NOTINHAS PÓS-RODADAS



Nossa dose semanal de mata-mata:

* Nem a vitória (1 x 0 no Once Caldas: Fernandinho – 50.461 pagantes) e a liderança do grupo 2 da Libertadores contentaram o ótimo público que foi ao Morumbi.

* O Once Caldas está muito longe de ser um time fraco.

* O Flamengo (3 x 2 no Caracas: Castellín, Ronaldo Angelim, Michael, Gomez e David – público ND no Maracanã) foi o único time que levou dois gols dos venezuelanos, que já estavam eliminados.

* Estranha situação de Andrade: ao que tudo indica, ele já está demitido. Apenas ainda não foi demitido.

* A classificação do Palmeiras (1 x 1 com o Atlético Paranaense: Alan Bahia e Lincoln – 21.637 pagantes na Arena) poderia ter sido mais tranquila. O time ficou com um jogador a mais desde os 15 minutos de jogo.

* Existe alguma regra que manda o árbitro dar cartão amarelo para um jogador que comete um pênalti?

* Em Campinas, um resultado (Guarani 3 x 2 Santos: Da Silva, Breitner, Alex Sandro e Richard Falcão-2 – 8.481 pagantes no Brinco de Ouro) que deixou todo mundo feliz.

* O Santos (com reservas reforçados por Felipe e André) ficou com a vaga e o Guarani aliviou o peso dos 8 x 1 da semana passada.

* O Vasco comemorou os 83 anos de seu estádio com uma vitória (2 x 1 no Corinthians-PR: Elton, Leandro e Carlos Alberto – 10.034 pagantes em São Januário), mas sem jogar bem.

* Belo gol de Carlos Alberto.

* O Atlético Mineiro não se impressionou com a Ilha do Retiro e venceu o Sport (2 x 0: Muriqui e Diego Tardelli – 28.002 pagantes), de novo.

* O encontro com o Santos será muito, muito interessante.

* O técnico Silas foi chamado de “traíra” e ofendido por uma parte da torcida do Avaí (3 x 2 no Grêmio: Roberto, Jonas, Laércio-2 e Fábio Rochemback –  11.640 pagantes na Ressacada), que ganhou o jogo mas perdeu a vaga.

* Assim como o Vasco, o Grêmio passou sem jogar bem.

* O primeiro gol do Goiás (2 x 2 com o Vitória: Felipe, Uellinton, Fernandão e Júnior – 2.107 pagantes), logo aos 4 minutos, até deu a impressão de um jogo emocionante no Serra Dourada.

* Mas o empate do Vitória (que tinha feito 4 x 0 em casa), ainda no começo, congelou tudo.



  • Eduardo Pieroni

    Boa André, o critério de desempate na libertadores é saldo de gols quando o numero de vitorias for o mesmo, ou saldo de gols direto???

  • Willian Ifanger

    André, eu também não acho esse Once Caldas um time fraco. É um baita time encardido, osso duro típico de Libertadores.

    Acho que o que deixou a torcida irritada foi a atuação do técnico. Mexeu mal, tentou consertar e o time acabou ficando perdido quase todo o segundo tempo.

    Pra mim foi um grande resultado, apenas a atuação poderia ter sido um pouco mais consistente…..o time ainda deve uma grande vitória contra um adversário de respeito.

  • André,

    segundo o “Manual FIFA®©™ de Boas Práticas para Pênaltis com Paradinha”, a cobrança do Robert foi legal, e a do Alan Bahia não?

    Abraço!

  • Pedro Valadares

    Silas foi chamado de traíra? Reação padrão de torcedor. Duvido que alguém que segue a carreira de treinador iria recusar uma proposta do Grêmio para ficar no Avaí, sem desmerecer o time catarinense. São clubes em estágios diferentes e com histórias de conquistas bem distintas.

    André, deu hoje no painel FC da Folha que Ronaldo passou a fumar mais em decorrência de um problema particular, você sabe do que se trata?

  • André,
    Galo x Peixe será a nossa versão de Barça x Inter. De um lado, um time jogando o fino da bola e encantando o mundo. Do outro, um time forte regido por um estrategista de mão cheia. E se o Atlético-MG passar, segura o Luxa!

  • Leonardo atleticano

    André, o Leão não é mais o mesmo, a platéia rugiu mais que a fera, dentro de campo, o jogo do Galo foi muito inteligente, não correu riscos e deu duas estocadas precisas no primeiro tempo, no segundo o Sport se entregou de vez e por incompetência do ataque não fizemos mais uns 03. Vai ser um grande confronto com o Santos, pena o Obina não estar atuando, o Muriqui não o está substituindo a altura. Creio que temos chances, menores que as do Santos, mais algumas.

  • Daniel

    Realmente bizarra a situação do Andrade: as notícias indicam que ele pode ser demitido dependendo dos resultados hoje a noite de times que ele não treina!

    Ora, ou é bom pro Flamengo e deve continuar, ou não é bom e deve ser demitido… Tem certas coisas que só acontecem no Brasil (ou seria no Rio?)!

  • Leonardo atleticano

    André, o Andrade é muito permissivo, falam demais do cara e ele não contra-ataca, fica lá passivo parecendo temer perder a única chance da vida dele, está deixando passar o grande momento da sua vida, se ele sai antes tinha um campo enorme, agora de vencedor está se tornando um banana que afina para todo mundo. Já ouviu porcaria de um monte de pernetas, seus comandados fazem o que bem entendem, e a diretoria o trata mal, fica esperto Andrade.

  • Anna

    Foi um dia especial para o Vasco: 83 anos de Sao Januario. O time se mostra “carlos alberto dependente”. Eu confesso que nao tive coragem de ver o jogo. Nosso estádio tem muita história e tradição e muito nos emociona, mas o time cruzmaltino preocupa para o Brasileirão. Vamos ver o confronto com o Vitória! Abraço, Anna

  • convocaram a seleção de vocês?

    Vi no Tabelinha desta semana.

    Abraços!

  • Teobaldo

    Concordo com os dois posts do Leonardo Atleticano. Em relação ao
    Andrade, acho que poucos torcedores gostariam de tê-lo como técnico. Ao meu ver, ele está fadado a ser outro Carlinhos. Por sua identificação com o Flamengo e por sua passividade (ou medo?) quando criticado. Saudações a todos.

  • Felipe67

    Prezado André, não vim aqui para chateá-lo, como das outras vezes, mas apenas para dizer que o time que Luxemburgo está armando vai dar o que falar. É organizado, técnico e tem personalidade. Não é fácil vir ao Recife e jogar como jogou na Ilha do Retiro. Nada a contestar na derrota do Sport.

    O Atlético Mineiro jogou um futebol cristalino, bonito. Mereceu a vitória.

    INCONTESTÁVEL.

  • Lucas

    “Existe alguma regra que manda o árbitro dar cartão amarelo para um jogador que comete um pênalti?”

    Também não existe regra que diga que não possa dar. Mesmo que o jogador, no caso, não seja o último homem e a falta tenha sido grave… Quero dizer… Digna do recebimento do cartão amarelo. Então, o cartão teria mesmo de ser aplicado. Que tal também falar do penalti injustamente marcado contra o Palmeiras e que poderia ter eliminado o time precocemente da competição? Abraços.

  • M. Silva

    Prezado André,

    achei que você economizou uma notinha: a que falaria do magnífico segundo gol do Caracas contra o Flamengo. Vale ver.

  • Marcos Vinícius

    É…parece que “o melhor time” vai ficar de fora da Libertadores.Tadinhos…Também,quem mandou tomar dois gols em casa dum time que não tem mais nada a disputar no torneio?

    André,vc consegue enterder isso?

    Eu,mesmo sendo vascaíno,admito que o time do Flamengo é o melhor do Rio.Do time que foi campeão brasileiro ano passado,saíram apenas Zé Roberto e Aírton,mas ganhou o excelente reforço de Vágner Love.

    Então…

    Se o time é bom,manteve a base do último campeonato brasileiro,então pq perdeu tudo o que disputou esse ano,até a Taça de Bolinhas?E pq o Andrade antes era o melhor treinador do Brasil,segundo alguns jornalistas,e hoje está à porta do desemprego?

  • Mauricio Tavares

    “Existe alguma regra que manda o árbitro dar cartão amarelo para um jogador que comete um pênalti?”

    André, aparentemente existe sim uma recomendação da CBF e/ou comissão de arbitragem para que os arbitros dêem sempre cartão amarelo para que comete um pênalti, mas que tenha sido uma falta absolutamente corriqueira, como uma trombada ou um deslocamento no adversário.

    Li sobre isso am algum jornal há alguns anos e comecei a reparar, e realmente os árbitros (quase) sempre dão cartões para os defensores.

    Abraços

  • mario galhardo

    poxa andré:
    – cartão amarelo p/ o lincoln num lance que o jogador do atlético claramente tropeçou na bola
    – manoel entra com o cotovelo no rosto do jogador do palmeiras- juizão…nada!
    – alex mineiro chuta o calcanhar do zagueiro do palmeiras, rouba a bola e parte para um contra ataque perigoso – juizão…nada!
    – bruno mineiro faz uma ponte, mete a mão na bola e na sequência penalti inexistente para o atl-pr.

    E o ÚNICO problema do cara foi dar o cartão no lance do penalti a favor do Palmeiras??
    Pergunta sem ironia: Vc viu o jogo todo?

    AK: Sim, eu vi o jogo todo. E não quis dizer que o ÚNICO problema do cara foi dar… apenas comentei uma prática (errada, inexplicável, sem amparo na regra) disseminada no futebol brasileiro. Só isso. Um abraço.

  • Sérgio

    MELHOR TIME , MELHOR TORCIDA : CORINTHIANS

    Encerrada a 1ª fase da Libertadores, o Corinthians termina como time brasileiro de melhor campanha (mais precisamente, a melhor de todos os 32 times da competição).

    O Corinthians termina também como time brasileiro com a melhor média de público e maior taxa de ocupação do estádio (considerados os jogos em casa).

    A seguir, os dados consolidados das partidas que os times brasileiros realizaram como mandantes na 1ª fase da Libertadores:

    .

    CORINTHIANS

    estádio: Pacaembu. (capacidd aprox : 35.000 pessoas)

    renda média : R$ 2.011.870,67

    média de público pagante: 30.299 pessoas

    preço médio do ingresso: R$ 66,40

    .

    SÃO PAULO

    estádio: Morumbi (capacidd aprox : 75.000 pessoas)

    renda média : R$ 1.143.243,63

    média de público pagante: 39.132 pessoas

    preço médio do ingresso: R$ 29,22

    .

    INTERNACIONAL

    estádio: Estádio: Beira Rio (capacidd aprox : 55.000 pessoas)

    renda média : R$ 758.101,67

    média de público pagante: 35.854 pessoas

    preço médio do ingresso: R$ 21,14

    .

    FLAMENGO

    estádio: Estádio: Maracanã. (capacidd aprox : 90.000 pessoas)

    renda média : R$ 672.386,67

    média de público pagante: 22.866 pessoas

    preço médio do ingresso: R$ 29,41

    .

    CRUZEIRO

    estádio: Estádio: Mineirão (capacidd aprox : 70.000 pessoas)

    renda média : R$ 628.722,05

    média de público pagante: 31.179 pessoas

    preço médio do ingresso: R$ 20,16

    .

    §§§

    – O preço médio do ingresso para os jogos do Corinthians foi mais que o dobro do que o do Flamengo, que foi o segundo mais caro.

    – Apesar do preço quase extorsivo do ingresso para os seus torcedores, o Corinthians foi o único time brasileiro que teve uma média de ocupação de lugares próxima do limite do estádio, em seus jogos como mandante.

    – Esse fato explica-se pelo fato de o Corinthians possuir a maior torcida (além do mais, merecidamente conhecida como “Fiel”)da maior cidade do Brasil, e mandar os seus jogos em um estádio de dimensões médias, considerando os padrões brasileiros.

    – A arrecadação média do Corinthians foi quase o dobro da alcançada pelo São Paulo, que teve a segunda maior média.

    – O Corinthians foi o único dos times brasileiros que entrou em campo na última rodada em casa já classificado. Para todos os demais, a última partida como mandante era decisiva.

  • Rubinelson

    AK, se eu bem entendi o regulamento, o vencedor de Flamengo e Corinthans pega nas quartas o Internacional caso este passe pelo Banfield. Ainda se chegarem dois brasileiros na semi-final estes devem se enfrentar obrigatoriamente. Achei estranho essa regra, visto que recentemente tivemos duas finais brasileiras. Você confirma que essa interpretação procede?

    AK: O vencedor de Corinthians x Flamengo pega o vencedor de U. de Chile x Alianza Lima. Desde 2007, o regulamento prevê confronto entre dois times do mesmo país nas semifinais. Um abraço.

  • Rubinelson

    AK, então o site do UOL esta errado, pois la diz:
    “Caso três equipes de um mesmo país se classifiquem para a fase quartas de final, os cruzamentos serão alterados para que essas equipes se enfrentem no mesmo lado da chave, mesmo que o emparceiramento não aponte para isso. O mesmo vale se duas equipes de um mesmo país alcançarem as semifinais.”
    Ou sera que eu é que interpretei errado?

    AK: Se isso está no site do Uol, está errado. Veja o que diz o regulamento da Libertadores 2010, em relação às quartas de final (em itálico, o que interessa):

    3.5 Cuartos de Final
    Los ocho equipos clasificados en Octavos de Final jugarán los Cuartos de Final, formándose 4 llaves de dos equipos cada uno, quienes disputarán partidos de ida y vuelta. Los Cuartos de Final se disputarán de acuerdo al siguiente orden:

    A vs. H S1
    B vs. G S2
    C vs. F S3
    D vs. E S4

    a. En esta edición especial de la Copa, donde participarán 5 equipos mexicanos, en caso de que 3 o más equipos de dicho país, clasifiquen para esta etapa de Cuartos de Final, deberán eliminarse entre sí, y los enfrentamientos serán entre el de mejor número de ordenamiento contra el de peor numeración y respetando el sistema de localía anteriormente descripto.

    ——

    Esse item (a) não vale mais, porque não há 3 ou mais times mexicanos ainda vivos na competição. Era uma medida para evitar uma final mexicana, o que impediria um representante da América do Sul no Mundial de Clubes.

    Importante lembrar que, mesmo com a obrigação de cruzamento entre times do mesmo país nas semifinais, se 3 brasileiros chegarem a essa fase, a final poderá ser nacional.

    Um abraço.

  • Teobaldo

    O regulamento permite que dois times de um mesmo país cheguem à final?

  • Rubinelson

    O site da Conmebol ta fora do ar, mas a wikipedia tras um discurso que parece mais com o seu:
    “Caso três ou mais equipes MEXICANAS se classifiquem para a fase quartas-de-final, os cruzamentos serão alterados para que essas equipes se enfrentem no mesmo lado da chave, mesmo que o emparceiramento não aponte para isso, de forma a que elas se eliminem entre si. Nas semifinais, a regra vale para times de qualquer nacionalidade.”
    Teremos potencialmente apenas 2 times mexicanos. Entao ja era.
    Mas diga-se de passagem, esse mexicanos so avacalham o regulamento nao? Essa primeira fase foi um saco por causa dos dois ja classificados! Para descobrir os 2o colocados tinha que fazer conta…
    Sem contar que eles nao podem representar a conmebol no mundial e nem realizar o segundo gogo da final em casa.
    Dai a pergunta, os mexicanos acrescentam ou atrapalham na CLA?

    AK: Eu penso diferente. É a Conmebol que precisa decidir o que quer fazer com os mexicanos. Os caras podem ir à festa mas não podem tocar no bufê. Um abraço.

  • Rodrigo

    André, aproveitando a deixa sobre o regulamento da Libertadores, você não acha que seria mais bacana sortear as chaves, assim como acontece na Liga dos Campeões?

  • Anna

    Sou mais o Corinthians nesse entrave com o Flamengo, mas será um jogaço. Ronaldo X Adriano!

  • Marcos Vinícius

    Uau!!!
    O “melhor time” se classificou como o pior segundo colocado.

    Deve ser um sinal do fim dos tempos…

MaisRecentes

No banco



Continue Lendo

É do Carille



Continue Lendo

Campeão de novo



Continue Lendo