RECIPROCIDADE



No Campeonato Espanhol, um jogador que lesiona um adversário pode ser suspenso por até 12 jogos.

O Comitê de Competição, órgão que aplica punições disciplinares, pode usar um artigo que diz o seguinte:

“Produzir-se de maneira violenta contra um adversário, em ocasião de jogo, originando consequências danosas lesivas que sejam consideradas como graves, por sua própria natureza ou por inatividade.”

O Comitê se reúne hoje (mas por que tanta pressa…?) para analisar a entrada de Tomas Ujfalusi em Léo Messi.

O zagueiro do Atlético de Madrid levou cartão vermelho direto por tentar moer (segundo ele, por azar) o tornozelo direito do argentino, anteontem.

O árbitro do jogo escreveu na súmula que Ujfalusi “não tinha chance de acertar a bola” quando derrubou Messi.

ATUALIZAÇÃO, 16h20 – Ujfalusi pegou 2 jogos. O Comitê achou melhor enquadrá-lo no artigo que fala em “infrações de caráter leve”. Que interessante.    



  • Wallace

    Boa tarde André! Mesmo no chamado “primeiro mundo” onde boa parte das coisas funcionam como deveriam mesmo funcionar, vc não acha que toda essa “grita” (mesmo sendo absolutamente procedente) só está ocorrendo pq o lesionado é o Messi? Será que se o tornolezo moído fosse o do João Ninguém do Almeria por exemplo, este comitê se reuniria tão rápido e se pensaria numa pena tão exemplar para o agressor? Um abraço.

  • Bruno

    Opa, eu não sabia que ele tinha sido expulso pela entrada. Mas existem casos em que o infrator sequer leva cartão amarelo. Já que foi expulso, ele agora só precisa ser suspenso pelo mesmo tempo em que o Messi estiver inapto a jogar por causa dessa entrada criminosa. Simples.

  • Anna

    Eu acho essa “lei da reciprocidade” justa porque assim o jogador pensaria mil vezes antes de dar uma entrada no adversário, mas companheiro de profissão, como o zagueiro tcheco fez em relação ao atacante argentino. Graças a Deus, Messi só ficará de fora dez dias, não foi algo mais grave.

  • Rodrigo

    Me lembro da entrada que o Juninho Paulista levou, acho que quando jogava no Atlético de Madrid. O zagueiro foi visivelmente no tornozelo dele, num carrinho por trás. Punição: cartão amarelo. Resultado: fratura do tornozelo. Aqui no Brasil, a arbitragem da a impressão de marcar qualquer enconstão ou xingamento como falta. Lá fora, parece que ocorre o inverso. Sei não, mas acho que falta um meio termo lá pelas bandas das arbitragens.

  • Leandro Azevedo

    Ficou em 2 jogos a punicao, o numero de jogos que o Messi deve perder por causa da lesao.

  • Rodrigo

    Ops, troquem o “enconstão” por “encostão”… rs…

    E, só pra constar, concordo com a tal da reciprocidade.

  • Bruno

    Quem joga bola e viu a foto do tornozelo do Messi sabe que ele não volta em apenas 2 jogos, a não ser q seja um jogo em setembro e outro em novembro hehe

  • Pelo visto, a comissão da Espanha acreditou na história do sem querer. Porque deu dois jogos para o caçador do Messi. Agora fica a pergunta: o que o cara tem que fazer pra pegar 12 jogos?

  • Leandro Azevedo

    2 jogos ficou na “media” pro Ujfalusi…

    Agora olha esse lance do D. Alves, com o mesmo juizao apitando ano passado e nem amarelo levou… a entrada, de carrinho, parece bem mais cruel…

    http://www.as.com/futbol/articulo/fernandez-borbalan-mostro-amarilla-entrada/dasftb/20100921dasdasftb_42/Tes

    E vai sempre ficar aquela conversa… sera que o craque vai ter sempre o tratamento diferenciado?

    Abraco

  • rodrigo j.

    Não concordo com a lei da reciprocidade…acho muito pouco!

    Enquanto o jogador que sofreu a lesão além de não poder jogar ainda fica machucado, fazendo fisioterapia, sofrendo com dores e inchaços, o agressor somente fica de fora durante o mesmo período.

    Em casos de pura deslealdade como o que vimos o agressor deveria ficar de fora pelo dobro do tempo que “vítima” tiver de se ausentar.

  • Roberto Carlos

    André

    Desculpe mudar de assunto, voce não acha que ao barrar o Neymar no classico contra o maior rival do jeito que o torcedor é passional e os diretores vão na onda o Dorival Junior ao invés de mostrar poder pode estar dando um tiro no próprio pé?

    Abraços

  • Rejane

    O Messi vai ficar sem jogar por 10 dias enquanto o Ujfalus só pegou dois jogos! Poxa! Tentar quebrar o tornozelo do Messi é uma infração leve? Acho que o Comitê Espanhol não viu a foto da infração e nem leu a súmula do árbrito!

MaisRecentes

No banco



Continue Lendo

É do Carille



Continue Lendo

Campeão de novo



Continue Lendo