NOTINHAS PÓS-RODADAS



Estaduais na hora da verdade…

* No momento em que a vaga do Vasco (4 x 3 no Duque de Caxias: Maurinho, Fagner, Elton, Dodô-2, Júnior e Marcelo – 1.186 pagantes no Raulino de Oliveira) nas semifinais correu risco, Dodô apareceu.

* Dodô tem 11 gols no campeonato, mesmo número de Adriano. Love tem 12.

* Com o chamado “segundo quadro”, porque não precisava do resultado, o Botafogo (2 x 2 com o Bangu: Diguinho, Somália, Alessandro e Gustavo Correia –  816 pagantes no Enganhã0) envolveu-se num recorde.

* O jogo teve o pior público da história, ainda curta, do Engenhão.

* O empate do Bangu significou que o Fluminense (3 x 1 no Macaé: Alan-2, Éverton e André Gomes – 2551 pagantes no Maracanã) se classificaria até com derrota.

* Os gols de Alan o credenciam a ser o companheiro de Fred no ataque?

* Os titulares do Flamengo (3 x 0 no Friburguense: Ronaldo Angelim, Dênis Marques e Wallace-contra – 1.050 pagantes no estádio Moça Bonita) também folgaram, pelo terceiro dia na semana.

* O descanso no domingo de Páscoa foi um pedido dos jogadores, acatado pela comissão técnica.

* Não foi por falta de esforço que o São Paulo (5 x 0 no Botafogo: Marlos, Hernanes-2, Rodrigo Souto, e Júnior César – 8.764 pagantes no Morumbi) só fez um gol no primeiro tempo.

* No segundo, teve sucesso em quase tudo o que quis fazer.

* Jucilei marcou na vitória do Corinthians (2 x 0 no Ituano: Ronaldo fez o outro – 18.717 pagantes no  Benedito Teixeira), prêmio por suas boas atuações.

* Quem também jogou bem, e de novo, foi Roberto Carlos.

* Como se ainda não estivesse classificado, o Santos (3 x 1 no São Caetano: Marquinhos, Hugo, Neymar e Robinho – 3.795 pagantes no Anacleto Campanella) segue interessado.

* Para estimular o time, Dorival Júnior promete “prêmios” (gol de cabeça, como o de Neymar, vale churrasco) por objetivos.

* Num jogo que não deveria ter acontecido, por falta de condições do gramado, o Palmeiras (0 x 0 com o Oeste – 3.560 pagantes no Palestra Itália) não conseguiu voltar a vencer no campeonato estadual.

* A escalação “alternativa” usada pelo técnico Antônio Carlos deu mostras de que faria mais, se o campo permitisse.

* A décima-quinta vitória (2 x 1 no Juventude: Jonas-2 e Gustavo – 7.330 presentes no Alfredo Jaconi) do Grêmio é o novo recorde do clube.

* O anterior durava desde 1979.

* O futebol jogado não foi o que a torcida do Internacional queria ver, mas o resultado (4 x 0 no Universidade: Alecsandro-2 e Taison-2 – 8.012 pagantes no Beira-Rio) aliviou um pouco mais a pressão sobre Jorge Fossati.

* A diretoria colorada avisa que nenhum clube brasileiro conseguirá contratar Taison.

* Autor de todos os gols do Atlético Mineiro no empate (3 x 3: Laécio, Danilo, Fabiano-3 e Rodrigo – 15.423 pagantes no Mineirão) com o América, Fabiano parece um camisa 9.

* Foram 7 gols nos últimos 3 jogos.

* O Cruzeiro foi buscar o empate (2 x 2: Thiago Marin, Kléber, Douglas e Leonardo Silva – 11.618 pagantes no Mineirão), duas vezes, contra o Uberaba.

* Outro empate no segundo jogo (o mesmo vale para o Atlético) vale uma vaga nas semifinais do Campeonato Mineiro.

* Ariel voltou a marcar, mas dessa vez não precisou salvar o Coritiba (4 x 1 no Paranavaí: Ariel-3, Daniel Marques e Leandro Donizete – 4.409 pagantes no Couto Pereira).

* O Coxa tem 11 pontos em 3 jogos.

* No clássico, o Atlético Paranaense (1 x 0 no Paraná Clube: Javier Toledo – 14.812 pagantes na Arena) fez a parte dele no roteiro do octogonal.

* O Atlético tem 10 pontos em 3 jogos.



MaisRecentes

Perversidades



Continue Lendo

Arturito



Continue Lendo

Terceirão



Continue Lendo