NOTINHAS PÓS-RODADAS (e um artista se vai)



* Tudo indicava para um clássico feio. A campanha dos times, o futebol que eles não jogaram em 2010 e a chuva que caía em São Paulo. Mas nossa sina é cair na eterna pegadinha do futebol.

* Corinthians (4 x 3: Elias, Danilo, Jean, Roberto Carlos, Rodrigo Souto-2 e Alex Silva-contra – 23.773 pagantes) e São Paulo fizeram um jogaço no Pacaembu. O Corinthians foi diferente no posicionamento, na marcação e na postura. O São Paulo só jogou no segundo tempo.

* É evidente que temos uma terceira nota: Washington não mereceu o cartão vermelho, mas por mais incrível que pareça, as expulsões favoreceram o São Paulo. Ótimas atuações, de novo, de Roberto Carlos e Jucilei.

* O Santos (5 x 0 no Monte Azul: Marquinhos-2, PHG-2 e André – 11.929 pagantes na Vila Belmiro) chegou a 70 gols na temporada. Contando o que marcou no amistoso nos Estados Unidos.

* Lindo gol de Ganso, o primeiro.

* O empate (1 x 1: Robert e Pablo Escobar – 3.764 pagantes no Palestra Itália) em casa com o Mirassol eliminou o Palmeiras, mas essa não é a pior notícia.

* Os problemas internos do clube chegaram à polícia, por causa das estúpidas ameaças ao presidente Belluzzo.

* Antes de ser demitido, Vágner Mancini garantiu que o Vasco (3 x 0 no Fluminense: Thiago Martinelli, Dodô e Fágner – 13.096 pagantes no Maracanã) estaria nas semifinais da Taça Rio. Pelo visto, ele tinha razão.

* Com Carlos Alberto inspirado, o Vasco é outro time.

* O Flamengo (2 x 1 no América: Jones Carioca, Adriano e Vagner Love – 3.218 pagantes no Engenhão) já está lá, e curte dois dias de folga.

* A virada sobre o América teve as impressões digitais do “Império do Amor”.

* O sexto jogo sem vitória (2 x 0 para o Caxias: Marcelo Costa e Edu Silva – público ND no Centenário) do Internacional fez o técnico Jorge Fossati balançar.

* Mas já?

* A sequência do Grêmio (2 x 0 no Esportivo: William Magrão e Maylson –  9.375 pagantes no Olímpico) chegou a 13 vitórias.

* Quarto gol de Maylson nos últimos cinco jogos.

* Incrível! O Atlético Mineiro goleou (6 x 0: Fabiano-2, Diego Tardelli-3 e Renan Oliveira) o Ituiutaba, e Obina não fez nenhum.

* Mas Tardelli, que quase não jogou por causa de dores musculares, fez 3.

* A escalação do Cruzeiro, na derrota (3 x 1: Kieza, Alex Santos, Wanderson e Celinho – 5.500 pagantes no Mammoud Abbas) para o Democrata, tinha até jogadores dos times de base.

*  Sete jogadores estavam suspensos. E tem Libertadores (Vélez, no Mineirão) na quarta-feira.

* História que se repete no Couto Pereira: gol de Ariel dá a vitória (2 x 1 no Corinthians-PR: Rafinha, Bruno Batata e Ariel – 5.998 pagantes) ao Coritiba.

* Após duas rodadas do octogonal, o Corinthians Paranaense praticamente não tem mais chances.

* É mais do que evidente que o título será decidido no clássico entre Coritiba e Atlético Paranaense (5 x 0 no Cascavel: Pepe Toledo, Bruno Mineiro-2, Raul e Rhodolfo – 11.365 na Arena).

* O Atlético marcou 13 gols nos últimos 3 jogos.

ATUALIZAÇÃO, terça-feira 30/03, 11h03:

* Com o coração apertado pela partida de um torcedor apaixonado, o Botafogo goleou (4 x 1: Abreu-3, Marcelo Cordeiro e Tony – 797 pagantes em São Januário) o Boavista e é semifinalista da Taça Rio.

* O time agora sonha com o título Estadual, sem final. Armando Nogueira estará torcendo.

______

Armando Nogueira morreu, e eu não consigo traduzir meu lamento.

Na verdade, seria até ridículo escrever alguma coisa sobre ele.

Não tenho esse direito.

Direi apenas que, na minha profissão, Armando era e será um ícone, um ídolo, um mestre.

Escrever como ele escrevia é arte.



MaisRecentes

Amanhã



Continue Lendo

Novo



Continue Lendo

Virtual



Continue Lendo