NOTINHAS PÓS-RODADAS (e o adeus – atualizado com imagem – de Sorín)



BR-09 e Sul-Americana, na ordem:

* Empatar onde ninguém ganha (e com 3 expulsos – corretamente) é ruim?

* Não. Mas a questão não é essa. A questão é uma corrida pelo maior número de pontos possíveis, nas últimas rodadas do campeonato.

* Por isso, o ponto que o São Paulo (1 x 1 com o Grêmio: Rafael Marques e Dagoberto – 11.870 pagantes no Olímpico) somou em Porto Alegre é, na verdade, de interrogação.

* O árbitro Jaílson Macedo Freitas acertou ao marcar falta de Maxi López em André Dias, e não o contrário, no primeiro tempo. No segundo, replay mostrou que Jean deslocou Fábio Santos na área. Talvez o mergulho teatral do gremista o tenha prejudicado.

* Se o principal objetivo do Botafogo é disputar a Série A do Campeonato Brasileiro em 2010, a eliminação na Copa Sul-Americana (Cerro Porteño 3 x 1: Nuñez, André Lima, Irrazábal e Cáceres – 15.428 pagantes no Engenhão) joga a favor, não contra.

* O jogo acabou, efetivamente, aos 11 minutos do segundo tempo, com o primeiro gol paraguaio.

______

Juan Pablo Sorín se despediu do futebol ontem, num amistoso entre Cruzeiro e Argentinos Juniors (2 x 1: Bernardo, Guerrón e Santibáñesz – 42.216 ingressos trocados por 90 toneladas de alimentos), no Mineirão.

É uma das mais belas histórias de idolatria entre uma torcida brasileira e um jogador estrangeiro, o que deveria bastar para descrever sua última noite nos gramados.

Mas não basta. Porque histórias como essa são cada vez mais raras.

Foi bonito, mas é uma pena que tenha sido o fim.

Imagino que seja esse o sentimento do cruzeirense, ao ver Juampi pela última vez vestido de azul.

ATUALIZAÇÃO, 12h28 – Abaixo, mais uma colaboração (obrigado!) do blogonauta Fellipe Elias da Silva:



  • Bom, quem me conhece sabe que torço p/ os hermanos, mesmo na atual draga sou fã do futebol argentino… e sempre achei Sorín um craque da raça! Olhava ele no Cruzeiro e pensava: “podia ser no meu Timon!”…

    Mas, pensando bem, o Corinthians NUNCA faria uma homenagem igual a de ontem…

    Pensando bem: parabéns Cruzeiro, parabéns torcida celeste …. e PARABÉNS SORÍN!

    Faço aqui minha homenagem para o hermano + brazuca (e mineiro) que já existiu:

    http://felldesign.wordpress.com/2009/11/05/segunda-pele/

  • Leandro Thome

    Andre,

    Nenhuma passada rapida pelo Bronx nas notinhas hoje?? hehe

    #27 is in the books!!

    Abraco

    AK: Cara, depois da transmissão eu ainda fui para a mlb.tv, passei das 4 da manhã. Às 7, minha filha mais velha me acordou, como sempre. Hoje estou só na base do energético. Mas foi bonito. Um abraço.

  • Ivan

    André, maravilhoso seu pequeno, mas denso texto sobre o ídolo celeste Sorín.
    Realmente, quem viu e lembra do Juampí vestindo o manto estrelado tem certeza que, de fato, é um dos maiores ídolos recentes do Cruzeiro.
    Realmente foi triste ver toda aquela vontade e raça ArgentiNeira se despedir do palco verde. Pois aquele sempre deu show de bola.
    A dolorosa despedida foi marcada com muita festa. Festa que deverá sempre ser lembrada pela China Azul.
    Sorín, aceite a oferta do Zezé! Fique pra sempre no nosso Cruzeiro!
    Abçs André! E Obrigado!

  • wellington

    Ola André boa tarde, vc não falará nada da incrivel vitoria do nosso Yankees

  • Willian Ifanger

    É, o São Paulo perdeu um grande chance de ganhar do Grêmio, porque visivelmente eles não estavam tão preocupados assim com o jogo. E não dá pra zaga tomar o mesmo gol em todos os jogos. Está ficando patético até.

    E o Palmeiras tem uma grande chance de botar pressão em todo mundo…..porque joga domingo contra o Flu e na quarta em casa. Se ganhar 6 pontos vão ficar com uma baita vantagem moral.

  • Edouard Dardenne

    Até que jogou mais ou menos o Hideki Matsui ontem, né não?
    Um abraço.
    Ah, e por favor, conversa com o Paulo Antunes. Que ele fale as palavras em inglês com aquele acento de nativo é otimo. Afinal, ele morou anos e anos lá. Mas os nomes latinos, não! Ele não precisa falar ‘Jorge’ (Posada) como os estadunidenses…

  • Anna

    O Sorín está parecendo o Noturno do X-Men. 😉

  • BASILIO77

    Jogo esquisito no olimpico.
    Um Gremio sem pressionar. Jogo morno. Souza esteve apático.
    A arbitragem então…seguiu a mesma linha. É o mesmo juiz que substituiu o Tardelli na última rodada de 2008?
    Até a primeira expulsão, não há sampaulino que não estivesse satisfeito com ela. Em seguida…3 expulsões e um final que QUASE pegou fogo. Ficou no quase…sabe-se lá porque.
    O Gremio jogou o máximo?
    Ou jogou assombrado pelo fantasma colorado que ainda ronda a taça…
    É só um fantasma…nada mais.
    Jogo esquisito.
    SPFC segue favorito.
    Abraço.

  • Andre

    Admiro muito o seu trabalho, e acho vc imparcial. Portanto não é o seu caso, mas é curioso notar como em geral a imprensa esta abordando esse empate. O Palmeiras no domingo com 1 jogador a menos, num campo neutro, contra um time que não ambiciona mais nada no campeonato, empatou e tem motivos para comemorar, alguns acham até que pode ter sido o jogo do titulo. Ai o São Paulo, tres dias depois, no campo do adversario, contra um time que aspirava (ainda que remotamente) uma vaga na libertadores, que não perdeu em casa neste campeonato, tem 3 jogadores expulsos, empata e não tem motivos para comemorar também ? Será que dirão que este pode ter sido o jogo do título ? Eu acho que o time demonstrou a garra e o coração de um campeão. O cruzeiro em situação parecida tomou uma goleada.

    Eu acho que independente do contexto do jogo de ontem, já seria um bom resultado o empate, considerando que o Palmeiras também irá jogar la em Porto Alegre, depois das expulsões eu diria que foi ótimo o resultado.

    Abraços,

    Neto

  • TEOBALDO

    Pode colocar-me no IUPST, mas era visível que o Grêmio jogava para perder ou, pelo menos, para não vencer. As três expulsões foram justas, mas aquele pênalti não marcado poderia ter dado à partida um outro resultado. Agora, convenhamos, é impressionante a capacidade da Comissão de Arbitragem da CBF de “brincar com fogo”. O árbitro de ontem não é o mesmo que substituiu o Tardelli no jogo São Paulo X Goías pela última rodada do Brasileirão-08 e validou o gol do Borges em impedimento, embora o lançe fosse do assistente? Teorias da conspiração à parte, essa, digamos, imprudência da Comissão de Arbitragem da CBF não poderia ter sido evitada?

  • Fernando Cambraia

    Adios grande Juan Pablo SORÍN.Você se despede dos gramados para entrar na seleta galeria de ídolos imortais celestes.Você tera a ótima compania de Tostão,Dirceu Lopes,Joãozinho,Piazza,Nelinho,Palhinha,Raul,Evaldo,Jairzinho,Perfumo,Dida,Nonato,Douglas,Alex e outros tantos que vestiram o manto sagrado celeste.A nação azul celeste te agradece por tudo e como diz o slogan da festa de ontem: SORÍN ETERNO.

  • Lippi

    André, nunca achei que um time com 3 jogadores expulsos (corretamente) pudesse ser considerado “ajudado” pela arbitragem.

    Aquele penalti em que o jogador do SP empurra o jogador do Grêmio só não é mais absurdo do que o penalti da última rodada, contra o Barueri, num lance igualzinho, e com o juiz do lado.

    É alguma regra nova? “Zagueiros do SP podem empurrar quem eles quiserem na área que nada será marcado”?

  • felipe

    foi tao penalti no fabio santos como foi penalti no eduardo, aquele do arsenal q se jogou na area e tomou 3 jogos de suspencao.

    o toque existe mais o mergulho q o jogador do gremio deu, nem se o jean tivesse com 2 maos + 2 pes nas costas ele num teria caido daquele jeito.

    c vc precisa se jogar pra dizer q foi empurrado, vc num foi empurrado ….

    eh aquele ditado, c vc precisa dizer o quanto eh bom, provavelmente nao eh tao bom assim.

  • Paulo

    Uma Geral nos bastidores do Jogo. Danilo não tomou cartão vermelho do juizão, no clássico de Presidente Prudente e agora será denunciado ao STJD (espécie de cartório de quem tem força de lobby e fórum de demonstração da incapacidade dos árbitros) e pode pegar um ganchão! Vagner Love, também do Palmeiras, foi expulso contra o Avaí e pegou punição de dois jogos. O juiz da Bahia, inexpressivo para uma partida de real importância, como sempre pede o time mais forte nos bastidores do Jogo, “pendurou” o Grêmio, permitiu a usual “catimba” sãopaulina (falta de pressa em muitos momentos da partida. A chamada manha celebrada por muitos) e ainda não deu uma penalidade clara a favor do time da casa. Depois, deu uma de migué: expulsou três jogadores do Tricolor para não dar na cara. Será que Dagoberto e Borges também pegarão dois jogos de gancho? Borges deu com a chuteira no rosto de um gremista caído e Dagoberto deu uma entrada tão violenta quanto a do Danilo contra o Timão. Agora é só chamar o anteriormente “vetado” árbitro Wagner Tardelli, para apitar o jogo do Palmeiras. Ele já entra para apitar com o rabo preso. E a equipe alviverde, desfalcada, e também “pendurada” por cartões amarelos, terá de rebolar ou dançar conforme a música para conseguir um bom resultado diante do desesperado Fluminense. Será que contra a força do Tricolor Paulista de Todos os Lobbys, nada pode ser feito? É sempre assim que títulos brasileiros têm sido obtidos tão facilmente no frigir dos ovos… Com bons jogadores e com auxílio de quem está fora do campo, em tribunais ou comissões de arbitragem. Vamos todos bater palma de novo? Se não for para ser o Verdão, que seja o Galo Mineiro! (E precisa ver o que vai acontecer no Mineirão também). Última pergunta: E o Val Baiano, agora já está liberado pra enfrentar todo mundo? (Portanto, não existe nenhum Jason que era na ficção um psicopata assassino que não gostava de mulher! O que existem são players frios e calculistas agindo de forma velada nas sombras do Jogo) Mas mesmo assim, eu sou Verde até a última rodada. Vamos que vamos! Será emoção sem limites!

  • João

    Pois é André, os jogos de ontem foram muito interessantes, como a resistência do SPFC após perder os 3 jogadores. A garra do Cerro, tendo até jogador disputando bola com cabeçada no chão (incrível e bizarro).

    Mas o melhor da noite estava reservado para NY. Os Yankees fizeram um jogo perfeito, Andy Petite arremessou muito e penso que se despediu da MLB com classe e o Matsui matou o Phillies com 6 RBI. Sem falar do Jeter que jogou demais na pós temporada.

    Parabéns para você como torcedor do NYY.

    Abraços

  • Fred Ferreira

    André, Discordo de você. O jogo do Botafogo acabou aos 30 min do 2o, tempo com expulsão do Alessandro. Uma entrada incrivelmente burra sobre o adversário. Tem jogadores que simplesmente parece que não pensam…Inacreditável….O time já estava mal armado e individualmente péssimo tecnicamente, com a expulsão ficou ridículo !!!!

  • Massara

    André,

    A despedida do Sorin foi muito bacana mesmo. Uma festa muito bem planejada e executada. E ainda arrecadou muitos alimentos que serão de grande valia para quem precisa.

    O Fellipe Elias da Silva, em seu comentário, usou a expressão correta. O Sorin é o craque da raça. Vai deixar muitas saudades aos cruzeirenses, principalmente porque a mágoa recente da perda da Libertadores em casa nos faz pensar que a presença de um cara como ele em campo (em condições de jogo, que ele não reunia à época) poderia ter mudado o rumo da história.

    A idolatria da torcida com ele é algo inexplicável. E ele escolheu BH para morar e criar sua filha, Elisabetta, que, tomara, será Cruzeirense de coração!

    Abs!

  • Marcio

    VERGONHA PAULISTA:

    http://globoesporte.globo.com/Esportes/Noticias/Times/Selecao_Brasileira/0,,MUL1367673-15071,00-RICARDO+TEIXEIRA+NAO+HA+UM+PLANO+B+PARA+O+MORUMBI.html

    05/11/09 – 12h57 – Atualizado em 05/11/09 – 12h57
    Ricardo Teixeira: ‘Não há um plano B para o Morumbi’
    Presidente da CBF volta a garantir o estádio na Copa do Mundo de 2014 e diz que espera que o comitê paulista atenda às exigências da Fifa
    Thiago Lavinas Rio de Janeiro

    O presidente da CBF, Ricardo Teixeira, comentou rapidamente nesta quinta-feira durante o III Seminário das cidades-sedes da Copa do Mundo da Brasil 2014, no Rio de Janeiro, que o comitê organizador não trabalha atualmente com uma alternativa de um estádio em São Paulo para a competição. O projeto de reformas do Morumbi não agradou à Fifa.

    No final de setembro, após a reunião do conselho executivo da Fifa, no Rio de Janeiro, o presidente Joseph Blatter voltou a dizer com todas as letras que o Morumbi não tem condições de receber, pelo projeto apresentado à Fifa, jogos importantes da Copa do Mundo de 2014. A cidade pleiteia a abertura da competição, já que a final vai ser no Maracanã. Mas para a entidade o estádio não atende todas as exigências do caderno de encargos. Blatter procurou deixar claro que isso não significa que o Morumbi está fora da Copa do Mundo. Apenas não pode receber partidas de prestígio como a abertura, a final ou uma das
    semifinais da competição.

    – O comitê organizador de São Paulo recebeu o relatório da Fifa sobre o Morumbi e vai ver a possibilidade de cumprir tudo aquilo que a Fifa determinou. Não há um plano B. Para nós o estádio de São Paulo é o Morumbi – disse Ricardo Teixeira.

    A polêmica é antiga e vem desde que o Governo de São Paulo resolveu indicar o estádio para a Copa do Mundo de 2014. Dirigentes do Tricolor e representantes do Estado garantem que o Morumbi, após as reformas que devem durar dois anos, vai se enquadrar às exigências da Fifa. Mas a entidade, por várias vezes, já apontou problemas no estádio.

  • Marcel Souza

    Bom comentário sobre o ponto de interrogação no jogo do São Paulo. Eu como são-paulino não sei se comemoro o empate ou não. No fundo eu penso em não comemorar, porque as expulsões do Borges e do Dagoberto foram coisas de amadores… Além de tudo vão prejudicar o time nas próximas rodadas.

    E concordo com o Willian, o Grêmio não estava nem aí pro jogo até a primeira expulsão. Estava um jogo bom pro São Paulo roubar os 3 pontos.

    Agora só resta secar os outros no domingo.

  • Ricardo Pires

    O Sorin é um dos poucos jogadores (se nao o unico) que em Belo Horizonte tem o respeito e admiraçao de Cruzeirenses e Atleticanos. A raça, a categoria e o carater do Argentino sao impossiveis de resistir.

    Eu ainda vou vê-lo como treinador do meu Cruzeiro – de preferência indo a Abu Dhabi disputar o Mundial de Clubes contra o Real Madrid 🙂

    Abs

  • Anna

    Eu vi o jogo do Botafogo que perdeu pro Cerro Portenho. 🙁 Domingo irei ver Flu e Verdão. só falta garantir meu ingresso pro jogo do Vasco, mas tenho medo de ser pé frio num jogo tão importante!

  • Rejane

    O melhor foi o Sorin ter escolhido o Mineirão para fazer a sua despedida do Futebol! Uma linda festa! E o Sorin declarou que vai continuar morando em Minas Gerais!
    Três jogadores expulsos num mesmo jogo! Na próxima partida o São Paulo vai está desfalcado! Na minha opinião os três mereceram levar cartão vermelho!

  • Marcos Vinícius

    O que leva um jogador de futebol a dividir sua paixão por dois clubes?
    Identificação com a torcida?
    Na prática,o Sorin não ganhou nenhum título de expressão pelo Cruzeiro,infelizmente.Então pq toda essa empatia com a torcida,com a instituição,se nós temos o costume de lembrar apenas daqueles que nos deram títulos,alegrias?
    Afinal,o que faz o Sorin ser tão diferente dos demais grandes jogadores que passaram pelo Cruzeiro(Alex,Palhinha,Dida,Elivélton,Müller,Zinho,etc)?
    P.S:Antes que me mandem às favas,esclareço:Não sou contra o Sorin,tampouco contra a festa pelo Cruzeiro para o rapaz,quero apenas entender uma empatia bilateral que não é tão comum em nossos dias.

  • Anna

    André, o Fluminense ressuscitou, parece. Muito fofo você falar da sua filhinha! Grande abraço e boa noite, Anna

  • Shao

    Ontem infelizmente aposentou-se o maior lateral esquerdo que vi jogar. Adios Sorin….

  • Ricardo Pires

    André, não sei se você já ouviu, mas li no Jornal Zero Hora que o zagueiro Schiavi, do Estudiantes, estava irregular nos jogos que disputou na Libertadores, inclusive na semifinal contra o Nacional e na final contra o Cruzeiro. Parece que a FIFA já reconheceu.

    Você saberia que tipo de punição caberia aqui? Vaga para o vice na Libertadores do ano que vem? Suspensão?

    Obrigado e abraços

    AK: A notícia saiu nos jornais uruguaios. Foi o Nacional, adversário do Estudiantes na semifinal, quem fez a denúncia. Estranho que a resposta da Fifa tenha demorado tanto. Segundo a nota, não há o que fazer agora. Um abraço.

  • leonardo atleticano

    André, tanto São Paulo como Palmeiras lideram no quesito indisciplina, um sendo o mais faltoso, outro o com mais cartôes vermelhos, todo jogador que joga contra o Palmeiras reclama que o Diego Sousa agride seus adversários durante toda partida, essa falta de punição, e até mesmo de uma crítica mais contudente da mídia, não ajuda a levar nosso futebol para um nível tecnico pior? Me lembro quando o Grêmio vencia muitos títulos em cima dos paulistas, era uma falação danada sobre a forma violenta do time jogar. Jogador que chega junto, jogando em times de fora é violento, jogando em São Paulo é raçudo. Espero que a violência seja combatida por igual, espero que as penalidades sejam marcadas para os dois lados, espero que haja justiça, espero que vença o melhor.

  • Pedro Araújo

    Adiós Juampí!!
    Espero que sua família seja mto feliz aqui na cidade que vc escolheu!
    Cruzeiro perdeu um grande jogador, mas BH ganhou um grande cidadão!

  • BASILIO77

    L. Atleticano, interesante observação lembrando do Gremio…de uns 10 anos atrás.
    Batia muito, jogava feio e só vivia da bola parada.
    Hoje vemos a mesma coisa e temos que ouvir: “aqui é trabalho”.
    A bola parada vai ser TETRA, de um jeito ou de outro.
    Abraço.

  • Jacques SPFC

    Parabéns ao Sorín e ao Cruzeiro (clube e torcida).
    Que outros atletas, clubes e torcidas possam fazer o mesmo nas despedidas que virão.
    Saudações de um Tricolor que não entende porque tantos outros ídolos e torcidas não puderam ter um momento assim devido a burrice e descaso da cartolagem.
    No meu Tricolor perdemos a chance com Roberto Dias, Pedro Rocha, Pablo Forlan, Raí, Zetti, Pintado…

  • Jacques SPFC

    André, concordo com você 100% sobre a arbitragem do jogo São Paulo x Grêmio, e duas expulsões lamentáveis pela irresponsabilidade do Borges (chega a parecer sabotagem dele)e do Dagoberto (estupidez duplamente qualificada pela violência, seja pelo fato do time já ter um a menos em campo) a do Jean justa, embora tenha sido na disputa da bola e não como os dois anteriores.

  • leonardo atleticano

    Basílio, sei não, pode ser que o título não fique em São Paulo, acredito nisso, torço por isso e merecemos isso. Tenho mais medo é da falta de critério, das armações, do jogo sujo dos bastidores, das malas e das mutretas. As bolas aéreas há como evitar.

  • Klaus

    Ele fez a torcida azul Sorín feliz
    E ela precisou desobstruir as vias respiratórias
    com Sorin, após o choro de despedida
    E cabe pedir: “Sorin”
    A todos os ídolos
    que não foram devidamente homenageados
    como o craque Juan Pablo Sorín!

    (Sorin pra não chorar)

  • Ricardo Pires

    Se o Atlético ganhar do Flamengo, pode chegar sim e finalmente deixar de ser monotítulo. A sua apaixonada torcida de fato merece. Acho que o título ficaria em melhores mãos do que se parar no Morumbi ou no Parque Antártica. Pelo menos o futebol do Galo Garnizé é ofensivo, enquanto o São Paulo e o Palmeiras adoram ganhar de 1 x 0 com gols aos 5 minutos do primeiro tempo e depois só segurando na defesa.

    André, valeu pela resposta. Impressionante como é desorganizada (pra não dizer outras coisas) a nossa Comenbol. Vê se na UEFA isso passava batido… de jeito manera sô!

    Abraços

    Palpite: Galo 3 x 1 Flamengo. Torço pra que não, afinal meu Cruzeiro quer porque quer chegar no G-4!

  • Alessandro-Palmeirense

    Curioso, Ricardo Pires. O time mais ofensivo, fez o mesmo número de gols do time que “adoram ganhar de 1×0 com gols aos 5 minutos do primeiro tempo”…
    E tomou bem mais..
    Sinceramente, as vezes acho que as pessoas pensam que a beleza do futebol está em levar mais gols… Quem leva mais gols fica com a fama de futebol ofensivo, mesmo que não faça mais gols que equipes retrancadas.
    E se não me engano, no confronto entre esses dois times, quem começou ganhando aos 5 minutos foi justamente o time mais ofensivo.

  • Rodrigo Fierro

    Nunca entendi se ele (Sorín) tinha richa com o Riquelme ou com o Verón, ou com os dois….

    AK: Era com o Verón. Um abraço.

  • Ricardo Pires

    André, acabo de ler qe o regulamento da Libertadores prevê puniçao sim em caso de irregularidades como a do Schiavi – desde que a denuncia seja feita até 48 horas depois do término da partida. Como o Nacional do Uruguai entrou com a papelada no dia seguinte a semifinal, eles estao no prazo. A Conmembol foi irresponsavel em nao averiguar – claro, com o Leoz sendo Argentino fica facil entender o porque.

    Nao acho que tem muito a se fazer, mas que deveria ter alguma atitude mais severa da FIFA, lah isso deveria. Talvez tirar a vaga do Estudiantes ano que vem e dar ao Cruzeiro ou Nacional, que poderiam fazer um jogo em campo neutro para decidir quem leva.

    Claro que isso é um sonho. Mas algo deveria ser feito, você nao acha? Do contrario, que moral a Conmembol teria para punir qualquer clube ou jogador?

    Abraço

    AK: O Leoz é paraguaio. Óbvio que algo deveria ter sido feito no momento certo. Mas eu me surpreenderia se algo acontecer agora. Talvez uma multa… o fato é que a reclamação foi feita na hora certa, e a resposta demorou meses. Absurdo. Um abraço.

  • Ricardo Pires

    Alessandro, permita-me mudar o vocabulario entao. No lugar de “time mais ofensivo”, leia “time com futebol menos feio e com jogadores menos mediocres.”

    Esse time do Palmeiras é horrivel e vai cair do topo em breve.

  • Andre Paim

    Eu acho tão engraçado quando as pessoas dizem que um ou outro jogador do sampa foi expulso “só pra disfarçar”.
    Afinal, é claro que é tudo armação. É claro que todos os gols do sampa são impedidos, todos os penaltis não foram dados, todos os adversários foram atrapalhados…
    Tudo isso graças ao rico dinheirinho do tricolor.
    Acho que eu não devia contar pra ninguém nosso segredo, mas na verdade o são paulo é a entidade mais rica do mundo. Só assim conseguimos pagar tudo e todos!
    Somos quase um maluf ao contrário, pois enquanto tudo que existe de bom em são paulo foi ele que fez, tudo que acontece de mal no futebol brasileiro, foi o tricolor quem armou!!!
    Fala sério…
    Ah, e aproveitem enquanto o choro é livre, pois do jeito que somos maus, logo logo vamos conspirar para que até isso gere punição aos outros times.

  • Andre Paim

    Em tempo, André, o que você acha desse papo de que o tricolor ganha nos bastidores?
    Já ouviu alguma coisa que corrobore essa versão?
    Eu acho essa idéia motivo de piada, mas como não sou da área nem conheço as pessoas envolvidas, queria saber a opinião de alguém imparcial e que está por dentro.
    Grande abraço e parabéns pelo ótimo blog

    AK: Todo mundo trabalha nos bastidores. Ganhar nos bastidores é um pouco diferente. Um abraço.

  • Rodrigo Fierro

    Era questão de vaidade?
    PS: Corrigindo: rixa, não richa

    AK: É rixa, sim. Já ouvi várias histórias, mas acho que eles simplesmente não se gostam. Um abraço.

  • Anna

    André, é chato quando não tem post! Mas entendo seu corre-corre perfeitamente! Já nos acostumamos com seu cantinho. Boa noite e bom finde!

  • Willian Ifanger

    Esa foto continua me dando arrepios……..hehehehe.

  • BASILIO77

    Atleticano, um campeão fora do eixo RJ x SP faria bem ao futebol brasileiro.
    Mas a tabela de voces é MUITO difícil…já a do tricolor paulista é a mais fácil entre os que estão na frente.
    Veja que SE o Cruzeiro tivesse vencido o Flu no mineirão…estaria brigando sério pela taça…
    SPFC continua favorito.
    Abraço.

MaisRecentes

Feliz Natal



Continue Lendo

Mudar o meio



Continue Lendo

“O PF dos caras”



Continue Lendo