COLUNA DOMINICAL



(publicada ontem, no Lance!)

ENCONTROS EM MILÃO

O funcionário do hotel milanês, perto de San Siro, certamente percebeu o que significava a movimentação de pessoas e equipamentos no lobby. Aproximou-se e resolveu nosso problema: “Jornalistas brasileiros? Por favor me acompanhem.”

Ele nos levou a uma sala que ficava ao lado de um elegante bar e abriu a porta. Maicon levantou-se do sofá para nos cumprimentar. “E aí, se perderam em Milão?”, perguntou o lateral da Internazionale. Nosso encontro estava marcado para as 4 da tarde. Atrasamos uns bons 20 minutos, merecemos a (bem humorada, diga-se) repreensão.

Ao lado, numa mesa de bilhar, Julio César explicava a um amigo as regras do jogo. Em poucos minutos, Lucio chegaria para nos encontrar. A sessão de entrevistas com os três jogadores foi uma brilhante tabelinha entre a produção da ESPN Brasil e os assessores deles, para facilitar a vida de todos nesta semana de clássico entre os rivais da cidade. Em pouco tempo, a conversa mudou de rumo para a Seleção Brasileira.

Como se sabe, Mano Menezes ficou na Europa após o amistoso do dia 11 de outubro contra a Ucrânia, na Inglaterra. Mano foi a Milão, viu um jogo de cada time da cidade e conversou com alguns jogadores. Fez uma reunião com os três brasileiros da Inter que estiveram na Copa do Mundo da África do Sul. “Foi bacana conhecê-lo pessoalmente”, disse Julio César. “Ele conversou com a gente, explicou o filosofia do trabalho que está fazendo”, completou. “Foi um contato legal, a gente conversou sobre muitas coisas e ele nos deixou as portas abertas na Seleção”, contou Maicon.

A ausência nas listas da atual comissão técnica de 60% da defesa titular da Seleção Brasileira nos últimos anos não foi totalmente explicada até agora. Mano falou sobre jogadores que solicitaram um “descanso” após o Mundial, mas não citou nomes. Também falou sobre jogadores que seriam “preservados” neste momento, sem identificá-los. Ficou no ar uma espécie de acordo para que o trio voltasse apenas em 2011. Essa pergunta foi feita – com todas as letras – em nossa conversa. A resposta foi negativa.

“Não houve isso”, disse Lucio. “Ele apenas explicou porque não estamos sendo convocados agora”, contou o ex-capitão, acrescentando que alguns jogadores precisam se recuperar psicologicamente de uma frustração de uma Copa perdida.

A seleção do “país do jogador de futebol” sempre terá concorrência competente em quase todas as posições. Ainda que seja difícil comparar qualquer goleiro com Julio César, a lateral direita está nos ótimos pés de Daniel Alves. E a dupla Thiago Silva/David Luiz parece ser a zaga do futuro da Seleção Brasileira.

O que ficou claro na conversa dos brasileiros da Inter com Mano Menezes é que eles continuarão sendo observados como sempre foram. “Agora é com a gente”, disse Julio. “É o nosso trabalho no clube que vai nos levar de volta à Seleção e eu tenho certeza que coisas boas virão”, completou.



  • Anna

    Bem legal essa reportagem. Mano Menezes está fazendo tudo de forma perfeita e correta com tranquilidade e bom senso. Lembro que a entrevista só confirmou o que você tinha antecipado aqui a respeito de Lucio, Maicon e Julio Cesar que estavam sendo preservados. O derbi della Madonina vai fechar com chave de ouro um domingo especial para o esporte, com o volei feminino disputando a final da Mundial, a decisão na F1 e os jogos eletrizantes do Brasileirão. Aposto em 2 a 1 para o Milan com gols de Ronaldinho e Robinho pelo lado rossonero e pelo lado neroazzurri, Philippe Coutinho. Boa transmissão a todos! Abraço, Anna

  • Rodrigo Campos

    André, essa dica é mais adequada ao “Mais Gelo”, mas, como não sei se você o acessa permanentemente, segue por aqui.
    Certamente você já deve ter dezenas de dicas de restaurantes aí em Milão, mas queria te dar mais uma, caso ainda dê tempo (depois do dérbi ou amanhã). É a Trattoria Bagutta, perto do Duomo, da Galleria, etc. Excelente. Comi lá em 2008, na semana do GP de Monza, e gostei muito da atmosfera de cantina com boa comida + esportes (naquela semana, o automobilismo, mas com certeza sempre o calcio). Peguei no Google o endereço direitinho, segue: Trattoria Bagutta. Via Bagutta 14 20121 Milano Zona Centro ( P.zza S.Babila) 02/ 76002767
    Abs

    AK: Obrigado pela dica. Você não foi o primeiro a falar desse lugar. Infelizmente, não deu para conferir. Na próxima estarei lá. Um abraço.

  • Leandro Azevedo

    Assistindo aqui o 1o tempo, o juizao parece que eh pai do Gattuso… o cara depois de tomar o amarelo jah deu pelo menos 2 entradas que facil facil poderia ter tomado o outro amarelo… essa aos 40mins no Sjneider entao na entrada da area.

  • Jade

    Esperamos que o trio volte logo à seleção. E que Julio Cesar se livre do trauma da Copa.

  • daniel

    Ola Andre,

    Eu tenho uma duvida. Pra ser sincero, por falta de tempo, nao acompanho muito o campeonato italiano. Minha duvida e’ se o Julio Cesar realmente joga tudo isso. Ele parece ser blindado por todo mundo, como no seu comentario no post: “difícil comparar qualquer goleiro com Julio César”. Para mim ele foi um fiasco na Copa e minha impressao e’ de que nao se fala muito nisso. Tivesse ele nao falhado feio nas 2 bolas da Holanda, e o Brasil, com todos os seus defeitos, teria chegado ‘a final da Copa. Posso citar pelo menos 3 goleiros que nao teriam dado o vexame que ele deu (Marcos, RC, Vitor). Claro, foi so um jogo, mas o unico em que realmente precisamos dele e ele nos deixou na mao. Voce nao concorda? Obrigado, abracos, Daniel

MaisRecentes

Gato



Continue Lendo

A vida anda rápido



Continue Lendo

Renovado



Continue Lendo