MAIS NOTINHAS PÓS-RODADA



Fechando  a décima-oitava (mas ainda tem Vasco x Corinthians, em 13/10):

* E quem diria que o renegado Dagoberto – que nem ia jogar – seria o autor do gol da primeira vitória do São Paulo (2 x 1 – 9.364 pagantes no Morumbi) em um mês?

* O São Paulo é o primeiro time da “zona do limbo”. Mas está a 6 pontos da zona da Libertadores.

* Quarta vitória seguida do Santos (2 x 1 no Avaí: Neymar, Marcel e Válber – 7.141 pagantes na Vila Belmiro), com a marca de Neymar.

* Se é verdade que o garoto disse aos adversários que “era milionário e podia tudo”, é uma pena.



  • Edouard Dardenne

    Acho que o placar do jogo do SPFC foi outro. Um abraço.

    AK: Valeu, abraço.

  • André, um técnico que diz que o Neymar bateu nos jogadores do Avaí, quando ficou claríssimo que foi ele quem apanhou, não pode ser levado a sério.

    Acho que o fato de o Neymar ser muito difícil de ser desarmado irrita os zagueiros. Como disse Tostão, no Brasil, o Neymar vai apanhar muito mais do que na Europa.

    O Neymar é folgado sim, mas as opiniões de Lopes, sinceramente, não podem ser consideradas. O cara tá frustrado porque recusou uma proposta do São Paulo quando o Avaí tava bem, e agora que time entrou numa fase ruim, ele tá tentando aparecer de outra maneira.

    Abraços!

  • leonardo atleticano

    André, o Neymar joga muita bola, mas exagera na firula, falta cabeça ao rapaz, ontem deu outro chapéu com o jogo parado. Se ele jogar sério vai crescer mais ainda, jogar mais simples é uma virtude dos gênios, habilidade ele tem, mas o craque tem que ter o lado mental muito acima da média.
    Ele é novo, vai crescer demais, mas pode achar um louco que lhe encurte a carreira por uma brincadeira besta que não rende nada a ele, nem ai seu time.

  • BASILIO77

    Neymar joga muuuuito.
    O que se fala e ouve dentro de campo…faz parte. Trouxa daquele que se deixar levar pelas gracinhas que ouve. É do jogo.
    Não há santinhos no futebol profissional.
    Abraço.

  • Heinz-Harald Grbic Stojakovic

    Sabe qual é o problema? Todo mundo (ou, quase todo mundo. Não vou generalizar) passa a mão na cabeça do Neymar. Tudo o que ele faz é arte. O Luiz Crlos Jr, e o Lédio carmona, por exemplo, que transmitiram o jogo no SPORTV, acharam normal ele ter dado um chapéu no cara com o jogo parado. O Dorival Jr. falou que ele tá certo. E ele falou “dou mesmo”, como se fossea coisa mais normal do mundo. Com a bola rolando, ele pode fazer tudo. Mas, aí, já é demais. Se fosse sério, o Simon teria expulsado ele (pois ele já tinha amarelo, e, quando ele fez no Chicão, ele levou um amarelo). Mas não. A imprensa acha um barato isso. A torcida também. É bom possível que ele tenha mesmo dito isso. É bem a cara dele. Enquanto continuarem achando que isso é normal, que é da idade (com 18 anos o cara já tem que ter maturidade, e não agir como uma criança inocente), ele vai continuar fazendo e falando. Se amanhã ele não der certo, virar um Denílson (que já chegou a ser considerado o jogador mais improdutívo do mundo) ninguém (principalmente o Dorival Jr.) vai poder reclamar.

  • Daniel

    Palhaçada o que fazem no Brasil, o jogador habilidoso apanha o jogo inteiro (contra o Goiás Neymar recebeu 11 faltas !!!) , xingamento, chute na canela, paulistinha…aí o cara fica p…dá um empurrão…tira uma onda e todo mundo cai em cima…queriam o que, que ele ficasse caladinho? o guri não tem sangue de barata e nem medo, já que a galera bate e ele provoca mais ainda, continue zoando com esses brucutus Neymar, duvido que ele ia dizer isso ao Ronaldo, Bruno Cesar, Valdivia…se falou foi um jeito que ele achou de agredir o avesário sem precisar bater.

  • Alexandre

    Incrível como cada palavra, cada risadinha do Neymar ganha proporções gigantecas na imprensa. Não me refiro a você, André, mas o jornalismo esportivo cada vez mais se parece com a mídia que cobre celebridades, interessado mais em fofocas e factóides do que em notícias. É o efeito Beckham-Ronaldo…

    AK: Isso acontece porque não há mais diferenças entre astros do esporte e celebridades. Um abraço.

  • leonardo atleticano

    André, para mim, a frase da semana foi do Louco Abreu.
    Quando ele apenas demonstrou insatisfação em ser substituido, ele foi malhado, quando foi o Ganso se recusando a sair, tudo é lindo.
    O mesmo está acontecendo com o Neymar, está sendo criada uma redoma, que nem sempre é a melhor coisa a ser feita. Pelas coisas boas que ele faz, ele já recebe um big salário, para as coisas erradas, o preço deve existir.

  • Beto

    Referente à sua resposta ao comentário do Alexandre, fiquei com uma dúvida: Essa diferença a que você se refere já foi objeto de estudo?
    Interessante, hein?

  • Rejane

    Não acho que estão criando uma redoma em torno do Neymar! Acho que quando ele erra, é criticado sim. Por exemplo, no caso do penalty com a cavadinha que ele errou no jogo contra o Vitória na final da Copa do Brasil, o Neymar foi muito criticado. Acho que no caso da jogada que o Neymar fez no Marcinho , foi mais uma provocação para desestabilizar o adversário. É melhor fazer esse tipo de jogada do que dá ponta pés, socos, empurrões e falar palavras de baixo calão.

  • Masterdik

    É, xará atleticano, pra usar uma palavra da moda, a mídia está “blindando” esses bagres.
    Mas o filme já foi visto, em preto e branco, e resultou no “craque” triatleta Robinho… vamos aguardar os próximos capítulos.

  • Galera, a imprensa não tem nada a ver com o comportamento do jogador. Se ele age como age, é porque é assim que ele é. Todos os jogadores talentosos são exaltados e nem por isso todos dão errado. Então, vamos parar com essa maluquice de culpar essa entidade intangível chamada “imprensa”.

  • José Henrique

    André. Assisti outro dia o Sportcenter, apresentado por você e por um outro jovem, que não conheço. Pois bem ele disse uma coisa completamente equivocada. A bem da verdade você não comentou nada e nem confirmou. Ele disse: “E o Pacaembu, como fica? Até agora o Corinthians jogou de graça lá.”
    Isso não é verdade. Até o final do ano passado, as taxas eram altissimas, parece que em torno de 15% da renda, o que representaria a entrega de uma renda total aproximadamente a cada 6 jogos, ou 540 minutos.
    E isso vem a anos.
    Realmente ele tem razão. O que fazer com o Pacaembú? Essa pergunta ele tem que dirigir, ou criticar, quem negou o Pacaembu ao Corinthians, que solicitou formalmente, no entanto negaram ao Timão, o que demonstrou um ato lesivo aos interesses de S.Paulo, uma vez que o Corinthians se dispunha a investir 150 milhões no estádio público.
    Veja o tamanho da insensatez. Reclamam de dinheiro publico em estádio, no entanto brecaram, dinheiro privado, a ser investido em um bem publico.
    Peça para o seu companheiro, retificar o seu comentário, a bem dos seus fãs corinthianos e clientes assinantes da ESPN.
    Não é absolutamente justo, atribuir responsabilidades ao Corinthians nesse caso.
    É a mesma coisa, que você se casar, pagar aluguel, e alguem impedir que você invista em sua propria casa.
    Abraços alvinegros.

  • Felipe Lima

    Já que o Neymar acha tanta graça de dar chapéu com jogo parado, eu gostaria de ver ocorrendo o inverso: ele sendo “chapelado”, ou “canetado”. Só pra ver a reação dele (bom, em peladas de fim de semana, geralmente, quem é mais habilidoso ODEIA tomar um “olé”, fica com raiva e tenta partir o cara em 2). Dependendo de como reagir, podemos ver realmente como o rapaz é.

  • Marcos Vinícius

    Tudo bem,concordo que seria legal ver o Neymar ser “canetado” ou “chapelado”,pra ver qual seria a reação do garoto.O problema é que ele joga em uma zona onde quem deveria,ou poderia,fazer isso são os zagueiros.E,bem…zagueiro,vc sabe como é,né…então o garoto deita e rola.Mas acho que ele disse mesmo isso,o que nãoseria nenhuma novidade.
    Sr.Heinz Chucrute Strudel:Aquanto tempo,hein?!Desde a eliminação daquele time lá,aquele,aquele,sabe,daLibertadores.E concordo com seu comentário.Ah,Sr.Chucrute Strudel,o sr.sabe me dizer a quantas anda a venda de camisas do Tabajara F.C.?Grande abraço.
    P.S:Esse nick é ioguslavo,ou eslovaco,coisa assim?

  • Tarik

    André, sobre o post do Camisa 12, a frase do Ronaldo ao Andrés foi voce que ouviu?
    Ronaldo pode estar gordo, baleia, mas trouxe lucro, títulos e ampliou o time Corinthians a mundo afora.
    Acho que se parar esse ano, sua missão foi cumprida, com gols, titulos e marketing tambem.
    Concorda? Abracos!

    AK: Não ouvi a frase “ao vivo”. Mas soube dela e a confirmei. Um abraço.

  • Juninho

    Acho que as pessoas enlouqueceram de vez, sobretudo as que nunca chutaram uma bola. Digo isso pq em nenhum momento o Neymar aplicou chapéu com a bola parada em cima do Marcinho Carniça (Guerreiro vírgula, pq aquilo é um animal praticando futebol paraguaio). Se alguém reparar, é marcada a falta na linha de fundo, ele levanta a bola e toca na direção do avaiano, que pega a bola com a mão, enquanto um avaiano parte para cima do Neymar na tentativa de agredi-lo. Quer dizer, estão tentando jogar o craque contra o povo sabe-se lá por qual razão, talvez inveja. E outra, um treinador que passou a vida na condição de capacho do eurico miranda, delegado durante a ditadura, cujo maior serviço ao futebol foi recuperar Wesley para o futebol, não tem moral nenhuma para denunciar o que o Neymar diz em campo. Ficaria surpreso se ele condenasse seus capangas que revezaram-se para agredir Neymar durante toda a partida, com apoio do juiz subserviente, o péssimo Simon que sempre revelou detestar o Santos.

MaisRecentes

No banco



Continue Lendo

É do Carille



Continue Lendo

Campeão de novo



Continue Lendo