TIME GRANDE NÃO CAI?



Você acha que um time que tem Rogério Ceni, Alex Silva, Rodrigo Souto, Fernandão e Ricardo Oliveira pode cair?

Times grandes que acabam na Série B são, quase sempre, times desprovidos de jogadores talentosos, vitimados por decisões erradas em sequência.

Obviamente, quem toma as decisões está acima dos jogadores.

É a diretoria do São Paulo quem deve responder pela atual situação do time. Mesmo que considere que há problemas relacionados ao comportamento dos jogadores, é ela quem tem de resolvê-los.

Essa é a função dos dirigentes.

Expôr os jogadores publicamente às ofensas de torcedores organizados, em pleno local de trabalho, é uma atitude conveniente e covarde.

E não serve o argumento de que tais torcedores também “conversaram” com diretores, porque  o contato com os cartolas foi privado.

Os dedos em riste e os palavrões endereçados aos jogadores foram autorizados, e divulgados, por quem tem a obrigação de conduzir o clube.

Uma prensa pública, produzida pela diretoria que gosta de ser chamada de “moderna”. A mesma diretoria que deveria identificar, cobrar, e, se for necessário, afastar os jogadores que “precisam acordar”.

A mesma diretoria que errou seguidamente nos últimos meses.

Os times grandes que caem são aqueles times que demoram a reconhecer o perigo. Que insistem em negar a gravidade do momento. Que só se mexem para evitar o pior quando o risco é alto.

O risco, por enquanto, não é alto.

Será se, por exemplo, a escolha do próximo técnico for tão ruim quanto a do último. É muito difícil descobrir se o casamento entre um time experiente e um jovem treinador desconhecido dará certo?

Ou se, num outro exemplo, se fizer uma limpeza no elenco, trocando vários dos atuais titulares por “jovens da base, que pelo menos correm e se importam”.

Correm e se importam, mas não aguentam o tranco. Como Lulinha e Dentinho não aguentaram quando foram “promovidos” a tirar o Corinthians da rota do rebaixamento, em 2007.

Sim, o São Paulo terá de contratar um técnico que não é o ideal para começar a próxima temporada. Não havia nomes interessantes há 20 dias, quando Ricardo Gomes foi demitido. Não há agora.

Mas antes é preciso terminar 2010.



  • Geraldo

    Qualquer dos 20 clubes da 1ª divisão, estão sujeitos a “cair” para a segundona … basta não jogar nada e ficar nas últimas 4 posições da tabela … os chamados “grandes” caem por várias razões … o São Paulo de 2010 é um espelho do que já foram Palmeiras, Botafogo, Grêmio, Atlético, Corinthians e Vasco (os chamados grandes que cairam – me corrija se eu tiver esquecido de alguém) … brigas internas, $$$ curto, arrogância da diretoria, inércia (ver “o barco afundando” e não tomar providências à tempo) … a “sorte” do São Paulo, é que neste campeonato de 2010, tem mais de 4 clubes “brigando para cair” …

  • Carlos Futino

    André,

    Eu ainda não tenho tanta certeza de que o Baresi não daria certo como treinador efetivo. Teve um começo conturbado, é verdade, mas também não pegou moleza nos primeiros jogos. Talvez pudesse funcionar. Agora, se for ficar trocando técnico no primeiro revés o tempo todo, aí não tem que, salve o time de cair…

  • Guilherme Gios

    André,

    Perfeita a análise.
    Nunca um treinador sem experiência e nome vai conseguir conduzir um grupo cheio de medalhões desinteressados e acomodados.

    O motivo dessa postura? Só Deus sabe…

    Cada dia eu entendo menos, como pode um time que já ganhou tanto com essa mesma base, simplesmente não correr e nem se importar, ainda mais num clássico.

    E não concordo com a maioria da torcida que insiste que a solução é a base. O São Paulo se acostumou a vencer nos últimos anos, e a molecada geralmente demora para acertar. Não é o momento agora. Lembrando que quando surgiram Kaká e Júlio Baptista o SPFC não ganhava nada havia muito tempo, então era mais “tranquilo” lançá-los.

    A diretoria está pagando pela soberba. Esse é o ponto.

    Abraço

  • bettaum

    TIME GRANDE NÃO CAI!

    Se caiu é porque não é grande.
    Portanto, apenas Santos, Flamengo, Internacional e Cruzeiro podem ser realmente considerados times grandes.

  • Willian Ifanger

    Esse é o primeiro passo pra cair pra segunda divisão: achar que não correrá esse risco. Está cedo pra se preocupar com isso? Claro que está…..mas então, que o time lute por algo a mais….título é muito complicado…..vaga na Libertadores, é mais paupável…..só que o time está vagando em outra órbita e alguém precisa chamar eles de volta pra Terra.

    Não sei se é soberba da diretoria, se é o problema do Morumbi na Copa, se é fim de mandato, se é burrice ou se é tudo ao mesmo tempo. Mas alguém precisa tomar o controle do que está acontecendo…..aliás, alguém precisa entender o que está acontecendo.

    O grupo de atletas (pelo menos a espinha do time) foi formada pelo Muricy e teve seus bons e maus momentos….ganhou três brasileiros seguidos, mas ao mesmo tempo não soube disputar as Libertadores……havia algo de errado.

    Entra o Ricardo Gomes e pouco se muda no elenco…ou pelo menos na concepção das contratações…..ou será que o Ricardo Gomes pensa futebol igual o Muricy? O planejamento de 2.010, quem em outubro de 2.009 já estava esquematizado, pelo visto não foi bem pensado.

    O fato é que clube e elenco precisam de sangue novo e idéias novas. O Ricardo foi uma aposta que sucumbiu. Parece que ninguém entende o que é renovação. Pode demorar pra dar certo? Claro que pode……mas é melhor seguir em frente do que ver todo mundo te ultrapassar.

    Sou são paulino e pra mim o time tem que estar lutando pelos títulos, todo ano…..mas mostrando um futebol que faça o torcedor confiar plenamente no time. Mesmo nos Brasileiros, o time teve fases péssimas e acabou ganhando um ou outro campeonato por causa de bobeadas dos outros.

    Enfim, é bom todo mundo acordar porque daqui a pouco os outros times vão jogar com mais vontade ainda pra fazer cair……hehehehe.

  • Anna

    Time grande cai. Ao ler o comentário do Bettaum, não resisti. Espero que não aconteça com o tricolor do Morumbi, mas se não abrir o olho, corre risco. Boa tarde a todos, Anna

  • Marcel Souza

    É incrível como a diretoria atualmente está jogando no lixo todo um grande trabalho que foi feito nos anos anteriores. Se já não pode falar que é o clube mais organizado no Brasil (coisa que o Inter é muito mais hoje), agora tá virando “farinha do mesmo saco”. A cada dia é uma notícia mais desanimadora que a outra.

  • Pedro Valadares

    André, o São Paulo não vai cair. Por pior que possam ser suas atuações, não é possível imaginar que possam existir time puior que Atlético Goianiense, Prudente, Grêmio e Goiás. O Grêmio se encaixa melhor na sua descrição do que o São Paulo, e ainda tem um técnico com know how no assunto rebaixamento.

  • Paulo Torres

    O Palmeiras caiu em 2002 com Marcos, Zinho, Arce, Léo Moura. O Galo em 2005 com Rodrigo Fabri, Marques, Euller, Cáceres, Bruno no gol. Tinham elencos melhores que muitos dos adversários, mas quando começa a série de derrotas, não é fácil recuperar o bom futebol.

  • BASILIO77

    O SPFC paga pelo que plantou. Foi o principal responsável, com a ajuda de seus representantes na mídia, da supervalorização da libertadores nos últimos 15 anos. Assim, o TRI-HEXA, acaba valendo menos do que deveria.
    Já disse aqui mesmo e repito: o tricampeonato brasileiro não será conseguido por nenhuma equipe nos proximos 30 anos!!!
    Foi uma conquista FANTÁSTICA. A “crise” não se justifica.
    Agora, cada um com seus “pobrema”.
    Abraço.

  • Pedro Valadares

    Galera, antes que apareça algum gremista que se sinta ofendido, me antecipo e digo que não tenho nada contra o Grêmio. Apenas considero que o atual time é um time de jogadores do passado. hugo já não é aquele Hugo, Sousa igualmente e Borges idem.

    Mas independente de qualquer coisa o Grêmio sempre será um time grande e Renato Gaúcho sempre será um ídolo, apesar de ser um treinador fraco, na minha opinião.

  • Mtx

    Peguem o exemplo do Fluminense no ano passado. O mesmo time que foi finalista da sul-americana nao foi rebaixado por um triz.

  • André,

    Time grande cai sim, principalmente quando mal administrado. O que ocorre no São Paulo, é uma sucessão de erros, desde o início da gestão Juvenal Juvêncio. Com uma diretoria ‘amadora’, Juvenal quer fazer o bom e barato, mas que às vezes custa caro aos cofres do clube, um exemplo disso é a contratação de Cléber Santana, em que o clube investiu alto, e não teve retorno ainda. Uma outra coisa, é como a diretoria tricolor e os dois últimos treinadores que lá estiveram, montaram de maneira equivocada seus elencos, exagerando em contratações em alguns setores, e outros sofrendo improvisos, principalmente nas laterais.
    Mas só se repara nisso tudo agora, que o time esta em decadência total, poucos foram os que já notaram isso à algum tempo.

    Abraço.

  • Flor

    Eu lembro do Palmeiras, quando tinha time melhor do que varios e nomes muito bons.
    Isso não quer dizer nada. As vezes o time é engolido pela crise e não tem mais volta.

    Sei lá, acho que o são paulo ta pagando pela arrogancia dessa diretoria que se acha o manchester brasileiro. Os dirigentes de lá não são muito melhores do que de vários times. Em 2005 encontrou um time apostando em jogadores desconhecidos e em fim de contrato. Encaixou. Continuaram mantendo essa postura, mas um dia as apostas e esse modos operanti ia dar errado.

  • Flor

    Alias, só pra esclarecer quem disse isso: “time grande não cai”, foi o leco, dirigente do sp, desmerecendo varios grandes brasileiros com sua rotineira arrogancia. Ia ser uma bela peça pregada pelo destino. hauhauhuahuah

  • grillo

    Do jeito que ta…COPA DO BRASIL… ta bom demais, valeu pessoal sempre tricolor

  • leonardo atleticano

    Acho que o São Paulo nai cai esse ano, mas já fica o aviso que nada dura para sempre, e ser arrogante nunca é o melhor caminho, o futebol como a vida são ciclos, nada fica definitivamente por cima, nem tão pouco por baixo. Ter serenidade na crise e humildade nas vitórias é o que vale mais.

  • Allejo

    “Foi o principal responsável, com a ajuda de seus representantes na mídia, da supervalorização da libertadores nos últimos 15 anos. Assim, o TRI-HEXA, acaba valendo menos do que deveria.”

    Que time será que Basilio77 torce?? rsrsrs

  • Joao Daniel

    Quanto à “tima grande nao cai”, vamos falr sério. cai sim. ja cairam antes, e outros vão cair, cedo ou tarde.
    Agora uma coisa, AK, vale no comentário.
    De todos os times grandes que cairam recentemente (Palmeiras, Botafogo, Atletico-MG, Gremio, Corinthians e outros) nenhum deles tinham um dos 4 piores elencos do campeonato. Tá certo…era duro ver o corinthians com Clodoaldo no ataque em 2007, mas o time nao era pior que o Goias, por exemplo…
    O mesmo para o Palmeiras, do Marcos, em 2002, o Atlético-MG, que na minha opinião até tinha um bom time, e por aí vai..
    Na minha opinião, a história mostar que um time pequeno quando cai pode-se dizer que é porque tem um elenco fraco, mas quando cai um time grande, não é por causa da (falta de) qualidade nos seus elencos, mas sim porque falta organização nos clubes para que os atletas aguentem uma pressão que já é grande por natureza…
    e o sao paulo corre esse risco sim, se achar que o que foi feito nos últimos 4 anos vão voltar automaticamente.

  • Bruno

    Seguindo o raciocínio de alguns, podemos afirmar que Milan e Juventus são times pequenos? Qualquer time que disputa um torneio que tem rebaixamento pode ser rebaixado.

  • Pedro Valadares

    Bruno, o caso do Milan e da Juventus é diferente, pq eles foram rebaixados por motivos extracampo, e não por mal desempenho.

  • BASILIO77

    SPFC rebaixado no paulista 91.
    SFC rebaixado para o brasileiro de 1983, na “virada de mesa” foi convidado e acabou vice campeão daquele ano.
    Abraço.

  • Edouard Dardenne

    Basilio77, em 91 o SPFC não foi campeão justamente em cima do nosso time? Um abraço.

  • Edouard Dardenne

    Basilio77, pesquisei aqui e entendi o que você quis dizer. Os times teriam sido (discutível quanto ao Paulista…) rebaixados em razão dos campeonatos dos anos anteriores aos que você mencionou. Um abraço.

  • Allejo

    Basílio77,o São Paulo foi campeão paulista em 91, com direito a um 3×0 no Corinthians na final, 3 gols de Raí. Se vc refere ao paulista de 90 em que o São Paulo foi para o grupo 2, isso não caracterizou rebaixamento, o regulamento do paulistão de 90 já previa isso, leia o regulamento por favor. Quanto à alguma rebaixamento em 83 só tenho a dizer … ???????

  • Rejane

    A diretoria do São Paulo deveria olhar as recentes histórias de rebaixamento de dois times grandes: Corinthians e Vasco! Com essa crise, a falta de planejamento da diretoria são-paulina é visível! Por enquanto, esse ano, a diretoria do São Paulo estava mais preocupada com a questão do Morumbi ser sede ou não da Copa de 2014!

  • Fred Ferreira

    André,

    Eu acho que não é só a diretoria do São Paulo que gosta de ser considerada moderna. Durante os últimos anos, a imprensa em geral, se acostumou a aprovar, divulgar e bater palmas pra qualquer atitude vinda do São Paulo.

    O São Paulo tem histórico de aliciar jogadores e querer passar por cima dos outros clubes pra fazer valer os seus interesses. Só que, aqui no Brasil, quando se consegue os títulos, pode-se tudo…

    Esse episódio com a torcida é bom pra mostrar que no São Paulo também tem gente de caráter duvidoso e sem o devido profissionalismo, que tanto pregam.

    abs,

  • Paulo sp

    SPFC rebaixado em 91?kkkk
    vai saber né, eu não lembro porque estava comemorando nosso tri brasileiro kkkkk
    83, bom aí é aquela coisa, o brasileirão tinha 250 times e de vez em quando os cartolas aprontavam dessas
    Dividiam em grupos de 50 ou de 30 kkk sei lá…Vide o braisileirão em 86(acho que tinha uns 100 times no campeonato) quando vencemos o brasileirão pela 2º vez não teve rebaixamento aliás anos anteriores também, no entanto os cabeça fraca insistem em rebaixar alguns times, Guarani por exemplo, como um time vice campeão numa das finais mais emocionantes da história pode ser rebaixado????
    O Basilio77 acabou de rebaixar o SPFC também, vai entender…
    Agora time grande cai sim senhor(e não tem nada demais), caiu antes e vai cair no futuro…
    SPFC não cai, pelo menos esse ano

  • Paulo sp

    Agora time grande cai sim senhor(e não tem nada demais)
    Se subirem como os que caíram recentemente fizeram…

  • Perfeito André

    Concordo com você integralmente.
    Sou são-paulino e minha preferência hoje seria o Paulo Autuori, mas parece muito improvável pela parte financeira.
    Então, acho que o Silas, apesar de não ter tanta experiência, seria uma boa opção.
    O que você acha?

  • Alexandre

    Time grandinho até cai, mas time GRAANDE não cai não. Dito isto, acho que é muito cedo ainda para sequer cogitar a queda do São Paulo. Nesta altura do campeonato, só o Fluminense e o Corinthians estão livres de qualquer risco de rebaixamento.

  • Dioniso

    Sua bisavó já dizia :” Língua é bom com batata”…

  • BASILIO77

    O SFC foi “convidado” para o brasileiro de 1983. Não havia alcançado a classificação para aquele campeonato durante o campeonato paulista do mesmo ano, portanto deveria ter disputado a “taça de prata” como aconteceu nos anos anteriores com outros times(SCCP inclusive). Se isso não é rebaixamento, não sei o que é…
    Quanto ao SPFC, o correto é 1990.
    Abraço.

  • Kleber M

    Grande comentário, André. Até acho que o SP não cai mesmo, porque há muitos times piores – mas esperar que os outros sejam piores seja suficiente é mediocridade.

    Quando o Palmeiras caiu em 2002, tinha Marcos, Arce, Zinho, Dodô… um bom elenco! E caiu mesmo pois a diretoria não conseguiu resolver o problema a tempo, trocando de técnico várias vezes sem ter solução. O Corinthians caiu em 2007 e a diretoria veio a público dizer “rebaixamento é coisa do outro Parque”… e caiu também, pois achou que havia times piores. Agora a diretoria do SP, arrogante como sempre, vem dizer que “o SP é time grande e não cai” (assim como o Corinthians fez) e que “o time vai reagir” (como Corinthians e Palmeiras acharam), sem tomar as devidas providências.

    Acho que um aninho na série B vai fazer muito bem aos bambis.

  • Carlinhos Tricolor

    O São Paulo jamais foi rebaixado, e nem disputou Taça de Prata.

    EM 1990, NÃO HOUVE VIRADA DE MESA E TAMPOUCO REBAIXAMENTO.

    Artigo do MAURO BETING destrincha o assunto:

    http://blogs.lancenet.com.br/maurobeting/2009/01/25/como-o-sao-paulo-nao-foi-rebaixado-no-sp-90-e-como-a-fpf-rebaixou-32-clubes-no-sp-94/#comment-476676

    *

    PAULO VINÍCIUS COELHO (ESPN), TAMBÉM EXPLICA:

    http://www.youtube.com/watch?gl=BR&hl=pt&v=g2n8vzxKRPs

    *

    CÓPIA DO REGULAMENTO DO CAMPEONATO PAULISTA DE 1990:
    http://img.photobucket.com/albums/v57/michaelserra/spfcpedia/spfc902.jpg

    Quanto ao rebaixamento, vamos ao texto original do regulamento oficial do Campeonato Paulista de 1990. Parágrafo 1º do artigo 5º: “Para o Campeonato da Primeira Divisão de Futebol Profissional de 1991, o Grupo I será constituído pelas 14 associações classificadas para disputar a quarta fase do Campeonato de 1990 e o Grupo II será constituído pelas dez associações restantes que não se classificaram para a quarta fase e mais quatro advindas da Divisão Especial de 1990.”

    Parágrafo 2º – “No campeonato da primeira divisão de futebol profissional de 1990, não haverá descenso à divisão especial de futebol profissional. Mas a partir de 1991, ou a cada ano haverá o descenso de uma associação da Primeira Divisão de Futebol Profissional e o acesso de uma associação da Divisão Especial de Futebol Profissional”

    *

    REVISTA PLACAR:

    Trecho da Revista Placar, de 26 de janeiro de 1990, edição 1024 – ANTERIOR AO CAMPEONATO, PORTANTO.

    http://img.photobucket.com/albums/v57/michaelserra/spfcpedia/spfc90.jpg

    COMO ATESTADO, O REGULAMENTO NÃO PREVIA REBAIXAMENTO.

    *

    TAÇA DE PRATA (1980 a 1983)

    http://blogdobirner.virgula.uol.com.br/2008/11/04/nos-anos-80-a-taca-de-prata/

    A Taça de Prata era considerada a 2º divisão do campeonato brasileiro no início dos anos 80. No próprio site da CBF, isso é atestado.

    Do Trio de Ferro, os únicos que a disputaram foram Palmeiras (1981 e 1982) e Corinthians (1982).

    Ratificando que segundona não é coisa para o São Paulo Futebol Clube.

    O Santos também era pra ter disputado a Taça de Prata de 1983 (já que terminou o Campeonato Paulista do ano anterior em 8º lugar – Os seis melhores do Paulistão se classificavam para a Taça Ouro). Porém, o Santos recebeu um convite da CBF para entrar direto na Taça de Ouro de 1983.

  • Sam

    Fico me perguntando se o senhor estava presente no acontecimento que acabou de narrar. Os jogadores ao fazerem seus gols, com gestos sempre homenageiam as uniformizadas, isto em todos os jogos que assisto. Então, não me venham dizer que esta relação de contato mais íntimo não pode acontecer. Jogadores dispolitizados que nunca se colocam ideologicamente com relação as torcidas, pelo contrário sempre as apóiam, devem arcar com suas atitudes. Lembrando que vários jornalistas tem o discurso chauvisnista e preconceituoso que incentivam a violência no futebol. Neste caso, não há santos.

    AK: Cada um se relaciona com quem bem entender. O ponto aqui é a posição do clube. Um abraço.

  • Allejo

    Carlinhos tricolor encerrou o assunto, sem mais.

  • BASILIO77

    O Mauro Betting é aquele que diz que o mundial interclubes começou em 2000?
    Abraço.

  • Carlinhos Tricolor

    O Mauro Beting considera todos os mundiais, desde 1960. E admite o São Paulo como tricampeão do mundo, é óbvio.

  • BASILIO77

    Pô Carlinhos, que comentário curto…o outro foi tão elaborado e cheio de “provas documentadas”….rsrsrsrsrsrsrs…
    Abraço.

  • Allejo

    Carlinhos 3 x 0 Basilio77

  • Carlinhos Tricolor

    Basilio77, procure na internet que você acha o Mauro Beting falando do Santos bimundial, POR EXEMPLO: http://blogs.lancenet.com.br/maurobeting/2010/04/14/santos-futebol-clube-98/

    Logo, por extensão… Pense um pouco, hehehe.

    E apesar da sua “ironia”, são provas documentadas mesmo, com cópia do regulamento e tudo. Além da opinião de dois grandes especialistas. Agora, se o seu clubismo embota a sua visão, paciência, rsrsrs…

  • TRICOLOR SOBERANO

    G5 do Futebol Mundial

    Os 5 times com mais conquistas interncionais (America do Sul e Europa)
    Milan
    Boca
    Real
    Independiente
    São Paulo

    Os 5 times com mais títulos na America do Sul
    1º Boca
    2º Independiente
    3º São Paulo
    4º Penarol
    5º Nacional

    G4 do Domínio de Décadas somente entre os grandes de SP:

    1. São Paulo – Tetracampeão (Décadas de 40, 80, 90 e 00) = 40 titulos no total

    2. Palmeiras – Bicampeão (Décadas de 30 e 70) = 39 titulos

    3. Corinthians – Bicampeão (Décadas de 20 e 50) = 38 titulos

    4. Santos – Campeão (Década de 60) = 37 titulos

    >>> SÃO PAULO NOS PRINCIPAIS RANKINGS DE CLUBES <<<

    CONMEBOL- 1º
    http://www.conmebol.com/ranking_pais_index.jsp?pais=bra&slangab=S

    IFFHS Histórico – 20º (Melhor Brasileiro e 2º Melhor das Américas)
    http://www.iffhs.de/?3d4d443d0b803e8b40384c00205fdcdc3bfcdc0aec70aeedbe1a

    IFFHS Melhores do Mundo – 12º (Melhor Brasileiro e 2º Melhor das Américas)
    http://www.iffhs.de/?10f42e00fa2d17f73702fa3016e23c17f7370eff3702bb1c2bbb6f28f53512

    Folha de São Paulo – 1º (6º do Mundo)
    http://elt0n.wordpress.com/2006/12/24/ranking-da-folha/

    Placar – 1º
    http://placar.abril.com.br/ranking/

  • BASILIO77

    Como 3×0?
    Recebi “meio certo”.
    Acertei no SFC rebaixado em 1983.
    Abraço.

  • BASILIO77

    O “não rebaixamento” do SPFC em 1990 baseia-se no fato de que o clube NUNCA esteve alijado da disputa do título de 1991 da “divisão principal” e de que os termos “descenso” ou “rebaixamento” não estavam no texto do regulamento.
    Mesmo o SPFC disputando o paulista 91, nas primeiras fases só entre os 10 piores times do torneio de 90 e mais 4 vindos da “divisão especial”, que belo termo pra terceira divisão, NÃO caracteriza um “rebaixamento”.
    O clube só foi jogar os clássicos depois de fazer turno e returno no “modulo amarelo”, vide abaixo”, eu disse MODULO AMARELO e não segundona.

    Legal.

    Eu que sempre tive a certeza de que o meu SCCP tinha sido rebaixado em 1982, descobri que não foi assim. Afinal ficamos em quarto lugar do brasileirão daquele ano.
    E o Sancaetano também não jogou a segundona de 2000, afinal daquele ano jogando contra o Vasco.

    Valeu pela aula Carlinhos!

    Ah, só pra refrescar a memoria sobre o paulista de 1991:

    Grupo Verde: América, Botafogo, Bragantino, Corinthians, Ferroviária, Guarani, Ituano, Mogi Mirim, Novorizontino, Palmeiras, Portuguesa, Santos, XV de Piracicaba e XV de Jaú.

    Grupo Amarelo: Catanduvense, Internacional, Juventus, Marília, Noroeste, Olímpia, Ponte Preta, Rio Branco, Santo André, São Bento, São José, São Paulo, Sãocarlense e União São João.

    O Campeonato Paulista da Primeira Divisão de 1991, recebeu quatro clubes que subiram da SEGUNDA DIVISÃO de 1990, o Olímpia, o Sãocarlense, o Marília e o Rio Branco.

    E mais uma vez citando M.Beting:

    “Em outro texto veiculado em 2009 no site Lancenet, do jornal esportivo Lance!, o jornalista Mauro Beting também abordou o assunto polêmico, avaliando que uma “brilhante sacada regulamentar” impediu o rebaixamento do São Paulo à segunda divisão do estadual. “No frigir das bolas: o São Paulo começou o SP-91 na divisão inferior – mas não foi tecnicamente rebaixado. A mesa não foi virada para beneficiar o São Paulo – apenas foi um truque discutível da FPF, ainda em 1990, e sem saber que um grande passaria pelo vexame tricolor, para rebaixar sem ações na Justiça dez clubes do SP-90 para o SP-91″, escreveu o jornalista.”

    Tá aí, o resto é semântica.

    Abraço a todos.

MaisRecentes

A vida anda rápido



Continue Lendo

Renovado



Continue Lendo

Troféu



Continue Lendo