NOTINHAS PÓS-RODADA



A vantagem do líder encolheu.

E o Grêmio já pensa mais alto.

As notas da trigésima rodada do BR-10:

* A vitória do Flamengo (3 x 0: Deivid-2 e Renato – 9.479 pagantes no Engenhão) sobre o Internacional foi a “estreia” de Deivid.

* Renan falhou no gol de falta de Renato.

* Nona vitória do Atlético Paranaense (2 x 1 no Goiás: Branquinho, Ivan González e Rafael Moura – 10.051 pagantes) em casa.

* Só Corinthians e Santos venceram mais jogos como mandantes.

* E 26 rodadas depois, o Atlético Goianiense (2 x 0 no Vasco: Anaílson e Márcio – 14.175 pagantes no Serra Dourada ) está fora do calabouço.

* O Vasco ficou muito abaixo do que mostrou nas 2 últimas rodadas.

* Apesar da vitória (2 x 0 no Avaí: Rafael Cruz e Neto Berola – 16.824 pagantes na Arena do Jacaré) num jogo de confronto direto para evitar a Série B, o Atlético Mineiro ainda habita o U-4.

* Pensei que Neto Berola entraria com bola e tudo no segundo gol.

* O “jogo dos melhores” entregou o que prometia. O líder do segundo turno ganhou (2 x 1: Montillo, Júnior Viçosa e Jonas – 41.435 pagantes no Olímpico) do líder do campeonato, e já sente o cheiro da zona da Libertadores.

* A arbitragem anulou um gol legal de Wellington Paulista, quando o jogo estava 1 x 1.

* Ronaldo, do jeito que está, fez 2 gols (mal anulados), perdeu um e deu outro para Moacir fazer. O Corinthians (0 x 0 com o Guarani – 17.469 pagantes no Brinco de Ouro) chegou a 7 rodadas sem vitória.

* O que será que os teóricos da conspiração terão a dizer agora, depois que o Corinthians foi prejudicado em dois jogos seguidos? O BR-10, assim como a Libertadores, não estava vendido?

* O empate sem gols no clássico (Botafogo 0 x 0 Fluminense – 13.663 pagantes no Engenhão) impediu o Fluminense de recuperar a ponta.

* E foi o oitavo seguido do Botafogo, recordista do campeonato com 15.

* Marcos Assunção é uma máquina de gols de falta para o Palmeiras (1 x 1 com o Ceará: Geraldo empatou – 8.257 pagantes na Arena Barueri). Impressionante.

* Mas (assim como Diego Tardelli, Vágner Love e outros artilheiros) poderia escolher outra comemoração para seus gols.

* O Vitória (2 x 0 no Grêmio Prudente: Viáfara e Júnior – 27.199 pagantes no Barradão) estava na ZR após os jogos das 16 horas. Venceu e saiu.

* Foi a primeira vitória do time baiano, após 5 derrotas seguidas.

* No Morumbi, um San-São digno do nome. Clássico cheio de gols, decidido (São Paulo 4 x 3 Santos: Alan Patrick, Dagoberto-2, Pará-contra, Zé Eduardo, Neymar e Jean – 23.791 pagantes) nos acréscimos. Não dá para pedir muito mais.

* O Santos deu a impressão de ficar sem gás no segundo tempo.



  • Daniel Carlos Melo de Jesus

    O Santos sentiu o peso, ainda bem, de uma temporada vencedora ao mostrar claros sinais de esgotamento físico no segundo tempo do melhor jogo do Campeonato Brasileiro de 2010 até o momento.

    Aliás, o elevado número de jogadores lesionados, não apenas no Santos, chama a atenção.

    Há algo de errado com a avançadíssima medicina esportiva brasileira ou, para variar, o desumano calendário atacou de novo?

    Aproveitando o ensejo, deixo um recado importante da ANT (Associação Nacional dos Torcedores – http://www.torcedores.org – @ANTorcedores):

    A ANT (Associação Nacional dos Torcedores) está em busca dos homens e das mulheres de bem deste país, independentemente de classe social, profissão, ideologia política, opção sexual, etc.

    Como advogado, sinto-me na obrigação moral e cívica de fazer um sincero apelo aos colegas espalhados pelo Brasil para que abandonem a postura passiva, tão admirada pelo staus quo, e juntem-se a nós nesse humilde, de fato, mas ousado e esperançoso projeto destinado a transformar torcedores em cidadãos de verdade, seres capazes de democratizar o futebol tornando-o exemplo a ser seguido pelas demais modalidade esportivas.

    Lanço um chamado, também, à Ordem dos Advogados do Brasil, na figura de suas comissões de Direito Desportivo, pois apenas com a união de esforços venceremos as paixões clubísticas, o corporativismo e a intolerância.

    Eis um breve relato acerca da reunião de fundação da seccional paulista da ANT:

    “Amigos,

    escrevo para convidar a todos os interessados a participar da reunião de fundação da Associação Nacional dos Torcedores – núcleo São Paulo, que acontecerá na segunda, 18/10, às 20h, na Praça Charles Miller (estádio do Pacaembu), em frente ao Museu do Futebol.

    Se você já é associado da ANT, sabe do que estou falando. Se não é, acesse http://www.torcedores.org, se associe e compareça.

    A reunião de fundação servirá para definirmos comissões – Direção e planejamento, Comunicação e divulgação, Mobilização e atividade, Jurídica, Pesquisa, Ética, Finaças e patrimônio – e planejarmos nossa primeira atividade, que a princípio está sendo pensada para o derby de 24/10 entre Corinthians e Palmeiras.

    Estenda este convite a todos aqueles que você conhecer que sejam torcedores de futebol e concordem com a nossa missão que é, em 7 pontos para homenagear Garrincha, a alegria do povo:

    Criar uma organização sem fins lucrativos para lutar contra:

    A exclusão do povo brasileiro dos estádios de futebol, fruto de uma política deliberada de diminuição da capacidade dos estádios, extinção de setores populares dos estádios e aumento abusivo dos ingressos;
    O desrespeito à cultura torcedora com a extinção de áreas populares como a geral, onde há uma tradição própria de participação no espetáculo que inclui assistir ao jogo de pé (o que acontece na Alemanha);
    A falta de transparência no futebol brasileiro, há décadas nas mãos de dirigentes incompetentes e corruptos; exigimos a democratização das decisões acerca do futebol brasileiro com a participação dos torcedores; por exemplo: as sucessivas e milionárias reformas do Maracanã, feitas sem nenhuma consulta aos torcedores;
    A exploração politiqueira do futebol visando eleger candidatos que aproveitam-se da sua popularidade para conseguirem mandatos contra o povo;
    O controle das tabelas e horários dos campeonatos na mão da rede de televisão que há décadas detém o lucrativo monopólio das transmissões televisivas de jogos de futebol; horário máximo de 20h para o início das partidas durante a semana e 17h aos domingos;
    Fim da retirada de comunidades de trabalhadores em nome da Copa do Mundo e das Olimpíadas;
    A falta de meios de transporte dignos durante os dias de jogos; exigimos esquemas especiais em dias de jogos.
    Apareçam então segunda-feira!

    18/10 – 20h
    Praça Charles Miller (estádio do Pacaembu) – em frente ao Museu do Futebol”

    A semente já foi plantada; agora, nossa tarefa é fazê-la germinar e tornar-se árvore das mais frutíferas.

    Vamos à luta!!!

    Muito obrigado.

    Daniel Carlos Melo de Jesus
    São Paulo – SP

  • marcos

    Andre, ainda bem que podemos ter em nossa imprensa pessoas imparciais, pois e duro ver a campanha que fizeram contra o Corinthians, quando o mesmo foi beneficiado em alguns jogos, mas agora depois desses dois jogos so escutei que eram lances muito complicados(Corona que e bom, teve total conviccao nois dois lances, impressionante!!)O que os mesmos jornalistas deveriam sim frisar e que todos os arbritos erram para todos.

  • André, o Corinthians deu impressão de que vai melhorar. Vale lembrar que tem confronto direto com o Cruzeiro e que os dois que estão à frente tem muitas pedreiras.

  • Clayton

    E o São Paulo, com 2 pontos a menos que o Grêmio, já sente o cheiro da zona da Libertadores também? Ainda mais se a CSF “devolver” a 4º vaga…

  • Rejane

    Não existem conspirações e sim arbitragens muito ruins. Gostei da atuação do jogador Dagoberto! O técnico Carpeggiani sabe como motivá-lo e também todo o time do São Paulo!

  • Willian Ifanger

    O que me enjoa em tudo isso é o drama que fazem por causa da arbitragem. Desde quando TODOS os times passam por isso? Se isso é prejudicial e injusto, porque NENHUM cartola coloca o dedo na ferida?

    Então, quer saber, enquanto continuar como está, todo mundo deve ficar quietinho, engolindo a seco os erros. Sofre o torcedor, e apenas ele.

    ======

    Vendo a reta final, parece que finalmente montaram uma tabela equilibrada e decisiva (ou foi muita coincidência). Só tem jogão e pedreira pra todo mundo. Bacana isso.

    ======

    Ontem, estava acompanhando o jogo do Tricolor e discutindo (= cornetando) num site de amigos Tricolores. Lá pelos 45 minutos eu comentei: “‘A chance do Tricolor fazer um gol nos acréscimos é a mesma da Luiza Brunnet aparecer aqui em casa.”. Ainda estou esperando ela!

  • Beto

    André, acho que o único ponto fraco do Inter é o gol. Caramba, como o renan voltou peruzeiro da gringa!

  • Alexandre

    De fato, o Corinthians foi bastante beneficiado por duas sequências pouco usuais de erros de arbitragem a seu favor: uma nas primeiras 5 ou 6 rodadas do campeonato e outra entre o fim do primeiro turno e o início do segundo.
    Nas últimas 6 ou 7 rodadas os erros a favor e contra o Corinthians ficaram na média do que ocorre com os demais times. De cabeça, lembro de um favorecimento contra o Santos e dois erros desfavoráveis, contra o Vasco e o Guarani (na minha opinião só um dos gols anulados do Ronaldo foi irregular).

  • BASILIO77

    Arbitragem. A banca paga, a banca recebe.
    Mas os adeptos da Teoria da Conspiração Pró Corinthians(TCPC) estão só esperando pelo proximo erro a favor do SCCP para se levantarem das tumbas.
    O SFC tá vivíssimo na briga. Perdeu ontem, mas o lider também. Neymar joga muito.
    Abraço.

  • Anna

    Espetacular o clássico Sansão. Concordo com você que os dois gols de Ronaldo foram legítimos. André, o pênalti marcado contra o Vasco, penso que não existiu. O que você acha?

  • Edouard Dardenne

    Estou mais calmo. A Conmebol devolveu a vaga para a Libertadores-11 (desde que nenhum brasileiro seja campeão da Sulamericana). Acho que veremos classificado um time para o torneio com o menor aproveitamento desde que temos os pontos corridos. A presença de Santos e Inter no topo fazem do G4 um G6… Vai ter time entrando com 56 pontos… Um abraço.

  • Marcos Vinícius

    André,hoje a sulamericana “devolveu” a vaga que tinha tomado do Brasil na Libertadores.Confesso que não acompanhei a íntegra da decisão,mas creio que não apenas o Brasil tenha sido beneficiado com ela,mas também ou outros integrantes da confederação.

    Lado bom da história:Os times,com essa vaga a mais em disputa,terão maior possibilidade de ir à Libertadores.Logo,supõe-se um campeonato com uma disputa mais acirrada até as rodadas finais.Meu Vasco,por exemplo,mesmo em décimo primeiro lugar,ainda briga por uma destas vagas,embora remotamente.

    Lado ruim da história:Antigamente,apenas o campeão e o vice do Brasileiro,além do campeão da Copa do Brasil,disputavam a Libertadores.Com mais times disputando o torneio ele pode virar um certame inchado e perder em qualidade.

    O que vc acha?

    P.S:Escandaloso aquele pênalti marcado em cima do Neymar.O rapaz escorregou e o juizão marcou a falta.Que feio!

  • Gustavo Xavier de Almeida

    Andre, boa noite…

    Até q enfim o SPFC ganhou um classico e com gol no final, aleluia, as coisas estão melhorando pro nosso lado.

    2 coisas:
    a) vc acha q o Marcos Assunção deve mudar o jeito de comemorar…eu vi o PELÉ comemorar todos os gols igualmente, vc é contra>
    b) penaltys á brasileira, flamengo, ceará e santos beneficiados pela abitragem brasileira.

    abraço

  • André JackSoul

    ” O que será que os teóricos da conspiração terão a dizer agora, depois que o Corinthians foi prejudicado em dois jogos seguidos? O BR-10, assim como a Libertadores, não estava vendido?”

    Perfeito!
    Cadê eles, inclusive muitos jornalistas, incluindo um com o mesmo sobrenome que o seu…

    AK: Engano seu, amigo. Uma coisa é apontar os erros que aconteceram (eu também fiz isso), outra e dizer que o campeonato está armado. Um abraço.

  • Marcel Souza

    ô Willian, se a Luiza Brunet aparecer aí, me chama!

    Fazia muuuuuuuito tempo que eu não via o Tricolor ganhar com gol nos acréscimos!

    André, o jogo foi tão sensacional que eu achei que teríamos mais notinhas.

    1 abraço!

  • Rita

    Ao Santos, obrigada!
    Porque o São Paulo saiu do marasmo muito pelo ofensivo e ousado time do Santos,
    que mesmo sem o craque maior, Ganso, é um grande time.
    Clássico espetacular: sem pré nem pós polêmicas, sem presidentes falastrões, jogado dentro das quatro linhas.

    Quanto aos gols do Ronaldo, ele faz a diferença mesmo se estiver com 100 kg.

    Num campeonato de pontos corridos nada mais justo que vença o melhor e não o mais beneficiado.
    Do jeito que ía tava feia a coisa…

  • Rodolfo Pimentel Dutra

    Então ta bom …
    Beneficiado em trocentas rodadas … contra adversários diretos (fluminense, atletico pr, SANTOS, etc)
    um impulso de 10, 15 pontos na tabela e ta tudo certo? pra você poder usar esse argumento, o precisa ser prejudicado em todos os jogos até o fim do campeonato!!! as primeiras rodadas foram UMA VERGONHA ….
    Mas é isso ai … cada um defende o seu não é?
    coloca uma camera pra ver impedimento, autoriza o quarto arbitro a usar os recursos de video, diminui o máximo possível a interpretação da regra e 90% dos problemas seriam resolvidos ….
    mas a quem isso interessa?
    certamente não ao o time mais ajudado da HISTORIA ….. que o diga o brasiliense, no assalto da decada!!!

    AK: Deixe-me entender: você está dizendo que o campeonato foi “armado” de modo que o Corinthians foi ajudado no começo, e agora está sendo prejudicado para dar uma aparência de equilíbrio nos erros? É isso? Sou o primeiro a defender o apito eletrônico. Até um “projeto” eu já fiz. Um abraço.

  • Willian Ifanger

    Marcel, não apareceu até agora. Me deu o bolo igual a Luana Piovanni no dia do boliche. Mulheres…

    =====

    André, eu também sou a favor de termos auxiliares eletrônicos para impedimentos e para ver se foi gol ou não. Agora, honestamente, nesses dois gols do Ronaldo, vendo e revendo pelo “indefectível” tira-teima, eu juro que não consegui chegar numa conclusão. E é óbvio que o olho humano do auxiliar jamais poderia ter visto claramente o lance. Sendo assim, já passou da hora de começar a investir em tecnologia para esse propósito.

    Como bem disse o Juca, ontem, no Linha de Passe, é melhor validar um gol impedido do que anular um gol sem a certeza do impedimento.

MaisRecentes

Futilidade



Continue Lendo

Incoerente



Continue Lendo

Sozinho



Continue Lendo