COLUNA DOMINICAL



(publicada ontem, no Lance!)

O MUNDO NÃO ACABA EM 2010

O Corinthians renovou o contrato do técnico Mano Menezes por um ano. Foi um erro.

Deixe-me explicar: MM está sozinho numa categoria de treinadores brasileiros. Ele é o único profissional que já demonstrou sua capacidade com títulos, mas cujos melhores trabalhos estão no futuro. Em termos curriculares, há alguns técnicos promissores que estão atrás dele, e poucos à frente. Mas neste estágio em que a aposta significa baixo risco e é praticamente uma garantia de alto retorno, não há mais ninguém.

O Corinthians, que o conhece bem melhor do que nós, também pensa assim: “O Mano é um profissional preparadíssimo, que dificilmente deixará de trabalhar no exterior e até na Seleção Brasileira. Nós estamos totalmente satisfeitos com ele aqui”, diz Mário Gobbi, vice-presidente de futebol do clube. Essa é a primeira razão pela qual a renovação deveria ter sido feita por um período mais longo. Mas não a mais importante.

Antes de tocar nela, é preciso falar com o outro lado da mesa. Afinal, de que adianta um clube morrer de amores por um técnico, mostrar-lhe uma proposta de contrato mais longo, se ele não estiver de acordo? Ligamos para Mano, com a hipótese. A resposta: “As coisas não funcionam assim no futebol. Você sabe, o que está no papel vale pouco quando não há resultados. E se há, o relacionamento continua naturalmente. Eu me acostumei a fazer contratos anuais”, diz ele. Antes do Corinthians, Mano trabalhou três anos no Grêmio, com duas renovações. Para quem confia no próprio taco, acordos mais longos podem ser “travas” desnecessárias. Mas tudo pode ser previsto em cláusulas especiais, como, por exemplo, o sumiço da multa rescisória em caso de convite europeu. O Corinthians não propôs mais tempo a seu técnico.

Mas deveria, por uma questão estratégica. Uma mensagem. Um dos grandes adversários que o time terá em 2010 é a psicose da Libertadores. A obsessão de quem não consegue perceber que o plano não pode estar restrito ao ano do centenário. A ideia tem de ser jogar a Libertadores sempre, aumentando a chance de ganhá-la. Ter Mano Menezes sob contrato por dois anos, ou três, seria um aliado desse discurso. Um forte argumento para mostrar ao torcedor que, dentro do clube, o calendário não termina em 2010. “Essa é uma ótima ideia, que infelizmente não nos passou pela cabeça durante as conversas com o Mano”, diz Gobbi.

Não há problema em montar um time com uma competição em mente. Mas o comandante desse time é outra conversa. Não é interessante que sua permanência pareça relacionada a um determinado objetivo, ainda mais com o nível de tensão produzido pelo encontro das palavras “Corinthians” e “Libertadores”.

O Corinthians está tranquilo, e garante que não é a calma antes da tempestade. “Nós queremos ganhar a Libertadores em 2010, sim, mas o contrato do Mano não tem nada a ver com isso”, diz Gobbi. “Ele vai continuar aqui. Para falar de uma forma definitiva: não imaginamos o futebol do Corinthians sem ele”, completa.

Mais um motivo para um contrato maior.



  • Anna

    Mano tem que ficar no Corinthians. Senão vou falar pro Dinamite pra juntar dinheiro para trazê-lo pro Vasco. Seria um sonho. Bom domingo, Anna

  • Leandro

    Como vc adora falar sobre seu time … ( td bem q agora nao tem nada melhor para falar, ja acabou o brasileirao msm … Mas q seu blog so tem corinthians isso é fato! assunto tapa buraco: corinthians bla bla bla…
    ohh deusss o centenario se aproximaaaa : bem q o mundo podia acabar em 2010! )
    se tivesse ganhado o brasileiro vc falaria dele durante 666 dias seguidos!
    mano menezes, ronaldo, zina! ahhhhhhhhhh nunguentomaisnao!
    Troca o disco!

    AK: Não sei qual é o seu problema com o Corinthians, ou, mais grave, com a Língua Portuguesa. De qualquer modo, procure aí nas colunas dominicais quando foi a última vez que escrevi sobre esse assunto. Mais ainda: veja quando foi escrito o último post sobre o Corinthians neste blog. Complexo de inferioridade é um mal que tem tratamento, mas é preciso que o paciente tenha muita força de vontade. Coragem. Um abraço.

  • Fala Andre…. concordo em genero, numero e grau. Mano Menezes, neste momento, e o melhor tecnico do Brasil. Na minha opiniao, ele esta acima do Luxa, Ricardo Gomes, Muricy, entre outros.

    Sou corinthiano e quero muito ver o time campeao da Libertadores ano que vem. Mas e se nao vier? Sou contra desmanches por conta de um titulo que nao vem. Lembro-me bem de como Marcelinho foi hostilizado quando perdeu o penalti na Libertadores 99. Quem estava do outro lado era o Marcos, um dos melhores goleiros de todos os tempos. Marcelinho bateu, Marcos defendeu, fim de papo. Logico que a frustracao e enorme, mas eu nao me conformava com a torcida crucificando Marcelinho por aquele erro, e esquecendo-se do jogador campeao e dedicado que ele foi pelo Corinthians. Ele ganhou tudo o que pode pelo Timao…. Paulista, Copa do Brasil, Brasileiro… e ainda iria a vir ganhar o Mundial em 2000. Como voce despreza uma historia como essa em troco de um penalti perdido? E muita injustica.

    No caso do Mano – a Libertadores e uma competicao dificilima. Voce pode ser campeao ou desclassificado em apenas um detalhe – uma bola que nao entra, um penalti perdido, um impedimento nao marcado. Eu gostaria de ver o Mano muitos e muitos anos a frente do Corinthians. Ele e competente, serio, trabalhador. Sabe administrar a equipe, domar as vaidades e tirar proveito das caracteristicas individuais de cada jogador.

    Nao se ve muitos treinadores como ele por ai. Longa vida ao Mano no Corinthians, aconteca o que acontecer no ano que vem!

    Abracos!

  • Leandro

    Ok, pelo menos vc fez eu dar risadas! Vc e seu time é igual ao Bozo!
    O tal do complexo de inferioridade = um argumento!
    Ele provavelmente deve ser o campeão de suas respostas.
    Um pergunta para a Caixa-Postal:
    Seu blog (e aquele antigo tb) é patrocionado pelo corinthians ?(isso nao é uma pergunta retórica!)
    Bom, para não perder o costume: nunguentomaisnao (sem aspas)!
    Feliz Navidad !

    AK: Os problemas são mais graves do que se imaginava… o último post sobre o Corinthians foi publicado em julho. Mas você não consegue viver sem ele. Um abraço.

  • julio tedesco

    andré, vou usar o comentário do cleber aí em cima para tecer o meu: os corinthianos tem a característica de amplificar as qualidades e defeitos de quem passa pelo parque são jorge, assim como nós, flamenguistas… gosto do mano, mas eu acho que ele tem que trabalhar um pouquinho mais pra dizer que ele é isto tudo… de qualquer forma, o timão fez muito bem um mantê-lo, independente do tempo de contrato… vamos esperar! (e vocês torcer… hehehehe…)

    AK: Não sei o que você quer dizer com “isto tudo”. O que eu quero dizer é o que está escrito. Um abraço.

  • murilo sc

    Ola Andre, vc tem previsão ou as datas de exibição de suas materias/entrevistas que fez recentemente na Europa? Abraço e sucesso.

    AK: As reportagens irão ao ar, uma por vez, no programa “A Copa é Nossa”, da ESPN Brasil. O próximo será no sábado, dia 19/12, às 21h30. Um abraço.

  • marcelok

    Não vejo o porquê de criar polêmica em cima desse assunto. No seu próprio texto vc já deu as respostas de ambos os lados sobre a questão. E o Mano está certíssimo em seu pensamento. De que adianta um contrato de 5 anos, se o treinador é demitido após uma simples sequência de 5 derrotas?

    AK: Não é polêmica, é apenas uma opinião. E como está escrito, o Corinthians concorda que a mensagem sugerida seria uma boa ideia. Um abraço.

  • Anna

    SC de sábado! 🙂

  • Anna

    SC de domingo! Tô doida! 🙂 Quase perco por causa de um filme…

  • EMERSON

    O PROBLEMA DO TIMÃO NA LIBERTADORES É FUNDAMENTALMENTE PSICOLÓGICO E ESTE É O PRIMEIRO PONTO A SER RESOLVIDO EM 2010. OUTRA COISA NÃO PODEMOS TER NO SETOR DEFENSIVO UMA ALA ESQUERDA FORMADA POR WILIAM E ROBERTO CARLOS, POIS AMBOS NÃO TÊM MAIS CONDIÇÕES FÍSICAS PARA
    ATUAREM JUNTOS POR ISSO SE FAZ NECESSÁRIO A CONTRATAÇÃO DE UM ZAGUEIRO MAIS JOVEM E CLARO DE QUALIDADE PARA EVITAR QUE A DEFESA FIQUE VULNERÁVEL.
    QUANTO AO MANO FAÇO MINHAS AS PALAVRAS DO MEU “IRMÃO EM CORINTHIANS” CLEBER

  • Everton Vascouto

    Agora me diga, qual técnico no Brasil teve ou tem seu contrato renovado por mais de um ano? Todos sabemos que tempo de trabalho não influencia em nada na decisão de uma demissão ou não. Se deveria ser assim, é outra história. Mas, hoje, não é.
    Haja vista o Muricy, tricampeão Brasileiro com o São Paulo e na primeira escorregada levou um pé. Os três anos de muito bom trabalho no clube não adiantaram. E acho que mais dois ou três anos futuros de contrato não impediriam sua demissão.
    O que realmente vale é o momento, se a coisa não anda com um treinador, é mais fácil demití-lo do que mandar pastar um plantel inteiro. E isso não é uma justificativa para a insistente e inconsequente troca de treinador nos clubes!
    É necessário um bom tempo de trabalho para avaliar o desempenho de um técnico. Mas, mesmo que este trabalho seja bom, dois ou três anos de contato restantes não impedirão sua demissão num resultado ruim.

    AK: Isso está claro. Mas o ponto da coluna não é esse. Um abraço.

  • Ricardo R.

    Gostei do post. Acho que a opção por um ano de contrato, no caso do Corinthians com o Mano, vêm dos dois lados. Sou fã do Mano Menezes e gostaria muito de um contrato maior, até porque a política dos clubes brasileiros é a mesma dos presidentes do Brasil (talvez exceção ao Lula): tudo que a administração passada fez não presta. Pelo que sei a oposição corintiana não gosta do Mano, certo?

  • Cruvinel

    Será que ele dará a sonhada libertadores para o corinthians??????
    Dizem que o centenário é amaldiçoado!
    Excesso de expectativa…

  • Anna

    Fiquei triste de o Allan Kardec ser vendido, mas o time precisa fazer caixa. Estou com sorte em ver o SC. Bom programa. Calçade tb é show de bola!

  • Joao Luis Amaral

    Concordo, André!
    Talvez essa seja a vez em que o Timao chega melhor à competição, por ter uma base e um comando estabelecidos. A sinalização com contrato mais longo seria interessante, sim. Quebraria um pouco o ‘peso psicológico’, como se fosse a última competição sulamericana, a última chance de ter o título.
    Por outro lado, mais interessante para o CLUBE. Para o profissional MM, tenho lá minhas dúvidas. Supondo que o Timao ganhe Libertadores e (outro) mundial, será que ele teria as mesmas propostas da Europa e/ou Seleção, se estivesse amarrado a um contrato mais longo? Mesmo sem multas recisórias? E será que com contratos de 1 ano, aliados a bom resultados, ele não tem as cartas na mão para renovar com reajustes mais gorduchos, botar pressão, ou vai ou racha?
    Claro, tudo pode ser discutido e acertado ANTES, como bonificação por performance, etc… mas até por confiar no taco dele, talvez seja uma forma de trabalhar mais focado nos resultados…
    Sei lá….
    Grande abraço,
    Joao Luis Amaral

  • NANDO DE NOVO HAMBURGO

    Pelo time que o Corinthians está montando, o melhor seria contratar um geriatra para o cargo de técnico.
    Se o sonho é a Libertadores, deveriam montar um time que tivesse condições de ganhá-la.
    Se o Corinthians cruzar com qualquer um dos quatro brasileiros será atropelado.
    Não tem time e nem prestígio junto a COMEBOL, ou seja, não vai ter as costumeiras ajudas da arbitragem que tem nos certames nacionais.
    Aí é que vamos ver se Mano Meneses é técnico.
    Aliás, quais os titulos que ele tem ? Duas SEGUNDONAS, com gremio e Corinthians e uma copa do Brasil, que até o Walmir Louruz, técnico do Juventude (hoje na TERCEIRONA) também ganhou.

    AK: Pelo jeito, você já sabe como será a Libertadores 2010. Mas esqueceu do Campeonato Paulista de 2009. Um abraço.

  • Acredito que mais importante do que um contrato mais longo e o reconhecimento de um trabalho. Se a diretoria corinthiana tiver a capacidade em reconhecer que o Mano faz um excelente trabalho mesmo quando a Libertadores nao vem, e ponto pra eles.

    Mas eu concordo com voce Andre quando voce diz que apenas o fato de do Corinthians propor um contrato mais longo ja manda a mensagem pro Mano: “Queremos voce conosco durante muito tempo”. Mas ja e um grande avanco que o Corinthians nao tenha trocado de tecnico nos ultimos 2 anos (indo pra 3 agora). Ao mesmo tempo, e facil manter um trabalho quando tudo esta dando certo. Vamos ver o que acontece na hora da tempestade (mas que ela nao venha :))

    Abracos!
    Cleber
    http://www.clebersouza.com/

  • Elton Luis

    André, admiro muito o seu trabalho, mas não tem notícias do São Paulo, não? Chega de Corinthians…

    AK: O último post sobre o Corinthians publicado aqui foi em julho. Sobre o São Paulo, na semana passada. É só ler. Obrigado e um abraço.

  • Davi

    O Corinthians podia contratar para a temporada de 2010 o Pateta!
    Esse sim vai fazer jus ao time que é!

  • Rejane

    André, vi a tabela da Libertadores de 2010, e apesar do Boca Junior, River e outros não estarem participando dessa competição acho que esse título será muito disputado! Os clubes brasileiros que estarão nessa competição estão tudo querendo esse título!

    Que final de ano mais pesado para o jogador de golfe Tiger Woods! Eu achei certissíma a decisão dele de deixar o golfe por enquanto para arrumar a vida pessoal! Que constrangimento!

  • Anna

    André, não vai ter outro post? Sentimos falta!

  • lufevt

    André Kfouri, muito me estranha você, jornalisticamente falando, ser o oposto do seu pai. Enquanto o juca comenta o futebol nacional. Você é muito provinciano nos seus textos. Só é abordado os grandes clubes de São Paulo, especialmente, o corinthians. Não leve a isso como uma grosseria, é somente uma crítica. Mas comente mais sobre o futebol nacional e naum somente sobre São Paulo, pois acredito eu, que você seja um repórter nacional, digo mundial, pois canso de ver você fazer diversas matérias sobre os campeonatos europeus. O problema é no futebol nacional.
    Abraços

    AK: Por favor, leia o blog. Clique em “coluna dominical” nos links do lado direito da página, e veja que você está absolutamente equivocado. Fora que, antes de domingo, o último post sobre o Corinthians tinha sido publicado em julho. Um abraço.

  • Anna

    O Brasil pegou só pedreira no Mundial de Basquete. O bom é que veremos o Dream Team Redeemer com Kobe, Lebron e companhia. Quero ver o prêmio do amigão. Tomara que dê tempo antes de eu sair…

  • André Azevedo

    Muito bom o texto. Concordo 100%. Contrato de no mínimo 2 anos. Não se fazem contratos longos porque a maioria dos técnicos não merece ter tal estabilidade, pois sempre acaba se queimando, seja emocionalmente (como o Cuca) ou por outros motivos (Luxa). Não me parece ser o caso do Mano, que é realmente um treinador diferenciado.

    Estava tentando me lembrar quando foi a última vez que chamei um técnico do Corinthians de burro.

    Me lembrei que, não por acaso, foi quando Nelsinho Baptista esteve por lá, em 2007.

    Que a seleção não nos atrapalhe e Mano seja nosso Alex Ferguson.

    um abraço.

  • André, concordo plenamente com você.

    Vejo duas hipóteses:

    1) O Corinthians pode não ir bem na libertadores e o Mano cair, já que não tem multa contratual. Todos sabemos que se não for bem, a pressão será muito grande. E como a maior parte dos dirigentes e torcedores agem com emoção e não com a razão, podem cancelar o contrato de um dos melhores técnicos brasileiros da atualidade.

    2) O Corinthians ganhar a Libertadores, e nesse caso, quem conseguirá segurar o Mano no Timão. Só com uma contra-proposta milionária.
    Por estes dois motivos, na minha opinião, o contrato teria que ser de no mínimo dois anos.

    Abs,
    http://www.clubedosboleiros.com.br

  • Thiago Ferreira

    André. Tem um pequeno detalhe nisso que você não se deu conta. Eleições em 2011. Portanto nada mais correto de se fazer contrato com treinador dentro do mandato da diretoria. Normalmente a politica em clubes é tão perversa que, essa diretoria pode gostar do treinador, porém se ele tem sucesso incomoda os opositores que almejam se eleger futuramente.
    Nesse caso, costumam detonar o treinador, que na verdade é um entrave às suas pretenções (oposição).
    Se vencerem, com certeza não haverá afinidade entre direção e treinador.
    Isso é sempre assim nos clubes. Pode pesquisar se isso não é verdade.
    Concorda?
    Abraços.

  • Thiago Ferreira

    Agora um elogio. Leio sempre seu blog, mas não participo muito, porque fala muito pouco do Corinthians, e com isso, vou na contramão dos que reclamam de seu corinthianismo. rsrsrsrs
    Acho que o Corinthians precisa e muito, de gente na mídia que o apoie, sem hipocrisias, e precisar ser injusto com ele, para se mostrar imparcial.
    Ainda mais no nosso centenário, mais do nunca é preciso retirar peso das costas do elenco, pela pressão psicologica que fazem, já antevendo um tsunami caso fracasse.
    Mais do que nunca, acho que nossa obrigação, é aliviar essa carga, e não colocar mais peso ainda.
    Isso já é feito de sobra, pelos antis.
    Abraços,

  • Thiago Ferreira

    Como tem muito pouco post sobre o Timão vou aproveitar esse. rsrsrsrs

    Com relação a Libertadores, e as criticas sobre a idade, lembro que esses jogadores deverão ser preparados para apenas 10 jogos.

    Portanto a programação deve ser a correta. Mano não é perfeito, lógico, mas também não é burro.

    E tanto isso é verdade, bastando ver os times de ponta que disputam a libertadores normalmente vão muito mal no Brasileirão, enquanto a disputam. Porque?

    Evidente. É só querer enxergar.
    Não tivessem a Libertadores, Cruzeiro e São Paulo, com certeza teriam levado esse caneco de 2009.
    O time para a Libertadores, é especificamente treinado tática e fisicamente para esse torneio curto, em função das caracteristicas diferentes que ele apresenta, tanto quanto arbitragens, como em relação a adversários, e estilos de jogo. Muito estudo e estratégia, contam nessa disputa.
    Porisso que dizem, que o Corinthians precisa se habituar a participar e adquirir “now how”.
    Abraços

MaisRecentes

Presente



Continue Lendo

Em frente 



Continue Lendo

Acordo



Continue Lendo