CAMISA 12



(publicada ontem, no Lance!)

“SE VOCÊ CONSTRUIR, ELE VIRÁ”

A voz que o personagem de Kevin Costner ouvia em “Campo dos Sonhos” o estimulou a acreditar no impossível. Serve como inspiração para quem crê no valor do trabalho, na idealização de um objetivo e na busca dele sem economia de dedicação.

Rápida história: você deve saber que hoje (ou depois de amanhã, explicação adiante) é aniversário de Pelé, 70 anos. Reportagens e programas especiais foram produzidos por quase todos os jornais, revistas, sites, emissoras de rádio e televisão deste país. Na redação da ESPN Brasil, surgiu uma ideia diferente: em vez de um programa, setenta. Desde o início do mês, setenta pequenas histórias sobre a vida e a carreira do Rei do futebol estão no ar, com o nome de “70 Vezes Pelé”.

A assinatura da série de reportagens é dos jornalistas Roberto Salim, Helvídio Mattos e Marcelo Gomes. O produto final é impecável. Considere que minha opinião é suspeita, pois trabalho com eles. Mas acredite. Dezenas de entrevistados, entre familiares, amigos e ex-jogadores que tiveram o privilégio de habitar os mesmos gramados do Rei. Segredos revelados, histórias surpreendentes, lembranças emocionantes. A trilha sonora é “Fascinação” (na voz de Gilberto Alves), sucesso de 1958, quando o menino Pelé explodiu e permitiu ao futebol brasileiro sonhar os sonhos mais lindos.

Os três repórteres vivem por conta da homenagem há meses. Incontáveis idas a Santos para visitar a família real estabeleceram um ótimo relacionamento entre eles e pessoas muito próximas a Pelé. Não é exagero dizer que vários programetes se transformaram num álbum de recordações público do clã dos Nascimento. Foi a maneira que a produção encontrou para driblar a recusa de Pelé a falar sobre seus 70 anos, divulgada numa carta em que ele pediu privacidade para comemorar o aniversário apenas em família.

A sobrinha, Danielle, assumiu sem querer o papel de “produtora informal” da série. Fez o contato com parentes, enviou DVDs para convencê-los a receber a equipe de reportagem. As conversas evoluíram para uma proposta quase indecente: Danielle aceitaria ficar com uma câmera semiprofissional e gravar um depoimento de sua avó, Dona Celeste, a mãe de Pelé? Ela, afinal, seria a pessoa ideal para explicar por que, apesar de todos os documentos mostrarem 21/10/1940 como sua data de nascimento, Pelé sempre apagou velinhas no dia 23. Dona Celeste não gosta muito dessas coisas, mas Danielle topou.

Na segunda-feira passada, Salim e Gomes voltaram a Santos para entregar a câmera e tentar convencer Davi, cunhado de Pelé que jogou no Santos e no Corinthians na década de 60, a dar uma entrevista. Conversavam na sala da casa de Maria Lúcia, irmã do Rei. A porta da cozinha se abriu e eles ouviram alguém dizer “dá licença…”.

Se você construir…



  • Thiago Mariz

    Sem sombra de dúvidas, a melhor equipe de jornalismo do país.

  • Enzo Bertolini

    Andre, acho que o texto foi cortado….. Onde eu consigo ler o texto inteiro?
    Abs

    AK: Cortado? O texto está lá. Um abraço.

  • Mauro Domingos

    Essa do ‘texto cortado’ foi boa…
    Fiquei mais curioso pra continuar a ver todos os 70 capitulos….

  • Willian Ifanger

    Eu consegui ver alguns capítulos. Não sei se a ESPN Brasil pensa em passar os 70 de uma vez só, num programa especial (ou se já passou). Mas as entrevistas com os companheiros da Seleção de 70 são maravilhosas (Gerson é uma pessoal especial).

    A ESPN Brasil, como disse o amigo acima, tem sem dúvidas a melhor equipe de repórteres garimpeiros.

    André, qual a chance de um dia a ESPN Brasil fazer uma transmissão ao vivo (in loco) da World Series? Acho que passou da hora….hehehe

    Aliás, as finais de conferência estão sensacionais.

  • Edouard Dardenne

    Algumas pessoas dizem que um bom texto é o que consegue transmitir a mensagem desejada com clareza. Eu discordo. Às vezes, as pessoas simplesmente não entendem. Por melhores que sejam os textos, como é o caso do post. Teria sido mais fácil e simples dizer que a equipe conseguiu um furo pela insistência e perseverança, etc. Mas não teria sido melhor. Um abraço.

  • Rejane

    Sensacional! Eu não vi o Pelé jogando… mas o meu pai, botafoguense, começou a considerar o Santos como segundo time do coração depois que viu o Pelé jogar!

  • Alexandre

    Depois que a série terminar, que tal a ESPN lançar um DVD com o conjunto da obra? Fica a sugestão…

  • Rafael Wuthrich

    O Rei deve ter ficado surpreso…hehehe.

  • eduardo pieroni

    Boa Andre, e me aparece um tal de NEYMAR que nao ganhou nada ainda dizno twitter dele; quem e esse mane que da o nome ao CT que eu treino(REI PELE) e brincadeira.

  • eduardo pieroni

    Boa Andre, o problema agora foi renato gaucho que falou que cada gol que o pele fez equivale a uma mulher que ele pegou,e disse ainda que ele continua,exte e recordista mesmo.

  • Anna

    O 70 vezes Pelé é espetacular! Delicado e sensível. Ansiosa pelo fechamento do especial! Bom final de semana, Anna

  • Leandro Azevedo

    Soh falta vc dizer que a voz tinha a mesma intonacao do James Earl Jones no filme hehehe

    Muito boa a referencia com o filme.

    Abs

  • Rita

    Sou fã do Helvídio.
    Pena que só vi poucos capítulos.
    Ao rei do futebol, parabéns. Assim como à ESPN.

    Por falar em filme, André vc assistiu ao Tropa 2?

    Fiquei pensando se seria interessante um filme que tratasse dos inimigos do futebol, como mostraram os inimigos de agora do coronel.

  • Nilton

    Pô, tive que ler o texto duas vez para entrender o “AK: Cortado? O texto está lá. Um abraço.” da resposta ao amigo Enzo.

    O “A porta da cozinha se abriu e eles ouviram alguém dizer “dá licença…”” eu imaginei quem estava entrando, já no “Se você construir…” não precebi que se remetia ao titulo e ao primeiro paragrafo do post e ao Filme.

    Tô precisando de aulas de interpretação de texto.rssssssssss
    Mas um belo texto, parabens.

  • Pedro Valadares

    Eu sempre achei que pela dedicação, o Rei acabaria dando uma entrevista para a ESPN. Prêmio merecidíssimo!

  • Marcel Souza

    Que programa extraordinário! O capitulo que eu mais gostei foi o com as entrevistas com o Formiga, Zito e Pepe!

    André, não existe a possibilidade de se lançar esses programas especiais da ESPN em DVD? Esse do Pelé é um documento histórico!

    1 abraço!

MaisRecentes

Vá estudar



Continue Lendo

Dilema



Continue Lendo

No banco



Continue Lendo