PARREIRA ESTÁ EMPOLGADO (e preocupado com os mexicanos)



Desculpem a ausência.

A volta da Tanzânia não foi das mais fáceis. Terminamos de trabalhar lá pelas 2 da manhã e dormimos o que deu para dormir até as 5, quando tivemos de sair para o aeroporto.

Ontem, encontrei o Parreira para uma entrevista no hotel da seleção sulafricana, entreguei o material para a edição e fui dormir.

Hoje, vida normal.

Parreira está empolgado. A ponto de comparar o abraço do país em torno da seleção de futebol com o célebre momento, em 1995, em que o Rugby transformou a história África do Sul.

Que se entenda o que ele quis dizer, porque obviamente as circunstâncias não podem ser comparadas. Mas Parreira é um cara inteligente, está falando de apoio popular.

Num grupo com Uruguai, França e México, o técnico brasileiro está mais preocupado com o último. África do Sul e México abrem a Copa na sexta-feira, às 4 da tarde (hora local), no Soccer City.

“É o time mais ousado da Copa”, disse ele. “Ninguém além do México joga com 3 atacantes natos. Os dois laterais estão o tempo todo no ataque, eles são muito ofensivos”, completa.

Esse talvez seja o grupo mais interessante e imprevisível do Mundial.



  • Guilherme

    Realmente, o México vem impressionando. Eles tem uma saída rápida e até lembram, guardadas as devidas proporções, o corinthians do ano passado. No entanto, não acho que eles devam passar para a próxima fase, a não ser que a frança tropece, porque a África do Sul já está nas oitavas, como sempre acontece com os anfitriões. E além disso, o Parreira é um grande técnico, vai ser trabalhar bem com a equipe.
    É isso, boa sorte aí na África, André! Vamos torcer juntos para a seleção trazer o caneco!

  • Coitada da França, nesse grupo.

    Bom trabalho por aí, André! Abraço!

  • Guilherme Gios

    Concordo com vc na imprevisibilidade do grupo, mas sinto que a França não passa, e que México e África definem quem passa com o Uruguai.

    (palpite totalmente influenciado pela minha torcida pro Lugano…)

    Abraço!

  • Anna

    Eu também acho que esse grupo é interessante. E agora aposto que Uruguai e África do Sul vão se classificar. Parece afetivo e é torcer pela África do Sul. seria um brinde a esse povo tão caloroso e gentil.

  • leonardo atleticano

    André, acho o Parreira convencional demais, preso demais às estatísticas e números, teme três atacantes natos mais os laterais apoiando, mas nunca seria capaz de usar tal fórmula. Muito educado, fino, elegante, mas acho que conquista muito mais pela capacidade de falar. Devia ser professor de sala de aula, não de campo.

  • Rejane

    E a torcida sul-africana também está empolgada! Só a festa de hoje com as vuvuzelas e o desfile com a participação de alguns integrantes do time sul-africano nas ruas deu para perceber a empolgação!

  • Meus palpites sobre os Gigantes que ficarão pelo caminho já na 1ª fase residem em Brasil e França!

    Já falei aqui que a Argentina será campeã?

    😉

  • Anna

    Eu entendo que a vuvuzela seja mais popular que o mascotinho da Copa, mas eu odeio a vuvuzela pelo mal que acarreta à audição. E pensar que vamos ter que ouvir a vuvuzela cedinho por aqui, no Rio, no Alzirão, no Brasil inteiro… 😉

  • Boa tarde André!
    Bom,o Parreira tá certo em se preocupar com o México cara. Mas,na minha opiniao,deveria se preocupar com todos os times da chave…A Africa do Sul é o time mais fraco da chave,dentre os africanos,o mais fraco tbm. Com o méxico,ele vai ter que se preocupar mais em deixar o Pienaar solto,pq uma das grandes forcas do time do México é justamente pela direita,com o Alberto Medina,meia do Chivas que joga pra caramba,aberto pela direita(já que ele inverteu e tirou o pienaar da direita,o que evitaria o confronto direto). Fora isso,tem o Ochoa,belo goleiro,o Guardado,do La Coruna e principalmente o Nery Castillo,canhoto habilidoso.
    Grande abraco André!

  • Pedro Valadares

    O México realmente tem muitos jogadores talentosos, mas acho que eles vão ficar naquela “jogamos como nunca, perdemos como sempre”.

    Acho que nesse grupo passa a França e a África do Sul.

    Abraços!

MaisRecentes

Dilema



Continue Lendo

No banco



Continue Lendo

É do Carille



Continue Lendo