NOTINHAS PÓS-IMPLOSÃO NO OLÍMPICO (e uma VERGONHA PARA O FUTEBOL em Paris)



É oficial: o Palmeiras não será campeão brasileiro.

A conclusão não é (só) minha:“Sou um cara franco e posso falar para a torcida: podem esquecer o título. Para falar a verdade, já achava o título muito difícil mesmo com uma vitória aqui”, disse o capitão Marcos.

Abrindo a trigésima-sexta rodada:

* A décima-terceira vitória (2 x 0 no Palmeiras: Rafael Marques e Maxi López – 12.233 pagantes no Estádio Olímpico) do melhor mandante do BR-09 foi decretada segundos após o primeiro gol, quando Mauríco e Obina saíram na mão.

* Se você ainda não sabe: a diretoria do Palmeiras decidiu que os dois não vestirão mais a camisa do clube.

* O Palmeiras se autodestruiu (Danilo: “Nosso elenco carece de alguns jogadores que achávamos que seriam líderes. Os atletas com mais bagagem não assumiram a responsabilidade. Uns querem vencer e outros não estão nem aí.”), e até mesmo a vaga na Libertadores é uma interrogação.

* Assustador: se o Grêmio tivesse a campanha do Avaí (sétimo colocado, 18 PG fora de casa) como visitante, teria 62 pontos.

* Enquanto isso, no Maracanã…

* O Cerro Porteño vencia por 1 x 0, batia sem dó, e os gols perdidos pelo Fluminense eram um péssimo sinal.

* Parecia uma daquelas noites em que tudo o que poderia dar errado, daria. Especialmente depois que Freddy Flugger errou uma cabeçada, livre, de frente para o gol paraguaio.

* Mas o futebol é incrível porque segundos podem transformar um jogo e apagar tudo o que aconteceu. Bastou o chute do ensanguentado e enfaixado Gum entrar, e o Maracanã explodiu.

* No minuto seguinte, Alan fez o gol mais divertido do Fluminense (2 x 1 no Cerro Porteño: Cáceres, Gum e Alan – 39.497 pagantes no Maracanã) na temporada, que pode terminar melhor do que a de muita gente.

* Logo mais, a LDU (precisa vencer o River Plate-URU, no Equador) pode confirmar a revanche da decisão da Libertadores.

______

Seis países se classificaram ontem, e a Copa de 2010 está completa.

O Uruguai empatou (1 x 1 com a Costa Rica: Abreu e Chacon) em casa e garantiu que todos os campeões mundiais estarão na África do Sul.

Em Zenica, Portugal ganhou da Bósnia (1 x 0: Raul Meireles) de novo e alcançou seu terceiro Mundial seguido.

Em Maribor, a Eslovênia bateu a Rússia (1 x 0: Dedic) e, pelo critério do gol fora de casa, vai disputar sua segunda Copa.

Depois de 16 anos, a Grécia está de volta. Os gregos venceram a Ucrânia (1 x 0: Salpingidis) em Donetsk.

E depois de 24 anos, a Argélia está de volta. Graças à vitória (1 x 0: Yahia) sobre o Egito no jogo-extra, no Sudão.

Deixei a França (1 x 1 com a Irlanda: Keane e Gallas) por último, pelo motivo óbvio.

O que Thierry Henry fez no lance do gol francês, no primeiro tempo da prorrogação no Stade de France, é ilegal até no basquete.

Segundos depois dos dois toques propositais com a mão na bola, todos os planetas do Sistema Solar sabiam que o gol deveria ter sido anulado.

Menos o árbitro sueco Martin Hansson, que validou o absurdo que classificou a França para a Copa.

Algo me diz que será difícil encontrar alguém que ache que “erro de arbitragem faz parte do futebol” em todo o território irlandês.

ATUALIZAÇÃO, 11h39 – Abaixo, mais uma colaboração inestimável (obrigado!) do blogonauta Fellipe Elias da Silva.

A propósito (e-mails e comentários chegando para aprofundar a discussão): tenho dúvidas sobre a punição posterior de um jogador que faz o que Henry fez. E não é porque ele é um dos meus jogadores favoritos.

Acho que o cara que tenta ludibriar a arbitragem e, consequentemente, “trapacear” num jogo de futebol, deve ser punido em campo, com cartão amarelo. Muitas vezes, como acho que foi o caso de ontem, o jogador age no reflexo.

De qualquer modo, e obviamente, respeito as opiniões contrárias.



  • Ricardo Pires

    André, mais uma noite de absurdos no futebol. Que quarta-feira negra! Porradaria em campos Brasileiros e vexame e vergonha em campo Francês. O que fez o Henry é digno de punição. Desrespeitou o esporte e seu advers´rio, que lutou de maneira leal durante todo o jogo.

    Blatter deve estar feliz com seu conservadorismo. Houvesse a utilização da tecnologia no futebol erros assim seriam evitados. Claro que tal tecnologia não deveria ser aplicada para cada lateral duvidoso, mas para lances capitais como esse, com certeza. Até quando teremos que engolir injustiças como essas? Ao meu ver, até muito…

    Abraço

    AK: A revisão de lances de gols é o MÍNIMO. Um abraço.

  • Edouard Dardenne

    AK, mais do que apenas notinhas, o que aconteceu com (contra…) a Irlanda ontem dá pano para um simpósio sobre a necessidade de rever o veto à utilização de imagens de TV para auxílio da arbitragem.
    Você devia expor a sua idéia pelo menos uma vez a cada seis meses, ou então deixá-la em algum link aí do lado, como fez com a IUPST, e fazer a referência sempre que necessário.
    Eu não sei se o resultado do jogo levaria o time irlandês à África em 2010, mas seguramente a sensação é a de que ‘meteram a mão’ em todo um trabalho de anos. Até o mais malufista de nós corou quando viu.
    No mais, a sua observação sobre a infração até no basquete foi muito boa.
    Um abraço.

  • leonardo atleticano

    Coitado do São Paulo, mesmo quando ele não quer ganhar um campeonato, os outros times o obrigam a vence-lo. Como uma mentalidade vencedora faz a diferença, o Palmeiras e o meu Galo não aguentaram a pressão.

  • Hahahhhaha… que gafe! Quem foi o idiota que colocou “Irlanda do Norte” na charge? No mínimo o mesmo estagiário de ITAIPU!!!! (mas vou quebrar o galho do cara e corrigir!).

    E sobre o lance, uma pergunta:

    Tivesse sido Luis Fabiano, contra a Argentina, valendo vaga ou título… o que diriam os críticos de Henry?

    Outra: Em um JOGO, para classificar (ou dar um título p/ o seu país)… em um lance praticamente perdido, quem meteria a mão na bola p/ fazer o gol da salvação? (mesmo correndo todos os riscos existentes)…

    o/

  • Leandro Thome

    Sem falar que hoje em dia com o sistema de comunicacao dos arbitros, seria tao facil algum juiz numa cabine com um monitor dizer pro juiz que o gol foi ilegal… Nao existe mais justificativa para esse tipo de incidente continuar acontecendo.

    Nao acho que o Henry tenha que sofrer punicao; tem que sim acontecer uma reuniao na FIFA o mais rapido possivel pra mudar isso antes da Copa. E quero ver o que dira o Platini desse incidente.

    Abraco

  • Eduardo Pieroni

    o Henry não tem culpa é instinto do jogador,e tinha muito jogadores na frentedo juiz,concordo com voce andre era o caso de ter a tecnologia para ajudar o arbitro,e muito pesado ficar fora de uma copa do mundo por erro “grotesco” do juiz,O PALMEIRAS ate parece os trapalhões e o MARCOS e o DIDI sempre nos divertindo com suas declarações,andre muito boa aquela resposta para MARTA ela tomou alguma coisa.kakakaka

  • Anna

    O Palmeiras perdeu a cabeça e a atitude da diretoria foi precipitada em expulsar dos dois jogadores nessa altura do campeonato. A impressao que dá é que estão procurando bodes expiatórios caso não ganhem o título. Quanto ao Flu, foi épico! De novo! E Henri, nunca gostei dele. Não só por eliminar o brasil,mas por seu jeito marrento e que tais. O gol dele foi acintoso! Deveria ser punido e o jogo remarcado pq valia vaga na Copa. Abraço,Anna

  • O Adriano já foi punido pós jogo por ter feito um gol de mão no campeonato italiano.
    fez o gol no sábado e na segunda já recebeu a punição.
    Eduardo da Silva foi punido na UEFA por simular um pênalti.
    Rivaldo também foi punido na copa de 2002 por simulação

    acredito que a FIFA não deixará isso passar em branco, Henry será punido até para servir de exemplo para outros jogadores.

    abs,

    parabéns pelo blog

    eduardo mendes
    http://www.artefut.wordpress.com

  • Gustavo

    “Freddy Flugger” hahahaha!

    Ridículo o que a torcida e a equipe do Cerro fizeram nos dois jogos. Como o juiz expulsa o preparador físico do Fluminense, e permite agressões desleais dos jogadores paraguaios?! Ao que parece Conmebol é conivente com tudo isso. E pensar que antigamente era muito pior…

  • Fala Andre…. o grande problem ai nao foi a atitude do Henry. Como voce disse, no reflexo, no calor do jogo, ele fez o que fez. E responsabilidade do juiz manter o jogo justo. E quando o juiz nao consegue ver, como nesse lance? Ai e que entra a arbitragem eletronica, para auxiliar o juiz. Nao fosse essa a epoca onde temos cameras em todos os cantos do campo, talvez muitos de nos ainda estivessemos discutindo se o lance foi ou nao irregular. E muita crueldade usar a tecnologia apenas para punir a atuacao do juiz, e nao para ajuda-lo.

    Eu acho que a unica possibilidade da arbitragem eletronica chegar ao futebol e se um pais GRNADE perder um titulo de Copa do Mundo, no jogo final, da mesma maneira escandalosa que a Irlanda perdeu ontem. Ai sim talvez a pressao seja forte o suficiente pra dobrar os conservadores vovos da FIFA.

    A pergunta que nao quer calar e uma so: A quem interessa a falta de arbitragem eletronica?

    Abracos!

  • BASILIO77

    Punição após o resultado válidado?
    Então terá valido a pena a malandragem do frances.

    Outro ponto interessante é em relação ao dopping.
    Mesmo que os 11 jogadores atuem turbinados numa final, SÓ um ou dois farão exames. E pelo que se tem tido de punição…NÃO tem havido punição ao clube ou seleção…SÓ ao jogador.
    Titulo validado? Vale a pena.

    Apito eletronico já.
    Exames antidopping periódicos para TODOS os jogadores já.

    Abraço.

  • BASILIO77

    Sobre os brigões…tomando por base o criterio usado no caso do sampaulo…amarelo para Mauricio e vermelho pro Obina, tava de bom tamanho.
    Heber exagerou.
    Abraço.

  • Na atitude do jogador, pior que o gol de mão é a atitude dissimulada da comemoração e da declaração depois do jogo.

    E, o que eu não consegui precisar foi se o camisa 17, acredito que o Squillaci, tocou ou não na bola naquele primeiro lance. Porque se ele tocou, ainda ocorreu um duplo impedimento na jogada. “Gol impedido de mão”, parece aquelas coisas que daqui a uns anos ninguém vai acreditar que o juiz validou um gol desse.

  • Péricles Durães

    Não se esqueçam da punição do Gilardino ano passado no campeonato italiano, depois de ter feito um gol de mão. E, se houvesse os “auxiliares de linha de fundo”, iguais ao que tem nos jogos da Liga Europa, não estaríamos discutindo o lance de handebol (seria infração também a dupla ajeitada do Henry neste esporte?) e sim uma classificação épica/dramática da Irlanda ou França.
    Quanto aos demais jogos da repescagem:
    – a Bósnia, sem praticamente o meio de campo titular, ficou no kick and rush e foi presa fácil para os Tugas no jogo de ontem;
    – Grécia e Eslovênia aproveitaram um erro de seus respectivos adversários e exibirão seus sistemas defensivos na África;
    – Argélia perdeu a batalha de Cairo mas venceu a guerra das Eliminatórias, dando um ponto final à geração egípcia bi-campeã africana (será que terão forças para buscar o tri consecutivo?);
    – Uruguai quase complica uma classificação encaminhada, se não fosse os jornalistas-torcedores arrumarem confusão com o banco costarriquenho, sei não… E o que o árbitro suiço Busacca deve ter achado de apitar uma partida a la Libertadores?

    Abraços a todos.

  • Ce

    Também acho que o Henry não eva ser punido. Concordo que o lance foi de instinto. Acredito que o juiz não tenha visto, pois vários jogadores cobriam sua visão. Porém, é inadmissível que uma jogada como essa decida uma vaga para a Copa. Até quando, até quando??? E tem gente que acha que o erro de arbitragem faz parte do jogo!!!!

    Abraço.

  • Anna

    André,respeito sua opinião, mas detesto o Henri. Ainda mais que ele disse que brasileiro jogava bem porque não tinha que estudar integral como na França. Não o acho isso tudo que acham, mas é questão de preferência. Não escolhi ser Arsenal porque ele jogava lá e o Crespo estava no Chelsea. E permita-me discordar mais uma vez: não foi reflexo. Ele sabia o que estava fazendo. Abraço, Anna

  • Cruvinel

    Assistir ao jogo da França ontem… e estava torcendo para os les Bleus (apesar do gol feio da frança) …
    Nao acho q o Henry seja o culpado do gol polêmico… A culpa foi dos árbitrosss!!!! Antes msm do Henry tocar na bola com a mao um outro jogador da frança estava em impedimento!
    Nao acho q o Henry usou de mau-caratismo… e ele certamente nao sofrerá nenhuma punição. O árbitro sim, pq ele errou feio em um jogo desse porte!
    Só nao queria ser irlandês nessas horas!

  • Jacques Biondo – SPFC

    Com tanta coisa ruim acontecendo ontem em campos e tribunais, o Flu salvou a noite. E eu me diverti muito com o gol da virada no Maracanã mesmo não sendo torcedor do Tricolor do Rio. Castigo merecido para o time paraguaio que desde o primeiro jogo só agiu com deslealdade.
    Como você disse, o gol mais divertido do ano (até para torcedores de outros clubes como eu).

  • David

    Corrigindo Felipe Elias, o correto seria “DEAD OR ALIVE”

  • L. Felipe

    “Assustador: se o Grêmio tivesse a campanha do Barueri (décimo-primeiro colocado, 12 PG fora de casa) como visitante, teria 64 pontos.”

    André, tá errado. Tu pegou os 12 pontos do Barueri e somou aos 52 que o Grêmio tem, resultando 64. Mas esqueceu que, apesar de poucos, o Grêmio tem alguns pontos fora de casa (3 ptos contra Náutico mais uma meia-dúzia de empates) que deveriam ser descontados dos 52 para ti considerar a campanha do Barueri fora, ao invés da do próprio Grêmio.

    Abraço, L. Felipe

    AK: Eu apenas quis mostrar que se o Grêmio tivesse uma campanha mediana como visitante (como a do Barueri), e tivesse somado 12 pontos fora de casa… nada mais. Um abraço.

  • Marcel Souza

    Absurdo esse gol da França! Será que foi meramente um “erro” do juiz? Contra time tradicional ninguém erra… estranho.

    É por isso que eu futebol está cada vez mais sem graça. Faz mais ou menos uns 20 dias que só se fala de gol mal anulado, de apito em hora errada, em critério pra cartão amarelho, em gol de mão não visto…

  • denilson

    andré….

    espero que em 2010 aconteçam coisa interessantes, pois nem a copa do mundo vai deixar que esse final de 2009 deixe de ser comentado, aconteceu de tudo, o lider com 5 pontos pro segundo sucumbiu, o lanterna condenado está as vias de se salvar e de quebra levar um campeonato continental, jogadores brigam entre si…com adversário (só falta agora brigarem com torcedores)…ufa!…quem se atrever a fazer uma retrospectica do futebol 2009 vai ter trabalho…

    pensei justamente igual a vc no lance do henry, não sabia quanto ao basquete…mas no volei além de dois toques, seria tb marcado condução da bola….

    o birner(assistente para assuntos aliatórios no papai na CBN) que deve ter gostado de lance…..afinal ele adora rugbi
    pergunta ?
    no rugbi esse lance seria legal ??? rs…

  • L. Felipe

    André,

    entendi o que tu quis dizer, só achei o cálculo errado. Só para me justificar:
    O Grêmio hoje tem 52 pontos no total. 8 ganhos fora de casa. Se tivesse feito 12 pontos, a campanha do Barueri fora de casa, teria 56, e não 64.

    Forte abraço

    P.S.: gostaria que não me considerasse um chato por isso.

    AK: Você tem absoluta razão. Eu é que não deveria (mais uma vez) me meter a matemático. Somei a campanha total com os 12 do Barueri… Vou corrigir em breve. Obrigado e um abraço.

  • capu

    André, tinha muita gente dentro da área (no mínimo 15 pessoas), em movimento.
    Estou convencido de que era impossível o juiz ter visto a mão do Henry !
    Mesmo o bandeirinha era coberto pelo Gallas…
    Acho que o juiz atrás do gol já se justifica só por este lance.
    Abraço !

  • Joao Luis Amaral

    Sem querer ser pentelhóvsky (Anna, desculpe meu francês…) mas já sendo, o cartaz ficou sensacional, mas o correto, em inglês, não seria “Dead or Alive”?

    Abs.
    Joao Luis Amaral

    AK: Seria. Um abraço.

  • Tiago Felicori

    Bom, chegamos no ponto de sempre. Deve ou não existir ajuda eletrônica a esses pobres coitados a quem chamamos de árbitros? Eu sou favor e mais ainda depois do ano que chega ao fim. Nunca vi tantos erros bizarros e grotescos como os que vimos. E depois somos obrigados a aceitar o Joseph Blatter falar que o charme do futebol é isso mesmo. Nessas horas me dá inveja da NFL, com tantas possibilidades para ajudar o árbitro a não cometer erros e sem perder o charme ou a graça. É hora de modernizar o futebol pq se até na Europa onde supostamente as coisas funcionam acontece isso, o caso é mais sério do que se pensava.

  • luLa

    “é ilegal até no basquete.” kkkkkk ele andou, ele andou. kkk no volei tb seria ilegal, carregou a bola…

    Bem, é sinistro. Henry deveria “se entregar” pra arbitragem? “não, seu juiz, o gol foi ilegal, eu coloquei a mão na bola”…

    Se o jogador fizesse uma vez, ficaria obrigado a fazer sempre?

    Afinal, ele joga com mais 10, fora o elenco…E todos os seus colegas utilizam de uma artimanha ou outra…como qualquer jogador…

    Dificil chamar pra si a responsabilidade de ser o arauto da moral…

    Talvez o cara possa chamar essa responsabilidade pra si, sempre que sejam lances que o envolvam diretamente…

    Mesmo assim…quanta responsabilidade…

    Eu, de vez em quando devolvo troco que me dão a mais, mas nem sempre…

    já ouviu aquela do raul seixas? “Eu não sou besta pra tirar onda de herói.
    Sou vacinado, sou cowboy…”

    t+, ak.

  • luLa

    Curiosidade minha…Já houve no brasileiro, um visitante tão ruim e ao mesmo tempo tão bom dentro de casa quanto o grêmio?

    t+ mesmo. agora vou dormir. boa noite.

  • Junior

    É claro que o lance do Henry foi mais uma amostra de que a arbitragem eletrônica deve ser aplicada imediatamente. Não acho que o juiz tenha sido ladrão. Provavelmente não viu mesmo. Porisso a ajuda das câmeras se torna imprescindivel.
    Mas, por outro lado, tenho visto muita gente revoltada com o lance mas se bem me lembro, na copa américa de 97, eu acho, o Túlio fez um gol na Argentina dominando a bola com a mão e no Brasil ninguém criticou o artinheiro. Pelo contrário! A jogada foi tida como pura malandragem brasileira.
    Pois é. Pimenta no dos outros é refresco.

    ;P

  • Massara

    AK,

    Assino em baixo em relação ao caso Henry. Não dá para punir o jogador fora de campo. Digo mais, não dá para considerá-lo mau caráter, ou para dizer que isto manchará sua carreira. Ao atleta é dada a possibilidade de infringir a regra do esporte, sob pena de que seja punido ao longo da partida. Tal como acontece com o goleiro que se adianta na cobrança de pênalti, mesmo ciente de que não pode fazê-lo. Corre o risco de defender o pênalti e ter a cobrança repetida.

    Se eu fosse o Henry, provavelmente tentaria também. Burros são aqueles que insistem em brigar com a moderindade a esta altura do avanço tecnológico. O “apito eletrônico” teria resolvido o caso em aproximadamente 20 segundos.

    Abs.

  • Wesley Andrade

    Aquela tabelinha com a mão do Henry é para tirar a paciência de qualquer um e também revirar o caixão de qualquer torcedor. Foi um roubo completamente descarado e revoltante, que infelizmente tende a não ser corrigido. Isso nos forçam a não acompanhar a próxima Copa(?) e agora a seleção francesa arranjou outra inimiga além da torcida brasileira… a torcida irlandesa. Se houvesse a abritagem eletrônica, essa injustiça poderia (mesmo?) ser evitada, o que desmotiva uma geração inteira de atletas a continuar lutando por algo saudável, devido aos interesses financeiros e o conservadorismo falarem mais alto nas decisões da fifa (sim, com letras minusculas, pela falta de credibilidade), que agora também terá que aguentar o ódio por parte dos irlandenses.

    Quanto a briga entre Obina e Maurício do Palmeiras… definitivamente o Palmeiras não será campeão nem estará na Libertadores por sua incompetência… e não há mais nada a comentar quanto a isso.

    E a briga no Maracanã… o Cerro Porteño mostrou-se extremamente covarde, imbecil e mau perdedor ao partir pra cima do Fluminense mesmo depois do jogo, e para piorar o juíz chileno (cujo nome eu esqueci) foi completamnte medroso contra a equipe (?) paraguaia e com a comenbol (está na mesma situação da fifa: só lhe interessa dinheiro), cujo presidente é torcedor daquela equipe que envergonhou toda a nação paraguaia com suas atitudes.

  • Rafael

    Henry foi desonesto, é uma vergonha, alguém com o futebol dele fazer uso desse tipo de “malandragem”, o jogador deve ser punido sim e severamente pois demonstrou total falta de respeito pelo esporte além de se mostrar uma pessoa sem carater.

  • Paula

    Entendo sua posição mas discordo que NESSE caso foi reflexo. Reflexo é quando o cara coloca a mão rápido, se dá conta e tira. Não foi o caso dele.

    Acho que não cabe punição se não existir regra para isso. Deve ser punido realmente em campo…

  • Anna

    João Luis amaral, obrigada por ter me citado. Não sei nada de francês, apesar de adorar Paris. Acho que nem vai dar para aprender. Só sei italiano! Mas ficou engraçado o que escreveu. De jogadores franceses eu só gosto de um: Zinedine Zidane. abraço a todos e bom feriado!

  • Ricardo Pires

    André, acho que o Henry quiz dar uma de malandro sim. Repare como após o primeiro toque ele observa a trajetória da bola, nota que a redonda sairia e decide dar um tapinha nela. Se fosse mesmo reflexo, ele faria isso com mais constância. Vou além: mesmo que fosse relfexo, demonstraria como sua mente já estava focada no ato irregular, pois do contrário o corpo não reagiria com tamanha precisão.

    No excuses. O cara trapaceou mesmo.

    Só para constar, eu acho o Henry um baita jogador e vem muito bem no meu Barça.

    Abraços

  • Leandro Azevedo

    Andre,

    Interessante a reacao do Roy Keane apos a eliminacao da Irlanda:

    http://news.bbc.co.uk/sport2/hi/football/internationals/8370327.stm

    Abraco

  • Adilson

    AK, acho que o árbitro exagerou ao mostrar cartão vermelhor para os dois jogadores. Revendo o lance, ficou claro que o único a dar um soco mesmo foi o Obina, ou seja, os dois discutiram, mas só o Obina agrediu o Maurício. Uma foto do lance deixa claro que os braços do Maurício estão até abaixados e ele está caminhando. É verdade que o Maurício tentou passar a mão na cara do Obina, mas isso não é agressão, apenas um desentendimento. Ele mereceria levar apenas um amarelo. Claro que ele já tinha amarelo e então seria expulso pelo duplo amarelo, mas o Maurício não mereceu cartão vermelho direto. Já para o Obina sou obrigado a concordar que o cartão vermelho foi justo, pois ele deu um DIRETO DE ESQUERDA que entrou na altura do peito do Maurício. Vcs jornalistas não conseguem analisar as coisas com calma e de forma justa. Igualam tudo, mesmo que sejam coisas apenas semelhantes. E o meu palmeiras não perdeu por causa disto, já estava jogando mal no 1° tempo. O Muricy acabou com o clima lá dentro. Não há outra explicação. Na verdade o Pameiras perdeu o campeonato quando não conseguiu vencer o Sport e o Santo André. Fora os demais tropeços. O time já vem jogando nada faz tempo e a comissão técnica só vem com desculpas. Não muda nada. Agora entendo porque o São Paulo estava tão mal no início do ano. O Muricy não sabe controlar o grupo quando as coisas dão errado.

  • Cruvinel

    Segundo o próprio Henry:

    “Não sou um trapaceiro, nunca fui. Foi uma reação instintiva a uma bola que chegava extremamente rápido em uma área muito povoada”

    “Nunca neguei que controlei a bola com a mão. Disse isso aos jogadores irlandeses, ao árbitro e aos jornalistas.”

    … e enfim ele disse:

    “Repetir a partida seria a solução mais justa.
    Mas isso está fora do meu controle. Pouco posso fazer além de admitir que a bola esteve em contato com minha mão antes do gol e que sinto muito pelos irlandeses.”

    Como tem muitos esculhambando o Henry (falando até msm em relação ao seu caráter) achei interessante colocar a versão dele aqui!

    fonte: http://www1.folha.uol.com.br/folha/esporte/ult92u655278.shtml

  • Marcos Vinícius

    André…
    O LANCE! fez uma enquete em que foi levantado se a jogada do Henry(sou fã desse cara) valeria uma punição pro cara.
    Na prática,existe a possibilidade do homem sofrer algum tipo de puniçai,ou o punido será o árbitro,que validou um gol irregular?

    Ou nenhum dos dois?

    AK: Jogadores já foram punidos por lances semelhantes. O Adriano, por exemplo, por ter feito um gol com a mão na Itália. Um abraço.

  • Marcos Vinícius

    Cruvinel…
    Amigo,não sabia dessa declaração do Henry.Como já disse,sou fãzão(acabei de criar esta palavra)do cara.Depois dessa sou mais ainda.
    Em tempo:Barueri 3×0 Botafogo.Val Baiano nitidamente domina a bola com o braço na jogada que originou o terceiro gol da equipe paulista.Depois do jogo,perguntado sobre o lance,ele respondeu:”Não,não dominei com o braço,não.Foi no peito”.
    Bem,vindo de um cara que admitiu receber dinheiro para ajudar outra equipe…Vamos estranhar o que,não é?!

  • Shao

    dependendo de quantos passos ele deu, é irregular até no handeball….rsrs

    Um abraço..

MaisRecentes

São Paulo joga, Corinthians soma



Continue Lendo

Sqn



Continue Lendo

Gato



Continue Lendo