NOTINHAS PÓS-RODADA



E já se foram 12 jornadas…

* A atuação do Fluminense (3 x 1 no Atlético Paranaense: Washington-2, Emerson e Bruno Mineiro – 30.763 pagantes no Maracanã), líder do BR-10, foi a melhor da rodada.

* Tudo o que Washington não teve no São Paulo foi Conca.

* O Atlético Goianiense (1 x 1 com o Guarani: Rodrigo Tiuí e Mazola – 2.340 pagantes no Serra Dourada) foi prejudicado pelo próprio campo.

* Tiuí perdeu o segundo gol, no fim do primeiro tempo,  porque a bola encontrou um defeito no gramado e subiu.

* Só no segundo tempo da vitória (2 x 1: Fernandão, Ricardo Oliveira e Erick Flores – 11.793 pagantes no Morumbi) sobre o Ceará, o São Paulo deu à sua torcida um motivo para acreditar na noite da próxima quinta-feira.

* Para quem ficou 6 meses parado, Ricardo Oliveira jogou demais.

* O Avaí (4 x 1 no Goiás: Davi-2, Emerson, Bernardo e Robinho – 7.963 presentes na Ressacada) continua invicto no pós-Copa.

* O primeiro tempo do Goiás foi trágico.

* Os gols da vitória do Botafogo (3 x 1 no Vitória: Edno, Júnior e Jobson-2 – 8.217 pagantes no Barradão) só aconteceram depois dos 35 minutos do segundo tempo.

* Jobson disse que quer ser “um exemplo para muita gente”. Tomara.

* No Gre-Nal (0 x 0 – 33.037 pagantes no Beira-Rio) entre um Inter pensando na Libertadores e um Grêmio preocupado com a situação na tabela, todo mundo ficou na mesma.

* O Inter, na área-vip. O Grêmio, no calabouço.

* Três jogadas de gol corretamente paralisadas por impedimento. Um gol irregular que parecia legal e um gol legal que parecia irregular.

* O apito teve mais destaque do que o futebol, no disputado empate (1 x 1: Jorge Henrique e Edinho – 25.139 pagantes no Pacaembu) entre Palmeiras e Corinthians. Os dois perderam uma posição na tabela.

* No encontro do Galo com a Raposa (Cruzeiro 1 x o Atlético Mineiro: Wellington Paulista – 12.340 pagantes), na Arena do Jacaré, um pombo acertou o ninho da coruja.

* Só torcida do Atlético no estádio. Uma declaração oficial da nossa incompetência para organizar um jogo de futebol.

* O gol do Santos (2 x 1 no Grêmio Prudente: Danilo, Rodriguinho e Róbson – 15.890 pagantes no Prudentão) estava fechado no final do jogo, quando o GP perdeu 2 pênaltis.

* Golaço de Rodriguinho.

* Jogo que termina sem gols sugere falta de emoção, e o clássico entre Flamengo e Vasco (0 x 0 –  50.477 pagantes no Maracanã) não foi mesmo de arrancar suspiros.

* Mas Fernando Prass, com uma histórica sequência de 3 defesas no mesmo lance, foi o maior responsável pelo placar zerado.



  • eduardo pieroni

    Boa Andrè, com todo respeito mas o CEARA não è nem 10% do time do inter, o SPFC vai ter que fazer a partida do ano para se classificar.

  • Willian Ifanger

    Não sei se foi o Mal da Copa, com aquele overdose de jogos, ou se os jogos não estão bons mesmo……mas o fato é que ainda não consegui ficar sentado no sofá e ver um jogo até o fim.

    Uma dúvida: uns anos atrás, Palmeiras e Corinthians firmaram um “acordo” onde todos os clássicos seriam numerados (como são os Gre-nais – hummm), com bola comemorativa e tal. Isso foi feito apenas naquele jogo? Ou isso foi adotado de verdade? Nunca mais ninguém mencionou isso.

  • eduardo pieroni

    GALO ROSA, rumo a Segundona , viva o luxa,viva o kalil,viva a turma do didi,domingo è sò alegria.

  • Luiz Fernando Paes

    só corrigindo uma informação …

    o pênalti que o Rafael, goleiro do Santos, pegou, foi batido pelo ex-santista e ex-Flu, Paulo César.

    no segundo, sim, foi o Róbson que chutou na trave.

    abs

  • Anna

    O clássico foi muito ruim, mesmo, tenebroso. Marcelo Lomba, goleiro do Fla, jogou muito bem, também, mas devido à sequencia de sensacionais defesas no final do jogo, Fernando Prass foi eleito o melhor em campo. Mano Menezes estava lá e deve ter anotado em seu caderninho o nome do goleiro vascaíno. O empate foi ruim para Vasco e Flamengo, mas pelo menos o time da Colina não voltou para o calabouço. O gol mais bonito da rodada, sem dúvida, foi o de Rodriguinho, do Santos.

  • Marcel Souza

    O alento é que o São Paulo conseguiu ganhar uma pelo menos. Melhor jogar na 5a com os 3 pontos do que com mais uma derrota.

    Sobre o Washington, quero ver quando o Fred voltar pro time se vai continuar tudo nesse mesmo “paz e amor”…

  • Rejane

    Nessa rodada, só assistir ao jogo Grêmio Prudente X Santos. O segundo tempo foi bem movimentado. Na hora do penaltil, o goleiro Rafael tirou a concentração do jogador do Grêmio Prudente que acabou jogando a bola na trave!
    O programa Bola da Vez com Tiago Splitter foi ótimo. O Tiago é tranquilo e bem concentrado nos seus objetivos em relação ao basquete!

  • Roberto Carlos

    Andre
    Se o jogo de ontem Palmeiras e Corinthians fosse paralisado a todo instante que tivesse um lance polemico para uso do recurso eletronico será que a partida não terminaria por volta das 19:00hs? Já imaginou então nos casos das partidas que começam por volta das 22:00? Correriamos o risco de passar a madrugada esperando o parecer final e ainda assim quando acordarmos de manhã poderia surgir uma imagem de um outro angulo “desmentindo” as imagens oficiais.
    Abraços
    AK: Não sei o que você chama de “lance polêmico”. Mas vamos fazer uma conta: foram 3 jogadas de gol paralisadas por impedimento, e mais os 2 gols validados (dois lances duvidosos, um deles irregular). Você viu o jogo pela TV? Quanto tempo se levou, em TODOS esses lances, para descobrir se o árbitro errou ou acertou? 20 segundos? 30?Vamos fechar em 30. Portanto: 5 lances, 30 segundos para revisar cada um = 2 minutos e meio. Acho bem razoável. Principalmente porque um gol irregular não seria validado, e o placar do jogo refletiria o que aconteceu em campo. Um abraço.

  • Fernando Prass foi o nome do jogo no Maracanã, linda sequência de defesas, parabéns à ele.

  • gomes

    André boa tarde,

    O meu Galo, tem que contratar não é jogador e nem treinador, mas sim um arqueólogo, para desenterrar a macumba que fizeram pro meu glorioso, tá osso!

  • Marcos Vinícius

    André,e a respeito da infantilidade dos meninos do Santos,que,inclusive,mostrou que o elenco não é homogêneo e o ambiente não está tão bom quanto o Dorival gosta de demonstrar,tudo isso às vésperas da decisão do mais importante torneio nacional,vai deixar passar em brancas nuvens?

MaisRecentes

É do Carille



Continue Lendo

Campeão de novo



Continue Lendo

Inglaterra 0 x 0 Brasil



Continue Lendo