BLATTER MUDA DE IDEIA (e o gigante Soccer City) – Atualizado com fotos



A imprensa internacional estava a postos nas cadeiras do estádio Soccer City, palco da abertura e da final da Copa do Mundo.

O evento era simbólico: a “entrega” oficial do estádio à Fifa.

Na lateral do gramado, autoridades sulafricanas e o presidente da Fifa, Joseph Blatter, eram esperadas a qualquer momento.

A moça que comanda a programação abre o microfone e avisa: “após os discursos, haverá uma sessão de perguntas e respostas. Não será muito longa. Quem quiser fazer alguma pergunta, por favor levante o braço e um voluntário levará o microfone.”

Todos discursam. Blatter compara o Soccer City a Wembley, diz que Nelson Mandela (que fez no estádio o primeiro discurso após sair da prisão, em 1990) é o “mais carismático humanista vivo”.

A mesma moça volta ao microfone e pede aos jornalistas que voltem para os ônibus que os levarão ao Centro Internacional de Transmissões (IBC).

Consigo falar com ela na saída.

– Com licença, você não disse que haveria uma sessão de perguntas e respostas?

– Ah, será no IBC.

– Obrigado.

Chegamos ao IBC, local responsável pela geração das imagens e dos sons da Copa para todos os cantos do mundo onde alguém gostar de futebol. Blatter corta a fita que inaugura oficialmente o espaço, liga a enorme tela do centro de controle de TV da Copa de 2010, diz que o objetivo da Fifa é fazer o Mundial chegar a “30 bilhões de pessoas, porque temos de crescer sempre” (ele não explicou como formulou esse número, uma vez que a população do planeta ainda não chega a 7 bilhões. Suspeito que seja a soma das audiências de todos os 64 jogos).

E se vai. Tchau.

Encontro a mesma moça que disse que haveria uma sessão de perguntas e respostas no Soccer City, e depois no IBC. Faço a pergunta óbvia. Com a maior cara de pau do continente africano, ela responde que não disse nada sobre perguntas e respostas.

Outros jornalistas se aproximam com o mesmo questionamento. A moça não sabe onde se enfiar. Faz um gesto para um homem de uns dois metros de altura, fala com ele num idioma incompreensível.

O homem chega perto e se dirige a nós, em voz baixa e expressão constrangida, como se contasse um segredo: “Senhores, lamento informá-los que ele mudou de ideia”.

Começamos bem.

______

A propósito: o Soccer City impressiona pelo tamanho. É muito grande. Capacidade para 90 mil pessoas, todas sentadas e a no máximo 100 metros do gramado. Não há pontos cegos.

Por fora, parece um vaso de cerâmica. E o interessante é que metade do estádio fica abaixo do nível da rua. A Allianz Arena, em Munique, também é assim.

Todas as cadeiras são cor de laranja e pode-se ver dez enormes faixas verticais pretas, que cortam os anéis. Nove delas estão na exata direção dos outros estádios do Mundial.

E uma aponta para o Estádio Olímpico de Berlim, onde foi disputada a final da Copa de 2006.



  • Anna

    O estádio deve ser lindo, mesmo! Confesso que ainda não mergulhei em todas as sedes da Copa do Mundo e me inteirei pouco de parte de tudo que cerca o Mundial, o que espero fazê-lo assim que estiver livre de todos os meus compromissos pendentes. A parte que mais gostei foi a de um dos aneis estar voltado para o Estádio Olímpico de Berlim. Tem algum significado o fato de serem nove aneis? Abraço, Anna

    AK: São 3 anéis, não 9. E o que está voltado para os estádios são as faixas negras verticais. Um abraço.

  • Edouard Dardenne

    Sem prejuízo da sua boa capacidade de escrita, com interessantes descrições e histórias, eu sinto falta de ver fotos no blog em momentos como este (uma Copa do Mundo). Você poderia pensar nisso, não poderia?, como fez na cobertura da final da UCL, por exemplo. Um abraço.

    AK: Eu penso. Apenas preciso checar se posso postar fotos de “ambientes Fifa” aqui. Ainda não tive essa confirmação. Um abraço.

  • yuri

    E o estádio está mesmo pronto, André? Nada de últimas obras a toque de caixa? E o telão tem a mesma tecnologia que vemos na Europa?
    abraco

    AK: O estádio está pronto. O telão estava desligado. Um abraço.

  • Leonardo Lopes

    Pela discrição deve ser um estádio duca…
    Se puder, me responda uma coisa. Eu acho, apenas vendo pela TV, esse estádio mais legal do que o famoso Ninho de Pássaro… E aí, confere?
    Abraço.

    AK: Estão em categorias diferentes. O Ninho de Pássaro é um estádio olímpico, o Soccer City é um estádio de futebol. Nunca em minha vida eu senti o que senti quando vi o Ninho pela primeira vez. Um abraço.

  • Leonardo Lopes

    Discrição, não… Descrição!!!

  • Anna

    Obrigada pela correção e pela explicação. Eu entendi nove, ao invés de três. Confundi os aneis com as listras. 😉 Boa noite!

  • Anna

    Que fotos lindas!!! Belíssimo estádio!!! E que máquina maravilhosa você dispõe!!! Obrigada por compartilhar com seus blogueiros. 😉

  • Willian Ifanger

    Eu ia comentar antes, mas estava difícil falar algo sem ver fotos…..tentei procurar algumas e nada. Mas, enfim, você fez o favor pra gente.

    O estádio é realmente belíssimo. Mas será que depois da Copa, a África do Sul tem futebol a altura de tal beleza?

  • Marcos Vinícius

    André,bom dia.

    Tenho certeza que vc,como todo bom jornalista,está acompanhando o Brasileirão,pois ele vai até a sétima rodada,enquanto a Copa não começa.Mas há fatos que simplesmente não podem passar batidos.

    O Ceará,enquanto o Corinthians não entra em campo na noite desta quinta,é o atual líder do Brasileiro.Com muito mérito,diga-se de passagem.O time,jogando no Castelão,é quase imbatível.

    O Palmeiras,pelo que (não) vem jogando,é um dos fortíssimos candidatos ao rebaixamento.Não se acerta dentro e nem fora de campo.Dizem por aqui que o Felipão pode chegar,inclusive já teria até sido conversado o assunto com o próprio,mas o time tá mal das pernas enquanto não se acerta em nenhum aspecto.

    O Fluminense do Muricy parece que engrenou.Sempre disse que o time é bom,e o homem deu padrão de jogo ao time,deu cara de time,se impõe perante adversários difíceis,e de repente pode dar caldo no campeonato.

    O Santos ou tá sentindo muito a falta do Robinho ou tá sentindo que o Brasileiro é muito diferente do Paulistão.Parece que acabou o encanto.Está um time irregular e previsível.Neymar,passada a convocação para a Copa,não é mais o centro das atenções,e dizem que o Ganso vai pro Real Madrid.

    O Corinthians.Tá sobrando,tá fazendo o que todos os times idealizaram fazer,que é conquistar o máximo de pontos possível antes da parada da Copa.Vencendo hoje se mantém na liderança.É o time,pelo menos no começo do campeonato,mais regular,apesar de não estar jogando O futebol.Mas tá ganhando.E tá liderando.Precisa de mais?

    E o meu Vasco,de treinador novo (Roth) ainda não disse a que veio neste campeonato.

    De tudo isso,o que é surpresa e o que era previsível neste nosso Brasileirão?

    Abraço.

  • Eduardo B. Elias

    Qual seria a sua pergunta?

    AK: Sobre os estádios para a Copa de 2014.

  • Leandro Azevedo

    O estadio parece ser bem bonito msm…

    E enquanto isso no Brasileirao, o Vozao 100% em casa assumiu ontem a lideranca no dia que completou 96 anos.

    Essa “gordura” acumulada antes da copa pode ajudar bastante o time no fim do campeonato, pq temos que ser realistas e saber que o Vozao esse ano ainda nao pode almejar muito mais que nao cair e beliscar uma Sul-Americana.

    Mas com esse sistema defensivo que so sofreu 1 gol (de penalti, e muito mal marcado contra o Santos), o Ceara pode dar trabalho.

    E voltando a Copa, teve alguma repercussao “ruim” por parte da imprensa estrangeira cobrindo a Copa o Brasil ter ido jogar no Zimbabue com o ditador etc?

    Abraco e continue mandando as fotos pelo blog.

  • Rubinelson

    Você saberia indicar se a cobertura abriga da chuva os torcedores do anel inferior?

  • Klivan

    qual é a área do gramado Soccer City?

MaisRecentes

São Paulo joga, Corinthians soma



Continue Lendo

Sqn



Continue Lendo

Gato



Continue Lendo