NOTINHAS PÓS-RODADAS



(com o perdão pelo horário)

Girando pelos estaduais:

* O Oeste perdeu um jogador, expulso, aos 31 minutos do primeiro tempo. Mas não perdeu (0 x 0 – 7.710 pagantes na Fonte Luminosa) o jogo para o São Paulo, que chegou a ter Dagoberto, Washington e Fernandinho em campo.

* O São Paulo precisa decidir o que quer do Campeonato Paulista.

* Em 18 pontos disputados em casa, o Palmeiras ganhou apenas 8. Os últimos 3 ficaram com o Santo André (3 x 1: Nunes, Rodriguinho-2 e Robert – 3.840 pagantes), vice-líder, que dominou o jogo no Palestra.

* O lance do terceiro gol é uma amostra do futebol que o Santo André tem jogado.

* O Flamengo (2 x 0 no Madureira: Fernando e Vagner Love – 2.190 pagantes no Maracanã) não conseguiu dar o presente que Zico merecia ganhar na noite em que completou 57 anos.

* Se bem que o gol de Vagner Love deve ter feito o ídolo eterno sorrir.

* Dodô marcou após 5 jogos e o Vasco venceu (2 x 0 no Bangu: Fernando fez o outro – 932 pagantes no Engenhão) sem empolgar.

* Não sei exatamente onde está o problema do time do Vasco. Sei que não está no gol.

* O Cruzeiro fez 4 gols em 12 minutos, no segundo tempo da vitória (5 x 0: Eliandro, Bernardo, Thiago Ribeiro-2 e Anderson Lessa – 2.415 pagantes no Mineirão) sobre o Uberaba.

* O time de Adílson Batista treina no estadual.

* A Federação Mineira de Futebol deve marcar para o dia 10 o complemento do jogo (2 x 2, no segundo tempo: Crys, Coelho, Luiz Henrique e Osvaldir) entre Atlético e América-TO, paralisado pelo dilúvio em Teófilo Otoni. ATUALIZAÇÃO, 19h08 – a continuação do jogo foi realmente marcada para a próxima quarta-feira.

* O América, o trio de arbitragem e o delegado do jogo voltaram ao estádio Nassri Mattar, hoje pela manhã, para os 25 minutos restantes. O Atlético não apareceu, o que pode acionar o tapetão em MG.

* Na estreia no segundo turno gaúcho, o Grêmio (3 x 1 no Avenida: Maylson, Edílson, Fabio Pinho e Jonas – público ND no estádio dos Eucaliptos) só precisou de 58 segundos para sair na frente.

* Nos jogos do Avenida, será que alguém faz a brincadeira óbvia?

* Na volta de D’Alessandro, o Internacional (4 x 1 no Santa Cruz: Kléber, Bolívar-contra, Alecssandro-2 e Giuliano – 6.031 pagantes no Beira-Rio) fez todos os cinco gols do jogo.

* O argentino é fundamental para as pretensões coloradas.



MaisRecentes

Sete dias



Continue Lendo

Em voo



Continue Lendo

Não estamos prontos



Continue Lendo