FRIO MONSTRO (e um gol que eu já vi)



Antes de qualquer coisa, esfriou muito em Joanesburgo. Quero dizer, muito. Coisa de 5 graus neste momento, estou feliz por estar sentado no Centro de Imprensa do Ellis Park.

Agora, sim, dá para acreditar na previsão de -2 graus celsius para a parte final do jogo.

Mas o fato é que, com qualquer temperatura, não dá para imaginar que a Seleção Brasileira terá problemas para vencer o pior time da Copa.

A Coreia do Norte tem o ranking Fifa mais baixo entre todas as seleções do Mundial: 105.

Kaká e Julio César estão recuperados e prontos para a estreia. O meia disse que não sabe se terá gás para o jogo inteiro.

Dado interessante: os 11 jogadores que devem entrar em campo logo mais nunca atuaram juntos (foi assim em todas as Copas que o Brasil ganhou).

Para quem gosta dessas coisas (informação apurada pelo PVC): O Brasil vai jogar de camisa amarela, calção azul e meias brancas. Julio César vestirá verde. A Coreia do Norte estará toda de vermelho.

No mesmo estádio em que conquistou a última Copa das Confederações, a Seleção Brasileira arrancará na Copa do Mundo.

Deve ser uma vitória absolutamente tranquila.

______

Apenas para deixar registrado, porque se eu contar essa história depois, obviamente ninguém acreditará em mim.

Sonhei com o jogo de hoje, e com um gol de Robinho.

Bola cruzada da direita, rasteira. Ele dominou já fintando um zagueiro com um drible de letra, cortou o goleiro e tocou pro gol.

Golaço.

Se acontecer, não pensem que voltarei aqui.

Já estarei cuidando das minhas novas atividades profissionais.



MaisRecentes

Em voo



Continue Lendo

Não estamos prontos



Continue Lendo

Ferido



Continue Lendo