NOTINHAS PÓS-MAIS 3 JOGOS (e Ronaldinho voltou)



Sequência da rodada 32 do BR-10:

* Ganhar do Atlético Paranaense significaria ultrapassá-lo na tabela, e manter possíveis os planos continentais do São Paulo (2 x 1: Ricardo Oliveira, Guerrón e Miranda – 16.481 pagantes) para 2011. Plano bem executado na Arena Barueri, apesar do estado crítico do gramado.

* Grêmio, Atlético, São Paulo e Botafogo são candidatos à quarta vaga na Libertadores (esquecendo, por um instante, que a CSA pode acabar com a festa).

* Na missão de solidificar um lugar do lado de fora do U-4, o Atlético Goianiense (1 x 1 com o Ceará: Marcão e Michel – 3.840 pagantes no Serra Dourada) teve todas as chances para vencer e foi penalizado por uma falha do goleiro Márcio.

* O gramado do Serra Dourada também pede uma folguinha.

* Se o Fluminense for campeão brasileiro, a vitória sobre o Grêmio (2 x 0: Conca-2 – 13.592 pagantes no Engenhão) terá sido um claro sinal. Mesmo desfalcado, venceu como líder, com as devidas impressões digitais de Conca.

* Que golaço, o primeiro.

______

Mano Menezes convocou a Seleção Brasileira para o primeiro jogo “de verdade” de sua administração, contra a Argentina (17/11, Doha).

Neymar voltou do castigo e Ronaldinho Gaúcho voltou do exílio.

Sobre o segundo: defendi aqui a convocação dele para a Copa do Mundo da África do Sul, como opção. Continuo achando que é um jogador talentoso demais para ser descartado, ainda que, hoje, não esteja jogando como pouco antes do Mundial.

Mas não dá para ignorar que se PHG não estivesse numa sala de fisioterapia, Ronaldinho provavelmente não seria convocado. O jogador do Milan não substitui o do Santos, claro que não. Mas faz parte de um pensamento de meio de campo que MM precisa ter, na ausência de Ganso, para um jogo como esse contra a Argentina.

Não dá para ignorar, também, a ausência de Marcelo e Hernanes, pelo que ambos estão jogando no Real Madrid e na Lazio.

E sobre o trio da Internazionale (especialmente Julio César e Maicon), a cada convocação fica mais aparente que, na conversa que Mano teve com eles, decidiu-se que a volta acontecerá em 2011.



MaisRecentes

Manda quem pode



Continue Lendo

Alerta



Continue Lendo

Escolhidos



Continue Lendo