CAMISA 12



(publicada ontem, no Lance!)

JOGOS QUE VALEM

Se você pesquisar, agora, a sequência dos próximos jogos dos três primeiros colocados do BR-10, encontrará apenas um adversário comum. O Vasco da Gama é o único time que cruzará o caminho de Fluminense, Cruzeiro e Corinthians.

Habitante do meio da tabela e seus arredores, o Vasco é imprevisível. Teve um momento animador entre o final de setembro e a metade de outubro, com cinco rodadas invictas que incluíram vitórias sobre Santos e Corinthians (e uma “quase vitória” sobre o Grêmio) em São Januário. Mas não vence há três jogos e já não sabe se a zona da Libertadores é real ou miragem. Se estivesse mais acima, ou mais abaixo, jogando para se aproximar de algo valioso ou evitar um destino trágico (casos de Vitória e Atlético Goianiense, por exemplo, dois times que o derrotaram recentemente), poderíamos classificar o Vasco como um problema para os três principais candidatos. Mas como o time está próximo da “zona do limbo”, região que agrupa aqueles que não têm objetivos no campeonato, não chegaremos a tanto.

Alguém poderá dizer que é difícil vencer o Vasco em seu estádio. Pura verdade. Em dezesseis jogos, só o Guarani conseguiu. Mas São Januário não está mais no calendário de Fluminense, Cruzeiro ou Corinthians. O clássico carioca, no próximo domingo, acontecerá no Engenhão. E tanto na antepenúltima rodada, contra o Cruzeiro, como na penúltima, contra o Corinthians, o Vasco será visitante. Nessa condição, ganhou apenas 27% dos pontos que disputou. Pouco para quem pode ser o pêndulo do título brasileiro de 2010. O que vale a pena lembrar é que nenhum dos três ganhou do Vasco no primeiro turno.

No sprint final da maratona que é o Campeonato Brasileiro, quem quer ser campeão tem de implantar tolerância zero com erros e acidentes. Cruzeirenses e corintianos esperam vitórias em casa contra o Vasco, enquanto a torcida do Fluminense terá de lidar com a imprevisibilidade de um clássico. Em agosto, com mais de 80 mil pessoas no Maracanã, foi 2 x 2.

Mas há muitas dúvidas (em que faixa da tabela o time terminará o campeonato? PC Gusmão será o técnico no ano que vem?) em relação ao “adversário comum”, e ao impacto que ele terá na parte nobre da classificação nas rodadas decisivas. O jogo de hoje à noite parece sob encomenda para quem precisa pontuar: em casa, contra o lanterna Grêmio Prudente. Vencer afastará o desânimo e o risco de um final de campeonato ainda pior.

Independentemente da própria situação, a “honra” de interferir no destino do troféu já está reservada ao Vasco em sua volta à Série A. Serão jogos significativos, pelo menos.



  • Willian Ifanger

    E ainda tem o São Paulo, mas em São Januário.

    É o time que mais vai pesar nesse final de campeonato.

    Torço muito pra que ganhe de Fluminense, Cruzeiro e Corinthians.

  • Teobaldo

    Se o Vasco ganhar do Cruzeiro já tá bão dimais, sô! Um grande abraço (bem humorado) à todos.

  • BASILIO77

    Esse é apenas uma dos problemas dos pontos corridos….dar essa “honra” a clubes que nada tem mais a lutar senão tentar prejudicar este ou aquele clube. Ano que vem tem mais.
    Abraço.

  • béchi

    VAAASSSSCCCCOOOO

  • Anna

    Pena que o Vasco não fez jus a esse belo e bem sacado texto. Perdeu pro Flu. Até!

MaisRecentes

É do Carille



Continue Lendo

Campeão de novo



Continue Lendo

Inglaterra 0 x 0 Brasil



Continue Lendo