CAIXA-POSTAL



No momento em que o Barcelona (2 x 1 no Estudiantes de La Plata: Boselli, Pedro e Messi) conquista o Mundial de Clubes da Fifa, vamos aos temas da semana:

David escreve: Nunca consegui entender as regras que envolvem a responsabilidade dos clubes sobre a segurança nos estádios de futebol em que mandam seus jogos, sendo que os “seguranças” são da PM e os próprios estádios em si muitas vezes nem são de propriedade dos clubes. Como pode um clube garantir que a PM faça bem a sua função? Como pode um clube garantir perfeitas condições de segurança dentro de um estádio público? Se a prefeitura abre um Pacaembu em condições ruins, ela pode ser punida? Se a PM não faz bem o seu trabalho, pode ser punida? Qual a razão de não termos nos estádios seguranças pagos pelos clubes, brutos e de tamanho armário direcionando torcedores aos seus lugares, dando patrulha nas arquibancadas e garantindo que os baderneiros sejam pegos no ato? Não seria essa a forma mais justa de responsabilizar os clubes?

Resposta: As normas fazem parte tanto do Código Brasileiro de Justiça Desportiva quanto do Estatuto do Torcedor, que fala em “responsabilidade solidária de entidades e seus dirigentes (…) independentemente da existência de culpa…”. Vale lembrar que o Estatuto do Torcedor é Lei (10.671, de 15/5/2003). Os clubes que mandam seus jogos em estádios públicos são consideradas as entidades organizadoras desses jogos, e portanto têm as mesmas responsabilidades dos clubes que mandam jogos em estádios particulares. A questão de quem faz a segurança dos estádios de futebol é interessante. Em tese, seria realmente melhor que ficasse totalmente a cargo dos clubes. Mas, além das Tropas de Choque da PM, ninguém tem o necessário know-how. Seria perigosíssimo deixar a tarefa nas mãos de pessoal não treinado.

______

Luiz Fernando escreve: Mesmo com esta punição (ao Coritiba) imposta, é ela realmente adequada para o que aconteceu? Pergunto isso porque me parece pouco educativa: não impede que os maus torcedores que participaram daquilo no Couto Pereia continuem acompanhado o time (seja viajando, seja pela tv), se reunindo com outros “torcedores”, tendo o futebol como algo presente em suas vidas e uma “causa” (no caso o time) para criar mais confusão naquele período. Creio que o mais correto seria que o clube fosse suspenso das competições por uma temporada. Sei que é uma suspensão pesada e que pune severamente os bons torcedores, mas me parece a única forma de afastar o futebol do foco da vida daqueles outros, para que fossem dar mais atenção ao seu trabalho, família, etc; e voltassem depois de um ano, quem sabe, mais sensatos e dando o valor real que um esporte competitivo deve ter na vida de um torcedor. Qual a punição que lhe pareceria ideal?

Resposta: Interdição do estádio para todas as competições (não faz sentido que problemas de segurança só impeçam um time que jogar em seu estádio num determinado torneio), até que as falhas sejam corrigidas; prisão dos vândalos e punição esportiva ao clube.

______

Carlos Alberto: Você concorda com o técnico do (Cesar) Cielo, que disse que ele é o melhor nadador velocista da História?

Resposta: Essa pergunta apareceu nos comentários do post abaixo. Eu acho que os títulos e os recordes do Cielo são indiscutíveis e representam um claro domínio. É o primeiro nadador a terminar uma temporada como campeão e recordista mundial dos 50 e 100 metros livre. Falar em “melhor da História” é sempre algo polêmico, mas é difícil discordar dos argumentos. Acima de qualquer coisa, Cesar Cielo é um fenômeno.

______

Antonio escreve: André, o que acontece se dois times que terminaram a fase de grupos em primeiro lugar se encontrarem nas quartas de final ou nas semifinais da Liga dos Campeões? Qual é o critério para ver quem joga em casa?

Resposta: Essa também pintou nos comentários. A partir das quartas, o sorteio decide a ordem dos jogos. A cada confronto, o time que é sorteado primeiro fica como mandante no jogo de ida.

______

Obrigado pelas mensagens. Até o próximo sábado.

(e-mails para a CP do blog: akfouri@lancenet.com.br, ou clique no link abaixo da foto)

“Agora você tem de checar todos esses diferentes portais, apenas para ser rejeitada por sete tecnologias. É exaustivo.”

Mary, em “Ele não está tão a fim de você”.



MaisRecentes

Arturito



Continue Lendo

Terceirão



Continue Lendo

“Algumas tapas”



Continue Lendo