CAIXA-POSTAL



Aos assuntos da semana:

Alejjandro escreve: Se o Brasil for hexacampeão na África do Sul, levará definitivamente a Copa do Mundo (uma vez que a ganhou 3 vezes: 1994, 2002, 2010)?

Resposta: Não. A chamada “Taça Fifa” não ficará definitivamente com nenhum país. Nela, há espaço para a gravação dos nomes dos países campeões, que ficam com o troféu até o Mundial seguinte.
______

Marcelo escreve: Na sua opinião, ser técnico da seleção sob direção de Ricardo Teixeira significa ser de certa forma cúmplice dele, ou o técnico não tem nada com isso pois tem liberdade para exercer seu trabalho sem interferência?

Resposta: “Cúmplice” é uma palavra muito forte, eu diria, em qualquer sentido. O técnico da Seleção Brasileira é subordinado ao presidente da CBF, que é quem o escolhe, o avalia, e, em última análise, pode demiti-lo. Essa questão da interferência no trabalho é difícil de avaliar, e depende muito da situação e da pessoa envolvida. Antes de 2002, consta que Scolari assumiu com a chamada “carta branca”, ou seja, livre para fazer o que quisesse ou livre para não fazer o que não quisesse. Pode ter sido uma condição imposta pelo técnico e aceita pela Confederação. Já Dunga foi chamado para fazer um trabalho mais longo, de formação de grupo e recuperação do relacionamento dos jogadores com a Seleção. O caso da convocação de Ronaldinho Gaúcho para a Olimpíada de Pequim é um exemplo de como as coisas podem acontecer. A “verdade” mais aceita é a de que Teixeira deu a ordem para levar o RG para Pequim, mas há quem garanta que foi uma decisão de comum acordo, apenas divulgada pessoalmente pelo cartola.

______

Tibúrcio escreve: Pegando carona no caso Adriano e cia, pergunto se a MLS possui código de conduta como há na NBA, MLB e NFL? Não conheço este código por completo, porém sei de  algumas punições, como exemplo, o uso de drogas fora do ambiente esportivo, comportamentos ilegais como dirigir embriagado, obrigação de estar em jogos do time mesmo contundido. Você acha que este modelo rígido das ligas americanas seria aplicável no futebol europeu pelo menos? quanto ao mercado brasileiro…

Resposta: Nos Estados Unidos, de forma geral, as ligas esportivas tratam com rigor os problemas ligados a imagem, delas e dos clubes. O que um jogador pode e não pode fazer está bem explicado nos contratos de trabalho, sendo que algumas cláusulas são obrigatórias em todos os compromissos. Quando algo acontece, o clube pode punir de diferentes maneiras. Há casos (como o de Gilbert Arenas, do Washington Wizards da NBA, que guardava armas em seu armário no vestiário do ginásio) em que a punição é determinada pela própria liga, com base nas normas que ela regulamentou e nas leis americanas. As diferenças em relação ao que acontece no resto do mundo são gigantescas, principalmente por causa do modelo de gestão e da estrutura das ligas americanas. Mesmo na Europa, no futebol, o paternalismo no tratamento aos jogadores é explícito. Por aqui, então…

______

José Ricardo escreve: Sem querer julgar se o comportamento do Adriano é profissional ou não, qual sua opinião sobre a forma como o Flamengo falou publicamente sobre o problema particular do seu jogador?

Resposta: Um absurdo. Pareceu uma tentativa de “livrar a cara” do clube, eximindo-se de qualquer responsabilidade. Nenhuma instituição, em qualquer segmento, tem o direito de expôr esse tipo de situação pessoal. É mais um exemplo do despreparo que caracteriza a esmagadora maioria dos dirigentes esportivos brasileiros.

______

Uma vez mais, obrigado pelas mensagens. Até o próximo sábado.

(e-mails para a CP do blog: akfouri@lancenet.com.br, ou clique no link abaixo da foto)

“Se você ameaçar meu filho, estará ameaçando a mim.”

Leigh Anne, em “Um Sonho Possível”.



  • Cesar Mersoni

    André,

    O que você acha do Coritiba cobrar juridicamente da torcida organizada Império Alviverde, os prejuizos decorridos da barbárie que ocorreu no Couto Pereira no final do Brasileiro de 2009?

    AK: Acho correto. Mas acho difícil. Um abraço.

  • Rejane

    André, você acha que essa conduta do jogador Adriano vai prejudicá-lo na convocação para Copa do Mundo 2010?

    AK: Não acho que vai tirá-lo da Copa. Um abraço.

  • thiago

    André, na boa. O Adriano sabe o nome e o endereço de traficantes do RJ. Sabe quem são e onde estão e como achar homens que matam pessoas, que roubam pessoas. Por que a polícia não coloca ele sentado numa cadeira e só deixa ele levantar depois que entregar todo mundo? Isso não é cumplicidade ? Ele diz que é amigo de pessoas que MATARAM pessoas inocentes. Tem que entregar esses bandidos. Mas ninguém na imprensa nem na polícia fala nada. Nem você, André, nunca questionou o porque dele não entregar esses caras. Pq se preocupam tanto se ele bebe, se há algo mais importante até do que o futebol: Ele é amigo confesso de assassinos, e os encoberta.

    AK: Você não pode estar falando sério. Provavelmente todas as pessoas que moram em favelas do Rio de Janeiro (e de qualquer outra cidade do Brasil) sabem o nome de traficantes. A polícia também sabe. Quem compra drogas e financia esses caras também sabe. Em todos os times de futebol, há jogadores que têm trajetória parecida com a do Adriano. Por favor… um abraço.

  • Anna

    Eu só não entendi a postura d eum médico tão respeitável como Dr Jose Luis Runco ao avaliar que qualquer pessoa pode beber, desde que não comprometa sua atividade profissional. Ficou nítido que houve a intenção de blindar o jogador e o que ele precisa é de tratamento urgente porque pode comprometer uma carreira brilhante. Gostei da pergunta do querido Alejjandro também e da citação do filme que pretendo ver após Guerra ao Terror. Vi Avatar e é simplesmente espetacular. E tem conteúdo, sim. Bom domingo, Anna

  • edgar

    pergunta só por curiosidade msm:sua opnião sobre a raça de caes: PASTOR ALEMÃO?

    AK: Nunca comi. É boa? Um abraço.

  • Willian Ifanger

    “Nunca comi. É boa?”…….kkkkkkkkkkkkkk.

    Acompanhado de mussarela de Búfala e com um bom vinho tinto (chileno), quem sabe.

    Mas isso é assunto pro “Mais Gelo”.

  • Leonardo Pires

    Essa foi à Juca! Perdão, mas não me contive…

  • edgar

    ahahahahaha….vc não gosta de cachorros não andré? ahahahahahah

    AK: Gosto, sim. Um abraço.

  • thiago

    Por favor você, né… SE ele morasse na favela, seria compreensível o silêncio. Mas ele entra com 4 carros importados e ninguém faz nada contra ele. Obviamente, o que eu disse não se refere apenas ao Adriano, mas a qualquer jogador, jornalista, ou qualquer outra coisa que tenha acesso a essas informações. O problema é que o Adriano ADMITIU que sabe essas informações, e fica por isso mesmo. Não é pq todo mundo sabe essas respostas (eu não sei) que deve ficar por isso mesmo, ou deve André? Todo mundo que sabe tem que dar a informação, ainda mais o Adriano, que não só sabe, como também UTILIZA esse conhecimento em benefício próprio. Você, como jornalista, sinceramente, nunca poderia achar que só porque muita gente sabe de uma informação e a mantém escondida, a informação deveria permanecer escondida. Lembre-se do que você acabou de escrever na Caixa Postal: Se ameaçam meu filho, me ameaçam. Essas pessoas que o Adriano utiliza para divertir amigos na Chatuba (coisa que não fazem os moradores, até pq não tem carros importados) ameaçam os filhos de muita gente no RJ. Ameaçam e muitas vezes machucam esses filhos. Espero que você nunca saiba o que é isso, mas, se ficar sabendo, com certeza vai querer botar o Adriano ou quem for sentado na cadeira e entregar todo mundo. O seu pai deu o exemplo a anos atrás e criou vários inimigos, por uma causa justa. As pessoas deveriam seguir o exemplo dele. Ou você não acha que muita gente já sabia e ficava quieta sobre as informações que ele revelou? E sim, André, eu estou falando sério.

    AK: Thiago, o fato de o Adriano conhecer/saber o nome/ser amigo/ir para a balada com alguém que tenha cometido um crime não faz dele cúmplice de criminosos, a não ser que se comprove o envolvimento dele em um crime. Nesse aspecto, ele não é diferente de outros jogadores, cantores, atores… e gente “comum” como, por exemplo, os familiares dessas pessoas. Ele só é mais famoso. Particularmente, não acho que o estilo de vida do Adriano seja “saudável”, mas daí a chamá-lo de cúmplice é um exagero tão despropositado quanto dizer que você é nazista. Um abraço.

  • edgar

    cara, lendo aq na globo.com, pq o manchester united é o time mais valioso de TODOS os esportes? superando os times americanos, isso tem haver com tiulos,midia ou estádio?sempre tive essa duvida…

  • thiago

    Sinceramente eu não conheço direito a legislação. Mas eu acho que se uma pessoa é procurada pela justiça e você admite que conheçe essa pessoa, e que saiu com ela esse final de semana sabendo que ela é procurada pela justiça, isso não é natural. Ainda mais se essa “balada” foi o baile da Chatuba e o seu “colega” está portando um fuzil 762 de uso exclusivo das Forças Armadas. Uma coisa somos nós sabermos que um monte de gente sabe quem são os bandidos. Nós não temos como provar que elas conhecem, apesar de sabermos disso. Mas ele admitiu que conhece. É diferente do nazista, pq eu nunca saí com uma pessoa sabendo que ela é nazista, ainda mais pra me divertir dentro de Auschwitz (ou será que na Chatuba não acontecem execuções sumárias e covardes efetuadas pelos amigos do Adriano?). Se o Adriano, ídolo dos flamenguistas, se relaciona com aqueles carniceiros e acha isso normal, pq um pequeno flamenguista que idolatre o imperador não acharia normal ser amigo do canalha também? Enfim, não precisamos continuar a discussão. É que eu lamento muito estar tão naturalizada a relação de pessoas ricas e famosas com assassinos que mataram conhecidos meus e de tantas outras pessoas no RJ. Um abraço.

    AK: Estou de pleno acordo com você em relação ao péssimo exemplo. Um abraço.

  • thiago

    pequeno update pós-gol no clássico: “Que Deus perdoe essas pessoas ruins”. Adriano, isso é pra quem??? Para a imprensa??? Ou pros seus amiguinhos????

  • thiago

    update 2: reportagem do fantastico mostrando vagner love sendo ESCOLTADO por traficantes da Rocinha. Se alguém mexesse com love ia acontecer o que com essa pessoa??? Se isso não é cumplicidade é o que então ?!?!?!? brincadeira, um absurdo, sinceramente…….

  • Nilton

    Estava vendo a foto, espero que ele tenha ganhado pelo menos um cartão amarelo, pq conciencia da realidade dos fatos acho dificil.

  • Ariel

    André, posso estar enganado, mas a Taça Fifa irá pertencer a um país em definitivo sim, tal qual a Julea Rimet.
    Será da primeira seleção que vencer a copa três vezes seguidas ou cinco alternadas.

    Abs

    AK: Não é o que diz a Fifa:

    http://www.fifa.com/classicfootball/history/worldcup/trophies.html

    Um abraço.

MaisRecentes

Sqn



Continue Lendo

Gato



Continue Lendo

A vida anda rápido



Continue Lendo