CAIXA-POSTAL



A última do ano, amigos.

Aos assuntos da semana:

André escreve: O feito histórico conseguido pelo Barcelona, ao conquistar todas as taças que disputou na temporada 2009, não é único e nem inédito, estou correto? Acredito que o Santos da década de 60 tenha conseguido algo parecido, mas e hoje em dia, você acredita que algum time brasileiro seria capaz de tamanha façanha? Seria possível levantar na mesma temporada o campeonato estadual, a Libertadores da América, o Brasileiro, o Mundial de Clubes e a Recopa? Eu imagino que essa já deve ter aparecido por aqui, mas existe algum treinador ou jogador que já venceu a Taça Libertadores da América e a Uefa Champions League?

Resposta: Não, o feito do Barcelona não é inédito. Conforme lembrou o blogonauta Alexandre, na semana passada, o Ajax de 1971-72 ganhou Liga, Copa, Liga dos Campeões, Supercopa da Europa e Copa Intercontinental. O Santos dos anos 60 muito provavelmente faria o mesmo, se naquela época o Campeonato Brasileiro existisse. Hoje em dia, é algo muito improvável (o Cruzeiro ganhou estadual, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro em 2003). Sua última pergunta já apareceu por aqui, sim. A resposta é não.

ATUALIZAÇÃO, 27/12, 17h24 – A pergunta que já tinha pintado por aqui era apenas sobre técnicos que conquistaram a Libertadores e a UCL. Não há registros. Como se pode ver nos comentários, Cafu, Tevez e Roque Júnior são exemplos de jogadores que já foram campeões dos dois torneios. Obrigado pela contribuição.
______

Henrique escreve: O Coritiba foi punido com 30 jogos de perda de mando e uma multa em torno de R$ 600 mil. Quem recebe o dinheiro dessa multa, a CBF? E o que é feito com esse dinheiro?

Resposta: Diz o artigo 176 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva:

§ 1º O recolhimento das penas pecuniárias deverá ser efetuado à Tesouraria da entidade de administração do desporto que tenha a mesma jurisdição do órgão judicante (STJD ou TJD), devendo a parte comprová-lo nos autos.

Portanto, nesse caso, o dinheiro vai para a CBF. Não sei responder sua última pergunta.
______

Renato escreve: Chega agora o final de temporada e a dança de cadeiras – tanto técnicos quanto jogadores – começa. Até que a musica pare, cada dia surgem especulações quanto a transações. Mas uma coisa que não entendo – e acho que muitos também não – é como é esse pagamento de jogadores e técnicos. O cara tem um salário de x mil reais e ainda mais y de luvas. O que seriam as luvas? Porque fazem esse pagamento? Seria para não pagar imposto?

Resposta: As luvas são um adiantamento feito no ato da assinatura do contrato. A prática vem do mercado imobiliário, em que o locador pede um valor “na frente” para concordar em alugar o imóvel ao interessado. No futebol, e em outras áreas, as luvas servem para agradar o profissional que está sendo contratado.
______

Lucas escreve: André, dependendo do veículo, estão chamando a Patrícia Amorim de “a presidente do Flamengo”, mas já ouvi também “a presidenta”. Qual é a maneira correta?

Resposta: Boa pergunta. As duas formas estão corretas, segundo os melhores dicionários. Pessoalmente, acho “presidenta” estranho. Mas não está errado.
______

Como sempre, obrigado pelas mensagens. A partir deste momento, a CP está em férias.

“Você sabe por que eles o atacaram, não sabe? Eles têm medo de você.”

Thomas Wayne, em “Batman Begins”.



  • Anna

    Gostei de saber do feito do Ajax em 71-72. 😉 1972 é meu ano de nascimento. Por essa simples razão. Que em 2010 tenham Caixas Postais tão ou mais até interessantes do que essa última e todas as outras. E a frase de Batman Begins dispensa comentários. É um dos meu filmes prediletos. Boas férias, Anna ps. Foi um custo danado achar o Lance! aqui em Campo Grande-MS, mas eu encontrei a muito custo aos 45 do segundo tempo. O jornal chega aqui depois de meio-dia e eu fui descansar numa chácara fora da cidade.

  • Tiago Marçal

    Uai André, estranhei a sua resposta pra pergunta se alguem ja tinha ganho tanto a Champion League quanto a Libertadores da América, de cabeça eu lembro de dois jogadores: Cafu e Tevez (de quebra eles ainda ganharam os mundiais tanto pelos times que ganharam a libertadores, quanto pelos times que ganharam a UFC)! Acho o curriculo dos dois os mais completos, principalmente o Cafu, pq pro Tevez falta ganhar a Copa e pro Cafu “só” uma medalha de ouro olimpica, alias, ele deve ser o unico jogador da historia do futebol pentacampeao mundial (selecao brasileira 94-02 / Sao Paulo 92-93 / Milan 2007).!!!!

    AK: Falha minha. A pergunta que já tinha aparecido na CP tratava apenas de treinadores. Obrigado pela correção e um abraço.

  • Luiz Fernando Paes

    que má vontade com o maior time de todos os tempos

    o Santos faria o mesmo não, o Santos fez !!

    em 1962, o Santos Futebol Clube venceu o Campeonato Paulista, a Taça Brasil, a Libertadores da América e o Mundial !!!!

    façavor de corrigir esse erro absurdo de dizer que não havia campeonato nacional …

    e chora corinthians, 100 anos 100 estádio, 100 libertadores, 100 graça!!

    AK: Como está escrito, e de forma clara: se o Campeonato Brasileiro existisse. O Campeonato Brasileiro existe desde 1971. Espero que agora você tenha entendido. Um abraço.

  • Carlos Kawamura

    Complementando a resposta, além de Cafu e Tevez, o Roque Junior já ganhou a LIbertadores pelo Palmeiras (99) e a UEFA Champions League pelo Milan (2003)

  • Luiz Fernando Paes

    continuo achando que é uma baita má vontade sua (e de seu pai) como sempre … não considerar neste exemplo, o Santos FC de 1962 um vencedor de tudo, equivalente ao Barcelona desse ano ..

    paciência ..

    AK: Sua paixão impede que você compreenda o que está escrito. Não acho o feito do Santos menor. A questão é, apenas, que o Campeonato Brasileiro não existia. A culpa é do Santos? Óbvio que não. Um abraço.

  • Sancho, RS

    Prezado Kfouri,

    O Santos disputou nos anos de 62 e 63, as seguintes competições: Paulista, Roberto Gomes Pedrosa, Taça Brasil, Copa Libertadores e Copa Intercontinental. Os três últimos, ele venceu em ambas as temporadas. Entretanto, perdeu o RGP de 62 para o Botafogo e o Paulista de 63 para o Palmeiras.

    Em ambas as temporadas, conquistou 4 títulos de 5. Ficou faltando um para alcançar os feitos de Ajax e Barcelona e papar TUDO num mesmo ano.

    AK: RGP em 62? Um abraço.

  • Sancho, RS

    Claro, complementando a mensagem anterior, entendo que a existência ou não de um “campeonato brasileiro” (até acho que a TB e o RGP cumpriam tal requisto e, sim, eu sei que o RGP à época era restrito a Rio e São Paulo) é irrelevante. O que vale são as competições existentes, não uma que viria, quem sabe, surgir um dia…

  • pablo torquato

    vale lembrar que aqui o feito fica mais dificil porque quem disputa a libertadores nao disputa a copa do Brasil

    abraços

  • ANDERSON

    OLA , o feito historico q o Barça alcançou foi conquistar seis titulos em uma temporada , alem destes 6 titulos serem todos os campeonatos q ele disputou , pois o Ajax o Manchester United tbm conseguirao 5 , o time q alcançar conquistar 7 titulos em uma temporada faria um feito maior q o do Barça e se nao estiver equivocado so um time ingles poderia atinger esse numero pos pode disputar 7 titulos em 1 temporada.
    VISCA BARÇA

  • Sancho, RS

    Kfouri,

    Sei que você está de férias (merecidas, parabéns!), mas passo só para esclarecer. O torneio a que me refiro passou a chamar-se Roberto Gomes Pedrosa em 1954. Em 1967, ele expandiu-se e, de restrito à SP e GB, passou a aceitar representantes de RS, MG e PR.

    Em 1971, a CBD encampou o torneio, que era organizado pelas federações estaduais. Na prática, o atual campeonato brasileiro é simplesmente o resultado da evolução do Rio-São Paulo de 1950 (pelo que o primeiro campeão, mesmo, não seria o Atlético Mineiro, mas o Corinthians!).

    Um abraço.

    P.S.: Para que não me acusem de bairrismo ou clubismo, eu sou gaúcho e gremista.

  • Rodolfo Pimentel Dutra

    ” O SANTOS provavelmente o faria se o campeonato brasileiro existisse ”
    kkkkk só rindo mesmo ….

    Bom, um jornalista sério e comprometido com a historia do futebol brasileiro (são poucos) elaborou um ”dossiê” completo sobre as disputas nacionais na decada de 60 … lá existe uma centena de argumentos convincentes sobre a importância das conquistas nacionais da época (que considero mais importantes que as atuais, levando em consideração o período que foram disputadas).

    relatos sobre a final de 63 por exemplo, que teve em campo, no jogo SANTOS x botafogo no maracanã, oito TITULARES da seleção brasileira campeã do mundo em 1962 e outros 5 reservas, totalizando 13 campeões do mundo disputando uma final de algo que, segundo alguns torcedores de outras equipes que brincam de ser jornalista, era um campeonato qualquer que não pode ser comparado ao brasileiro atual (onde Roger e Val Baiano brigam pela artilharia … ).

    como eu disse antes, só rindo mesmo …

    Claro que nunca vi ninguêm contestar com argumentos convincentes o que há nesse ”dossiê”.

    O que existe são torcedores de outras equipes que se formaram em jornalismo prestando um deserviço a história do futebol no nosso pais.

    O SANTOS é octa campeão brasileiro e foi o primeiro clube do mundo a conquistar todos os titulos que disputou em uma temporada, o resto é distorção da história.

    Paises mais desenvolvidos com a Inglaterra por exemplo, reconhecem como campeões nacionais conquistas de 100 anos atrás.

    Mas nosso pais forma jornalistas que divulgam e comentam a conquista da copa de 1958, o 26º titulo estadual do corinthians (10 deles foram quando o futebol paulista SEQUER era profissional …) mas desdenham de conquistas NACIONAIS no auge do futebol brasileiro, de times que não seja o seu.

    INCOERÊNCIA total, nada mais.

    AK: Assunto velho, já discutido aqui incansavelmente. Lamento que seu complexo de inferioridade o impeça de compreender as opiniões diferentes das suas. Por isso você diz que nunca viu alguém contestar… blá, blá, blá. Ninguém discute a importância dos títulos, apenas o nome. Um abraço.

  • Rodolfo Pimentel Dutra

    Ps: é ainda mais engraçado ver quem desdenha dos nacionais da decada de 60 acusar os que a defendem de ”torcedores apaixonados” …

    Chega ser algo irônico … já que visivelmente o que impede alguns jornalistas de admitirem a importância de tais conquistas é tornar eterno o reconhecimento a superioridade de um time sobre os demais durante tanto tempo.

    Daqui a 50 anos, Pelé terá sido apenas um jogador de época (se vivo, já tentam apagar suas conquistas, imaginem quando morrer…), que nunca foi campeão brasileiro ….

    o técnico lula (campeão 37 vezes em 15 anos) será um cara qualquer … perdido no tempo ….

    mas a CBF continuará vendendo amistosos de uma seleção penta campeão do mundo (no minimo)

    a cada vespera de copa, a copa de 70 terá jogos reprisados, gols revistos, afinal, quem torce contra a seleção brasileira? qual clube brasileiro é rival da seleção? talvez até, com recursos de computação gráfica, substituam o distintivo da CBD (orgão incapaz de organizar um brasileiro, principalmente se comparado a organização e transárência exemplar dos posteriores organizados pela CBF) pelo atual distintivo da CBF (se vacilar até o logo dos patrocinadores atuais da seleção podem pintar nas camisas !! kkkk )

    Daqui a 50 anos ninguêm vai lembrar mesmo …..

    Só rindo … ou chorando né ….

    AK: Chorando é melhor. Um abraço.

  • Rodolfo Pimentel Dutra

    e sim, houve a necessidade de pesquisar e elaborar tal dossiê, algo que não diminui o mérito da disputa, fato também comprovado pela repercussão na midia da época durante as competições nacionais.

    Mas nem isso podem alegar, já que os mesmos que alegam que algo que precisa ser explicado tem menos valor, vivem afirmando por ai que aquilo que foi disputado em 2000 foi um mundial …. nada no mundo futebolistico precisa de tantas explicações quanto aquele torneio ….
    INCOERÊNCIA, nada mais.

    AK: Amigo, tente entender. Pela última vez: o valor ou a importância dos títulos não estão em discussão. Um abraço.

  • Rodolfo Pimentel Dutra

    Complexo de inferioridade com relação a quem? rsrs

    Não limite como ”paixão clubistica” ou ”complexo disso ou daquilo” a opinião de alguêm que está, com base em FATOS, NUMEROS E ACONTECIMENTOS HISTÓRICOS, contestanto a forma como a história do esporte mais popular do pais é tratada, fazendo isso, quem deixa de respeitar a opinião alheia é você.

    Quantas vezes você viu, ouviu ou leu alguêm, do seu meio, durante a cobertura de um ”campeão brasileiro” ( incluindo o próprio SANTOS de 2002 e 2004) citar em tom de reconhecimento as conquistas nacionais da decada de 60?
    É história amigo, é o reconhecimento de pessoas que fizeram muito pelo esporte, o reconhecimento ao mérito esportivo.

    Por falta de argumentos, todos (os que ignoram) vem com esse papinho de que ”não estou discutindo a importância, a dificuldade … etc ” Mas nunca vi nenhum desses citar as conquistas reconhecendo sua importância, citam apenas para, ignorando numeros e muitas vezes a lógica, contesta-las quando citadas por outras pessoas.
    Algo que não aconteceria ou seria mais dificil de se fazer se a corja da CBF tornasse oficial o reconhecimento.

    E não disse que nunca vi ninguêm contestar, em uma de suas respostas você faz isso, eu disse que nunca vi ninguêm usar argumentos convincentes para tal … e sua resposta mais uma vez mostra isso …

    Quer dizer que se a CBF deixar de organizar ou mudar o nome do brasileiro (você duvida que isso seja possível, levando em consideração o histórico da entidade e das pessoas que a comandam?) a partir de 2010, o Brasil não terá mais nenhum campeão brasileiro para você?

    É disso que estou falando … os argumentos para ignorar os nacionais da decada de 60 são muito fracos … frageis … mas devido a uma série de fatores, são os que valem até o momento.

    Se houvesse o reconhecimento espontanêo, mesmo que não oficial, essas discussões não seriam necessárias … mas infelizmente não existe reconhecimento algum (só demagogia)

    O maior problema é que a capacidade de quem avalia deveria ser mais importante do que a avaliação em si, algo que não acontece.

    Você não discute a importância mas afirma que o SANTOS o faria SE existisse um brasileiro … sequer citando os nacionais da época … vai entender ….

    Mas você tem razão … opinião é opinião

    Boas férias pra você e viva o debate!

    Abraço!

    AK: Amigo, o Campeonato Brasileiro de futebol existe desde 1971. Os times que conquistaram a Taça Brasil e o RGP não ganharam títulos menos importantes do que o Campeonato Brasileiro. Mas, obviamente, não ganharam o Campeonato Brasileiro. É a velha história de D. Pedro e a República. O que você pretende é o equivalente chamar D. Pedro de presidente. Um abraço.

  • waldomiro sergio sanavio

    gostaria de saber oque vces acharam da contrataçaõ do roberto carlos para o corinthians gostaria da sua opinaõ obrigado

    AK: Não é mais aquele lateral ofensivo que vimos, mas obviamente tem muita experiência. Boa contratação. Um abraço.

MaisRecentes

No banco



Continue Lendo

É do Carille



Continue Lendo

Campeão de novo



Continue Lendo