E VIVA A LITERATURA ESPORTIVA BRASILEIRA



As informações estão acima, no convite.

Na próxima terça-feira, meus camaradas Milton Leite e Mauro Beting farão a noite de autógrafos de dois livros sobre times de futebol inesquecíveis.

Eu sou suspeito para falar dos autores.

Trabalhei com Milton na Rádio Jovem Pan e na ESPN Brasil. Era ele o apresentador do programa em que minha primeira reportagem “profissional” foi ao ar, em 1993, na Pan.

Não me lembro do assunto (não era esporte), mas não esqueço do que senti quando o ouvi dizendo o meu nome.

Juntos, cobrimos uma Copa do Mundo, duas Olimpíadas e um Campeonato Mundial de basquete, fora algumas centenas de jogos de futebol pelo Brasil.

Milton é um baita de um narrador. Como pessoa, é ainda melhor.

E o Mauro é um cara que eu ouvia na Rádio Gazeta e lia na antiga Folha da Tarde, no início dos anos 90, quando minha carreira engatinhava.

Eu precisava preparar boletins sobre clubes de futebol para o programa do Wanderley Nogueira,  e ligava pro Mauro no começo da noite, para saber o que ele tinha ouvido, o que achava disso ou daquilo.

Ele certamente estava ocupado na redação do jornal, com o prazo para fechar a coluna.

Mas sempre me atendeu como se eu fosse um colega.

Hoje, minha coluna no Lance! sai um dia depois da dele. É até difícil de acreditar.

Na terça estaremos lá.

______

Ainda no departamento literário, mas de outro país e com um tema bem mais específico: acabei (infelizmente) de ler “The GM: a Football Life, a Final Season and a Last Laugh”.

O livro conta a história da carreira profissional de Ernie Accorsi, o homem que moldou a profissão de gerente-geral na NFL.

O autor Tom Callahan acompanhou a última temporada da carreira de Accorsi, no New York Giants, em 2006, e escreveu um livro de bastidores, que mostra como funciona um time de futebol americano por dentro.

Para quem gosta da bola oval (e eu sei que tem muita gente aqui que gosta), é desses livros que se lê devagar para não acabar.

Mais ainda, para quem se interessa sobre a rotina de um executivo de esportes (contratações, folha salarial, trocas, egos…), é um verdadeiro manual.

Para não chatear, falarei mais sobre o livro no Mais Gelo.



  • O Milton eu não conheço, apenas por “referências”, mas o Beting é fantástico… uma pena ser palmeirense, mas nada é perfeito… :D… se eu fosse dirigente de um time de futebol, contrataria ele e o PVC pra trabalhar a parte tática, e o Muricy pra física… seríamos heptacampeões de todos os torneios que disputássemos, hehehe…

    Abraço!

  • Anna

    Eu adoro o Milton Leite, com quem pude ter maior contato através de seu blog, no globoesporte.com e que sempre me respondeu com gentileza e atenção. O livro será lançado no Rio de Janeiro no dia 29 de março, às 19h, na Travessa do Shopping Leblon. Se você puder acrescentar, ficaria grata. Afinal, seu blog transcende São Paulo… 😉

  • Rejane

    Eu gosto muito do jornalista Milton Leite, principalmente das suas narrações esportivas. Acho que esses livros terei que comprar pela Internet!

  • Gutow

    Comprarei o livro do Mauro, sem dúvida. Quanto ao Milton, eu até gostava dele, mas perdi todo o respeito pelo mesmo depois do episódio lamentável e da falta de respeito dele em relação ao Rogério Ceni.

    AK: O episódio foi lamentável mesmo. Mas onde está a falta de respeito? Um abraço.

  • Mauro Beting

    Grande André, muito grato pelas palavras, atenção e carinho de sempre.

  • Rafael Wuthrich

    Mauro Beting comentando junto com a gente? Que cara gente boa!

    André, off-topic: podemos dizer que o que acontece com o Corinthians hoje é próximo do que aconteceu com o Real (muitas estrelas e pouco futebol)? Abs

    AK: Não acho que podemos. São galáxias bem diferentes. Um abraço.

  • Danilo Neiva

    Como diria o Milton: Que beleza! O Mauro Beting realmente é ótimo! Na verdade os dois são ótimos profissionais. Não me recordo do episódio do Milton com o RC.
    Um abraço.

  • Marcel Souza

    Que beleza! Mais 2 bons livros. Podia ter um lançamento em Campinas também, apesar que São Paulo nem é tão longe assim.

    Por falar em livros esportivos, e o seu livro com o PVC, vai sair quando?

    1 abraço,

    AK: Antes da Copa, espero. Um abraço.

  • Eduardo Pieroni

    Boa André, Mauro como comentarista é sensacional ! como disse o Teo José ” O narrador tem que ser muito inteligente para transmitir jogos com o Mauro “.

  • Willian Ifanger

    Pena que não tenhamos no cinema a mesma riqueza sobre futebol que temos nas livrarias.

    AK: Verdade. Mas acredito que uma coisa vai puxar a outra. Um abraço.

  • Milton Leite

    Amigo André,
    muito obrigado pela força, pela atenção, pelo carinho. Lançar um livro na mesma noite em que Mauro Beting é para colocar em destaque no currículo. Beijão,

    PS. O episódio Rogério Ceni foi mesmo lamentável. Principalmente pela invasão da minha privacidade por parte do Kibeloco e do Pânico na TV, por terem explorado algo que não era público. Paciência, essa é a era em que vivemos.

MaisRecentes

Presente



Continue Lendo

Em frente 



Continue Lendo

Acordo



Continue Lendo