CAMISA 12



(publicada ontem, no Lance!)

SIGA O DINHEIRO

O presidente do Botafogo, Maurício Assumpção, perdeu algumas oportunidades no começo da semana.

A primeira, óbvia, de ficar em silêncio. A segunda, igualmente, de agradecer a Felipão. E a terceira, um pouco mais desafiadora, de usar a reclamação do técnico do Palmeiras em benefício do futebol carioca.

Felipão tem a largura de costado necessária para tocar, publicamente, em assuntos sensíveis. Como se incomoda com vícios históricos do nosso futebol (na Europa, estava livre deles), fala o que pensa sem se preocupar com a repercussão. O fato de seu time não estar bem e o clube arder em guerra civil provavelmente contribui para essa postura. Seja como for, ao criticar o Engenhão e perguntar, incrédulo, se “esse é o campo?” em que três times do Rio jogarão até a Copa de 2014, Felipão acertou.

É errado chamar de ingrato aquele que não percebe que lhe fizeram um favor. Fiquemos, então, com a insensibilidade do dirigente botafoguense. Ou talvez a cegueira. Felipão descobriu, em uma visita, os problemas que quem freqüenta o Engenhão semanalmente deveria conhecer. E tentar resolver. Mas Assumpção preferiu tomar o caminho do confronto, aparentemente investido do “dever de defender o respeito à instituição”. Mas defender de quê?

Não foi o Botafogo que construiu o Engenhão. Não foi o Botafogo que transformou o estádio no único lugar onde é possível jogar futebol profissional na cidade do Rio de Janeiro. Céus, não é nem o Botafogo que cuida da grama. Memorando para Assumpção: FELIPÃO NÃO CRITICOU O BOTAFOGO. Ele nem citou o Botafogo.

Mas o dirigente transferiu a conversa para imagens de um vestiário emporcalhado (mais sobre isso adiante), e uma promessa para o dia em que o técnico palmeirense voltar ao que ele, Assumpção, chamou de “quarto melhor estádio do mundo”. É sério, a declaração está gravada.

É impossível que Assumpção não conheça a origem e a gravidade do problema. A super-utilização do Engenhão é o gargalo do absurdo fechamento do Maracanã para reformas de quase 1 bilhão de reais. A medida genial desalojou o Fluminense, o Flamengo, e fez do Botafogo o dono da pensão. Não é surpresa que o gramado acuse o desgaste, ainda mais neste momento em que se joga pelo BR-10 também nos meios de semana.

A questão é: por que o Botafogo nada fez, nem faz, para evitar essa situação? A resposta talvez passe pelos R$ 8 milhões que o clube recebeu da CBF, como adiantamento do dinheiro da televisão, cerca de 20 dias antes da eleição no Clube dos 13.

Em tempo: se é verdade que o Palmeiras vandalizou o vestiário, estamos diante de uma enorme falta de respeito, de dignidade. Caso para punição. Se é verdade que o Botafogo vandalizou o vestiário para acusar o Palmeiras, estamos diante de algo muito pior.



  • Thiago Mariz

    Para você que gosta de filmes, André, nessas situações só me lembro do filme Babel, que diz “Se quiser ser compreendido, escute.”, e mostra as dificuldades da comunicação hoje em dia.

    Parece muito difícil realmente escutar e compreender o que uma pessoa quer afirmar. Atualmente, tudo vira ofensa, ataque e não se tem mais (já se teve?) um diálogo construtivo. Esse é o país da democracia mesmo.

  • Mauro Domingos

    … E acabo de ler q o Zico deixou o meu Flamengo. Meu Deus do céu!!!! O q esse pessoal ta querendo??? Q o time seja rebaixado???
    Não tenho conhecimento de causa se o Zico errou em alguma coisa, se a Patricia errou…. Mas eu não entendo o q essa ‘oposição’ quer. O candidato q perdeu as eleições ano passado não deixou de cutucar um segundo sequer. Não esperou ficar mais perto das proximas eleições pra falar, criticar, o q quer q seja…. Ta la a oposição, cutucando, jogando gasolina na fogueira… E se o time for rebaixado? E se o atual campeão braileiro depois de 17 anos for rebaixado? Qual a vitória da oposição nisso? O q essa oposição ganha??? Incrível como essas coisas acontecem. Querem o poder acima de tudo, a qualquer custo, mesmo q o time seja rebaixado….
    Desculpe o desabafo AK. Moro em Brasília e estou, relativamente perto do poder e já vi mta lama, mas mta lama mesmo. E não imaginava isso tudo no meu Flamengo. No futebol brasileiro em geral. Não acredito q dez, onze meses depois de vestir minha camisa com orgulho de campeão brasileiro, terei q guarda-la por vergonha do rebaixamento.
    Abraços.

  • Anna

    Achei a referência a Babel sensacional, mas também posso incluir Crash- No limite, o ganhador do Oscar de Melhor filme de 2006, um dos melhores filmes que eu já vi. As pessoas não podem fazer nenhum tipo de comentário que outras ficam melindradas. Não creio que Felipão tenha querido denegrir o Engenhão, só fez uma constatação e quis dizer o Maracanã não deiva ficar fechado. André, você vai fazer algum post sobre a saída do Zico, do Fla? O que achou disso? Foi a melhor solução frente às resistências que zico vinha enfrentando? Estou estarrecida. Vi agora no twitter do Eduardo Tironi. Bom final de semana, Anna

  • Olá André

    Mais uma vez perfeito!

    Abraço

  • Caio

    Estou impressionado, o que acontece com a imprensa esportiva principalmente a de São Paulo, Todos os bloqueiros do lance não fizeram um mísero post sobre a roubalheira deslavada a favor do corinthians, uma notinha aqui outra ali e mais nada, caso o roubado fosse o time do bando de loucos teriam publicado até na lua se fosse possível, e não aceito dizerem que não acompanharam o jogo pois a tv está ai para isso. É realmente podre a imprensa futebolística…

    AK: Como já escrevi um milhão de vezes: não cobre de um jornalista o que outro escreveu, ou não. Sobre arbitragem: sou a favor do apito eletrônico, portanto considero erros que mexem nos placares de jogos um problema de simples resolução. Considero, também, que num campeonato longo com o BR, erros a favor e contra qualquer time se equivalem. A questão é que as pessoas preferem contabilizar apenas aqueles que lhes interessam. Exemplo, só um: você não esteve aqui (aliás, ninguém esteve) para reclamar do pênalti marcado a favor do Botafogo, no jogo contra o Cruzeiro, quando Maicosuel estava fora da área. Um abraço.

  • Marcos Vinícius

    André,é meio óbvio o motivo de Mauricio Assumpção ter se doído com a declaração de Felipão.
    O Estádio Olimpico João Havelange é de responsabilidade única do Botafogo,que o arrendou do Estado pelo período de 20 anos.Logo,é o Botafogo quem deveria,e deve,zelar pelo bom estado e funcionamento das dependências e gramado do estádio.É como se Felipão dissesse que “a casa do Botafogo está uma bagunça”.Claro que ele não disse isso,e muito provavelmente nem teve essa intenção,mas foi assim que o mandatário alvinegro entendeu.Felipão não citou o Botafogo,mas criticou a casa que,se não é do Botafogo,é de responsabilidade do mesmo.

    Sobre as imagens do vestiário emporcalhado.Aconteceu uma coisa,em dezembro de 2000,naquela decisão da Conmebol(Palmeiras 3 x 4 Vasco,”A” virada) que apenas alguns meses depois veio à tona,por intermédio de um então dirigente do Vasco que,pasmem,não era o Eurico.Qulquer semelhança terá sido mera coincidência.

    O dirigente disse que,no intervalo de jogo,quando o Vasco perdia por 3×0 e foi para o vestiário receber instruções do então treinador (Lembra quem era?Joel Santana),o vestiário estava alagado,com as privadas e ralos entupidos,e água de fossa por todo lado,exalando um mau cheiro terrível.Ainda segundo o dirigente,os jogadores ficaram em um canto do vestiário,meio que encurralados,ouvindo as instruções do treinador.O mesmo dirigente disse que isso mexeu com o brio dos jogadores.

    Talvez vc não saiba,mas existe um estádio na cidade do Rio de Janeiro,chamado São Januário,que é propício para a prática do futebol profissional.Tem capacidade para cerca de 27 mil pessoas,o estado do gramado não é dos piores e fica à beira de uma via de grande movimento.Tanto é assim que,em 2005,durante obras no mesmo Maracanã,visando o Pan-2006,São Januário,junto com Raulino de Oliveira(este fora da cidade do Rio) foram utilizados para receber jogos dos times cariocas no Brasileiro daquele ano.Roberto Dinamite disse que cederia São Januário e o Raulino de Oliveira,apesar de pequeno,esse sim tem padrão de primeiro mundo,apesar de mau localizado,já foi utilizado pelo Flamengo em alguns jogos do Brasileirão esse ano.

  • Não acho plausível que tenham sido os palmeirrenses que vandalizaram o Engenhão. Pq as fotos do vestiário vandalizado apareceram só depois das declarações do Felipão? Mas é algo que deveria ser apurado, mas tô sentindo que não vai. É a estória do gás no Parque Antártica…

    Vícios que alguns dirigentes paleolíticos insistem em cometer e que só afasta patrocinadores do futebol e aumenta a depedência da…CBF!

  • Teobaldo

    Em relação ao cometário do Caio (sem querer ofendê-lo, naturalmente) não consigo entender como as pessoas não percebem que no estágio atual do futebol “o prejudicado de hoje” será “o beneficiado de amanhã”. Posso até discordar se os erros ao longo do campeonato são equivalentes, mas, sinceramente, o dia em que eu concluir que todos os erros de arbitragem servem exclusivamente para beneficiar ou prejudicar qualquer time, eu deixarei de acompanhar o futebol. É sempre muito simples transferir nossas frustações para os outros e isso não ocorre somente com os torcedores, mas, também, e com frequência, com os dirigentes. Um abraço a todos.

  • Marcos Vinícius

    desculpem eu me meter em conversa alheia,mas,sobre o comentário do Caio e do Teobaldo:

    Acho que o que todo mundo tem medo de ver de novo é algo como o que aconteceu em 2005.Na moita,na surdina,manipulação de resultado é algo tão antigo quanto andar pra frente.Mas naquele ano resultados foram anulados e partidas tiveram que ser disputadas novamente.Lembro até hoje do ABSURDO qua foi Santos x Corinthians,na Vila.Nitidamente o Timão foi beneficiado,e não só naquele jogo,mas em outros,como,por exemplo,contra o Inter,no Pacaembu,quando Fábio Costa fez pênalti em Tinga e o jogador colorado foi expulso por simulação.Hoje a arbitragem erra,mas erra pra todo mundo,indiscriminadamente.Meu Vasco foi beneficiado,o Botafogo também foi,o São Paulo,o Palmeiras,e acho que mais 16 times foram tão beneficiados quanto prejudicados.O problema não é com este ou aquele time,mas é generalizado,o nível dos homens de preto é que é baixo

  • Rodrigo

    André,

    Parabéns pelo trabalho sério. Acompanho suas colunas, mas nunca comentei. Hoje vou precisar discordar de você. Acho que você foi injusto indiretamente com o Vasco, ao dizer que o Engenhão é “o único lugar onde é possível jogar futebol profissional na cidade do Rio de Janeiro.”. São Januário tem o gramado melhor do que o do Engenhão, e sempre comportou bem (e sempre comportará) os Jogos do Vasco contra times de fora do Rio. Não venho aqui dizer que é estádio de primeiro mundo ou que deveria ser sede da copa, Mas também não merece este desprezo todo não. Até pela história do Estádio e do time também.

    AK: Por favor, entenda o que eu quis dizer: o futebol carioca não enxerga, pelo menos até agora, São Januário como opção para os jogos de Fluminense e Flamengo. Deveria fazê-lo? Em minha opinião, claro que sim. Minha afirmação tem como base a forma como o futebol do Rio tenta resolver o problema da ausência do Maracanã. Nada mais. Obrigado e um abraço.

  • Adão

    Concordo quando dizem que os erros acontecem tanto contra quanto a favor, mas ultimamente está vergonhoso o favorecimento ao corinthians, vou citar só os dois ultimos:
    GOL em IMPEDIMENTO contra o santos e GOL do HERRERA mal anulado.

  • Klaus

    Pô, Caio! Você perdeu aquele gol no final do jogo e agora quer colocar a culpa na “imprensa esportiva”?! Aliás, Caio, quando você participa dos programas do Tiago Leifert, seu sotaque é mó paulista, tá ligado! Sem essa de “bairrismo”, mano! Abraço

  • Edouard Dardenne

    Você consegue começar a visualizar como será a Copa do Mundo aqui no Brasil? Organização, planejamento, preparo e uso construtivo de críticas pertinentes não combinam com a cartolagem. Vamos gastar bilhões de reais em obras de duvidosa qualidade. A Copa das Confederações, que recebe críticas em TODAS as sedes (serve para isso mesmo – lembra do estádio alemão que não suportou as fortes chuvas e inviabilizou o tiro de canto?) será palco de uso político das constatações de problemas, e nada será corrigido a tempo.
    É grave o fatode que a Copa ocorrerá em ano eleitoral. Qualquer relatório técnico meses antes da competição será visto como eleitoreiro. Os problemas serão escondidos. Os gastos exorbitantes, justificados com a necessidade de afastar a vergonha nacional.
    Essa Copa do Mundo será uma maldição.
    Quanto ao episódio dos vestiários do Engenhão, creio que veremos uma repetição da história do gás no Palestra Itália. Muito se falará, e nada vai acontecer. Os responsáveis não serão apontados.
    To de mal com a vida hoje.
    Um abraço.

  • Rafael

    André, quando é que vc vai escrever alguma coisa sobre a roubalheira, formação de quadrilha,etc etc, para beneficiar o coríntians ??? Você já ouviu falar do dossiê ? Veja no site flusocio.

  • Rafael

    PQ o moderador censurou o nome do dossie? Ele existe , tem nome e não fui eu que dei. Chama-se dossie . É só verificar o endereço indicado.
    Como disse o Apolinho Washington Rodrigues, está na hora da Polícia Federal entrar em ação.

    AK: Porque neste blog não são aceitas ofensas desse tipo. Em relação a nenhum clube. Um abraço.

  • Rafael

    Vc só não disse quando vai comentar a roubalheira escandalosa,que até teu pai já está admitindo.
    PF JÁ !!!!!!

  • Rejane

    A cartolagem, as questões políticas e problemas extra-campo fizeram o Zico deixar o cargo de diretor de futebol do Flamengo! É uma pena que o atual campeão brasileiro desprezou as ideias do Galinho de Quintino.

  • Diego

    Sobre a sujeira no vestiário, não faz muito mais sentido pensar que a torcida do Flamengo emporcalhou o vestiários? Torcedores motivados por rivalidades imbecis já fizeram coisas muito piores.

  • Roberto Carlos

    André

    Ao que parece acabou as gestões do Belluzo e do Zico, talvez nos ultimos anos foram as maiores esperanças de mudança que surgiram, gostaria que você fizesse um balanço em relação a tudo aquilo que você espera dos dois, foi mais positivo ou decepcionante?

    Abraços.

  • Independente de quem “emporcalhou” o vestiário do Engenhão, o que se consta no país da Copa-2014 é: uma total falta de respeito com quem vai ao estádio assistir uma partida, com quem vai jogar no estádio e também com aqueles que vão cobrir o evento que ali ocorre.
    E saber que seremos a sede da próxima Copa. Será que a FIFA tem realmente certeza da decisão que tomou?

  • Nivaldo

    Caio, faz o seguinte: pega o dossie lê bastante, lê novamente e lê uma terceira vez. Pronto, voce ja esta convencido que é tudo verdade, agora sai por ai vestido de sei lá o quê e diz que o mundo vai acabar e claro leia o dossie em voz quantas vezes for necessário. Acorda Caio e vai dormir, que teu mal é sono !

  • alex

    tirando pelo últimos jogos o gramado do Maracanã sempre foi bom e por muitas décadas os 3 times jogavam lá!!!! A única diferença é que a bola corria mais que os jogadores e os carrinhos eram raros!!!

MaisRecentes

Futilidade



Continue Lendo

Incoerente



Continue Lendo

Sozinho



Continue Lendo