PARECE QUE HAVERÁ ESPAÇO



Boa notícia para a Seleção Brasileira.

A Coréia do Norte vai jogar para ganhar a estreia na Copa, nesta terça.

Foi isso que disse o técnico Kim Jong-Hun, em entrevista coletiva agora há pouco no Ellis Park.

Jong-Hun afirmou que seus jogadores não devem nada aos de nenhuma outra seleção desta Copa, mas são mais fortes mentalmente. E acrescentou que o time atingirá o objetivo de passar pela primeira fase, para satisfazer o líder Kim Jong-Il e o povo norte-coreano.

Somente os primeiros 15 minutos, apenas um bate bola, do treino da Coreia do Norte foram abertos aos jornalistas. O segredo é tamanho que nem as câmeras oficiais da geradora de imagens da Copa puderam ficar voltadas para o gramado no restante do treinamento.

Os norte-coreanos vivem, literalmente, num mundo diferente.

O caso do jogador Kim Myong-Won ilustra o mistério em torno da seleção. Myong-Won é atacante, mas foi inscrito na Copa como goleiro. A Fifa descobriu e avisou que ele não poderá atuar como jogador de linha no Mundial. Na entrevista, o técnico Jong-Hun não revelou a intenção por trás da manobra, mas respondeu que Myong-Won disse a ele que, apesar de ser atacante, gostaria de disputar a Copa como goleiro.

Não é espetacular?

O segredo norte-coreano não vale só para o exterior. O jogo de amanhã contra o Brasil não será transmitido ao vivo para o país. E só será mostrado em videotape dependendo do resultado.



MaisRecentes

Terceirão



Continue Lendo

“Algumas tapas”



Continue Lendo

Humanos



Continue Lendo