Aqui no Brasil, é uma discussão sobre venda de direitos de transmissão. Nos EUA, é uma discussão sobre as relações de trabalho entre os donos dos clubes e os jogadores. A única relação que existe entre os dois casos é que ambos tratam, essencialmente, de dinheiro.

______

Como sempre, obrigado pelas respostas. Até o sábado que vem.

(emails para a CP do blog: akfouri@lancenet.com.br, ou clique no link abaixo da foto)

______

Bom feriado a todos. Bom Carnaval para quem gosta. Divirtam-se com inteligência.



MaisRecentes

Manda quem pode



Continue Lendo

Alerta



Continue Lendo

Escolhidos



Continue Lendo