TIME GRANDE NÃO CAI?



Você acha que um time que tem Rogério Ceni, Alex Silva, Rodrigo Souto, Fernandão e Ricardo Oliveira pode cair?

Times grandes que acabam na Série B são, quase sempre, times desprovidos de jogadores talentosos, vitimados por decisões erradas em sequência.

Obviamente, quem toma as decisões está acima dos jogadores.

É a diretoria do São Paulo quem deve responder pela atual situação do time. Mesmo que considere que há problemas relacionados ao comportamento dos jogadores, é ela quem tem de resolvê-los.

Essa é a função dos dirigentes.

Expôr os jogadores publicamente às ofensas de torcedores organizados, em pleno local de trabalho, é uma atitude conveniente e covarde.

E não serve o argumento de que tais torcedores também “conversaram” com diretores, porque  o contato com os cartolas foi privado.

Os dedos em riste e os palavrões endereçados aos jogadores foram autorizados, e divulgados, por quem tem a obrigação de conduzir o clube.

Uma prensa pública, produzida pela diretoria que gosta de ser chamada de “moderna”. A mesma diretoria que deveria identificar, cobrar, e, se for necessário, afastar os jogadores que “precisam acordar”.

A mesma diretoria que errou seguidamente nos últimos meses.

Os times grandes que caem são aqueles times que demoram a reconhecer o perigo. Que insistem em negar a gravidade do momento. Que só se mexem para evitar o pior quando o risco é alto.

O risco, por enquanto, não é alto.

Será se, por exemplo, a escolha do próximo técnico for tão ruim quanto a do último. É muito difícil descobrir se o casamento entre um time experiente e um jovem treinador desconhecido dará certo?

Ou se, num outro exemplo, se fizer uma limpeza no elenco, trocando vários dos atuais titulares por “jovens da base, que pelo menos correm e se importam”.

Correm e se importam, mas não aguentam o tranco. Como Lulinha e Dentinho não aguentaram quando foram “promovidos” a tirar o Corinthians da rota do rebaixamento, em 2007.

Sim, o São Paulo terá de contratar um técnico que não é o ideal para começar a próxima temporada. Não havia nomes interessantes há 20 dias, quando Ricardo Gomes foi demitido. Não há agora.

Mas antes é preciso terminar 2010.



MaisRecentes

Vencedores



Continue Lendo

Etiquetas



Continue Lendo

Chefia



Continue Lendo