??!!!



Ainda não entendi o que a Holanda queria.

Se era segurar o jogo, assumindo a inferioridade técnica, precisava ser na base da pancada?

O árbitro Howard Webb (que foi tão bem na final da UCL) é um dos culpados pelo jogo feio que vimos hoje.

Demorou a mostrar o cartão amarelo (Van Persie pegou Busquets logo no começo) e depois teve de distribuir 14, recorde de uma final de Copa. O anterior era 6.

A história vai contar que Robben perdeu o gol que provavelmente daria o primeiro título mundial para a Holanda.

Mas ele não perdeu o gol. A bola que raspou no pé de Casillas, caído, foi obra do mais puro azar.

Essa foi a final dos goleiros, já que o holandês Stekelenburg também evitou um gol de Villa e outro de Fábregas.

Não foi o jogo que se imaginava, muito porque a Holanda não quis que fosse.

A Copa do Mundo está em boas mãos. Nas mãos e pés de quem gosta de jogar futebol bem jogado.

Depois de décadas e décadas de uma frustração crônica no futebol, a Espanha é campeã europeia e mundial num intervalo de 3 anos.

E o esporte se junta a outras modalidades em que os espanhóis são gente de ponta.



  • Marcos Vinícius

    Mas como assim vc não entendeu o que a Holanda queria?

    Vejamos:

    A Holanda chegou,com méritos,na final do torneio de futebol mais importante do planeta.Logo,teria totais condições de encarar a Espanha de igual para igual,sem admitir discutível inferioridade técnica.

    A proposta de jogo da Holanda era clara.Marcar,marcar muito,algumas vezes abusando da força.O árbitro do jogo foi uma escolha extremamente infeliz da FIFA,que não entendeu que a partida precisava de alguém com um perfil mais disciplinador pra poder controlar a partida.Se o jogo foi feio em alguns momentos,foi porque os jogadores perceberam que o juiz não queria expulsar ninguém.E olha que motivos para fazer isso ele teve.Arjen Robben que o diga.

    A Holanda manteve sua proposta de jogo desde o começo da Copa.Marcação forte e saída rápida nos contra ataques.Não conseguiu sucesso em suas jogadas ensaiadas.Aparentemente Del Bosque decorou todas e as passou muito bem para seus comandados.Já repararam com ele parece com o Murtosa,auxiliar do Felipão?

    A Espanha mereceu levar.Mas se a Laranja levasse não seria nenhuma injustiça.O gol aconteceu em um buraco que havia na defesa laranja,ocorrido pela recente expulsão do becão.

    Levou quem merecia.Levou quem errou menos.

  • Pedro Valadares

    Realmente, a Holanda foi ridícula! Não merecia ser campeão. De Jong e Van Bomel fizeram hora extra em campo! Um absurdo! Esse arbítro horrível já tinha prejudicado o Chelsea e quis cobrar a conta do Iniesta!

    Felizmente, a Espanha é campeã! Jogando bonito e sem ser mal educada com a imprensa!

    abraços e parabéns pela cobertura, André!

  • Leandro Saudino

    Concordo, a Holanda foi muito mal. Poderia ter levado, mas não mereceu. Parabéns Espanha!! Mesmo não tendo o melhor futebol. A fúria é pura regularidade.

    Esse é o meu Blog sobre esporte, http://www.leandrosaudino.blogspot.com , entra ai!!

  • Wlad

    A verdade é que essa final era prá ser entre Brasil e Espanha mas, infelizmente, os brasileiros não possuem raça… jogam achando que são craques intocáveis quando, na verdade, são apenas bons jogadores, nada mais que isso… que tenham raça e comprometimento em 2014, tudo que faltou nessa Copa… e que parte da imprensa brasileira pare de babar ovo e puxar saco dos atletas e seja mais profissional.

  • Leandro Azevedo

    Andre,

    Voce estava na zona mista na hora da entrevista do Casillas com a namorada dele? Se sim, qual a reacao da imprensa na hora?

    Abraco

    AK: O “beijo mais famoso da história do futebol espanhol”, como estão dizendo os jornais do país, aconteceu na área de flash-interview, que fica antes da zona mista. Não, eu não estava lá. Um abraço.

  • Fábio

    Achei esse jogo um saco!
    Chato pra @$%¨$%#!
    Mas a Espanha mereceu ganhar da Holanda!

  • Kuei

    kkkk a Holanda foi uma piada! Vem cá, o Sjneider estava em campo? O cara nao deu as caras…

    Nao gostei mt dessa final… sem emoção, sei lá, nao gostei… Agora o encerramento foi lindo e mt emocionante (principalmente com a presença do Mandela)

    André, vc estava vendo o encerramento? Se sim, deve ter sido único ver o Nelson Mandela… mt emocionante e histórico. Se pela tv foi emocionante imagina lá no estádio!

    AK: Foi surpreendente e emocionante. O ponto alto da cerimônia, que, fora a Shakira, foi muito legal. Um abraço.

  • Anna

    A Holanda ganhar seria o prêmio ao anti-jogo. A Espanha não foi brilhante, mas venceu quem se propôs a jogar, mesmo pecando nas finalizações. O árbitro ingles foi péssimo. Devia ter expulsado o De Jong pela falta criminosa em Xabi Alonso que está com suspeita de fratura de costela. Casillas foi o heroi do jogo em todos os sentidos e muito fofo também. Fiquei muito feliz de ter visto a Espanha campeã! Pena que nao consegui ver Rafael Nadal no vídeo pois sei que ele estava lá junto coma família real espanhola e com o tenor Plácido Domingo.

  • Willian Ifanger

    Realmente foi uma final estranha. Sem graça……uma festa de encerramento bacana, um ícone da humanidade em campo sorrindo como garoto e um jogo que tava com cara de penaltis.

    Pelo conjunto da obra, mereceu a Espanha. Mas ficou uma sensação estranha após a conquista. Até porque, me desculpem os outros, uma final de Copa do Mundo sem Brasil, Italia, Alemanha e Argentina não é 100% completa.

    E muito justo o prêmio de melhor jogador da Copa ir para o Forlan.

  • Leonardo Pires

    André, penso que o gol não feito pelo Robben não tenha relação somente com sorte ou azar, mas, sim, com a competência do goleiro. Deixar de lado tal circunstância seria desmerecer o grande desempenho do Casillas na jogada.

  • Sérgio Cunha

    Título justíssimo, a Espanha joga com a bola no pé,trocam passes com rapidez e dominam qualquer adversário.Espero que o próximo técnico da nossa seleção faça o mesmo,acabou a conversa de quem joga bonito,com cabeças de área técnicos perde.

  • Rafael Wuthrich

    Devo ser muito cego. A Espanha joga igualzinho o Brasil de 94 e no entanto é endeusada, ao revés do escrete canarinho. A conquista até foi justa, agora dizer que é o resgate do jogo bonito, do futebol arte, é uma sandice.

    AK: Cara, você não é cego. Apenas pensa diferente, o que é normal. Como disse, não vejo comparação com o Brasil de 94. Para que fossem times parecidos, o Brasil precisaria ter dois jogadores de meio de campo que tratassem a bola como Xavi e Iniesta. O ponto central da conversa é esse. Não escrevi que é o resgate do futebol arte (que para mim é exemplificado pela Seleção de 82). Mas é um time que gosta do futebol tecnicamente bem jogado. Um abraço.

  • leonardo atleticano

    André, o jogo foi tecnicamente ruim e violento, ainda bem que ficou com a Espanha. Eu entrei neutro nessa final, para mim, qualquer resultado seria normal. Depois das primeiras traulitadas holandesas eu já passei a ser espanhol desde criança. Felipe Melo virou uma criança inocente se comparado aos holandeses, aquele seu pisão ontem não seria nem falta, de tantas voadoras, mortais, rasteiras e bordoadas.

  • Fabiano

    André, depois do jogo de ontem acho que deu pra entender a postura da Alemanha na semifinal. Estava muito estranho que aquele time que ganhou de 4 x 0 da Argentina entrasse com tanto medo. O que aconteceu foi que a Espanha não deixou nem Alemanha nem Holanda jogarem. Trancou o jogo de tal maneira no meio de campo, tocando a bola de lado o tempo todo, que não deixou oportunidade para nenhum dos times armarem jogadas e desenvolverem seu jogo.

    Ao contrário da Alemanha, a Holanda tentou reagir. Tentou retomar a bola, mas precisou usar a pancada para isso. Claro que a postura medíocre do juiz (aliás, os ingleses conseguiram ser péssimos em todas as posições do campo, não é? – até na torcida, veja-se Mick Jagger…), que deixou o jogo correr, ajudou na pancadaria.

    Mas o grande mérito (?) da Espanha, na minha opinião, foi não ter deixado os jogos fluírem. O lema deles podia ser “não ataco e não deixo atacar”. Com tanta supremacia na posse de bola, poderia acontecer em algum momento que eles chegassem ao gol. O fato de terem sido quatro 1 x 0 nas fases finais diz muito sobre o estilo espanhol de jogo.

    AK: Boa sacada sobre os ingleses. Um abraço.

  • Ilton

    Legal, vou visitar mais seu blog.
    Agora, convenhamos que a Espanha também bateu para valer hein. O Puyol deu uma entrada num holandês que quase quebra o pé do cara. Mas é claro… os holandeses foram, nesse quesito, bem superiores.

    abraços e parabéns pelo blog.

  • Rafael Wuthrich

    Obrigado pela resposta André, e pelo argumento. Estou com você no ponto do futebol arte. Quanto ao time da Espanha, acrescento uam diferença que aproxima mais os times: eles só tem um bom Villa no ataque. Nós tínhamos o excepcional Bebeto e o genial Romário. Um adendo: sua educação na resposta é um alívio no meio de vários blogueiros que se irritam e se perdem nas respostas aos internautas (quando respondem…). Mas uma vez obrigado.

  • Paulo sp

    A Espanha venceu tudo bem..tem até um bom toque de bola mas isso não ganha jogo
    A maior goleada na copa deve ter sido 1 x 0 ou um 2 x 1 suado contra seleções fortissímas como Chile e Paraguai ( Que se não perdesse un penalti…) que se enfrentassem o Brasil certamente os “Especialistas” diriam que nem tem cara de jogo de copa!!!(Com certa razão)
    Mas como foi a Espanha né…Ahhh sim tem o lado da defesa menos vazada que se fosse nossa seleção, certamente a chamariam de retranqueira , tem medo de jogar e essas coisas.
    Não levar gol ou sofrer poucos gols e fazer um de bola parada ou num erro do adversário é receita antiga por aqui
    Obrigado pela cobertura e bom descanso, pois não deve ser nada fácil
    abraços

  • Carlos

    Andre alguma seleção européia já conquistou a dobradinha , campeonato europeu mais copa do mundo ? Ainda mais com um clube nacional vencendo a Ucl no mesmo ano?

    AK: Alemanha 72 e 74 (Bayern de Munique campeão da UCL em 73-74), França 98 e 2000, Espanha 2008 e 2010. Um abraço.

  • David

    Pra mim foi a vitória do futebol holandês, jogado pela barcelônica Espanha. Já a Holanda não merecia nem estar na final. Quem se espantou com o fato deles baterem tanto não assistiu os outros jogos, como o contra o Brasil. Fora o laranja, não havia nada da escola holandesa de futebol no time da Holanda.

    E ao colega que comparou a Espanha com o Brasil de 94: isso foi a coisa mais absurdamente estranha que eu já ouvi alguém falar sobre futebol. A minha primeira reação seria dizer que você não sabe o que está falando, mas é uma coisa tão diferente que me fez até achar que talvez seja eu que não entenda nada.

  • Jonas

    Meu a Espanha não jogou tão melhor assim do que esse time prometeu!
    Era pra ser um timão e ganhou tudo apertado!Tá bom que nesse jogo a Holanda retrancou e apelou pra violência mas nem é pra tanto!Tem um site legal – http://worldcup.tweetbeat.com/ – Lá a discussão ferve amigo..hahahahah

  • Márcio

    Momento da copa pra mim: FINAL, 2° tempo da prorrrogação, Holanda chuta a gol, bate no zagueiro da Espanha, o goleiro espalma, e o juiz, INEXPLICAVELMENTE ou LÓGICAMENTE dá tiro de meta pra espanha.
    O desfecho todos conhecem, pois a Espanha foi campeã, finalmente, pra alegria de toda imprensa, da fifa, dos investidores do futebol.
    E o mundial virou palhaçada, assim como o brasileirão deste ano que já é do corintians, e assim como vai virando todo o futebol.
    Ainda temos cluber sérios como CRUZEIRO, SAO PAULO e INTER. Más só.
    Abraço

    AK: A Libertadores 2010 também era do Corinthians… um abraço.

MaisRecentes

São Paulo joga, Corinthians soma



Continue Lendo

Sqn



Continue Lendo

Gato



Continue Lendo