CAMISA 12



(publicada ontem, no Lance!)

11 EM 11

Onze tópicos (sem ordem de importância ou preferência) para prestar atenção no ano que vai nascer, no futebol:

1 – O Campeonato Sul-Americano Sub-20 – o Brasil estreia no dia 23 de janeiro. O torneio, no Peru, distribui quatro vagas para o Mundial da categoria (em julho/agosto, na Colômbia) e duas para a Olimpíada de Londres-2012. Razão para assistir: o time não tem nada de sub. Os jogadores são titulares em seus clubes, alguns já são jovens astros. O técnico Ney Franco, sob orientação de Mano Menezes, comanda a primeira parte do projeto que pretende virar ouro olímpico.

2 – A pré-Libertadores – O ano começa bem cedo para Corinthians (x Tolima-COL) e Grêmio (x Liverpool-URU), que precisam estar em ritmo de competição no dia 26/01. O adversário dos paulistas é mais forte e a decisão da vaga será fora de casa. Um tropeço comprometerá a temporada inteira.

3 – A volta de PHG – É provável que Ganso seja o jogador mais promissor a aparecer no Brasil, desde Kaká. Também é provável que ele se transforme num cracaço de fama mundial. Talentoso, elegante, inteligente, PHG é uma joia. Que os meses no estaleiro tenham sido apenas uma pausa numa carreira brilhante.

4 – O Santos – O time que encantou quem gosta de futebol em 2010 promete ser ainda melhor em 2011. Adílson Batista parece ser o técnico certo. Problema para os adversários.

5 – O São Paulo na Copa do Brasil – Foram sete anos de ausência. Não que o são-paulino esteja satisfeito, mas o mata-mata nacional é a primeira, e talvez a melhor, chance de recuperar o lugar na Libertadores. O caminho começa no dia 16/02, na Paraíba, contra o Treze.

6 – A volta de Kaká – Com as lesões de pubis e joelho finalmente resolvidas, Kaká parece pronto para recuperar seu futebol cinco estrelas e sua posição proeminente em seu clube e na Seleção Brasileira.

7 – A Copa América – Primeira competição oficial da nova comissão técnica da Seleção. O Brasil ganhou as últimas duas edições, vencendo a Argentina na final. Nossos vizinhos são os anfitriões do torneio, em julho. Interessante combinação de eventos.

8 – Ronaldinho Gaúcho no Grêmio – Ok, talvez não aconteça. Mas como a cada dia a manchete aponta para um desfecho, pode ser que dê certo. Seria ótimo vê-lo por aqui.

9 – Leonardo na Internazionale – Um técnico brasileiro no comando do clube campeão europeu e mundial. Não acontece todo dia.

10 – O Barcelona – Melhor time de todos os tempos? Conversa inútil. Melhor time que você e eu vimos? Pode ser. Aproveitemos enquanto dure.

11 – Os estádios da Copa de 2014 – A vigilância continua. Quantas sedes serão? Qual será o custo para os cofres públicos? E a Copa das Confederações, em 2013?

Feliz 2011.



  • Anna

    Estou ansiosa pra ver a volta de Kaka, a volta de Ganso, Leonardo, na Internazionale e o Barcelona, desses onze itens. Feliz 2011!!!

  • Faltou a aposentadoria do Fenômeno!

  • urias

    Camisas 12 (jornalistas de plantão).
    Que vcs que são formadores de opinião coloquem seus currículos, desde o ensino Fundamental até a “Faculdade”, para que possamos saber se são confiáveis ou não!!!

    AK: Você deve ser o diretor de uma escola em que eu estudei. Ele disse que eu não era confiável…

  • Anna

    André, esse diretor de escola deve estar mordendo a língua, até agora, ao ver seu posicionamento e aonde chegou, né? 😉

  • Willian Ifanger

    É isso aí…….mais um grande ano esportivo pela frente.

    Tricolor de volta à ESPN…..quando foi a última transmissão? Final do Mundial de 2005?

  • Marcos Vinícius

    Cara,discordo de vc em relação ao Santos e ao São Paulo.Vejamos:

    O Santos perdeu Robinho.Se o ataque foi tão eficiente no primeiro semestre é quase unanimidade que Robinho foi peça fundamental da engrenagem.Nitidamente o Santos do primeiro semestre foi bem diferente do segundo.Claro,era e é um excelente time,mas Robinho ajudou a encher os olhos de santistas e torcedores de outros times que são amantes do bom futebol.Sem ele não creio que o Santos continue sendo o “time da moda”.E Adilson Batista,na minha opinião,gosta de um estilo de jogo que nada tem a ver com o de Dorival.Dorival gosta de futebol bonito,Adilson gosta de futebol eficiente,sem que seja necessariamente bonito.Talvez isso se deva à função que cada um exercia quando jogava.Dorival era meia e Adilson becão.Sinceramente não acho que será o mesmo Santos.Mesmo com Elano.

    O São Paulo não conseguiu sua vaga para a Libertadores pq o time é mediano,apenas,e ainda perdeu Ricardo Oliveira.E a Copa do Brasil é famosa por derrubar times grandes.Sinceramente,não faço a menor fé nesse time do São Paulo,e,se não vierem reforços,não acho que a torcida deva se animar.Parece que o Tricolor Paulista está se reestruturando,é uma fase de transição,e não creio que deva ter grandes ambições.

    Sobre a Copa do Brasil,claro que pode ser que eu me engane,mas escreve aí:Acho que esse vai ser o ano do Botafogo.É esperar pra ver.

  • Edwin Perez

    Sobre o Barcelona ser o melhor time que vi? Realmente não sei, dos ggrandes esquadrões que acompanhei creio que o melhor foi o Flamengo de Zico, superior ao São Paulo de Telê, que massacrou o chamado “dream team” de Cruyff em 1992. Não quero parecer saudosista mas o Barcelona de Messi, Xavi e Iniesta só é testado de verdade na Champions pois no espanhol na real tem apenas dois jogos, com o real madrid. Nesta última década ganhou 2 vezes a taça, assim como o Milan. Neste viés vejo o Barcelona como uma excelente equipe, mas ainda tem o que conquistar. Vejo mais uma tremenda simpatia com o time do Barcelona do que realmente a sua eficácia, mas muita beleza no futebol, atual. Esperemos 2011, que o Barcelona ganhe novamente a liga, e que seu adversário no mundial seja uma equipe sul-americana digna, pois da última nas duas últimas vezes o que se viu foram times extremamente medrosos e retranqueiros abdicando de suas características futebolísticas. Aliás foi esta retranca que tirou o Barça da final, mas aí era um time italiano, mesmo sem jogadores italianos, mas a essência da Internazionale.

    P.S. Gostaria de saber onde cursou sua faculdade, para ter referência, sei que um profissional tem na sua formação diversas fontes onde a faculdade é apenas uma delas, mas ainda assim creio ser importante. Se puder fazer esta gentileza, obrigado e feliz 2011

    AK: Sou diplomado em jornalismo pela FIAM (SP), formado pelos exemplos pessoais e profissionais que tive e tenho, pelos anos nas ruas e pelas experiências que acumulei, num processo que não tem fim. Um abraço.

  • leonardo delgado

    Escolho o Barcelona e a volta de Ronaldinho como os topicos preferidos para este ano.

  • Teobaldo

    Leonardo é brasileiro, mas não é “um técnico brasileiro”. Fiz-me entender? De resto, um grande abraço e que 2011 seja um ano repleto de saúde e realizações.

MaisRecentes

Feliz Natal



Continue Lendo

Mudar o meio



Continue Lendo

“O PF dos caras”



Continue Lendo