MAIS NOTAS PÓS-RODADA



A torcida do Grêmio comemorou 4 gols ontem no estádio Olímpico. Um, de Borges, foi anulado. Os outros 3 significaram um ótimo resultado na estreia (3 x 0 no Oriente Petrolero: Douglas-2 e Gilson) na Copa Libertadores.

Vale dizer, porém, que o pênalti que possibilitou a Douglas abrir o placar não aconteceu.

Suspeito que o Grêmio ganharia o jogo mesmo que o primeiro tempo terminasse (o gol saiu aos 43) em 0 x 0.

Bonito ver, e ouvir, mais uma vez, o Olímpico (35.693 presentes) cheio.

______

Com outro jogador vestindo a camisa 9, o Corinthians ganhou (2 x 0 no Mogi-Mirim: Liédson-2) sem jogar bem.

O primeiro gol saiu aos 26 minutos do segundo tempo, depois que o pequeno público (7.248 pagantes – provavelmente relacionado, além do futebol fraco, ao horário das 21h50) já tinha vaiado o time.

Liédson é rápido (o goleiro João Paulo que o diga), esperto, oportunista, bom finalizador. Para quem o viu jogar, nenhuma novidade. Cada gol que ele faz (4, em 3 jogos) aumenta a curiosidade sobre a demora de sua chegada.



MaisRecentes

Amanhã



Continue Lendo

Novo



Continue Lendo

Virtual



Continue Lendo