CAIXA-POSTAL



Aos assuntos da semana:

Denis escreve: André, tem que ter muita paciência para entrevistar jogadores que fogem de perguntas polêmicas, como o (zagueiro do Santos) Edu Dracena fez com você depois da final do Paulista?

Resposta: Recapitulando, porque muita gente pode não saber como foi a entrevista: fiz duas perguntas ao Edu sobre o lance do gol anulado do Santo André, no jogo de domingo passado. Na primeira resposta, ele desconversou. Na segunda, disse: “vamos falar sobre o título…”. Eu acho que o Edu não compreendeu a pergunta, apesar dela ter sido clara. No estúdio da ESPN Brasil, o PVC disse ter ficado com a impressão de que a defesa do Santos parou durante o lance, porque ouviu o apito do árbitro. Então eu perguntei ao Edu se a defesa do Santos tinha parado durante o lance, porque ouviu o apito do árbitro. Simples assim. Ocorre que jogadores e técnicos de futebol, muitas vezes, começam a responder uma pergunta antes de ouvi-la. Não houve polêmica nenhuma, não foi nada demais.

______

Roberto Carlos escreve: Poderemos esperar de vocês repórteres uma cobertura diferente na próxima Copa, em comparação aos eventos anteriores, pelo fato de hoje possuirmos outras vias para recebermos as notícias, como  twitter, celulares, etc?

Resposta: Para quem usa essas ferramentas, acho que sim. Eu não tenho conta no twitter, e ainda não decidi se terei uma durante a Copa. A cobertura da Seleção Brasileira é praticamente 24/7, e meus dias serão tomados por minhas obrigações com a ESPN. Claro que atualizarei o blog com a maior frequência possível, e farei minhas colunas no jornal como sempre.

______

Marcelo escreve: Quando sabem os jogadores de suas convocações (para a Copa do Mundo, por exemplo), na divulgação oficial ou são procurados pelos membros da CBF antes para serem comunicados?

Resposta: Tem de tudo. É preciso avisá-los oficialmente, e  a CBF assim o faz. Na grande maioria das vezes, quando a comunicação oficial chega, o jogador já ficou sabendo por algum familiar ou amigo. Também há casos de contatos entre a comissão técnica e um determinado jogador, em que o cara fica sabendo que será convocado.

______

Lúcio escreve: André, gostaria de conhecer sua opinião sobre as brincadeiras lideradas por Robinho e a reação do Luxemburgo, dizendo que não trabalha mais no Santos.

Resposta: Escrevi sobre isso nas Notinhas de anteontem. Eu achei as brincadeiras desnecessárias, porque não é inteligente criar esse tipo de clima antes de um jogo. Provocar o adversário já fez muita gente se arrepender. Mas nem de longe achei desrespeito ou irresponsabilidade. Se o Luxemburgo não tivesse dado tanta importância, a coisa teria acabado. De qualquer maneira, sentir-se magoado é direito dele, assim como decidir que não trabalhará mais no Santos. Mas o clube, como instituição, nada tem a ver com a manifestação de alguns jogadores.

______

Como sempre, muito obrigado pelas mensagens. Até o próximo sábado.

(e-mails para a CP do blog: akfouri@lancenet.com.br, ou clique no link abaixo da foto)

“Eu consegui privatizar a paz mundial.”

Tony Stark, em “Homem de Ferro 2”.



  • Anna

    André, eu acho que ele entendeu a pergunta e não quis respondê-la. É natural se perguntar sobre o jogo antes de se falar sobre o título. Honestamente, achei suas perguntas pertinentes e interessantes. Todo repórter está na chuva pra se molhar. Mas confesso que achei que ele foi grosseiro, mas voce soube se sair bem da “saia justa”.

  • Daniel Silvestre Martins

    O Campeonato Brasileiro é incrível, tanta rivalidade, tantos debates teremos daqui até o final do ano, mais uma vez veremos erros escandâlosos de arbitragem, brigas entre dirigentes ignorantes que desrespeitam torcedores rivais e promovem a violência entre as torcidas, sem falar nos comentário sem nexo dos programas de televisão, que colocam ex-jogadores que fazem ¨média¨, com dirigentes e atletas ,sem falar nos jornalistas totalmente marqueteiros e falsos, que vendem produtos e só fazem intrigas e atrapalham o ambiente do futebol. E o que sempre vemos também é o desrespeito dos profissionais que não treinam, passam noites inteiras em bares, boates já que não tem comprometimento com os clubes. Eu não vejo melhoria nenhuma, o torcedor é tratado como vandãlo, como cidadão de segunda classe, paga caro no ingresso, não tem conforto e segurança nenhuma, mas na chuva ou no sol ele está lá, na derrota ou na vitória, ele estufa o peito e diz¨ Eu vivo pelo meu time¨, afinal futebol é paixão, não é? Mas a verdade é que tanta gente lucra com a nossa alienação, não é mesmo, empresários, treinadores teóricos e enganadores, O craque dá ultima semana é tratado como ¨rei¨, o que faz dele o mais novo mascarado, jovens imaturos, sem preparo psicólogico e social, tudo isto faz parte do espetáculo. Mas o Brasileirão está aí, a rede plin plin que se divirta com ele, com seu narrador que erra constantemente e deixa nítido que é antí- torcedor do maior clube de São Paulo, o que movimenta a mídia esportiva e que possui maior número de torcedores do Brasil! Outras emissoras se divertem também, Existe um apresentador nefasto, tendecioso, elitista e maldoso, que não tem a ombriedade de assumir o time de coração, que crítica as torcidas, humilhando gratuitamente quem faz parte dela, ele generaliza, desrespeita, não entende que tudo tem dois lados, já frequentei várias vezes, a maior organizada do país, nunca briguei em estádio algum, e já viajei o Brasil inteiro, graças ao meu ¨fanatismo Juvenil¨ e amor pelo Corinthians, sou estudante, falo inglês fluentemente, no final deste ano, estarei formado em Gestão de Recursos Humanos, não me considero bandido, sem vergonha, vândalo nem imbécil, é desta forma que eu sou xingado, quase todo domingo na tv, porcausa de alguns brutamontes que se confrontam nos arredores dos estádios, ou pela cidade… Usam imagens de brigas para ter mais audiência, já que a violência é fascinante, para quem é telespectador desse programa tradicional, que piorou desde quando ele assumiu a mesa, Enfim o campeonato nacional também piorou temos justiça desportiva, que não serve para coisa alguma, temos um campeonato chato, longo que parece justo, mas não é!
    E antes que eu me esqueça, nesse longo desabafo, o horário dos jogos são terríveis, todos sabem disso, mas a manipuladora do país e do futebol, paga caro, para que nós torcedores que em grande maioria somos pessoas de bem, tenhamos que sair do estádio quase meia-noite, após um dia cansativo de trabalho, mas a novela, que é de baixo-nível, também é tão importante para a emissora, que tudo continua igual entra ano e saí ano, tudo permanece do mesmo jeito ou pior, não consigo ser otimista quanto a isso, Mas o campeonato Brasileiro tá aí, que vença o melhor, ou quem a cbf quiser.
    Qual a sua opinião sobre o tema?

  • Daniel Silvestre Martins

    perdão pelos erros de digitação.

  • Rubinelson

    Se os jogadores sao informados antes da convocaçao alguns nomes poderao ser ventilados como certos antes da lista oficial, nao é mesmo? Basta algum jornalista ter uma fonte boa aqui ou ali, nao?

    AK: Sim. Por isso é que já se conhece mais ou menos 60% da lista final. Um abraço.

  • Mauro Domingos

    Hahaha… boa André… Assistiu HF2… Mas vc ja viu o “Incrivel Hulk”? Não deixe de assistir.. e veja as cenas após os créditos….

  • Beto

    Sempre tem um rei (Roberto Carlos) na caixa-postal é?

    AK: Nem sempre. Mas ele é um dos mais frequentes usuários do espaço. Um abraço.

  • Rubinelson

    André porque o Gomes nao figura mais nas listas de favoritos a ser convocado? Ele machucou ou foi preterido por Doni e Victor?

MaisRecentes

Dilema



Continue Lendo

No banco



Continue Lendo

É do Carille



Continue Lendo