A DEFESA DA INTER E A SELEÇÃO



Faz frio em Milão, mas nada que assuste quem esteve na Copa do Mundo da África do Sul.

Quando o sol está presente, uma malha leve é suficiente. Após sua retirada, é melhor adicionar mais camadas. Felizmente parou de chover nesta semana, tomara que continue assim.

Estivemos hoje com Maicon, Lucio e Julio César. A produção da ESPN Brasil fez uma tabelinha com os assessores dos três e conseguiu reuni-los numa sala de um hotel perto de San Siro. Brilhante trabalho.

O assunto principal da conversa foi o clássico do próximo domingo, mas foi impossível não tocar em Seleção Brasileira.

Mano Menezes esteve em Milão no mês passado. Viu um jogo de cada time da cidade e conversou com alguns jogadores. A reunião com os três titulares indiscutíveis na Copa, que ainda não apareceram nas listas da atual comissão técnica, foi elogiada por eles. Sentiram-se lisonjeados pela visita.

Mano falou sobre sua ideia de trabalho neste período. Explicou por que não os convocou. O trio entendeu e manifestou o desejo de jogar pela Seleção.

Perguntei – com todas as palavras – se há um acerto para que eles só retornem em 2011. Sorrindo, todos disseram que não.

A mensagem que ficou da conversa com MM foi que a volta dependerá do que eles fizerem. E não do que fizeram.



  • Anna

    Você faz boas perguntas, não é à toa que é um excelente repórter. Essa pergunta da volta deles em 2011 era a pergunta que todos gostaríamos de fazer, se tivéssemos oportunidade. Bom trabalho a todos!

  • Muito boa a inciativa do Mano. Eu o considero um dos grandes gerenciadores de pessoas no Brasil.

    André, quando tiver um tempo, leia o post que escrevi para o blog Mercado ao seu Alcance sobre como o futebol pode ajudar as pequenas empresas. convido também os colegas leitores do blog do andré para dar uma passada por lá e ler o texto. A visita de todos será muito bem vinda!

    http://mercadoaoseualcance.wordpress.com/2010/11/12/futebol-pode-ser-vitrine-para-as-mpe/

  • Fábio Minghetti

    Estou gostando do que o Mano tem falado e feito. Pra mim, acertou mais uma vez.

    Abraço

  • Beto

    “A mensagem que ficou da conversa com MM foi que a volta dependerá do que eles fizerem. E não do que fizeram.”

    Amém. Seleção Brasileira é momento, e não dívida de gratidão ou histórico vencedor.

MaisRecentes

É do Carille



Continue Lendo

Campeão de novo



Continue Lendo

Inglaterra 0 x 0 Brasil



Continue Lendo