??!!!



Ainda não entendi o que a Holanda queria.

Se era segurar o jogo, assumindo a inferioridade técnica, precisava ser na base da pancada?

O árbitro Howard Webb (que foi tão bem na final da UCL) é um dos culpados pelo jogo feio que vimos hoje.

Demorou a mostrar o cartão amarelo (Van Persie pegou Busquets logo no começo) e depois teve de distribuir 14, recorde de uma final de Copa. O anterior era 6.

A história vai contar que Robben perdeu o gol que provavelmente daria o primeiro título mundial para a Holanda.

Mas ele não perdeu o gol. A bola que raspou no pé de Casillas, caído, foi obra do mais puro azar.

Essa foi a final dos goleiros, já que o holandês Stekelenburg também evitou um gol de Villa e outro de Fábregas.

Não foi o jogo que se imaginava, muito porque a Holanda não quis que fosse.

A Copa do Mundo está em boas mãos. Nas mãos e pés de quem gosta de jogar futebol bem jogado.

Depois de décadas e décadas de uma frustração crônica no futebol, a Espanha é campeã europeia e mundial num intervalo de 3 anos.

E o esporte se junta a outras modalidades em que os espanhóis são gente de ponta.



MaisRecentes

Cognição



Continue Lendo

Sete dias



Continue Lendo

Em voo



Continue Lendo