RECORDAR É SORRIR. OU CHORAR.



Duas lembranças históricas, uma boa e uma ruim, para o corintiano pensar até a hora do jogo (que era um luxo, mas virou obrigação) de logo mais:

Primeiro a boa?

Ok. Hoje é dia 13 de outubro, aniversário de 33 anos do gol de Basílio.

O adversário daquela noite no Morumbi era a Ponte Preta, de camisa parecida com a do Vasco. E apesar de ser mandante, o Corinthians jogou com seu uniforme preto com listras brancas verticais. Como jogará hoje.

A ruim é mais recente e não envolve coincidência de datas. Só de adversário.

O jogo que essencialmente rebaixou o Corinthians em 2007 foi a derrota por 1 x 0 no Pacaembu, na penúltima rodada, para o Vasco.

Gol de Alan Kardec, com desvio fatal de Fábio Ferreira.

Claro que uma derrota nesta noite não terá o mesmo significado. Mas pode representar um abalo semelhante com relação ao objetivo do clube.



  • Rejane

    O jornalista PVC comentou no programa Bate-Bola sobre essa coincidência. Nesse momento, o Corinthians está numa fase difícil: Demissão do técnico, lesões de alguns jogadores e resultados negativos! Então, toda a pressão está sob o Corinthians! Nem o empate ameniza a situação…só a vitória!

  • eduardo pieroni

    Boa Andre, hoje comeca a redencao,com a nova comissao tecnica willians de tecnico e melhor para a defesa!!

  • Edouard Dardenne

    Saí para o feriadão com destino a lugar onde fiquei sem celular, sem internet, sem nada. Vi, de leve, que meu time estava perdendo de 4 x 1 em pleno Pacaembu. Soube depois, pelo garçom, que o Adilson tinha caído e que o time estava atrás do Parreira. Sabia que ele não aceitaria, embora o considera a melhor opção desde que o MM foi para o time canarinho. A zona é tão grande (coisa que não se via em tempos de MM) que eu acho que o Andrés Sanchez podia conversar com o Luciano Huck e fazer um concurso pra escolher o novo treinador no Caldeirão. Vou ficar feliz se o Coringão conseguir manter-se entre os 3 até o fim do campeonato. Um abraço.

  • Anna

    O Corinthians vai continuar na briga pelo título. Tenho certeza disso, de verdade. A mim, só interessa que faltam 4 pontos para o time cruzmaltino escapar do rebaixamento. Libertadores é um sonho impossível para o Vasco da Gama. Pé no chão porque o time é limitado, salvo raríssimas exceções como Fernando Prass, Dedé, Eder Luís, Zé Roberto e Felipe, que ressurgiu das cinzas tal fênix. Se Dedé entrar na seleção do Brasileirão, já fico feliz. Boa noite.

  • maia

    taí o presente pro aniversário do corínthians, o “timão” (pffff) sem libertadores. libertadores que o VASCO DA GAMA ganhou em 1998, ano do seu centenário. HAHAHA.

  • Edouard Dardenne

    Anna, considerando que, dos times na cabeça da Tabela, dois já estão com vaga assegurada para a Libertadores, acho que o Vasco pode sonhar com um lugar no torneio continental, sim. Veja que você diz que o time é limitado com algumas exceções. E nomeou 5. Só 11 entram em campo. Acho que é difícil a classificação, mas se a CBF arrumar de volta a 4ª vaga, quem sabe…

    Faltam 9 jogos para o fim do campeonato. Acho que o meu time vai despencar pela tabela, como aconteceu com o Palmeiras em 2009.

    Um abraço.

  • Anna

    Obrigada, Edouard. Quanto ao Vasco, eu só igual a São Tomé, só acredito, vendo. Escapar do rebaixamento já está ótimo. Seu time não vai despencar da tabela. Tudo se resolverá. Mas penso que algo estranho esteja acontecendo internamente e só saberemos no decorrer do dia. O primeiro passo é escolher o técnico pra ontem! Abraço, Anna

  • Luiz Fernando Paes

    errou até o uniforme que o ia jogar hein ..

    que fase!

    AK: Um erro gravíssimo!

MaisRecentes

Gracias



Continue Lendo

Abraçados



Continue Lendo

A diferença aumentou



Continue Lendo