NOTINHAS PÓS-RODADAS (e cestas inacreditáveis)



O líder vibra com o aumento da vantagem para cinco pontos.

Além do Palmeiras, comemoram Vitória (que ganhou 3 posições) e Goiás (2, vice-líder).

O Avaí (3 para baixo) lamenta.

As notas da vigésima-sexta rodada:

* O Palmeiras (2 x 1 no Atlético Paranaense: Figueroa, Chico e Danilo – 22.395 pagantes no Palestra Itália) pagou R$ 100 mil para que Danilo pudesse jogar contra o Atlético. Dinheiro bem investido.

* 5 pontos + 13 rodadas = se deixar escapar…

* O Cruzeiro (1 x 0 no Grêmio Barueri: Gilberto – 3.365 pagantes na Arena Barueri), que reclamou tanto da derrota para o Palmeiras, ganhou com um gol irregular. A banca paga e recebe.

* Interessante como Gilberto virou artilheiro, não?

* O Coritiba (2 x 0 no Náutico: Rômulo e Marcelinho Paraíba – 12.685 pagantes no Couto Pereira) poderia ter vencido com mais tranquilidade. Perdeu um pênalti e teve um gol legal não validado.

* Mas o que importa é que venceu, e está a cinco pontos do calabouço.

* Nada a dizer sobre o empate entre Internacional e Flamengo (0 x 0 – 12.481presentes no Beira-Rio), jogo que não deveria ter acontecido.

* O Fluminense (3 x 2 no Avaí: William, Alan-2, Muriqui e Fábio Neves – 19.098 pagantes no Maracanã), enfim, deu sinal de vida.

* Eram 8 jogos do BR-09 e 3 da Copa Sul-Americana sem vitória.

* A virada do Goiás (2 x 1 no Grêmio: Souza, Léo Lima e Felipe – 12.644 pagantes no Serra Dourada), em casa, reforça os argumentos de quem acha que o time brigará pelo título.

* No segundo gol, a jogada de Iarley foi tão boa que até a defesa gremista quis participar.

* Os gols do empate entre Corinthians e São Paulo (1 x 1: Ronaldo e Washington – 32.180 pagantes no Morumbi) foram, na verdade, do Palmeiras.

* Atuação ruim do trio comandado pelo árbitro Ricardo Marques Ribeiro: Dentinho entrou em campo durante a jogada do gol do Corinthians; não houve falta de Ronaldo em Renato Silva, no que seria o segundo gol; Washington estava impedido.

* O Sport entrou em campo como lanterna do BR-09. Venceu (2 x 1 no Santo André: Arce, Rodrigo Fabri e Vandinho – 10.513 pagantes na Ilha do Retiro) após duas derrotas seguidas, e ficou a três pontos da saída do calabouço.

* O Santo André mandou uma bola na trave aos 37 minutos do segundo tempo.

* O Atlético Mineiro atropelou (3 x 1: Evandro, Diego Tardelli-2 e Kléber Pereira – 36.294 pagantes no Mineirão) o Santos e só não está na área-vip por causa do número de vitórias.

* Tardelli é um dos 3 artilheiros (Adriano e Jonas) do Camepeonato, com 13 gols.

* Os sonhos de Libertadores do Vitória ficaram mais agradáveis após os 3 x 1 (no Botafogo: Leandro, Leandro Domingues, Gláucio e Laio – 11.852 pagantes no Engenhão) fora de casa.

* O Botafogo empatou com o Fluminense como os times que menos venceram (4) no campeonato.

______

* E segue a contagem regressiva para a volta do Vasco (1 x 0 no Duque de Caxias: Carlos Alberto – 25.554 pagantes no Maracanã) à Serie A.

* A diferença para o quinto colocado (Figueirense) já está em 13 pontos, a 13 rodadas do final.

______

Independentemente da sua quantidade de tempo ocioso nesta segunda-feira, gaste alguns minutos em visita a este site.

Os caras se transformaram num sucesso da internet por causa dos dois primeiros vídeos (menu do lado direito).

Mas, nos clipes, tem muita coisa inacreditável.

E ao que parece, não tem truque. Só muita paciência e habilidade.



  • Guilherme Lemos

    Caro André, a vitória do Cruzeiro por erro de arbitragem não pode apagar tudo que foi dito antes do jogo. O Barueri pagou a conta dos times grandes de SP. Mas isso não quer dizer que Palmeiras e SP foram amplamente favorecidos durante o campeonato. Na “dúvida”, pró eles.

    Assim como o Flamengo para não cair nos últimos anos.

  • Anna

    Ouvi esse jogo entre Corinthians e Sao Paulo pela rádio eldorado. Ronaldo desequilibra! Estou feliz pelo Verdao e pelo Vasco como líderes. Há quem aposte que a volta será carimbada contra o Vila Nova. São mais três vitórias. E last but not least, as cestas são incríveis.

  • Louis

    Realmente Caro André,

    Mas o juiz marcou 2 impedimentos muito duvidosos e o São Paulo, poderia ter feito 2 gols, fora os penais em cima do Marlos e outro do Willian sobre o André Dias, aí já temos uma nocao do placar moral da partida.
    O Corinthians ganhou um gol de presente e teve aquele gol anulado, ao meu ver bem anulado por o Ronaldo se escorou no ótimo zagueiro Renato Silva ( sim ,ótimo mesmo, pois a imprensa acha o Chicão craque).
    O Sao Paulo ganharia o jogo no mínimo de 5 x 2 ou 5 x 3.
    Mas deixemos isso de lado, o importante e saber que o time é sério candidato a mais um título brasileiro.

    Um grande abraço.

    AK: Acho que você torce para o São Paulo… um abraço.

  • Rodrigo (odabeb)

    André, o juíz autorizou a entrada do Dentinho. É só para constar mesmo, pois no texto da impressão que ele entrou sem autorização.

    Sobre os lances duvidosos: não acho que tenha sido pênalti no Marlos, assim como não houve falta do Ronaldo. O gol do Washington foi ilegal, mas na hora do lance eu achei que ele tivesse em condições. Bandeira errou, mas foi perdoável. Sobre outros inpedimentos, o juiz deu um errado pra cada lado.

  • leonardo atleticano

    André, assim como vc acha que uma penalidade no início da partida vale menos que uma nos acréscimos, há de concordar que um erro grosseiro de arbitragem valendo a liderança do campeonato, pesa mais que um erro com dois times no meio da tabela que não almejam nada. E foram erros diferentes, vc sabe disso, uma coisa é linha de impedimento por trinta centímetros, outra coisa são várias penalidades claras, roubadas. querer comparar isso mostra seu desprezo com a inteligência alheia. Ganhar tudo roubado nós já nos acustumamos, mas ainda sermos chamados de burros, aí é demais.

    AK: Não entendi seu comentário.

  • Patrick Murisset

    Oi André

    Já havia visto os vídeos desses caras, bem legal…

    Quando li o título do post, imaginei que você iria escrever sobre o time de basquete feminino que ganhou a Copa América ontem, mas enfim…

    Sinti falta de um: “E a República Checa é logo alí…”

    Abraço.

  • leonardo atleticano

    André, quando vc disse que a banca paga e recebe, em relação aos dois últimos jogos do cruzei…( não pronuncio este nome) vc igualou as situações, e são situações bem diferentes. Uma não altera nada o rumo do campeonato, e pode ter sido feita justamente para abafar a outra. Já a partida contra o Palmeiras foi algo vergonhoso, não acredito que vcs la no fundo, fora da mídia e longe do seu ganha pão, não pense que foi muito estranho.

    AK: Não igualei as duas situações em termos de importância. Mesmo porque não considero que o Palmeiras ganhou do Cruzeiro por causa do árbitro. Um abraço.

  • Paulo

    Palmeiras do Beluzzo… Palmeiras de meus ancestrais… Palmeiras da minha família… Palmeiras dos meus amigos… Palmeiras do meu coração… Palmeiras de tanta gente… É tão lindo ver o Palmeiras na frente… O Palmeiras marcando forte e jogando com raça… O Palmeiras da individualidade de seus craques… Contra o Palmeiras do pessimismo e da subserviência ao São Paulo de Todos os Lobbys… O Palmeiras que trouxe de volta Vagner Love… E o Palmeiras que o mandou embora… O Palmeiras das criticadas parcerias contra os times que não revelam direito quais são as suas… O Palmeiras do passado versus o Palmeiras do Futuro… O Palmeiras de José Serra contra o time do Lula… O bando de Loucos contra o clube dos eternos amantes da ópera… O Palmeiras da fumaça verde contra o Palmeiras da apatia verde! A torcida de canta e vibra contra o amado clube brasileiro… Jabá versus pizza… Tarantela versus pagode… O Palmeiras do Mustaphá esquecido diante do talento de Diego Souza… São Marcos de Parque Antártica contra o jogo de cena dos adversários… Como é lindo ser Palmeiras… Ganha o Vitória na Boa Terra! Ganha o Verdão lá na Vila Famosa que revelou o único verdadeiro fora-de-série de todo o Brasil… Palmeiras… Desde 1914 encantando e irritando muita gente nos gramados do futebol de competição!

  • Beto

    A galera do IUPST tá atacada..hehe

    Ah! ANIMAL o site que você indicou… só imagino o número de vezes que os caras tentaram cada uma das jogadas..haha

  • Ricardo Pires

    André, os moleques do basquete me fizeram lembrar dos meus tempos dourados, principalmente o video em que o rapaz dah uma cambalhota na piscina ao mesmo tempo que faz a cesta. Eu deveria cobrar royalties…

    Falando sério agora, é impressionante (e triste) como a arbitragem ganhou destaque no boca-a-boca do futebol. Hoje fala-se mais dos trapalhoes de preto do que dos gols incriveis, das jogadas de tirar fôlego, da imprevisibilidade do jogador de futebol. Uma pena. Sinal que nosso esporte favorito vai de mal a pior no Brasil.

    Soh mais uma coisinha: O Palmeiras ganhou do Cruzeiro 40% por causa da anta-Roman, 35% porque teve sorte de campeao (frango do Fabio e contra-ataque em que o M.Parana estava fora de campo) e 25% devido a falta de competência do ataque celeste.

    Viu como eu também sou matematico?

    Abraço

  • silvio roberto

    Tudo bem que o Santo André pressionou, muito mais pela bobagem do nosso treinador, que tirou Luciano Henrique e botou um zagueiro, fazendo com que o time recuasse demais.
    Mas, antes mesmo de fazer o primeiro, o Sport, com Fininho, mandou uma no travessão também.
    Quanto estava 1 a 0, o mesmo Fininho tentou fazer de calcanhar e perdeu um gol feito, dentro da pequena área.
    E, quando estava 2 a 1, de novo, ele, Fininho, perdeu outro na cara do goleiro (que fez um defesaço), chutando de direita.
    Chances por chance, o Sport teve muito mais.
    E eu não vi o jogo na TV. Vi no estádio.

  • silvio roberto

    Ah, Luciano Henrique cobrou uma falta no ângulo e o goleiro tirou.
    Vandinho errou por milímetros uma cabeçada sem goleiro e um chute na frente do goleiro.
    Enfim, o Sport foi muito melhor do que o SAnto André, até quando o treinador inventou de retrancar o time.

  • silvio roberto

    Teve mais: Luciano Henrique faria o que seria o gol mais bonito do campeonato, depois de uma tabelinha, deu um drible da vaca num zagueiro dentro da área e chutou para fora.
    Depoois de ontem, acho que podemos escapar.
    Temos que rezar muito, mas o time já ajuda os santos…

  • Geraldo Campos

    Ficou nítida sua verve corintiana quando “afirma” que não houve falta de Ronaldo (muitos comentaristas disseram que houve a falta, inclusive ex-juízes). Apenas mais um lance contestável, nada conclusivo. Sendo interpretativo, não cabe a crítica ao juiz por parte de qualquer comentarista não tendencioso. Não se pode colocar aquele lance numa conta líquida e certa, assim como não se pode colocar na conta um impedimento de apenas 23 cm do Washington que foi dado da mesma forma como aquele do Dagoberto foi marcado no primeiro tempo, embora ele não estivesse (num momento do jogo muito interessante para o São Paulo caso o Dagoberto fizesse o gol). Não sou São Paulino. Embora você tente não consegue enxergar o jogo sem utilizar os olhos de corintiano, assim como muita vezes faz seu pai, o que é péssimo. Parece-me bastante tendencioso o comentário.

    AK: Vocé tem sua opinião, eu tenho a minha. Não tente desqualificar a minha, ainda mais dessa forma infantil. É bobo. Um abraço.

  • Geraldo Campos

    Ah, sabe o que é o mais gozado? Você falar em influência de juiz, depois de ter escrito um texto falando justamente sobre isto, logo anterior a este, e ainda mais: condenando a falta de visão de técnicos, jogadores e dirigentes que só querem saber de puxar sardinha para o seu lado. Que tal os próprios jornalistas pararem de dar a importância para lances totalmente discutíveis e que vão acontecer no futebol enquanto o jogo existir e ater-se aos lances indiscutíveis, tais como aquele gol de mão do Paraná? Vocês mesmos alimentam as controvérsias para depois tentarem vir com um papinho conciliar do tipo: “no final das contas os juízes são ruins mesmo e erram para todos e, na média, não influenciam para que o título fique para um ou para outro”. Sabe aquele papo de “colocar o bode na sala, criar o desconforto e depois tirar? Então… Isto são vocês…

    AK: Sou contra a criminalização dos árbitros, porque sou a favor do uso da eletrônica para auxiliá-los. Mas não posso (nem eu, nem qualquer outro que esteja na minha posição) deixar de mencionar os erros que acontecem. Mesmo porque se não o fizesse, apareceria um “indignado” como você, cobrando assim: “sabe o que mais gozado? Você esquecer dos erros que mexeram no placar… deve ser porque foram a favor do seu time…”. Se você não consegue entender que eu posso ter uma opinião geral sobre um tema, e abordá-lo de formas diferentes, isto não “somos nós”. Isto é você. Um abraço.

  • Anderson Santos – SCS

    André,

    Estamos em um momento horrível, no que diz respeito à arbritragem. É uma coisa que nem discuto mais com os amigos, independente do time….

    O que acha do Hernanes dizer no intervalo e ao final da partida que o Corinthians não estava concentrado no jogo? (pelo modo que ele se expressou entendi que os jogadores devem ter tido algo do tipo: o São Paulo deve correr pra conquistar algo, pq nosso ano está garantido).

    Sobre a dica do site, fantástico, mas acho que algumas coisas “devem” ter um “retoque”, algo do gênero…..

    abraços

  • Henrique Alves

    Anotem aí, está pintando o campeão brasileiro e esse responde pelo nome de : CLUBE ATLÉTICO MINEIRO…aguardem as próximas rodadas!!

  • Ricardo

    O São Paulo foi claramente favorecido, como de costume, (e como sempre agora, na hora decisiva) e a imprensa em geral tratou como se marcar um gol COMPLETAMENTE impedido e levar outro em condições LEGAIS de jogo fosse normal.

    E isso é porque foi contra o CORINTHIANS.

    Estranho…

    PS. Só vale lembrar que teve gente no Pal x Cru tão polemizado que viu 5 penaltis. Alguns viram 6, outros 7….

  • Marcos Vinicius

    HISTÓRIAS DO BOITATÁ
    Evandro Roman foi afastado por 90 dias pela Comissão de Arbitragem da CBF para “reciclagem”.Roman pegou foi um gancho,que foi barato pelo que ele fez no CruzeiroxPalmeiras.Toda semana resultados são alterados graças a erros absurdos de arbitragem,e a Comissão finge agir com energia.Só que os três pontinhos vão para a caçapa dos beneficiados que,por coincidência,são quase sempre os mesmos.

    O texto acima saiu na coluna dominical que o ótimo jornalista esportivo Washington Rodrigues assina em determinado jornal carioca.A íntegra é essa,sem tirar nem por letra alguma.Para os que não moram no Rio,ou não conhecem os jornalistas que cobrem o futebol carioca,o Apolinho(como é conhecido Washington Rodrigues)é uma unanimidade quando se fala de jornalismo imparcial,competente e sério.Se vc tiver mais de 20 anos,vai lembrar que ele foi treinador daquele Flamengo que tinha em seu ataque Romário,Sávio e Edmundo,em 1995.

    O que ele escreve(u) em sua coluna são fatos escandalosos,tendenciosos e parciais ocorridos em erros corriqueiros de arbitragem,que,usando palavras do próprio,beneficiam quase sempre os mesmos times.

    IUPST?Teoria da Conspiração?Mania de perseguição?Gente que não “viu bem”o jogo?Nada disso.Fatos.E,como sempre digo,contra os tais não há argumentos.

    Arbitragens tendenciosas existem.O Vasco foi prejudicado na Copa do Brasil,contra o Corinthians.O Cruzeiro foi prejudicado no meio da semana passada contra o Palmeiras.Se formos buscar não tão a fundo descobriremos,ou lembraremos,de outros erros recentes quanto os últimos,beneficiando os mesmos times.

    Fatos.E contra os tais não há argumentos.

    AK: A viitória do Cruzeiro sobre o Barueri é um desses fatos? Um abraço.

  • rodrigo

    nao consigo acreditar que vc acho que o washington tava impedido!
    o que aconteceu com o que vc escreveu no post abaixo?? “A falha do zagueiro mal posicionado é esquecida, em nome do impedimento (de clamorosos 7 centímetros, uma vergonha!!) não marcado. ”
    mudou de opiniao rapidinho hein?!
    o que aconteceu com a regra: na duvida deixa seguir o lance? como acontece na maioria dos campenatos da europa?
    vai confiar na tira teima da globo? de repente esse mecanismo virou a biblia!
    abraco

    AK: Lamento que você não acredite. É sem dúvida uma opinião original, uma vez que ele comprovadamente estava impedido. E (obrigado por me lembrar do que eu mesmo escrevi) 7cm são diferentes de 25cm. Não acho que tenha sido o principal erro da arbitragem no jogo, mas foi um gol irregular. Mas você pode ver como quiser. Só não diga que eu mudei de opinião. Um abraço.

  • Massara

    AK,

    Ao que parece não tem truque? Acho que você foi um pouco ingênuo.

    Abs.

    AK: Nos EUA, emissoras de TV já analisaram as imagens, em busca de sinais de fraude. Até agora não acharam. Acharão? Quem sabe? Um abraço.

  • Marcelo

    Só para constar: o árbitro autorizou o Dentinho a entrar em campo. Não houve irregularidade e sim vacilo da defesa do São Paulo. A tentativa da imprensa esportiva de justificar os erros a favor do São Paulo já está ficando batida. sempre tem algum motivo para o árbitro ter errado a favor deles. Três campeonatos ganhos no apito não foram suficientes para abrir os olhos da imprensa esportiva tricolor.

    AK: Interessante comentário. Então, porque o árbitro autorizou, não houve irregularidade? É a mesma coisa que dizer que Washington não estava impedido, porque o gol foi validado. Não sei sobre quem você está falando quando se refere à “imprensa esportiva”. Aqui, não quero justificar nada. Apenas dou minha opinião (repetindo: Dentinho entrou em campo durante a jogada do gol; não foi falta em Ronaldo; Washington estava impedido). E só para constar: discordo de sua opinião sobre os três títulos ganhos pelo São Paulo. Um abraço.

  • O Coritiba escapará a rebaixamento? Este a matematica for boas se o Coritiba vai também busca vaga na Sul-américana.
    Grande abraço André
    Eduardo

  • BASILIO77

    Achei a arbitragem prejudicial para o lado do meu time, não pelos lances capitais mas pela maneira como conduziu o jogo, “a la Vuaden”, onde o time com maior porte físico leva sempre vantagem…menos no lance entre Ronaldo e R.Silva…rsrsrsrsrsrsrs…..mas isso já foi mais que debatido.

    O que não se pode admitir é a retranca exagerada que o SCCP montou. Ver um time com 60% de posse de bola num classico, não dá pra aguentar.
    Pediram pra tomar o empate, legal ou não. Uma hora o bandeira erraria, foram vários lances em que a defesa corinthiana fez a linha “burra”.
    Outra coisa, time que não faz falta como esse do SCCP, não pode nem sonhar com uma libertadores, onde o bicho pega literalmente.
    Paulo André vem demonstrando que foi uma boa contratação.
    A banca paga e a banca recebe. Quem não aguentar isso que acompanhe o futebol americano.

    Abraço.

  • Rafael morassi

    Eae André ! Como ja percebi que voce gosta de filmes, vai um link bacana ai pra voce, com as melhores 100 frases de filmes, em 200 segundos

    http://www.cineseries.com.br/colunas/listas/as-100-melhores-frases-de-filmes-em-200-segundos-2

    Um abraco !

  • Flávio

    Os sãopaulinos brigam com unhas e dentes pela candidatura do Morumbi à sede paulista da Copa-2014, mas, verdadeiramente, eles não fazem tanta questão disso: tudo o que eles querem é que não seja construído um novo estádio na cidade.

    Eles sabem que a construção de um novo estádio na cidade de São Paulo será um desastre para o seu clube.

    O SPFC não tem condição de sustentar o seu estádio apenas com sua própria torcida.

    O Morumbi é grande demais apenas para a torcida do São Paulo.

    Sem o Corinthians, sem os clássicos, sem as decisões e sem os shows, o Morumbi corre o sério risco de ser desapropriado como latifundio improdutivo.

    E o problema é que, apesar das manobras nebulosas de bastidores, apesar do apoio estapafúrdio do prefeito sãopaulino Kassab, apesar do apoio da CBF e de grande parte da mídia, a candidatura do Morumbi não colou.

    A FIFA já deixou claro: Morumbi, não!

    O Morumbi é anacrônico, desconfortável, inseguro, estruturalmente defeituoso e antipático.

    Não há dinheiro do BNDES que dê jeito naquilo, que transforme o Morumbi em um estádio para receber uma abertura, uma semifinal ou uma final de copa do mundo.

    São Paulo merece, e há de ter um papel de destaque na Copa de 2014.

    Os interesses dO São Paulo não podem prevalecer sobre os interesses dE São Paulo.

    Morumbi, não!

  • Carlos Eduardo

    Pior que erros de arbitragem é o time ser apedrejado toda vez que chega ao estádio, ou ter o goleiro proibido de fazer aquecimento no gramado. Coisas do São Paulo Futebol Clube, “O Time Mais Organizado do Brasil”

  • Marcelo Coelho

    Toda semana a mesma coisa.
    Times cheios de cabeças de bagre perdem jogos porque são ruins, zagueiros falham, atacantes perdem gols feitos, meiocampistas erram passes de dois metros, técnicos escalam e substituem mal.
    E o papinho é sempre a mesma chatice, 7 cm impedido, 5 penaltys para time tal, tira-teima da globo…
    Os árbitros são ruins, concordo, mas o André Dias é muito pior, o Obina é horroroso, o Luxemburgo escala mal o time, o Guiñazu é um botinudo e a barriga do Ronaldo definitivamente não é de profissional.
    Parece que só a arbitragem é ruim…
    Abraço André!

  • Paula

    Do jogo do corinthians e sao paulo, só vi alguns lances. Acho que o lance entre Ronaldo e Renato é passível de falta. O Renato fica tentando se equilibrar e o Ronaldo dando chega para lá nele. Aquele “penalti” no Marlos só pode ser brincadeira… de levinho levinho…
    O impedimento do Washington foi tão quase na linha, que eu chego a suspeitar que foi na linha. Se tivesse uma camera do outro lado ficaria mais claro.
    Já a bobeada de Bosco e Andre Dias não tem preço.. oh meu deus!

    Já no sul… os dois times podiam ter feito mais. Mesmo com aquele campo.

  • Paula

    Opa, esqueci o mais importante. O arbitro do jogo SPFC X SCCP é HORORROSO. E não é só nesse jogo não. Já vi uns 3 deles (todos horriveis, a começar pela Copa do Brasil). E esse que não vi mas pelo jeito foi na mesma toada.

  • Luiz Guilherme

    Oi André, naquele seu post anterior, em que vc falava de como seria legal se um time ajudado pela arbitragem reconhecesse isso publicamente, eu mandei uma mensagem pra vc, inclusive com um exemplo do ano passado do jogo Cruzeiro x Flamengo. Aliás, vc já foi logo me recomendando um texto “IUPST”, alegando que eu seria uma pessoa que “me sentia perseguido pela imprensa”.

    Pois bem, a prova de que nem sempre você está certo e seus leitores estão errados está aqui:

    http://esporte.uol.com.br/futebol/campeonatos/brasileiro/serie-a/ultimas-noticias/2009/09/28/ult5895u10611.jhtm

    Curte alguns trechos da matéria ai

    Diretor (do Cruzeiro) admite que arbitragem errou a favor do Cruzeiro

    O diretor de futebol do Cruzeiro, Eduardo Maluf, reconheceu que a arbitragem errou a favor do time mineiro na vitória sobre o Grêmio Barueri, por 1 a 0, sábado passado, na Arena Barueri, em jogo da 26ª rodada. No lance do gol, Gilberto estava em posição de impedimento.

    “Eu não tenho dúvida que o juiz errou. Naquilo que eu brigo, eu acho que continuo certo. O nosso nível de arbitragem está muito ruim e precisa melhorar”, observou Eduardo Maluf em entrevista veiculada pela TV Alterosa/SBT.

    Eu queria ver agora Sr. André, se vc tem coragem de publicar isso aqui aí no seu blog. Porque quando é pra falar que nós nos sentimos perseguidos, pra criticar, vc vem e fala com a maior autoridade, e sempre com uma resposta na ponta da língua.

    Pois bem, vc pediu, disse que daria uma idéia ao LANCE! de só publicar algo sobre arbitragem quando algum dirigente viesse publicamente admitir que foi beneficiado pela arbitragem. Aí está, em um, digo 01, UM mísero dia, o Eduardo Maluf, diretor do Cruzeiro, já calou sua boca. E agora, vc tem mais algum argumento, ou vai ser um pouco humilde e admitir que as vezes tambem fala asneira?!

    AK: Coragem? Está tudo bem com você? Menos, amigo, menos raiva. No seu comentário anterior (que foi publicado) você voltou um ano no tempo para tentar me acusar de contradição. Te recomendei o texto sobre a IUPST para ver se você se acalmava, mas pelo jeito não deu certo. Leia de novo. Agora você muda o tema… sobre a declaração do Maluf, acho ótima. Mas quero lembrá-lo de que ele não é o primeiro. O Belluzzo fez a mesma coisa após Cruzeiro x Palmeiras. Na comparação, as reclamações dos prejudicados ganham de goleada, e esse é o ponto da minha coluna. Não significa que nunca aconteceu. E não deveria ser tão difícil compreender isso. Um abraço.

  • Anna

    Muito legal vc transmitir junto com Palomino o anuncio da sede da Olimpíada 2016. Tentarei ver um pedacinho antes de ir para o trabalho. Boa sorte! Sou contra a Olimpiada no Rio mas no fundinho gostaria de ver uma de perto na minha cidade.

  • Robson Andre da Luz

    O lance do zagueiro Gil e igual o lance do figueroa no Renan,igual do Wendell no Kleber,igual do Armeiro no Jonathan e interpretativo ou seja segue o lance e nao foi penalty!E o gol do gilberto estava impedido sim tanto que o Gerente de futebol Eduardo Maluf falou e a torcida tambem,isso e so para darem motivo que nao tem teoria da conspiração,o cruzeiro reclamou e foi ajudado,ta na cara que isso foi premeditado para falar contra o cruzeiro.

  • André,
    também comecei a desconfiar do tira-teima da Globo há alguns jogos. Os ‘limites’ que ele pega de cada jogador são sempre diferentes. No do gol do Washington, por exemplo, ele foi da mão do sãopaulino até o meio do corpo do corintiano. Pode até ser que estivesse impedido mesmo (a olho nu eu achei que estava), mas eu não confio mais nele para tirar a teima.

    No mais, incrível como tem gente que gosta de achar que somos todos ingênuos, só elas sabem o que realmente acontece no mundo!

  • Só pra constar, não me refiro ao comentário do Massara.

    Abraço

  • André,

    acho que houve um erro de ponto de vista no seu comentário sobre o Botafogo: não foi o Fogão que igualou-se ao Fluminense com o menor número de vitórias, mas sim o Flu que alcançou tal marca. Afinal, quem ganhou foi o último, não?

    E sobre os erros de arbitragem… ah, deixa pra lá, isso já está ficando chato, você já deve estar de saco cheio disso… mas que a Globo deslocou aqueles bonequinhos do super-replay para dar 26 cm, ah, isso deslocou! Hehehehe… mas perguntando sério: quando o lance do Wash foi reprisado a primeira vez, sem o “super-tal-e-coisa”, não deu a impressão de estar na mesma linha?

    E, afinal: deveria haver uma regra para que jogadores reclamões não tirassem a camisa durante a comemoração de seus gols, sob pena de ficar 2 meses sem jogar… eu ADIVINHEI que ele seria expulso antes de terminar o jogo, quando fez tal gesto… quer os números da Mega-Sena também?! 😛

    Abraço!

    AK: Você tem razão sobre quem empatou com quem. Na verdade, quis dizer que os dois estavam empatados. Sobre o cara levar amarelo por tirar a camisa na comemoração, é punição mais absurda do futebol. Um abraço.

  • Marcelo

    Quando o juiz autorizou a entrada do Dentinho, a bola estava lá atrás, na área do São Paulo. Ele entrou em campo e a bola foi passada para um jogador do São Paulo que perdeu o lance para o Dentinho. Repito: não houve irregularidade. Dizer que houve qualquer coisa é procurar chifre em cabeça de cavalo. Quando cito imprensa esportiva, falo de modo geral. Há uma linha editorial interessante na eitoria de esportes dos jornais, sites, rádios e tvs. Quando o Corinthians é beneficiado, o assunto não sai da pauta durante anos (vie o sposo penalti do Fábio Costa no Tinga em 2005). Já o oposto é diferente. Se o Corinthians é prejudicado, o assunto é esquecido assim que o árbitro apita o final do jogo. Dois pesos e duas medidas, sempre. Jornalistas esportivos de modo geral acreditam que a torcida do Corinthians esquece das coisas e não presta atenção nesse modo tendencioso de tratar o Corinthians. Mas, é exatamente o contrário, os corinthianos estão sempre bem atentos à maneira (na maioria das vezes negativa) com que o time é tratado pela imprensa esportiva. Em tempo, não tenho nada contra você, mas tenho direito de discordar de sua opinião, assim como discordou da minha. Democrático.

    AK: Lógico, não há problema. Continuamos discordando. Um abraço.

  • kappen

    o são paulo é tão beneficiado pelo ‘esquema’ que, quando veio jogar aqui no beira-rio, teve dois pontos garfados pelo trio de arbitragem que validou dois gols em impedimento do internacional. o intangível ‘placar justo’ seria 2 a 0 para os paulistas.

    também lembro do (meu) grêmio 1 x 0 são paulo, no br08, com gol em impedimento do perea. se o time do ricargo gomes foi ajudado no fds, isso só confirma a máxima de que a banca paga e a banca recebe.

    se vocês acham que a arbitragem ‘rouba’ mais para são paulo, corinthians, palmeiras do que para barueri, atlético-mg ou sport, talvez seja porque vocês assistem mais jogos dos primeiros do que dos demais. aliás, lamentável a atitude da afilhada daquela-rede-lá aqui no RS, ao não transmitir goiás x grêmio para os gaúchos. fui ‘obrigado’ a assitir ao péssimos clássico paulista. meus agradecimentos.

  • evaldo otto

    ..vc não é teimoso…teimoso é QUEM teima com vc….barbaridade!!!!!!!!!!!!!!!!

    AK: Existe uma diferença entre ser teimoso e ter argumentos. Um abraço.

  • Edouard Dardenne

    AK, acho quenão houve irregularidade no 1º gol do Corinthians. Quando o árbitro autorizou a entrada do Dentinho, a bola estava à direita da defesa sãopaulina, e ele, Dentinho, entrou pela esquerda. Eu não me recordo quem virou o jogo, mas foi esse jogador tricolor é que não viu o atacante corinthiano entrando em campo. No mais, acho que houve irregularidade no gol do Washington, e não houve falta do Ronaldo no gol anulado. Houve um impedimento crítico mal assinalado para cada um dos times. São vários os erros. Mas nenhum deles, na minha opinião, foi clamoroso. Não acho, por exemplo, que sejam erros evitáveis com mais treinamento e capacitação dos profissionais da arbitragem. A solução seria mesmo o apito eletrônico.
    Artilheiro perde pênalti. Isso é do jogo. Goleiro erra na saída de bola. Isso é do jogo. Árbitro também vai se equivocar. Mas aqui nós não podemos achar que estes equívocos são parte do esporte, porque não são. Se a aplicação equivocada da regra fosse parte do jogo, não precisaríamos de árbitro.
    Tem gente que ganha notoriedade com campanhas propagando que os árbitros têm um complô contra ou a favor de alguns times. Só a eles interessam os erros. Ao admirador verdadeiro do esporte, o que vale mais é a certeza de que o resultado é definido legitimamente pelos times, e não pelo assoprador.
    O resultado disso é que há pouquíssimos comentaristas com capacidade real de analisar os jogos nos aspectos técnico e tático. As tais mesas de debate, na televisão e no rádio, consomem muito mais tempo ‘debatendo’ se foi falta ou não, se houve impedimento ou não, etc.
    Fala-se quase nada sobre o atacante que foi posicionado para explorar o espaço atrás do lateral, sobre o armador que fica entre o volante e o cabeça de área, sobre a técnica numa cobrança de falta, etc.
    É uma pena.
    Um abraço.

  • Marcelo Coelho

    O tira-teima da Globo é ridículo.
    A imagem mostra uma coisa e eles colocam aqueles tracinhos coloridos onde bem entendem.
    Em tempo André, existe auxilio externo com imagens de TV na NBA?
    Abraço

    AK: Existe. Para lances nos finais dos jogos. Um abraço.

  • Marcos Vinícius

    André:

    Sobre vc ter me perguntado se o gol do Gilberto,do Cruzeiro,que estava impedido,é um dos fatos citados no meu post anterior.

    Permita-me dizer o que penso a respeito:

    Acho impedimento um dos lances mais injustos com o árbitro,ainda mais quando o impedimento é daqueles como o do Gilberto,ou como o do Washington,impedidos por poucos centímetros.O lance é SEMPRE,REPITO,SEMPRE do bandeirinha,que é o grande culpado por gols ocorridos tanto no clássico paulista quanto em BaruerixCruzeiro.Ou pelo gol de mão do Paraná contra o Ceará.

    O que me espanta,e parece que não só a mim,baseado na nota do Washington Rodrigues,é o número de penaltis marcados a favor ou não marcados contra certos times,que quase sempre são os mesmos.No jogo de quarta,no Mineirão,teve um claro e dois que os cruzeirenses juram que houveram,mas que são discutíveis.

    E,se formos procurar,a maioria dos times foi beneficiados ou prejudicados em determinados lances,a maioria impedimento,durante o campeonato.Mas penaltis,os benditos penaltis,esses são marcados prós ou deixados de marcar contra,geralmente,os mesmos times.Mas quero deixar claro que a coluna do Washington não fala sobre penais,e sim de erros gritantes.Entende-se que isso envolve penais.

    Negar que certos times,geralmente de São Paulo,são beneficiados algumas vezes,não dá.São fatos.Se os erros são tendenciosos…bem,na minha opnião são.Mas o fato é que,na dúvida,o árbitro geralmente favorece certos times.

    E vc acha que os cruzeirenses estão satisfeitos por um erro pró ter acontecido logo depois de um tão grave contra?Duvido!

    O Washington estava impedido.O Gilberto também.Ambos por poucos centímetros,mas estavam.

    O que vc acha de fazer uma estatística de erros de arbitragem ocorridos durante o Brasileirão-2009,e ver como estaria a tabela se todos os ditos erros tivessem sido marcados?

    Grande abraço.

  • Massara

    Cara, se as imagens das cestas não foram editadas, estes caras são muito feras. Mas eu acho que pelo menos algumas delas não são e não podem ser reais. É muita loucura.

    Abs.

  • Geraldo Campos

    Sobre sua réplica nos meus posts: agradeço a atitude aberta para o debate e a resposta, o que, sinceramente, acho muito legal e respeitoso! Agora, que você falou com o coração corintiano, na minha opinião, isto é nítido. Sei que é apenas opinião e você vai rebatê-la, aliás, é seu papel e no seu lugar muito provavelmente faria a mesma coisa. Mas releia seu texto. Você “afirma” os erros do árbitro como verdades absolutas vindas lá não sei de onde como não coubessem contestação ou interpretações alternativas. Também redigiu a frase de um modo particular ao qual não utiliza para escrever de outros times, veja lá: AK – “Atuação ruim do trio comandado pelo árbitro Ricardo Marques Ribeiro: Dentinho entrou em campo durante a jogada do gol do Corinthians; não houve falta de Ronaldo em Renato Silva, no que seria o segundo gol; Washington estava impedido.” – Um exemplo de lance no jogo: Dagoberto pegou um lançamento, não impedido (o juiz marcou), na cara do gol e você nem comentou! Só porque ele não a chutou para dentro das redes o que tornaria o lance convertido e, no status de gol anulado, passível de ser comentado segundo seus critérios? Tudo isto é muito vago e permite ao colunista levar a conversa para onde lhe interessa, mesmo inconscientemente. Outra coisa muito interessante… Nenhum outro jogo desta rodada com erros de juízes a serem comentados por você? Apenas este? Ah… Até aceito sua opinião de que meu argumento é bobo. Mas, no fundo, no fundo, torcer para um time não pode ser chamado de algo racional, não é? Sim, vejo que o corintiano André está lá. Acredito muito na sua honestidade como comentarista, mas não na sua não tendencialidade, porque isto está além do racional. Sério: Acho você um grande jornalista (se é que minha opinião interessa…) e tenho muito gosto em lê-lo e o interesse e zêlo com que trata seus leitores só me fazem admirá-lo ainda mais. Agora, cuidado redobrado é preciso quando se escreve do próprio time. Abç.

    AK: Sobre os lances comentados/não comentados: do mesmo jeito que teve um impedimento mal marcado de Dagoberto, teve um de Ronaldo. Também não toquei nele. Essa coisa de “ele iria marcar o gol” é complicada, não acha? Você imaginava que o André Dias faria o que fez? Portanto, preferi abordar os lances que mexeram no placar. Questão de critério.

    Sobre o que você chama de “verdades absolutas”: interpretação errada da sua parte. São apenas opiniões. É a maneira como eu vi esses lances, e ninguém é obrigado a concordar. Aliás, houve quem pensasse diferente de mim em relação à entrada do Dentinho em campo, e as opiniões discordantes estão publicadas, como deve ser.

    Sobre só ter tratado dos erros de arbitragem desse jogo: engano seu. Houve um no jogo entre Barueri e Cruzeiro, e está lá no post. Houve outro no jogo do Coritiba, e está lá no post.

    Finalmente, sobre o que você chama de minhas “tendências”: se você soubesse o que eu recebo de mensagens reclamando de “torcida” para esse time ou aquele…

    Um abraço.

  • Fred Ferreira

    André, No comentário sobre o Botafogo, acho que você usou o verbo “empatou” de forma “inapropriada”….Acho que o mais correto seria mesmo “empacou”……

  • BRUNO

    Estou lendo em muitos sites de esporte (INCLUSIVE NO LANCENET) que o lateral esquerdo Armero poderia voltar de suspensão contra o Santos (se for absolvido no julgamento) porém, o mesmo antes de ser expulso contra o Cruzeiro levou o seu terceiro cartão amarelo sendo assim ele teria de completar 2 jogos de suspensão. Espero que alguém dentro do Palmeiras repare neste fato e não o escale no domingo, pois o Palmeiras poderá ser punido. ANDRÉ COMO GRANDE JORNALISTA QUE É POR FAVOR NOTICIE ESTE FATO PARA QUE TODOS POSSAM ESTAR ATENTOS

  • Sérgio

    VERGONHA PAULISTA:

    http://globoesporte.globo.com/Esportes/Noticias/Futebol/0,,MUL1323020-9825,00.html

    29/09/09

    Blatter diz que Morumbi não pode receber jogos importantes em 2014

    Presidente da Fifa diz que estádio pode fazer parte normalmente da Copa, mas que não tem condições de ser o palco da abertura ou das semi

    Thiago Lavinas
    Rio de Janeiro

    Blatter reforça que Morumbi não terá condições de receber jogos importantes da Copa de 2014 Após cinco horas de reunião do conselho executivo da Fifa, nesta terça-feira, no Rio de Janeiro, o presidente Joseph Blatter voltou a dizer com todas as letras que o Morumbi não tem condições de receber, pelo projeto apresentado à Fifa, jogos importantes da Copa do Mundo de 2014. A cidade pleiteia a abertura da competição, já que a final vai ser no Maracanã. Mas para a entidade o estádio não atende todas as exigências do caderno de encargos.

    Blatter procurou deixar claro que isso não significa que o Morumbi está fora da Copa do Mundo. Apenas não pode receber partidas de prestígio como a abertura, a final ou uma das semifinais da competição.

    – A Fifa tem vários pontos de exigências para os jogos da Copa do Mundo. As exigências são maiores para um estádio receber a final e a abertura, caem um pouco para jogos da semifinal e assim por diante. Atualmente o (projeto do) Morumbi não se enquadra nessas exigências (para receber a abertura da Copa do Mundo como quer o Governo de São Paulo). Mas quero deixar claro. O Morumbi não está fora da Copa do Mundo. Ele só não está na categoria de receber a abertura – disse Joseph Blatter.

    A polêmica é antiga e vem desde que o Governo de São Paulo resolveu indicar o estádio para a competição. Dirigentes do Tricolor e representantes do Estado garantem que o Morumbi, após as reformas que devem durar dois anos, vai se enquadrar às exigências da Fifa. Mas a entidade, por várias vezes, já apontou problemas no estádio.

    Os representantes do comitê paulista vêm tentando apresentar alternativas para contornar os problemas apontados pela Fifa. Um deles seria arrumar 80 mil metros quadrados, que seriam destinados para áreas vips, centro de imprensa e para os equipamentos de TV. Algumas propostas foram aceitas, mas outras terão que ser reavaliadas.

    No início do mês, após ter o Morumbi criticado pelo secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, o São Paulo, em nota oficial, voltou a alegar que o estádio tem plenas condições de receber qualquer evento ligado à Copa do Mundo de 2014, inclusive o jogo de abertura. O São Paulo admite que havia pendências no projeto inicial do Morumbi, mas argumenta que todas as alterações sugeridas no segundo seminário das cidades-sede, realizado em 21 de agosto, no Rio de Janeiro, foram enviadas à Fifa.

    Brasília aparece atualmente como a cidade mais forte para receber a abertura da Copa do Mundo. Belo Horizonte também já demonstrou o desejo de inaugurar o evento

  • Ricardo Pires

    André, você tem uma paciência de elefante! Eu já teria chutado o balde há muito tempo… parece que a maioria das pessoas que passam pelo blog, que sem dúvida é o melhor que tem na praça, exatamente por permitir o debate, estão atrás de briga. Credo! Mas eu entendo… eu mesmo já escrevi movido pela revolta e impulso de momento. Não o faço mais. Pelo menos deveriam aprender com os erros.

    A birra que o Brasileiro tem com os àrbitros só é pequena quando comparada à que tem com a imprensa. Existem muitos jornalistas ruins e sem critério? Sim. Como existem advogados (vixe, e como existem), banqueiros (nossa mãe do guarda, como dizem nós Mineiros!), políticos (no comments), médicos (essa dói) e por aí vai.

    Admiro sua capacidade de argumentar, sempre em tom profissional e sóbrio, com tamanha ignorância e falta de percepção.

    Congrats!

    Abraço

    AK: Obrigado pelo comentário. Vamos em frente. Um abraço.

  • Leonardo Pires

    André, realmente é de se admirar a sua capacidade de administrar as inúmeras críticas, muitas vezes irracionais, postadas aqui no seu blog. Certamente o seu espírito aberto ao debate contribui para isso. Esse fato, aliado à qualidade dos comentários postados por vc, faz deste blog realmente imperdível.

    AK: Obrigado. Um abraço.

MaisRecentes

Em frente 



Continue Lendo

Acordo



Continue Lendo

Futilidade



Continue Lendo