AS OITAVAS DE FINAL DA LIBERTADORES (com palpites)



(Os confrontos estão na ordem de enfrentamento da tabela. Não leve em conta a data dos jogos de volta, que deve mudar em alguns casos.)

Flamengo x Corinthians

28/04 – Maracanã

05/05 – Pacaembu

Previsão: Corinthians. Esse confronto é o “Arquivo X” das oitavas. Há muitas circunstâncias e subjetividades que podem ser consideradas na análise. Futebol por futebol, o Corinthians jogou mais. Lógico que há muita gente na corrente que pensa que a camisa e a superação do Flamengo vencerão o Corinthians pressionado pelo título que lhe falta. Mas de todos os cenários possíveis, esse é o que aposta na melhor possibilidade para o rubro-negro e na pior para o alvinegro. Friamente, o Corinthians tem o trabalho mais longo, o time mais equilibrado, o técnico mais experiente.

______

Universidad de Chile x Alianza Lima-PER

29/04 – Alejandro Villanueva

05/05 – Nacional

Previsão: U. de Chile. Eu vi os chilenos jogarem mais vezes do que os peruanos. O Alianza pode ser considerado uma das supresas dessa Libertadores, goleou o Estudiantes em casa. Confio mais no time chileno.

______

Chivas Guadalajara-MEX x Vélez Sarsfield-ARG

27/04 – Jalisco

05/05 – El Fortin de Liniers

Previsão: Vélez. O prêmio para os mexicanos, que entram agora na competição, é um encontro com um dos favoritos.

______

Once Caldas-COL x Libertad-PAR

29/04 – Palogrande

05/05 – Defensores del Chaco

Previsão: Once Caldas. Os colombianos são encardidos demais e o Defensores del Chaco é um lugar tranquilo para o visitante.

______

Universitário-PER x São Paulo

28/4 – Monumental de Lima

05/05 – Morumbi

Previsão: São Paulo. Para simplificar, nas palavras de um são-paulino amigo meu: “se não der para ganhar do Universitário, é melhor abandonar a Libertadores por uns tempos e pedir para jogar a Copa do Brasil do ano que vem.”

______

Cruzeiro x Nacional-URU

29/4 – Mineirão

05/05 – Parque Central

Previsão: Cruzeiro. Mas não será fácil. O time uruguaio não é ruim e decide em seu estádio.

______

San Luis-MEX x Estudiantes de La Plata-ARG

27/04 – Alfonso Lastras

05/05 – Tierra de Campeones

Previsão: Estudiantes. Outro jogo entre mexicanos e argentinos. Os atuais campeões da Libertadores têm mais time.

______

Banfield-ARG x Internacional

28/04 – Florencio Sola

05/05 – Beira-Rio

Previsão: Inter. Esse palpite foi o mais difícil. O Inter, obviamente, não vive um bom momento após a derrota em casa para o Grêmio. Não discuto que enfrentar times argentinos na Libertadores nunca é simples. Mas acho que o Inter consegue um resultado viável no jogo de ida.



  • Alexandre Reis

    André, não encontrei nenhum Flamenguista com a incerteza, todos temos a certeza da classificação.

    Normalmente é assim, somos confiantes e achamos que podemos ganhar de qualquer time. Ainda mais nas horas de crise, é sempre nessas horas que o Mengão ressurge.

    Até por que, friamente como vc disse, nenhum dos dois times jogou bola esse ano.

    Abs

    Alexandre Reis

  • Joao Luis Amaral

    Ah, meu Deus! Apostei um Barbacoa no Timao! Vamo, Timao! Vamooooooo!

    (pronto, passou…).

    André, pelos cruzamentos, SP, Inter e Cruzeiro estao na outra chave. Existe a possibilidade de termos uma final brasileira pelo regulamento? Ou este prevê que não possa acontecer algo assim?

    Abs.

  • Paulo Torres

    O Estudiantes diz que vai poupar seis titulares no jogo de ida no México, incluindo Verón, Boselli, Sosa e Angeleri. Estão liderando o Clausura e têm pedreiras nas três rodadas finais. Não sei se conseguem segurar esse rojão…

  • Edouard Dardenne

    Você foi corajoso. Não porque eu discorde dos resultados em que você ‘aposta’, mas porque há muitas incógnitas. Achei que você fosse se limitar a especular nos confrontos que envolvem times brasileiros.
    No mais, tenho a sensação de que o Roberto Carlos vai chamar toda a responsa pra si, e o Coringão levará o título. Um abraço.

  • Rubinelson

    André, ouvi que os times mexicanos na CLA é como se convidassemos uma equipe de Plutão para participar da Copa do Mundo, eles podem participar, mas se ganhar não vale!
    Entendo que eles melhoram o nivel (as vezes), mas são “estrangeiros” na Copa de Clubes da América do Sul. Não consigo assimilar ao certo qual é o proposito…
    Não sei se você ja se posicionou sobre isso, você é a favor da inclusão deles?

  • Danilo Otoni

    Palpites:

    Flamengo – Corinthians é freguesão.
    Alianza Lima – Fará um bom placar no jogo de ida.
    Chivas – Conta com jogadores mais experientes.
    Once Caldas – Bom time que sabe tocar bem a bola.
    São Paulo – Idem ao seu post.
    Cruzeiro – Mais velocidade e poder de decisão.
    Estudiantes – Tanto pela fragilidade do San Luis e muito pelo time de Verón.
    Banfield – Aqui, é puro palpite.

  • Anna

    Não sei se é digno ou certo eu fazer os palpites porque só me interesso pelos jogos dos brasileiros. Conheço poucos da Libertadores. Creio que todos os brasileiros passarão e que o confronto Fla e Corinthians é o mais interessante, sem média ou demagogia. a definição de Arquivo X é ótima. O Fox Mulder é o Flamengo, mais emocional, visceral e a Dana Scully é o Corinthians, mais pragmático, frio, racional. Abraço, Anna

  • Vai ser só jogao amanha.

  • Eduardo Pieroni

    Boa André, O flamengo quando o time esta bem e encaixado é muito dificil ganhar, mas do jeito que tá eles não terão muita chances é só esperar 25 minutos e a vaia vai tomar conta do maracanã!!!

  • Massara

    Este time do Nacional é bom assim? A última vez que os vi jogar foi no começo de 2009, no Torneio de Verão do qual o Cruzeiro participou e fez a final contra o próprio Nacional, ganhando de 4 a 1, se me lembro bem.

    Seus palpites têm muita lógica. Pena que o futebol não. Rss…

    Abs.

  • Alexandre

    Não me leve a mal, mas o último palpite cheira a média com os torcedores colorados, André.

    AK: É, estou aqui para isso. Um abraço.

  • Douglas

    Vai dar Flamengo, meu caro!

  • Acho que o Corínthians classifica, mas nos pênaltis. Aposto em 2 empates.

    De resto, normal. Aliás, gostaria mesmo de disputar uma Copa do Brasil, para ganhá-la… chega de torcedorezinhos de timinhos paulistanos falarem que já conquistaram, e nós não… (também, pudera, sempre jogamos a Libertadores!!!) 😛

    Abraço!

  • Eduardo Pieroni

    Só quero que você acerte o primeiro o resto pode errar todos.

  • Luiz

    Heheh, sensacional a tirada no Alexandre… Sobre os confrontos… Flamengo e Corinthians como vc disse, é o mais difícil. Mas eu também aposto no Corinthians… Acho também que La U passa, mas não seria surpresa se o Alianza passasse, eles botaram o Estudiantes na roda… Once Caldas e Libertad é duro também, porque o forte do Libertad é jogar fora de casa, e o do Once Caldas é jogar em casa. Estudiantes passa fácil, São Paulo também (ambos, se perderem, precisam pedir pra sair da Liberta por uns tempos). Vélez tem um jogo mais difícil, mas o Chivas tá muito desfalcado. Eu to apostando sozinho no Nacional, todo mundo achando que vai dar Cruzeiro, to achando que eu vou quebrar a cara… E o Inter, bem, só Deus sabe. Mas meu palpite é que dá Inter também.

  • André M.

    Sobre os palpites, xará, concordo com todos, mas os meus são mais torcida do que palpite.

    Torço pro Inter passar, mas tenho a sensação de que Erviti e cia. desequilibram pro Banfield.

    Também aposto no meu Timão e no Once Caldas, mas sem convicção. O Cruzeiro tem mais time do que o Nacional e é favorito, mas o Nacional tem tradição, camisa, decide em casa e tem um bom (e experiente) time. Não é fácil.

    Barbadas maiores são Estudiantes e Velez (contra os desmotivados mexicanos) e o SPFC.

    Que dureza, hein! Agora sim, que comece a Libertadores.

    Abraços

  • RUbens Iung

    ô André Kfouri!!! Vai pescar, vai!
    Vai dar flamengo, pela necessidade da vitória, por ter um técnico que será a revelação em 2010 e por jogar com 12 jogadores, pois o Ronaldo vai pipocar como sempre pipocou contra o flamengo!!

  • Iuri Lapsky

    Caro André, a probabilidade de você acertar todos os palpites é pequena, então onde provavelmente você vai errar?

    Meus palpites é de que você erra pelo menos em três jogos, Corinthians X Flamengo – Veles X Chivas e no jogo do Inter X banfield.

    Bem, mas a possibilidade de eu acertar todos os palpites também é pequena.

    Abços,

  • Ernesto de Minas

    Se o Flamengo estivesse melhor que o Corinthians todos diriam: “cuidado, o Corinthians cresce nessas horas, é time de chegada”. Conclusão; os dois são times de chegada e os dois têm camisa. Bola por bola o Corinthians tá melhor.

  • Marcelo

    Muito tem se falado, a respeito do Corinthians x Flamengo, pelas oitavas de final da Libertadores, de “o confronto entre os dois clubes com as maiores torcidas do Brasil”, “uma disputa entre 60 milhões de pessoas”, “o clássico do povo”.

    De fato, Corinthians e Flamengo possuem ambos torcidas gigantescas; segundo as pesquisas de opinião, são “as duas maiores do Brasil”. E as semelhanças ficam por aí mesmo, na dimensão das torcidas. Pois a natureza da relação dessas torcidas com seus respectivos clubes é muito diferente. Resultado de histórias radicalmente distintas.

    .-.-.

    O Corinthians nasceu da gente humilde e sempre foi o Time do Povo (“O Corinthians vai ser o time do povo e o povo é quem vai fazer o time” – palavras de Miguel Bataglia, o primeiro presidente corinthiano). O Flamengo nasceu da elite, foi elitista, discriminou quem não era da elite, e depois se popularizou.

    O Corinthians foi fundado por um grupo de operários e artesãos, na rua. debaixo da luz de um lampião, em 1910. Um ano depois, em 1911, O Flamengo, clube de remo, acolheu os dissidentes do Fluminense F.C. (quase o time titular inteiro), e se tornou também um clube de futebol. Clube de gente fina: do time bicampeão carioca de 1914-15, nove jogadores eram estudantes de medicina, um era estudante de direito e um não fazia nada (“filhinho de papai”).

    .-.-.

    O Corinthians começou na várzea (que era onde os times formados por pessoas das classes sociais menos privilegiadas podiam jogar bola). Após alguns anos como “Galo da Várzea”, surgiu a oportunidade, em 1913, de disputar uma seletiva para participar do campeonato da LPF, devido à saída de equipes dissidentes que fundaram a APEA (as equipes da APEA queriam ser a elite da elite). O Corinthians ganhou a seletiva, o Time do Povo passou a jogar com os clubes da elite e exerceu papel fundamental na popularização do futebol em São Paulo. Mas houve, logo início, uma traição: campeão paulista na LPF já em 1914, o Corinthians recebeu um “convite” para participar do campeonato da APEA de 1915. Quando o Corinthians pediu a desfiliação da LPF, veio a negativa a inscrição na APEA. E o Corinthians ficou “na cerca” em 1915… Até o final do ano, quando foi chamado para participar de um torneio beneficente contra os campeões da APEA e da LPF (torneio beneficente tem que dar renda; para dar renda, é preciso torcida; e quem tinha torcida era o Corinthians). O Corinthians bateu os dois campeões, e se tornou o Campeão dos Campeões. No ano seguinte, voltou para a LPF (após nova seletiva…) e conquistou seu segundo título paulista.

    Uma história marcante da época do amadorismo do Flamengo não é nada edificante. Em 1923, o Vasco participou pela primeira vez da primeira divisão do campeonato carioca. Com um time formado majoritariamente por negros e mulatos, o Vasco ganhou de quase todas as demais equipes, majoritaria ou exclusivamentemente formada por brancos. Na penúltima rodada, a chance de ser campeão, contra o Flamengo, nas Laranjeiras. A zona sul se uniu contra o Vasco. Criou-se um clima de guerra para a partida. A playboyzada pitbull do departamento de regatas do Flamengo levou seus remos embrulhados em jornal. Durante a partida, qualquer vascaíno que se manifestasse nas arquibancadas levava um golpe de remo na cabeça. O Flamengo, com seus onze jogadores brancos, ganhou por 3×2, e o Vasco saiu revoltado com um gol não validado pelo árbitro (o benemérito do Botafogo, Carlito Rocha), em lance em que a bola teria entrado. O carnaval que a vitória do Flamengo provocou na zona sul durou pouco, pois o Vasco acabou conquistando o título. Mas os clubes grandes da elite carioca não aceitaram o desaforo: exigiram que o Vasco se desfizesse de seus jogadores negros e mulatos se quisesse participar do campeonato do ano seguinte. Diante da recusa, Flamengo, Fluminense, Botafogo e América fundaram uma nova liga, para não ter que jogar contra o Vasco.

    Nesse contexto, é importante destacar que, pouco tempo antes, em 1922, na conquista do campeonato sul-americano, pela primeira vez um jogador considerado negro havia jogado pela seleção brasileira: Tatu, do Corinthians (na verdade, houve Friedenreich, que jogou pela seleção antes de Tatu; mas, ao contrário do corinthiano, não era visto como negro, pois era mulato claro, filho de pai alemão, tinha olhos verdes, usava o cabelo alisado e era jogador do Paulistano).

    .-.-.

    As conquistas da época do amadorismo tornaram o Flamengo popular, e o Corinthians ainda mais popular. Com o advento do profissionalismo, o Flamengo contratou os maiores jogadores negros do futebol carioca (Domingos da Guia, Leonidas, Fausto), intencionando se tornar o clube de maior torcida do Rio e do Brasil. Aqueles jogadores teriam um papel duplo nessa empreitada: conquistariam as vitórias, que por si propiciam mais seguidores; e atrairiam a simpatia do povão carioca, que se identificava naqueles ídolos. O Corinthians, curiosamente, enfrentou uma crise na transição para o profissionalismo: tricampeão paulista, sofreu um desmanche provocado pelas equipes italianas, que levaram os seus destaques (um deles Filó, tornou-se o primeiro brasileiro a conquistar uma copa do mundo, a de 1934, graças à dupla cidadania italiana obtida). Mas o Corinthians retomou o caminho das glórias, com um novo tricampeonato no final da década de 1930, no qual teve participação decisiva o artilheiro Teleco.

    Com o advento da época de ouro do rádio (década de 1940), o futebol se tornou ainda mais popular. As vitórias dos clubes eram difundidas pelas emissoras de rádios. As mais influentes em escala nacional eram as emissoras cariocas (sediadas na então capital da República). Dentre os radialistas esportivos cariocas destacavam-se Ari Barroso e Mário Filho, ambos rubronegros fanáticos, que não tinham o menor pudor em, diante do microfone, pender para o seu clube do coração. O Corinthians não tinha tanta “sorte” assim: a mais importante rádio paulista, em termos de esporte, era a Panamericana (futura Jovem Pan), propriedade de Paulo Machado de Carvalho, sãopaulino histórico e diretor do SPFC por décadas. Paulo Machado de Carvalho chegou a comandar um conglomerado de mídia que incluía a TV Record, a Rádio Record, a Rádio Excelsior, a Rádio São Paulo e a Rádio Panamericana (Jovem Pan). Quando se tem em conta que o mais importante jornal paulista, O Estado de São Paulo, sempre foi de propriedade da família Mesquita, a qual participou da fundação do SPFC, não fica difícil deduzir qual clube paulista é o tradicional “queridinho” da mídia local.

    Mas a popularidade corinthiana é imanente, é essencial, e não depende de tratamento benevolente dispensado pelos “veículos formadores de opinião”. Tanto é assim que, em 1956, o diário Última Hora resolveu fazer uma enquete, no Rio de Janeiro e em São Paulo, para saber qual era “a maior torcida do Brasil”. O vencedor foi o Time do Povo, o Corinthians, com 737 mil votos. Em segundo lugar, ficou o Flamengo, com 538 mil votos.

    .-.-.

    O martírio de vinte e dois anos sem conquistar um título paulista afetou a torcida corinthiana. Mas não como afetaria qualquer outra torcida do Brasil: cresceu o tamanho e o amor da Fiel por seu time. A história do Corinthians é repleta de glórias, mas é pontuada de grandes dificuldades e de sofrimento. Nada foi tão demorado e sofrido quanto a espera pelo fim da fila. Quando ocorreu a Libertação, o que se viu foi a maior e mais intensa comemoração de título de um clube brasileiro em todos os tempos. Mais que uma festa, foi uma catarse de milhões, uma mistura de carnaval com Juízo Final, um acontecimento irrepetível. A partir do qual o Corinthians eram ainda maior do que já havia sido (e, antes da fila, o Corinthians já havia se tornado o maior de todos).

    Coincidente com o jejum corinthiano foi o advento da televisão nos lares brasileiros. A primeira emissora a estabelecer uma rede nacional de transmissão foi a Rede Globo, sediada no Rio de Janeiro, que teve um crescimento imenso, desproporcional em relação às concorrentes, durante o regime militar. A Globo continuou e transcendeu o trabalho que as rádios faziam de difusão do futebol carioca, com atenção especial ao nome do Flamengo, tratado de modo constantemente ufanista e festivo.

    .-.-.

    O resultado é o gigantesco contingente de seguidores que o Flamengo angariou. Mais do que torcedores, boa parte é de admiradores: pessoas que gostam e acompanham o Flamengo como a uma novela, que lhes oferece entretenimento, emoções e ídolos.

    Muito diferente é a relação da Fiel com o Corinthians. Aqui trata-se de uma devoção, quase uma religião. O Corinthians, para grande parte de seus torcedores, é a coisa mais importante da vida. O corinthiano tem a sua família, o seu trabalho, a sua religião; alguns dão mais importância para isso, outros para aquilo; mas o que está sempre presente, o que condiciona a sua vida, é a paixão pelo Corinthians.

    Quando se enfrentam Corinthians e Flamengo, não se trata de um confronto entre iguais, entre “irmãos”. Ocorre o confronto ente dois clubes que congregam duas imensas e díspares legiões de seguidores: os admiradores do Flamengo e os fanáticos torcedores do Corinthians. Os flamenguistas, adeptos do oba-oba, querendo mostrar a sua alegria; os corinthianos, apaixonados e sem vergonha de mostrar a sua devoção. O Flamengo, festivo, de raizes na elite, que conseguiu fazer frutificar um enorme contingente de admiradores. O Corinthians, razão do viver dos seus torcedores, Time do Povo desde o seu surgimento.

    Corinthians, o time da Fiel, a maior e mais apaixonada de todas as torcidas.

    AK: Obrigado pelo “comentário”. Mas é longo demais, não acha? Se o texto estiver disponível na internet, que tal postar o link? Um abraço.

  • Rejane

    Eu prefiro não palpitar, só sei que próxima quarta- feira e quinta-feira vou tentar assistir um pouco de todos esses confrontos!

  • Marcos Vinícius

    Não posso palpitar sobre os jogos que não envolvem brasileiros,pois,sinceramente ( e por razões de preferência,óbvio ),não tenho acompanhado todos os times desta edição da Libertadores.

    Mas sobre os times brasileiros:

    O São Paulo pegou a maior mamata de todos os brasileiros.Concordo em número,grau e gênero com o comentário feito sobre este jogo.

    Corinthians é “frequesão”? Só se estiver a fim de entregar o jogo para beneficiar terceiros,como no último Brasileiro.Fora isso,o Coringão é franco favorito.Mesmo que Ronaldo não esteja desequilibrando,o Corinthians tem mais time,vive melhor momento,tem um excelente treinador e vai jogar a vida em seus jogos desta edição.O Flamengo ainda tenta juntar os cacos que perduraram do furacão que passou pela Gávea nos últimos nove dias.Flamenguistas são confiantes? Sempre,tanto que muitas vezes chegam a perder noção da realidade por causa dessa confiança.

    Cruzeiro.Passa,pois o time é um dos melhores do Brasil,e acho engraçado ninguém falar no Thiago Ribeiro.Se não houvesse Thiago Ribeiro,não haveria Kléber “Rooney”.Mas que vai ser pedreira,vai.

    Inter.Pra mim,o pior adversário que um brasileiro poderia ter.Além de não passar um bom momento,pegou o time mais casca grossa das oitavas.Em tudo,com tudo e por tudo,dá Banfield.Infelizmente.

    E,mudando de assunto:

    Uma morte anunciada.

    Nesta quarta teremos festa em preto e azul no Camp Nou.Barcelona 0x2 Inter.

  • ERIK

    flamengo, são paulo, estudiantes, velez, once caldas, inter, cruzeiro e alianza lima.

    acho q flamengo e once caldas percisarão dos penaltis.

    inter levará pela regra do gol fora de casa.

    cruzeiro passará, mas no sufoco.

  • Marcel Souza

    Cheguei tarde pra dar meus palpites e o Velez já tomou um “sapeca iá-iá”. Eu achava o Velez favorito ao título, agora vai ser dificil. Agora é ver se o Chivas continua com essa vontade até o fim, ou se vai fazer como os mexicanos fazem todo ano: perdem o folego na final, já que pra eles o “Mexicanão” é mais importante.

    E concordo 100% sobre o São Paulo. Se não passar desse time peruano tem coisa muito errada!

  • Lucas

    O Corinthians será campeão da Libertadores 2010! Não sou pitonisa, advinho e nem precisa ser quando se acompanha um “jogo de cartas marcadas”. Tem de ser agora, não é verdade? E de qualquer jeito! Os fins justificam os meios! Graças ao marketing possível com a vinda do ex-jogador Ronaldo do Exterior, o dinheiro chegou e com ele, a possibilidade de montar um excelente plantel. Isto é inegável! Até o vínculo com o tal de Kia e a máfia russa (não existe mais jornalismo esportivo investigativo no Brasil desde os anos setenta quando se noticiou a máfia da loteria esportiva) foram esquecidos depois que o “laranja” Alberto Dualibi, presidente na época do “Mundial” pelas portas do fundo foi conquistado! O Flamengo da Patrícia Amorim vai pagar o pato. Confiar em Vagner Love é não ter motivos para acreditar como qualquer palmeirense sabe! E se o cidadão for mesmo um mercenário que foi para o Flamengo na hora certa, só para “não jogar” nestes dois jogos, como fez na reta de chegada do Brasileirão 2009? No passado da história do futebol brasileiro sempre tivemos exemplos de jogadores que “vendiam” oportunidades e este Love ainda está vinculado aos russos! Eu já disse… É ano de Centenário e de Eleições Presidenciais! O Corinthians será o “cabo eleitoral” que o Presidente Lula e sua candidata Dilma precisam! Por tudo isso e também a força que o petista Andres Sanchez manifesta na política de bastidores da Libertadores, só pode dar Todo Poderoso Timão! O cenário está pronto e a torcida do Mengão faz o papel de “bobo da corte”! Lamentável que tudo tenha chegado a este ponto!

  • Nilton

    O jogo da Mengo e Timão, vai ser decididos nos detalhes, se o Pet jogar os dois segundos tempos completos a chance do mengo aumenta e muito, mas a bira da diretoria e comissão tecnica com ele é o grande problema do Fla, é só lembrar do ultimo jogo pela libertadores, o Mengo criou mais chance clara de gol, quando ele estava em campo do que quando não participou. No Timão vai depender de como o Ronalducho vai se comportar, se chamar a responsobalidade as chances aumenta para o Timão. Acho que o jogo vai ser decidido no gol marcado fora.

  • alfredo

    A verdade sobre o Sao Paulo e a copa do brasil.

    Muito comodo afirmar que o sao paulo nunca ganhou a copa do brasil por disputar somente libertadores. Na verdade, gremio e cruzeiro tambem estao entre os times que mais participaram da libertadores e sao tetra da copa do brasil.

    A regra de quem participa da libertadores naum participa da copa do brasil é recente.

    O sao paulo foi é incopetente nas copas, isso sim.

  • Rodrigo

    Lucas, na boa… como você viaja… e muito!

    Fala assim, ó: mesmo se o Corinthians ganhar no campo, foi por ajuda externa. Resume… fica mais bacana…

    Mas se perder, vai ficar chato pra você, né não??

    []s

  • Lucas

    Rodrigo… A ajuda externa existiu. No final do primeiro tempo, Dentinho de gabou: “nosso time tirou um deles de campo” e o tal de Amarulla ajudou! Sobrou para o Corinthians, o tão alardeado Todo Poderoso Timão, valores cultuados como malandragem, maloqueragem! A garra e a superação foram todas do Flamengo. Só que a força de bastidores pode eliminá-los da competição. Não se esqueça! A maior verba publicitária, que paga os direitos de TV, está hoje em São Paulo e não no Rio. E ainda, a necessidade política de que dê Corinthians de qualquer jeito! Só que ontem deu pra ver bem a força deste time de marketing pessoal do Andres Sanchez. Abraços e “a viagem é livre” num país livre. Mas será que é mesmo? Os tentáculos do PT do Lula estão em todos os setores!

  • Ricardo Pires

    Concordo com seus palpites Andre, mesmo depois dos resultados de ontem. Mas o Corinthians, com esse peso chamado Ronaldo no ataque, fica com um jogador a menos, isso eh certo.

    Cruzeiro passa se fizer um bom resultado hoje. A volta vai ser parada durissima… ainda acho que dah pro Inter… mas vai ter que se superar.

    Abs

  • Rodrigo

    Verdade, Lucas, concordo. O tal do Michel (é isso mesmo?) ficou inconformado com a expulsão, assim como todo o time rubro-negro. As duas entradas que ele deu nem eram pra cartão… E, sim, só o Corinthians usa a malandragem dentro de campo. Claro, claro…

  • Eden Mota

    Comentário perfeito. O Inter realmente conseguiu o resultado expressivo que vc previu. POde me informar os nº da próxima mega sena?

    AK: Só se você prometer que usará o dinheiro para comprar um dicionário. Um abraço.

  • Quero que alguem me respode!será possivel 2 times do msm Pais pode ir para a final?
    da copa libertadores!!!

    AK: Sim. Desde que três times do mesmo país cheguem às semifinais. Se chegarem dois, eles obrigatoriamente se enfrentarão. Um abraço.

  • Ana

    Eu acho,que quem vai ganhar o primeiro lugar da copa 2010 é a grande e poderosa Espanha.

  • Ana

    Eu torço para o São Paulo futebol clube e realmente,eu,acho que quem vai ganhar o brasileirão
    2010 é ele.

  • jeferson

    ae escobar o corinthians vai arrebentar o tolima quatro a zero fora o show

    AK: Muita água com gás…

MaisRecentes

São Paulo joga, Corinthians soma



Continue Lendo

Sqn



Continue Lendo

Gato



Continue Lendo