NOTINHAS PÓS-RODADA



Largada do BR-10, e vamos que vamos:

* Já reparou quantos jogos do Santos você viu e gostou? E é assim mesmo com escalação alternativa, como no empate (3 x 3: Antonio Carlos-2, Neymar, André, Zé Eduardo e Herrera – 22.156 pagantes no Engenhão) com o Botafogo.

* Uma coisa é clara em relação ao Santos: se Robinho não ficar, André manterá o nível. Talvez até melhore.

* Com Robert, o Palmeiras (1 x 0 no Vitória: Lincoln –  6.025 pagantes no Palestra Itália) perdeu o quinto pênalti seguido, contando os da histórica série contra o Atlético Goianiense.

* Mas venceu na estreia, graças a um gol de Lincoln, um jogador que não foge de suas responsabilidades.

* O único 0 x 0 da rodada aconteceu no Serra Dourada (Atlético Goianiense x Grêmio – 5.647 pagantes), jogo entre dois times que têm outras preocupações no momento.

* O mesmo se pode dizer sobre Flamengo e São Paulo (1 x 1: Washington e Denis Marques – 7.729 pagantes no Maracanã), ambos interessados na América. Mas o jogo foi bem melhor.

* Dá para ler os lábios de Washington dizendo “obrigado”, duas vezes, a Marcelinho Paraíba, pelo passe para o gol.

* No encontro entre dois eliminados nas quartas de final da Copa do Brasil, o Atlético Mineiro foi melhor (2 x 1: Ricardinho, Muriqui e Elton – 11.770  pagantes no Mineirão) do que o Vasco.

* Mas não tão melhor quanto sugeriram os primeiros 18 minutos, suficientes para os mineiros fazerem 2 x 0.

* O Cruzeiro foi o único visitante que venceu (2 x 1 no Internacional: Kléber-2 e Taison – 14.177 pagantes no Beira-Rio) na primeira rodada.

* A bem da verdade: quando o Inter diz que prioriza a Libertadores, prioriza mesmo.

* O Corinthians terminou o jogo contra o Atlético Paranaense com dois jogadores a mais, e cinco atacantes. Mas precisou de um pênalti à brasileira para vencer (2 x 1: Wagner Diniz, Souza e Ronaldo – 9.232 pagantes no Pacaembu).

* O gol de Souza não faria feio no currículo de Ronaldo.

* Quer outro pênalti à brasileira? Aconteceu no Castelão, na vitória do Ceárá (1 x 0: Gilberto –  18.340 pagantes) sobre o Fluminense.

* E a primeira cobrança de Geraldo foi mais uma prova de que a paradinha deveria ser proibida. Se o goleiro se mexe, não pode fazer a defesa. Rafael que o diga.

* O Guarani retornou à Série A com vitória em casa (1 x 0 no Goiás: Mazola – 6.205 pagantes no Brinco de Ouro) no confronto de alviverdes em Campinas.

* O Guarani é um time bem diferente do que quase caiu para Série A-3 do Campeonato Paulista. Nove jogadores estrearam contra o Goiás.

* O Avaí foi o único time que venceu (6 x 1 no Grêmio Prudente: Emerson-3, William, Roberto e Caio-2 – 6.868 pagantes na Ressacada) por mais de um gol de diferença.

* Por isso, é o líder do Campeonato Brasileiro.



MaisRecentes

Porte



Continue Lendo

Segunda vez



Continue Lendo

Paralelos



Continue Lendo