NOTINHAS PÓS-RODADAS



Copas Libertadores e do Brasil:

* Pela quantidade de tensão envolvida, nada mais apropriado do que, com um minuto de Libertadores, o Corinthians (2 x 1 no Racing: Cauteruccio e Elias-2 – 31.035 pagantes no Pacaembu) estar perdendo.

* Mas a forma como o time controlou seus nervos e virou o jogo é tão importante quanto a própria virada.

* O Flamengo (2 x 0 no Universidad Católica: Léo Moura e Adriano – 24.301 pagantes no Maracanã) perdeu Willians, expulso, aos dois minutos de jogo. Léo Moura garantiu que ninguém percebesse.

* O segundo gol foi um flashback dos melhores momentos da história rubro-negra.

* Tudo que o Cruzeiro achou que lhe foi tomado na estreia, contra o Vélez, deve ter sido devolvido na vitória (4 x 1: Thiago Ribeiro, Paredes, Kléber-2 e Pedro Ken) sobre o Colo Colo.

* Até agora, foram péssimas as arbitragens nos jogos desse grupo 7.

* O grande objetivo do Naviraiense era garantir o jogo de volta na Vila Belmiro, e o orçamento para o restante da temporada. Por isso não é exagero dizer que o time sul-matogrossense jogava por uma derrota simples em casa.

* Conseguiu (Santos 1 x 0: Marquinhos – público ND no Morenão) e vibrou muito ao fim do jogo.

* Em Aracaju, a ideia do Fluminense (1 x 1 com o Confiança: Gum e Serginho – público ND no Batistão) era liberar uma data do seu calendário. Ficou longe disso.

* O goleiro Pantera não caiu na paradona de Fred, o que deve ter complicado a batida (para fora) do atacante.

* Obina deixou nada menos do que 5 gols no passeio do Atlético Mineiro (7 x 0 no Juventus-AC: os outros foram de Diego Tardelli e Marques – 6.567 pagantes na Arena da Floresta) pelo Acre.

* Próximo adversário do Atlético: Chapecoense (que venceu em casa por 3 x 0) ou Brasiliense.

* A Portuguesa (7 x 0 no Roraima: Preto Costa, Biscayzacu-2, Fabrício, Glauber, Celsinho e Luis Ricardo – público ND no Ribeirão) fez igualzinho, e sem cinco titulares.

* Próximo: Ponte Preta, que fez 4 x 1 no JV Lideral-MA (“JV” são as iniciais do nome do filho do presidente do clube. Lideral é o nome da empresa dele.)

* Além de Atlético MIneiro e Portuguesa, Ceará (5 x 0 no Picos, pega o Corinthians-PR), Avaí (3 x 0 no Ypiranga, pega Coritiba – que fez 1 x 0 fora – ou Luverdense) e Sport (4 x 2 no Brasília, pega o Paraná Clube) eliminaram o jogo de volta.



  • Anna

    Torço pelo Corinthians na Libertadores, mas sei que o Flamengo tem todas as chances.Vi esse jogo do Fla, ontem. Aqui chove demais, odeio chuva, but I gotta go! 😉

  • Joao Luis Amaral

    Fala, André!
    Gostei do time, descontando, é claro, o fator ‘nervos’. Acho que, passado esse primeiro jogo, a ansiedade começa a baixar, enquanto o entrosamento vai aumentando…
    Tenho a impressão de que o Danilo dará muito mais qualidade ao passe no meio de campo… o que vc acha?
    Abs.
    Joao Luis Amaral

  • Matheus

    André, onde a arbitragem de Oscar Ruiz foi benéfica ao Cruzeiro ontem? (não estou dizendo que você afirmou isso).

    Ao que me lembro, mesmo vendo de longe no lugar que eu estava no estádio, aconteceu falta no Jonathan no lance do gol do Colo-Colo e penalti no Roger ainda no 1º tempo. Desconfiança confirmada na televisão mais tarde.

    Comparativamente, a arbitragem no jogo contra o Velez foi muito mais perniciosa ao Cruzeiro do que a de ontem no Mineirão.

    AK: Os dois pênaltis para o Cruzeiro foram, com boa vontade, duvidosos. Um abraço.

  • Também fiquei surpreso com o controle dos nervos corinthianos ontem, achei que os caras iam se afobar… veio na hora o pensamento “putz, os caras ficaram mais de 7 meses pensando nessa estréia, e vem logo um gol a UM MINUTO?! Tão de sacanagem…”.

    Eu acho que a fumaceira atrapalhou mais que o “nervosismo dos primeiros minutos”… e você, André?

    Abraço!

  • Rejane

    André, o primeiro pênaltil a favor do Cruzeiro deu para ver muito bem que o jogador do Colo Colo puxava a camisa do jogador do Cruzeiro! Já o outro pênaltil tenho dúvidas!
    Tenho que confessar que não conhecia o jogador Elias até ontem depois dos dois gols! Ambos os gols tiveram participações do jogador Ronaldo!

  • Luísa

    O Cruzeiro com ctza esta em rumo ao tri so tem q arrumar a defesa…o gol do colo colo foi irregular…Abs.

  • Sérgio

    Informações relativas a renda e público de cada jogo de estréia diante de sua torcida dos 5 clubes brasileiros na Libertadores-2010:

    *

    CORINTHIANS 2 x 1 RACING-URU

    RENDA: R$ 2.181.742,00
    Preço médio do ingresso: R$ 70,30

    PÚBLICO: 31.035 pagantes
    Estádio: Pacaembu. (capacidd aprox : 35.000 pessoas)

    *

    SÃO PAULO 2 X 0 MONTERREY

    RENDA: R$ 1.019.971,00
    Preço médio do ingresso: R$ 28,71

    PÚBLICO: 35.523 pagantes
    Estádio: Morumbi (capacidd aprox : 75.000 pessoas)

    *

    INTERNACIONAL 2 x 1 EMELEC

    RENDA: R$ 821.170,00
    Preço médio do ingresso: R$ 20,89

    PÚBLICO: 39.304 pagantes
    Estádio: Beira Rio (capacidd aprox : 55.000 pessoas)

    *

    CRUZEIRO 4 x 1 COLO-COLO

    RENDA: R$ 783.826,25
    Preço médio do ingresso: R$ 23,80

    PÚBLICO: 32.927 pagantes
    Estádio: Mineirão (capacidd aprox : 70.000 pessoas)

    *

    FLAMENGO 2 x 0 UNIVERSIDAD CATÓLICA

    RENDA: R$ 728.373,00
    Preço médio do ingresso: R$ 29,97

    PÚBLICO: 24.301 pagantes
    Estádio: Maracanã. (capacidd aprox : 90.000 pessoas)

    *

  • caio acmilan

    andré kfouri! cara, lendo uns comentários ali, talvez o xavi pode ser hj o melhor meia do mundo, apesar de eu gostar mais do pirlo no geral, agora, sobre o q o colega rafael colocou, creio q no geral, carreira por carreira o laudrup jogou mais q o rg, o stochikov não, mas o dinamarques jogava mais, bem mais tecnico inclusive…..mas respeito sua opinião!!!!MILAN ! MILAN!

    AK: Não acho que ele tenha chegado perto do que o Ronaldinho fez em 2005-2006. Um abraço.

  • BASILIO77

    O time do SCCP manter os nervos no lugar foi como um gol de placa ontem no Pacaembú.
    Sobre as arbitragens na libertadores…o saldo ainda é extremamente negativo para TODOS os clubes brasileiros. Não fosse isso, as conquistas dos brazucas teriam sido ainda maiores.
    Abraço.

  • Dean Araújo

    Olá André! O cruzeiro foi muito prejudicado no jogo de buenos aires contra o vélez,e ninguém se manifestou.reconheço que o time não teve uma boa atuação,mas a arbitragem foi muito boa.O cruzeiro é sem dúvidas nenhuma favorito ao tri da libertadores.Não vejo concorrentes à altura.

  • Marco BH (Cruzeirense)

    Quando você fala que a arbitragem no grupo 7 está ruim, está muito vago a sua colocação. Você fala que o cruzeiro foi prejudicado contra o Velez e beneficiado contra o Colo-Colo ou que foi prejudicado nos dois jogos, pois contra os chilenos tivemos mais dois penaltes não marcados.

  • Edouard Dardenne

    Eu concordo que o coringão não acelerou o jogo, não se afobou depois de tomar o gol, etc.. Mas não chego a dizer que teve nervos de aço, como li e ouvi em alguns lugares. Vários relatos sobre os momentos que antecedem uma batalha contam como os soldados, nervosos, acabam dissimulando o sentimento forjando conversar sobre amenidades.
    Foi mais ou menos isso o que eu vi ontem. O time estava tendo, como você disse, estava pesado, mascado. Mas ficava rodando a bola na intermediária do Cerro, ‘fingindo’ que estava tudo bem. Bem mesmo ficou depois do 2º gol, por óbvios motivos. Até o narrador da Globo, que andava meio perdido, percebeu que o comportamento da equipe mudou drasticamente com o placar favorável.
    Um abraço.

  • Ivan

    Poxa, André. Permita-me discordar da sua visão, mas…
    Comparar a arbitragem do jogo do Velez vs. Cruzeiro e Cruzeiro vs. Colo Colo é um tanto quanto questionável.
    O árbitro Oscar Ruiz expulsou com razão. A quantidade de faltas que o time chileno cometeu e o quanto eles reclamaram veementemente com o árbitro foi coisa de outro mundo.
    Não sei se você acompanhou os dois jogos completos, mas a arbitragem do Ruiz foi razoável (errou no lance do gol do Colo Colo, quando Jonathan sofre falta e ele não marca), enquanto que na Argentina os jogadores deram até chute no Kléber enquanto estava caído e não houve expulsão.
    Sinceramente, pela quantidade de faltas do time chileno, duas expulsões saiu barato.
    O Kléber explicou o fato de amarelar toda a zaga chilena. Era para provocar as expulsões mesmo.

  • Ricardo Pires

    André, o primeiro pênalti para o Cruzeiro, no Leonardo Silva, foi mandrake mesmo. Acho que o Oscar Ruiz quiz compensar o que não deu em cima do Roger, no primeiro tempo. A falta em cima do Jonathan no gol do Colo-Colo existiu, mas ele continuou a jogada, tentou dominar pra sair jogando e perdeu a bola. Ou seja: tudo normal. Foi o lateral – que acha que joga mais do que realmente joga – quem vacilou.

    Já o pênalti no Kléber, foi claríssimo. Não teve nenhuma boa vontade. Acho que nesse caso a má vontade é sua… o cara bota as duas mãos nas costas do Gladiador e o empurra antes que ele controle a bola. Não há a menor dúvida.

    Abs

  • TEOBALDO

    Ah, as arbitragens…. Pessoal, vamos combinar o seguinte: O meu time ganhou, o árbitro foi excelente, teve muita personalidade, não entrou na catimba do adversário, expulsou corretamente…. Se o meu time perdeu, o culpado foi o árbitro, aquele sem vergonha, desonesto, dissimulado… Nada mais que isso. Ou não é nada disso?

  • Rodrigo

    AK, não sei se você chegou a ver por todos os ângulos, mas o segundo pênalti cometido pelo Colo Colo foi escandaloso. O zagueiro dos caras empurrou (era o Kléber?) o jogador do Cruzeiro com as duas mãos. Claro que vc pode achar que não foi, maaaaas…

    Bom mesmo foi ver o Tcheco dando passes certeiros e decisivos. Tinha certeza que o futebol dele cresceria na hora certa. Será que vai jogar mais que o Douglas?? Do Iarley, já desisti….

  • Rodrigo

    A Anna torcendo pro Corinthians?? Putz, depois dessa, vou até torcer pro Vasco na Copa do Brasil… rsrsrs

  • Anna

    Estou, Rodrigo! Torça pro meu Vascão! Tá precisando! 😉 União alvinegra! 🙂

  • Mauro Domingos

    Infelizmente, acho q o meu Mengão não passa das quartas…. Pela preparação e motivação acho q da Corinthians… A taça vai ficar em boas mãos.

  • Rodrigo

    Juro que vou tentar, Anna… rs… sem o Eurico lá, as coisas ficam mais fáceis… só acho que a torcida tinha que ter um pouco mais de paciência com o Vágner Mancini…

MaisRecentes

No banco



Continue Lendo

É do Carille



Continue Lendo

Campeão de novo



Continue Lendo