TINHA DE SER IGUALZINHO?



Eis o troféu da quadragésima-sexta Taça Guanabara, que terminará o domingo nas mãos de vascaínos ou botafoguenses.

Bonita, não?

Está com a sensação de que já viu algo parecido?

Então olhe abaixo:

Não resta dúvida de que a intenção foi fazer uma taça exatamente igual à da Liga dos Campeões da Uefa.

A pergunta é: por quê?

Que papagaiada…



  • Leandro

    A pergunta é: por que não?

    Tu está parecendo meu vizinho ranzinza!

    AK: Por que não? Você não acha que a Taça Guanabara pode ter um troféu só dela? Imitar para quê? Um abraço.

  • Cesar Vinicius

    Fala Andre, voce me perguntou anteriormente o que tinha a ver com parcialidade o lance dos 10 jogos de vitorias do fla.

    Na verdade, nada. So que assim voce se livra de pessoas q queiram te chamar de imparcial, eh como nao dar chance aos chatos, entendeu?

    Um abs e parabens pela coluna, mais uma vez…

  • Anna

    Acho plágio ridículo, mas que é bonita, é bonita! Deve dar problema para quem teve essa ideia brilhante! Modo ironia on.

  • Rejane

    André, isso é mais um incentivo para ganhar a Taça Guanabara! Pelo menos a taça é bonita! kkkkkkk

  • Leonardo atleticano

    É no Rio? Normal. Olha se não for a original que está no Rio, é bom o Platini conferir se a dele está no cofre.

  • Francisco

    Que coisa feia. Além do que, parece mais uma cópia barata – note as asas do troféu, parecem dois arames de cabide improvisados!
    Quanto a sua pergunta, essa é fácil: para dar um gostinho de ganhar um troféu “””quase igual””” ao dos europeus, oras…
    Mas eu queria mesmo saber é: como é que escolhem o troféu das competições brasileiras? Tem cada trófeu bizarro que pelo amor…

    AK: É exatamente isso, cópia barata. Um abraço.

  • Andre Luis

    A imprensa nunca está satisfeita. Vivem chamando a Orelhuda de a Taça mais linda do mundo, dai uma outra presta esta homenagem e dizem que é mera imitação boba.
    Ficou bonita, pena que não vai pra Gávea.

    AK: Não é homenagem, é imitação.

  • Joao Luis Amaral

    André, será que não fecharam um pacotão com o fornecedor de troféus, para ganhar poder de barganha? Ou estava na promoção ‘leve 3, pague 2’…
    Ha ha ha!
    Abs.

  • Marcel Souza

    Já não basta a importância toda que os cariocas acham que essa Taça Guanabara tem, agora vão copiar o troféu? Se é tão importante assim, que fizesse uma taça original!

  • JB

    E qual o problema? Vocês da imprensa, principalmente a paulista acham cada coisa para implicar. Imitam tanta coisa da europa em nosso país, porque não uma simples taça? Pelo visto esta faltando assunto para criticar para citar fato tão futil neste momento. Palhaçada!

    AK: Eu me divirto com esse “vocês da imprensa”…

  • Marcos Vinícius

    Cara,mas que coisa!A gente já viu cada troféu que daria para ser posto num museu de bizarrices,e os caras copiam uma taça que todo mundo admira.Que mal tem nisso?Alguém detém os direitos autorais da forma da taça?Por que ninguém pode fazer algo igual,ou parecido?Pra torcida e pro time vencedor,pouco importa se é igual a da Champions ou se é um caneco da Ocktober Fest.O que importa,realmente,é o título,o direito de poder disputar a finalíssima do Estadual-10.Então pra quê implicar com a forma da taça?

    E digo mais:

    Tomara que o caneco se mantenha nesse formato.Gostei.Não acho plágio,já que ninguém tem direitos autorais sobre a imagem da taça.E que mal há em copiar o que é bonito?Não é extamente isso que as escolas de samba fazem,de forma diferente?Aproveitam idéias umas das outras,adaptando isso ou aquilo outro.

    Deixa a taça pra lá.O que importa,realmente,é o jogo,a decisão,os artistas,o espetáculo que ambas as torcidas proporcionarão.

    Vc poderia comentar sobre o jogo,que promete.Não lembro de ter visto nenhum comentário seu a respeito da decisão.

  • Wagner Baccaro

    O ridículo de se copiar a taça é que o futebol e o povo do Rio de Janeiro não precisam imitar ninguém para realizar coisas belas. A taça é bonita sim, mas não faz jus aos cariocas e à sua criatividade.

    AK: Perfeito. Um abraço.

  • Rodrigo

    Isso é fato. Fico imaginando um troféu simulando o corcovado, o Cristo, a calçada de Copacabana ou qualquer coisa do tipo. Acho que ia ficar muito mais bonito.

    AK: Poderia ser qualquer coisa. Menos uma taça “falsificada”. Um abraço.

  • Francisco

    Caro Marcos Vinícius,
    se o futebol fosse como o carnaval, que pode (e deve!) se reinventar todo ano, não haveria nenhum problema em “copiar o que é bonito” – embora até mesmo a pior escola de samba do planeta tentaria ser um pouco original para não ser vaiada na avenida.
    Só que futebol também é tradição, e o troféu da UEFA é do mesmo jeito desde 1967 e, assim como a taça Jules Rimet e o troféu da copa do mundo, tem décadas de história.
    E troféu não é (ou não deveria ser…) uma jóia qualquer comprada numa feira de bijuterias. É trabalho de um artista, um escultor, que se esforça para deixar sua marca na história. Especialmente quando se trata de uma competição de 46 anos de idade!
    Infelizmente, essa “nova” Taça Guanabara é mais uma mancha da falta de organização de nosso futebol brasileiro, que mais remete às verdades titânicas:
    “Não é que eu vou fazer igual
    Eu vou fazer pior!!!”

    AK: Fantástico. Um abraço.

  • felipe alves – sp

    sera q a taca num tem copiright ? c tiver, pode dar problema pra federação do rio ?

  • Marcos Vinícius

    Prezado Francisco:

    Deixe eu explicitar algumas coisas:

    Em nenhum,repito,nenhum estado brasileiro onde se joga futebol,onde se tem campeonato estadual,há uma taça que mantenha a forma perpetuamente.Nenhum!

    A taça da Copa do Mundo não é a mesma,a taça do campeonato brasileiro,então…essa já mudou mais de forma do que o Fábio Júnior de esposa!

    O que eu disse,e talvez vc não tenha entendido,pois pegou uma frase do comentário e,em cima dela,baseou o seu…” E que mal há em copiar o que é bonito?Não é extamente isso que as escolas de samba fazem,de forma diferente?Aproveitam idéias umas das outras,adaptando isso ou aquilo outro.”,é que acho uma tremenda besteira fazer balbúrdia em torno da forma da taça e esquecer o jogo,que é realmente o que vale.

    Quanto a falta de organização do futebol,e não só o carioca,mas o brasileiro em geral,isso todo mundo já sabe.Faltou originalidade?Amigo,com certeza.Ficou feio?Não,de jeito nenhum!

    Disse e repito:Acho uma tremenda falta do que fazer o alarde em cima da forma da taça e a total mudez em relação ao jogo.Quando acabar o jogo,pergunte aos torcedores se eles lembram da forma da taça.Tenho certeza que menos de 30% não vai se lembrar.E pergunte qual foi o placar.Não haverá um que não se recorde.

    Disse e repito:esqueçam a taça.Mais importante que ela são os jogadores,as torcidas e o resultado final da partida.

    Ah,Francisco…muito racional e lógico seu comentário.E admiro vc não usar o nome de alguém para dizer o que vc não diz.

    AK: Talvez você ainda não tenha percebido que, aqui neste blog, nós tratamos de jogos de futebol depois que eles acontecem, e não antes. Sei que pode parecer um método excêntrico, mas preferimos assim. E ninguém aqui acha que o troféu é mais importante que o jogo. É por isso mesmo que essa imitação barata incomoda. Um abraço.

  • Marcos Vinícius

    16.dez.2009
    SÁBADO TEM CAMPEÃO MUNDIAL
    por André Kfouri às 16:25h

    Não sei se você sabe, mas há um torneio de futebol acontecendo em Abu Dhabi, chamado Mundial de Clubes da Fifa.

    Compreende-se que a ausência de um time brasileiro tenha diminuído o interesse por aqui, mas como o Estudiantes de La Plata (que venceu o Pohang Boxers Steelers ontem, por 2 x 1) e o Barcelona (3 x 1 no Atlante-MEX, hoje) farão a óbvia final, estamos diante de mais um confronto entre América do Sul e Europa.

    É jogo (sábado, às 14 horas) para ver.

    Os argentinos jogarão a vida, claro. O time do Estudiantes não é nenhuma maravilha, mas é inteligente o suficiente para não se meter a encarar o Barcelona de igual para igual.

    Sabedoria que o Boca Juniors não teve contra o Milan, em 2007.

    O azar do time de Sebastian Verón é que é impossível encontrar o troféu do Mundial de Clubes na galeria do Barcelona. E “o dia em que Adriano Gabiru conquistou o planeta” nunca será esquecido na Catalunha.

    O Barça não quer passar por tamanha tristeza novamente.

    Os cinco títulos (Liga, Copa, Champions, Supercopa da Espanha e da Europa) que o clube conquistou em 2009 já são suficientes para uma temporada histórica, mas o ano ficará incompleto sem o Mundial.

    O fato de o torneio ser disputado nos Emirados Árabes também joga contra o campeão da Libertadores.

    Abu Dhabi (da Espanha: 8 horas de voo, 3 de fuso) representa um desgaste muito menor do que a japonesa Yokohama.

    Deve dar Barça. Mas é lógico que em um único jogo de futebol, não há nada que não possa acontecer.

    Entre outras coisas, é por isso que a gente assiste.

    E aí vc me diz que:

    AK: Talvez você ainda não tenha percebido que, aqui neste blog, nós tratamos de jogos de futebol depois que eles acontecem, e não antes. Sei que pode parecer um método excêntrico, mas preferimos assim.

    Sério,mesmo?Eu não percebi algo?Foi isso mesmo?

    AK: Releia a manchete, amigo. Não te parece uma situação especial? De qualquer maneira, amanhã, leia (se quiser, claro) sobre a final da Taça Guanabara, nas Notinhas Pós-Rodadas. Repetindo: Notinhas Pós-Rodadas, Pós-Rodadas, Pós, Pós, Pós. Um abraço.

  • Marcos Vinícius

    Ah,então tá!!!!

    Campeonato mundial é uma situação especial.Não envolvia clubes brasileiros,como vc mesmo disse,não havia muito interesse…Mas houve hoje um decisão de turno,no Rio de Janeiro,uma decisão em que uma cidade praticamente pàra pra assistir,mas o jogo ocorrido em Abu Não-Sei-Das-Quantas era uma situação especial.No Rio,era um fato corriqueiro.

    Se a idéia é fazer comentários somente no pós-jogo(pós-jogo,pós,pós,que quer dizer depois),então fazer comentário pré-jogo(pré-jogo,pré,pré,que quer dizer antes) quatro dias antes é normal?

    Amigo,não leve a mal…mas vc não acha que teve contradição vc dizer que só comenta o jogo após o encerramento,e vc fazer comentário sobre um jogo,com previsão e tudo,quatro dias antes,isso não é contraditório?

    AK: Não, não é. Há uma CATEGORIA neste blog chamada NOTINHAS PÓS-RODADAS. É autoexplicativo. Um abraço.

  • Marcos Vinícius

    Cara,talvez eu não tenha sido claro o suficiente.Vamos fazer o seguinte:Titio Marcos vai explicar tudo de novo,começando pelo começo(redundantemente),numa ordem cronológica:

    1)Vc faz um comentário sobre a taça oferecida ao vencedor do primeiro turno do campeonato carioca ser igual a da Champions.

    2)Eu digo que acho isso uma baboseira,que o formato da taça,ou até mesmo a taça,propriamente dita,não faz diferença,que o que vale é o jogo,etc…e comento sobre o fato de vc não ter feito nenhum comentário a respeito do jogo,que é uma decisão.

    3)Vc responde dizendo que só faz comentário depois do jogo.

    4)Eu te mostro um comentário feito,por vc mesmo,quatro dias antes de uma partida.Logo,no tópico número três há um equívoco de sua parte.

    E vc diz que não há equívoco?

    Todo jogo que envolve decisão de alguma coisa é importante.E,salvo os casos de seleção brasileira,os mais próximos são os mais importantes,envolvem mais gente.

    Os cariocas viveram muito mais o Vasco x Botafogo de hoje do que aquele Estudiantes x Barcelona.

    André…admite.

    AK: Desisto. Um abraço.

  • Rodrigo

    Putz, não foi homenagem… se fosse, teriam dito que estavam homenageando o taça do velho continente. Quer fazer algo decente, paga uma graninha pro Niemeyer e dá um pedaço de papel de pão e um lápis que ele resolve o problema em um minuto e meio. Foi assim que ele fez o troféu (ainda tem acento?) do GP Brasil de F1 em 2008. Ia ficar mto mais bonito.

    E tem mais: a taça da liga dos campeões, por si só, não é nenhum espetáculo. O que pega MESMO é o que ela representa, é sua história. Isso aí não tem como copiar.

  • Marcos Vinícius

    Ahá!!!!

    O problema,amigo,e que nunca vi vc admitir um equívoco.E tava louquinho que essa fosse a primeira vez.

    Bobo,eu né?até acredito em Papai Noel!

    Abraço,amigo.

  • JB

    Já que gostou tanto caro amigo, o que “vocês da imprensa” criticaram, pode ser uma copia uma falsificação grotesca, ate um caneco para chopp. Mas é do Fogão e conquistada de forma merecida e agora que fizeram questão de falar mal ficou ate mais valiosa. FOGÃO SEMPRE!!!

    AK: Legal ver que você está de bom humor. Um abraço.

  • Leonardo Pires

    Eu nem ia (nem vou) me manifestar sobre essa questão da Taça Guanabara. Isso porque, para mim, está claro que se trata de uma ‘cópia barata’, como alguém já disse por aqui (pronto, já me manifestei). Entretanto, e não digo isso pra bajular ninguém aqui posto ser isso absolutamente desnecessário, afirmar que nunca se viu o dono do blog admitir um equívoco é uma incorreção notória. Tenho visto isso por aqui frequentemente, inclusive com desculpas explicitas ora nos posts ora nas respostas aos comentários. Lembro-me, inclusive, de louvar tal atitude, especialmente por serem tais desculpas, no meu sentir, totalmente voluntárias, já que, a meu ver, o dono do blog escreve o que lhe aprouver e frequenta o blog a quem for instigado o interesse.

  • Marcos Vinícius

    Só para constar:

    As vezes que eu vi o dono do blog admitir um equívoco foram para corrigir informações equivocadas,do tipo:Número de pagantes,jogador que foi expulso,jogador que estava em certo clube,e por aí vai.
    O que eu disse,e repito,foi que ele disse que o blog tinha um hábito recorrente(mais uma vez redundante),eu mostrei que não era bem assim,e ele,apesar de tudo,não admitiu o equívoco.

    E ponto!E pronto,que esse assunto tem um quê de banalidade para ser esticado.

  • Leonardo Pires

    Como diria o Zé Trajano: parei. Carinho de bode salafrário pra vocês!

  • Marcos

    vou te contar viu meu cumpadre,quem é tu para falar de plágio?
    este post foi plagiado do blog do victor sérgio,comentarista da esporte interativo
    olha só http://diario.esporteinterativo.uol.com.br/vitorsergio/sem-categoria/a-taca-da-taca-guanabara-e-copia-da-taca-da-liga-dos-campeoes/
    plagio!!!!
    valeu

    AK: É isso aí. Ele foi o único a perceber… um abraço.

  • Marcos Vinícius

    André…deixa eu parar de rir um pouco pra escrever..

    Segundo meu xará,é o plágio do plágio!

    Brincadeira,amigo.Olha,é sério,eu tô brincando mesmo,tá?!É bricadeira,brincadeirinha…calma.

    É claro que o formato da taça estava lá,pra quem quizesse ver,tava na cara que é uma cópia da Champions…e o referido jornalista não foi o único a perceber.

  • michel

    pelo que eu entendi,
    na minha humilde interpretação,
    o andré escreveu aqui que não tem o hábito de comentar jogos antes dos mesmos acontecerem,
    se o leitor vasculhou o blog para achar um post com um comentario anterior, e pelo visto só encontrou um, (pq se tivesse encontrado mais com certeza iria postar para provar seu ponto de vista), isso não prova um engano do andré, pelo contrário, demonstra a que a afirmação dele é correta, mas que casos especiais podem ser comentados de forma diferente não?

MaisRecentes

Feliz Natal



Continue Lendo

Mudar o meio



Continue Lendo

“O PF dos caras”



Continue Lendo