CRUZEIRO TOTAL (e o jornalista candidato)



Os times eram bem diferentes e não pretendo fazer nenhum tipo de comparação.

Mas quando Cuca foi técnico do Botafogo (2006-2008), sua equipe mostrava uma certa desobediência tática que se repete, agora, no Cruzeiro.

Digo desobediência no melhor sentido, mesmo porque esses fenômenos só são possíveis com muito treino e disciplina.

Não consegui ver, inteira, a segunda goleada (4 x 0 no Guaraní: Wallyson-2, Farías e Thiago Ribeiro) do Cruzeiro na Libertadores. Mas vi os dois laterais no ataque ao mesmo tempo.

E achei que vi, em muitos momentos, três atacantes. Ainda que sejam apenas dois (Wallyson e Wellington Paulista) na escalação. Devo ter visto mesmo, porque o meu camarada PVC, de vasto conhecimento tático, também viu.

O Cruzeiro marcou 9 gols e não levou nenhum, contra Estudiantes e Guaraní. Cuca não está satisfeito, porque tal estado de espírito não existe na realidade dos treinadores.

Ou porque ele acredita que o time ainda vai mostrar mais futebol. Tomara.

______

Grant Wahl é um jornalista americano, da revista Sports Illustrated, que quer ser presidente da Fifa.

Ele tem motivos, ótimas ideias e, naturalmente, nenhuma chance de se eleger.

Escreverei mais sobre ele amanhã, no Lance!.

Aqui, a entrevista que Rodrigo Bueno fez com ele, na Folha de S. Paulo de hoje.

Aqui, a coluna (em inglês) em que Wahl anuncia sua candidatura.

Só por ser a favor da tecnologia na arbitragem, e contra amarelar jogadores que erguem a camisa na comemoração de gols, ele já teria o meu voto.



  • André, nada a ver com o post, mas vamos lá:

    Acabei de publicar um post em meu blog indicando o seu para leitura.
    Dê uma olhada e veja se se incomoda com alguma coisa: http://inconsequenciacriativa.blogspot.com/

    Abs

    AK: Devo apenas agradecer. Um abraço.

  • Leandro Azevedo

    Andre,

    Espero que ele consiga ai alguma confederacao que esteja disposta a bancar essa nomeacao, nem que seja alguma sem expressao nenhuma no mundo do futebol querendo somente algum tipo de “marketing” em troca. Seria interessante para pelo menos colocar a sua “plataforma” em pauta e o mundo do futebol falando sobre isso mais que hoje.

    Agora para ser eleito, ai a conver$a e diferente.

    Abs

  • E tem gente que ainda acha o Luxa “O Estrategista – exclamação”…

    Abraço!

  • Marcos Vinícius

    Cara,não que eu ache que o time do Cruzeiro não é bom,ao contrário,é,na minha opinião,um dos melhores do Brasil,junto com Santos,Fluminense e Corinthians.

    Mas o Estudiantes não é mais aquele time perigoso que foi campeão da CLA,caiu muito a qualidade do mesmo.Quem viu o jogo viu que o Cuzeiro ganhou com méritos,mas a falta de criatividade e objetividade do adversário colaborou para um placar elástico.E o Guarani…bem,tá no lucro de estar na CLA.O time é fraco.

    Claro,o time é bom e Cuca tem méritos.Mas os últimos jogos foram contra times que não vão muito bem das pernas.Passando a fase de grupos é que a cobra vai fumar.

  • Heinz-Harald Grbic Stojakovic

    Aí André, já que tá na moda jornalista se candidatar, candidate-se à CBF. Imagina. Vocês dois juntos fariam história!!! rsrs
    Abraços,

    AK: Rodrigo Bueno se antecipou. Um abraço.

  • matheus brito

    Acho que jogador que levanta a camisa na comemoração não deve receber amarelo. Deve sim ficar sem o bicho e ser punido pelo clube. Mas isso é uma situação que os patrocinadores deveriam exigir dos seus parceiros comerciais. Imagine você como dono de uma empresa que patrocina o Flamengo: Gaúcho na cobrança de falta e gol. A tv vai mostrar o Gaúcho um tempão, sua empresa vai aparecer, seu investimento será recompensado…mas o quê? o Gaúcho levantou a camisa? Cadê o nome de sua empresa? e o dinheiro que você investiu? enfim…

MaisRecentes

Gato



Continue Lendo

A vida anda rápido



Continue Lendo

Renovado



Continue Lendo