NOTINHAS PÓS-RODADA



Abrindo a jornada 33 do BR-10:

* Quinta vitória fora de casa do Grêmio (2 x 0 no Goiás: André Lima e Diego – 2.235 pagantes no Serra Dourada), que é um dos 4 times – do quinto ao oitavo – empatados com 50 pontos.

* O Goiás (a exemplo do Grêmio Prudente) tem menos pontos do que jogos.

* O Santos empatou em casa (1 x 1 com o Vitória: Neymar e Júnior – 4.643 pagantes na Vila Belmiro) e agora, é feliz 2011.

* O Vitória flertou com o calabouço, mas se reergueu nas últimas duas rodadas. A diferença é de apenas 3 pontos.

* Elenco e futebol para disputar o título brasileiro não faltam ao Internacional, mas após o empate (0 x 0 – 20.069 pagantes no Beira-Rio) com o Fluminense, o time deve pensar apenas no Mundial de Clubes da Fifa.

* O jogo não teve um vencedor, mas teve um herói. O goleiro Ricardo Berna foi determinante no resultado que manteve o Fluminense na liderança.

* No Engenhão, onde quase sempre joga bem, o Botafogo abriu 3 x 0 no Atlético Goianiense. Levou um susto (3 x 2: Caio, Jobson, Abreu, Juninho e Robston – 17.118 pagantes) , mas foi só um susto.

* Fluminense e Corinthians têm clássicos no fim de semana. O Cruzeiro vai ao Barradão. Uma vitória do Botafogo (Avaí, Ressacada) pode catapultar o time aos primeiros lugares.

* Em 17 jogos, só 2 times conseguiram vencer o Guarani (0 x 0 com o Atlético Mineiro -5.922 pagantes) em Campinas. Empate no Brinco não é mau resultado, a não ser que você esteja no U-4, a 5 rodadas do final.

* Quando o Atlético escalou um time alternativo para o primeiro jogo contra o Palmeiras, pela Copa Sul-Americana, achei excesso de zelo. Mudei de opinião.

* Em 17 jogos, só 1 time conseguiu vencer o Ceará (2 x 2 com o Flamengo: Welinton, Magno Alves-2 e Ronaldo Angelim – 44.171 pagantes) no Castelão.

* Noite infeliz do goleiro Marcelo Lomba.

* A vitória do São Paulo (2 x 0 no Cruzeiro: Lucas e Rogério Ceni – público ND no Parque do Sabiá), que teve maioria de torcedores no estádio em Uberlândia, interferiu na disputa do título.

* Obviamente não foi pênalti em Ricardo Oliveira.

* O Corinthians conseguiu tudo o que queria contra o Avaí. Ganhou (4 x 0: Bruno César, Elias e Ronaldo-2 – 23.275 pagantes no Pacaembu) e melhorou seu saldo de gols.

* Obviamente não foi pênalti em Dentinho.



  • Anna

    André, é Ricardo Berna, o goleiro do Flu. Até o Juca escreveu um post maneiro com título: O Milagre de Berna! 😉

  • Luís de Souza

    A ajuda da arbitragem a favor do Corinthians foi absurda e revoltante, acho que eles estão começando a ficar preocupados de nem a Libertadores disputar porque o Botafogo está chegando.

  • Massara

    Andre, o cruzeiro não e mais candidato ao titulo.

    Gosto muito do seu jornalismo. Continue assim.

    Abs.

    Massara.

  • Gilson

    Como diriam os membros da IUPST o Corinthians foi favorecido em 3 momentos ontem, primeiro na expulsão do jogador do Avai, depois no penalti sobre o Dentinho e por final no penalti sobre o Ricardo Oliveira.
    Brincadeiras a parte, o nivel da arbitragem brasileira está cada vez pior. Nem com ajuda eletronica eles conseguiriam acertar. Ontem foram vários erros(sé é que são erros mesmo). Na partida do Corinthians, primeiro foi um exagero a expulsão do jogador(mão na bola), numa jogada na lateral sem importância nenhuma. Depois o chute em falso do Dentinho que acabou caindo e o juiz deu penalti e ainda cartão para o jogador do Avai. No jogo do São Paulo, primeiro foi a não expulsão do Gilberto pela entrada em cima do Lucas. Carrinho com os pés erguido na altura do joelho tem que ser expulsão com vários jogos no julgamento. Segundo foi o penalti em cima do Ricardo Oliveira, foram 2 erros em um mesmo lance. Primeiro que não foi falta e segundo, se fosse, era fora da área.

  • rodrigo j.

    E obviamente não era pro Gilberto ter sido expulso?

  • Danilo Otoni

    Aos pitacos dos que vi:

    Internacional 0 x 0 Fluminense – Pegarei um gancho na sua opinião, com a qual também concordo, de que o Internacional tinha tudo pra disputar (e ganhar!) o BR-10. O time é envolvente, habilidoso e inteligente, mas, parece, que algo “exofutebolístico” faz com que a equipe perca o tesão de vencer. Porém, também sei que a cabeça nas Arábias é algo absolutamente normal pra esta situação. Assim, o Flu deveria ter se aproveitado, pois é candidatíssimo ao título. Por Ricardo Berna ter sido o melhor do jogo já é sinônimo de partida ruim do tricolor carioca.

    Ceará 2 x 2 Flamengo – O time cearense é muito bem montado. Sabe defender, armar e atacar com preciosidade. Por isso, sempre deu trabalho ao Mengão que fez a mesma coisa de sempre: tocou, tocou, tocou e nada. Diogo e Diego Maurício não existiram ontem, e Marcelo Lomba fez uma das piores partidas de um goleiro rubronegro. Tomara que o Vovô dispute a Sulamericana/2011, assim como o Flamengo – o Castelão lotado que nem ontem é uma maravilha! Viva o povo nordestino!

  • Edouard Dardenne

    Se o Ceará não tivesse que viajar tanto para jogar pelo Brasileirão, veríamos um desempenho muito melhor do que esse 11º lugar. Venceu 9 jogos em casa, perdeu apenas 1. Como visitante, ganhou 1 e perdeu 8. Não é à toa que os 5 jogos sem vitória ocorreram exatamente no mês de setembro. Culminou com um retumbante 5 x 0 contra o Avaí em Floripa. Se para os times em geral essa maratona de 2 jogos por semana já mata, imagina para quem precisa passar horas por semana dentro de um avião. Um abraço.

  • Marcelo

    André faltou uma coisa que o Corinthians queria e conseguiu, ninguém foi amarelado no jogo de ontem! Time completo no domingo! Abraço

  • Luiz Felipe

    AK,

    A espn vai mandar equipe para o mundial em dezembro??

    abraço

    AK: Sim. Um abraço.

  • Marcelo Lomba falhou feio ontem, e por duas vezes. Estava em uma noite infeliz, que esses erros não se repitam mais.

  • BASILIO77

    Acrescentando…obviamente Gilberto era pra ser expulso e não houve penalti em Lucio Flávio.
    As tumbas dos seguidores da TCPC voltam a se remexer.
    Fora isso tudo, acho que o Fluminense foi campeão na vitoria sobre o Gremio e Joel Santana é muito mais que a folclorica prancheta.
    Abraço.

  • Renato Faria

    Não sou o amigo “conspiracionista” incorrigível do André.

    Mas poderia ser.

    Embora os psiquiátras comessem a repensar a patologia para os Cruzeirenses.

    Foi assim contra o Botafogo. Foi assim contra o Gremio. Foi assim contra o São Paulo.

    O Rogério Ceni ao final do jogo proferiu: “Lá da área eu vi que foi fora da área e que também não foi penalty(sic)”.

    Será que podemos mesmo acreditar em erro?

    Coinscidência, e não conspiração, o Corinthians masi uma vez teve um penalty absurdo a seu favor. E expulsão absurda como “Plus” para goleada.

    Mas falar disso aqui são coisas de ” conspiracionistas” incorrigíveis…

    Influência externa é digna de “dar importância”.

    Será que ela é “pior” que a influência interna e premiditada?

    E os “conspiracionistas” incorrigíveis nunca tiveram (ou já?) tantos elementos para construção de seus sintomas delirantes e paranóicos…

    Mas lembre-se: São apenas erros. Acontencem o tempo todo, para todos os lados… o resto, ou é coincidência ou é conspiração!!!

    Abraços.

    Renato Faria

  • Rodrigo

    Renato, você está falando sério? Só pra não buscar muita coisa, é só lembrar dos jogos do Corinthians contra o Vasco e contra o Guarani. Por que você não veio aqui falar dos erros de arbitragens desses jogos? Também não veio aqui falar sobre o “penalty” muito mal NÃO marcado a favor do Grêmio contra o Fluminense? É só uma curiosidade, ok?

MaisRecentes

No banco



Continue Lendo

É do Carille



Continue Lendo

Campeão de novo



Continue Lendo