NOTINHAS PÓS-RODADA



Mosaico rubro-negro: “A maior torcida do mundo (nem sempre) faz a diferença”. O negrito, claro, é do blog.

Monumental chance perdida no Maracanã.

E a briga lá embaixo é sangrenta.

As notas da trigésima-sexta jornada do BR-09:

* Perdendo por 2 x 1, e com um jogador a menos, o Náutico (3 x 2 no Corinthians: Bruno Mineiro, Ronaldo, Elias, Carlinhos Bala e Aílton – 14.124 pagantes no Pacaembu) encarou com coragem o que poderia ser sua despedida da Série A.

* Mas a substituição guardada para Escudero foi gasta com Marcelinho, que se machucou. E a falta que o argentino fez, fora da área, aos 46 do segundo tempo, foi transformada pela arbitragem em pênalti.

* Até os 45 minutos do segundo tempo, o Atlético Paranaense (1 x 1 com o Cruzeiro: Marcinho e Leonardo Silva – 17.686 pagantes na Arena da Baixada) estava livre do risco de rebaixamento.

* O Cruzeiro está invicto (sem contar o clássico e BH, 6V e 4E) como visitante no returno, ainda com chances de Libertadores em 2010.

* O Santo André (4 x 2 no Avaí: Marcelinho Carioca, Wanderley, Muriqui, Camilo-2 e Marquinhos – 3.167 pagantes no Bruno José Daniel) fez como o Náutico: venceu e sobreviveu para lutar em mais uma rodada.

* A derrota fora de casa eliminou as chances de Libertadores do Avaí.

* O Fluminense (3 x 0 no Sport: Zé Antonio-contra, Fred e Conca – 9.362 pagantes na Ilha do Retiro) não saiu do calabouço, mas agora só depende dos próprios resultados para tanto.

* Incrível arrancada do Fluminense: 8 vitórias seguidas, contando o BR-09 e a Copa Sul-Americana.

* Na matemática, sempre fria, é isso: o Santos (4 x 0 no Coritiba: Madson, Kléber Pereira e Neymar-2 – 3.942 pagantes na Vila Belmiro) jogará a Série A em 2010.

* Mas e o Coritiba?

* Tarde de Jóbson na vitória que manteve o Botafogo (3 x 2 no São Paulo: Jóbson-2, Washington, Jorge Wagner e Renato – 26.513 pagantes no Engenhão) fora do U-4. Mas se não fosse expulso pela comemoração do terceiro gol, ele poderia ajudar o time – que segue ameaçado – no final do campeonato (NÃO QUE EU SEJA A FAVOR DO CARTÃO PARA QUEM TIRA A CAMISA…).

* Chave para o resultado: o segundo gol do Botafogo, só dois minutos depois de levar a virada.

* Eram quase 500 minutos sem marcar um gol, mas o Vitória finalmente venceu (2 x 1 no Grêmio Barueri: Leandro Domingues, Roger e Val Baiano – 19.857 pagantes no Barradão) um jogo.

* Mais uma derrota (seria a sexta seguida) e o time baiano estaria no bolo dos rebaixáveis.

* Gigante vitória do Internacional (1 x 0 no Atlético Mineiro: Giuliano – 41.842 pagantes no Mineirão) fora de casa. Em tese, até o título é possível.

* A terceira derrota seguida (segunda no Mineirão) foi um golpe nos planos “bolivarianos” do Atlético.

* Se o Flamengo não for campeão, o empate (0 x 0 – 78.639 pagantes no Maracanã) em casa com o Goiás será lembrado como o jogo em que o troféu escapou.

* Preces são-paulinas atendidas no Maracanã lotado.



MaisRecentes

Amanhã



Continue Lendo

Novo



Continue Lendo

Virtual



Continue Lendo