COLUNA DOMINICAL



(publicada ontem, no Lance!)

SUGESTÕES PARA O BRASILEIRO

Tenho uma proposta para meus camaradas editores do Lance! (já encaminhei a mesma aos companheiros de Espn). Em nome da sanidade da cobertura dos jogos do Campeonato Brasileiro, e como estímulo para um comportamento mais generoso dos técnicos e dirigentes dos clubes, podemos estabelecer uma regra para declarações sobre arbitragens. Não é nada muito complicado: até o final do campeonato, nenhuma reclamação será publicada, enquanto não ouvirmos um clube BENEFICIADO criticar a atuação do árbitro.

Tem de ser algo absolutamente claro, tipo essa aqui, do técnico, abrindo sua entrevista coletiva pós-jogo: “hoje tivemos três pênaltis marcados a nosso favor, que não aconteceram. Os dois gols anulados do nosso adversário foram legais, portanto nossa vitória por 3 x 0 foi injusta. Não é agradável vencer dessa forma, por isso nos solidarizamos com o adversário, e pedimos uma atitude da comissão de arbitragem com relação ao árbitro do jogo de hoje. Não é possível continuar assim.” E depois essa, do dirigente, pedindo para participar da entrevista: “Hoje foi a terceira ou quarta vez que esse árbitro nos beneficiou. Já havíamos pedido para que ele não fosse mais escalado em nossas partidas, porque fica parecendo uma coisa orquestrada para nos favorecer. (enervando-se e elevando o tom de voz) O Tabajara não aceitará mais tantos erros, curiosamente do mesmo árbitro, sempre nos ajudando em lances capitais. Faremos um protesto formal na CBF.”

Que tal? Parece loucura, eu sei, mas pelo menos é diferente. E é mais honesto (ainda que honestidade não possa ser fracionada) do que a eterna criminalização das meias pretas. Porque não há mais resultados limpos, não há mais derrotas justas, não há mais relação entre os defeitos de um time e o placar negativo ao final do jogo. A falha do zagueiro mal posicionado é esquecida, em nome do impedimento (de clamorosos 7 centímetros, uma vergonha!!) não marcado. A irresponsabilidade do volante desmiolado, que se lançou num carrinho bélico dentro da área, é ignorada porque ele pegou a bola também. Pênalti inventado…

Os árbitros brasileiros (que não são profissionais, que trabalham sob a supervisão de uma comissão que não é independente, etc, etc e etc…) são como bovinos numa praça de touros. Estão destinados ao sacrifício público. Suas atuações são analisadas sob a ótica covarde dos replays em câmera lenta, recursos unicamente utilizados contra eles, jamais a favor. E aí se vota pelo prazo da suspensão, que é anunciada para aliviar as jugulares dos que se consideram sempre lesados, mas sofrem de amnésia instantânea quando o erro do apito é parceiro.

Evandro Rogério Roman, que não é um bom árbitro e foi mal na quarta-feira no Mineirão, levou 30 dias de “reciclagem”. Nada mais foi explicado e a imaginação do torcedor fica liberada para decidir que houve cinco pênaltis no jogo. Houve um.

Deixamos uma proposta para os ternos que comandam os apitos: instalem uma microcâmera na testa dos árbitros. Pelo menos a análise será feita sob o ponto de vista correto.

Ou coloquem as imagens da TV para ajudar, em vez de atrapalhar.



  • Ricardo Pires

    André, muito boa a coluna e melhor ainda a idéia. De fato fica facil reclamar quando o time é prejudicado e utilizar tais erros para esconder a (em muitos casos) incompetência do ataque ou a fragilidade da defesa do time supostamente “garfado.”

    Eu, como Cruzeirense, admito que ontem foi a vez do pobre e valente Barueri ser operado. O gol do Gilberto foi em total impedimento e o pênalti existiu, apesar de poucos juizes terem a coragem de apitar – principalmente depois da semana polêmica e aos 42 do segundo tempo. O P.C Oliveira marcaria. Ele deveria ser clonado…

    A arbitragem no Brasil é simplesmente ridicula. Provavelmente a pior do mundo. Isso no pais do futebol.

    Uma lastima. Eu jah desisti. Enquanto a FIFA nao aprovar a utilizaçao da tecnologia para evita tais injustiças, vamos nos sentir eternamente injustiçados pelos amadores homens do apito.

    Abraço

    AK: Como alguém já disse aqui, a banca paga e a banca recebe. Um abraço.

  • mauro alvim

    Caro André esta proposta é ótima, mas a imprensa estaria delegando aos outros o que poderia ser feito por ela. Eu teria outra proposta; os jornalistas deveriam,para comentar um suposto erro de abitragem, usar menos a opinião e mais a rasão. Afinal temos a regra do jogo, imagens de todos os angulos da partida e sobretudo tempo. Ela, a imprensa, não tem a urgencia que os árbitos tem para decidir. Jornalistas sérios, cometem erros graves e não percebem. Caso você queira podemos provar. Um abraço.

    AK: A questão não é essa. Quando a imagem é usada apenas contra o árbitro, o julgamento (por todos) já está feito. Por isso sou a favor do uso da tecnologia para auxiliar a arbitragem. Um abraço.

  • Francisco

    Boa sorte com sua proposta e iniciativa. Infelizmente, na minha impressão não são apenas os times beneficiados pela arbitragem que obtém vantagens das más atuações dos árbitros. A própria imprensa esportiva teria muito menos matérias a publicar se não houvesse polêmicas no futebol, pois há uma grande massa de torcedores afoitos por opiniões de ‘especialistas’ para balizar sua própria opinião quando seu time do coração é beneficiado ou prejudicado. Paradoxalmente, o esporte mais popular do planeta será o último a ser levado a sério…

  • mauro alvim

    A questão é justamente essa. No manto da opinião tudo pode se abrigar; o erro e o roubo. Tudo que o canalha quer é estar diluido nesta geleia. Por tanto prudencia da parte da imprensa é fundamental, dar opinião é pouco é preciso ter rasão.

  • Anna

    A arbitragem está tomando um espaço que não lhe cabe. O espetáculo tem que ser dos jogadores. Se checam as imagens depois do jogo, por que o recurso eletronico nao pode ser usado durante? Sou a favor da arbitragem eletronica e sua proposta e bem interessante.

  • Rejane

    Excelente coluna! Faltou falar dos jogadores que se jogam na área numa tentativa do árbrito marcar um pênalti, nessa hora esses jogadores se tornam excelentes atores! O mais engraçado é que quando o árbitro caí nesse tipo de armação, ele é o mais criticado enquanto que o jogador ator é o menos falado! Acho que a honestidade tem que partir do técnico beneficiado e dos jogadores que estão em campo!

  • Wanderson

    Que fico chocado com que vejo nos jogos (pior ainda pois torço para Botafogo) e leio, escuto e vejo na tv. Não se trata apenas de quem reclama, pois tudo que é falado sobre os juizes de nosso futebol Brasileiro.

    Erra é humano e logico, pois ninguém é perfeito. Mas tem algo errado e faz muito tempo. O pior e que as pessoas que organizam e fazem cobertura do futebol estão sempre dando um jeitinho para diviar o assunto, como esta coluna.

    Isso me faz lembra o episodio do jogo entre Botafogo e Flamengo. Onde os jogadores, treinador, dirigentes e torcedores choraram por causa dos diversos erros dos juizes contra o clube e em jogos do Flamengo.

    Qual foi assunto mais falando. O fomoso chororo! E assim seguiu a vida e nosso futebol.

    Fato que depende dos interesses e dos clubes envolvidos. No caso foi o Flamengo.

  • Luiz Guilherme

    André, então dê uma olhada em uma notinha pós rodada publicada por você em 2008:

    24.nov.2008
    NOTINHAS PÓS-RODADA
    por André Kfouri

    O BR-08 está aberto. Muita coisa pode acontecer, ainda. Vagas na Libertadores, na Série B… Mas o TRÍtulo já tem dono. As notas, voltando até quinta-feira passada: * Pintado estreou no Figueirense com uma vitória (4 x 3 no Náutico: Felipe-2, Tadeu, Cleiton Xavier, Vagner, Diogo e Bruno Perrone – 5.518 presentes no Orlando Scarpelli) dramática, como ainda é a situação do time catarinense na tabela. * O Náutico deve ao Vasco sua posição fora do calabouço. * Quinta rodada seguida sem vitória do Botafogo (2 x 2 com o Atlético Paranaense: Lucio Flávio, Alan Bahia, Zárate e Antônio Carlos – 2.794 pagantes no Engenhão), que não tem mais objetivos ou preocupações. * O Atlético tem, as últimas. Mas o cenário já foi pior. * Jogo que acaba em 0 x 0, muitas vezes, nem precisa ser comentado. * Não foi o caso de Portuguesa x Goiás (3.673 pagantes no Canindé), uma clínica de gols perdidos ministrada pelo time da casa. * Keirrison ficou sete jogos sem marcar um gol. Resolveu fazer 4 na goleada que garantiu o Coritiba (5 x 1 no Santos: Ariel e Molina – 11.455 pagantes no Couto Pereira) na Copa Sul-Americana de 2009. * O Santos, que ainda precisa de pontos, deve ficar pensando se Keirrison tem prazer especial em vitimá-lo: ele fez os 3 gols nos 3 x 1 do primeiro turno. * As chances de título do Grêmio acabaram (4 a 2 para o Vitória: Anderson Martins-contra, Leandro Domingues, Willians, Jackson, Marcelo Cordeiro e Souza – 9.515 pagantes) no Barradão. * O árbitro Héber Roberto Lopes (que, de acordo com o gremista Jean, gosta de provocar jogadores) não deu um pênalti para o Grêmio, mas acertou na expulsão de Amaral. * A sexta vitória (2 x 1 no Vasco: Jorge Wagner, Madson e Hugo – 21.634 pagantes em São Januário) seguida – décima-sexta rodada invicta – transformou o tricampeonato do São Paulo em uma questão de dias. * O mesmo vale para o rebaixamento do Vasco. * O Cruzeiro ganhou (3 x 2 no Flamengo: Fernandinho, Ibson, Thiago Ribeiro, Obina e Ramires – 50.789 pagantes no Mineirão) o melhor jogo da rodada. * Que o árbitro Carlos Eugênio Simon estragou ao não marcar pênalti em Diego Tardelli. * Este blog não acreditava na salvação do Fluminense, dono da tabela mais cruel entre os últimos colocados. * Mas a vitória (2 x 0 no Internacional B: Romeu e Washington – 7.481 pagantes no Beira-Rio) em Porto Alegre praticamente garantiu o vice-campeão da América na Série A. * Sport x Atlético (3 x 0: Durval e Ciro-2 – 13.871 pagantes na Bombonilha) foi como alguns jogos da NBA. Só foi necessário ver os minutos finais. * Gols aos 37, 40 e 44 do segundo tempo. * O Palmeiras não precisou jogar bem para vencer (2 x 0: Kléber e Pierre – 10.042 pagantes no Palestra Itália) o Ipatinga. * De volta à área-vip, tem duas rodadas (Vitória fora, Botafogo em casa) para permanecer – o que era tido como um fato antes do campeonato começar.

    Categorias: Sem categoria25 comentários »

    Observe bem a parte em que você fala do jogo Flamengo x Cruzeiro. ” O Cruzeiro ganhou (3 x 2 no Flamengo: Fernandinho, Ibson, Thiago Ribeiro, Obina e Ramires – 50.789 pagantes no Mineirão) o melhor jogo da rodada. * Que o árbitro Carlos Eugênio Simon estragou ao não marcar pênalti em Diego Tardelli”

    Você disse que o árbitro estragou o jogo ao não marcar um pênalti.

    Agora, um ano depois, o Cruzeiro reclama de penaltis não marcados em um jogo contra o Palmeiras e vc diz que os dirigentes e torcedores e técnicos são parciais, e culpam o árbitro pela derrota.

    Pois bem, porque será que quando o erro prejudica Flamengo ou Corinthians, vcs comentaristas detonam o árbitro, como aconteceu nesse episódio com o Simon em 2008, e quando o lance prejudica um time de MG, RS ou qualquer outro estado, nós é que estamos usando “o velho argumento do eixo do mal RIO SP” ? Não acho que exista favorecimento aos times paulistas e cariocas na arbitragem, erros acontecem porque errar é humano.

    Só acho que os lances polêmicos são tratados de maneira diferente pelos jornalistas desses estados.

    Quando prejudica o Flamengo, o árbitro “estraga” um belo jogo. Quando prejudica o Cruzeiro, “ah, os torcedores e dirigentes mineiros são reclamões”.

    AK: Esqueceu que o Cruzeiro ganhou ontem com um gol ilegal, né? Memória seletiva é assim mesmo. Mas te agradeço por me lembrar do que eu mesmo escrevi. O tal pênalti no Tardelli foi um dos lances mais polêmicos do BR-08. Eu achei que foi, por isso escrevi. Sobre a sua dúvida a respeito da cobertura da imprensa, permita-me uma sugestão de leitura: nos links recomendados pelo blog (à direita), clique em “IUPST”. Um abraço.

  • Rafael Tamashiro

    “Rasão”

    Bom, na NFL os árbitros às vezes consultam o vídeo, já nos Grand Slams, há o desafio eletrônico/”tira-teima”. No mundo ideal as câmeras deveriam estar presentes em todos os jogos, mas questões financeiras e estruturais, entre outras, impede que isso aconteça no momento. E esperar que uma entidade reacionária como a FIFA permita um avanço tecnológico desses é o mesmo que esperar ética do senado federal. Mas milagres podem acontecer.

    Até lá, a crueldade com os juízes vai continuar ocorrendo, diante de trocentas câmeras em campo hoje em dia. O fato de jogadores, técnicos ou dirigentes não reclamarem a marcação do árbitro é pertinente: se nem as vítimas exigem punição, quem seríamos nós a reclamar?

    Agora, outra questão: às vezes a marcação errada pode servir para tornar mais justo o resultado de um jogo no qual o time beneficiado foi melhor em campo. Mesmo que irregular. O gol de pênalti do Coritiba no Couto Pereira foi injusto, pois o Palmeiras foi superior, ou melhor, nenhum dos dois merecia ganhar…

    E outra, a qualidade para assimilação de imagens do olho humano é de longe inferior a qualidade de um sistema de vídeo. Nesse momento, 16h:35m de domingo, vejo dois impedimentos mal marcados, um para o tricolor e outro do Corinthians. Há lances quase impossíveis e outros mais fáceis para um ser humano(sim, o juiz também é gente) poder avaliar. [ ]’s

  • Doutrinador

    Se você, assim como aqueles que estão fazendo a cobertura do jogo na TV aberta, me disser que o gramado do Beira Rio tem condições de jogo hoje, desisto do futebol.

    Vergonha.

  • Ricardo Pires

    Luiz Guilherme,

    Cara, você estah sendo injusto. No texto do André apos o jogo da ultima quarta, ele disse que a anta-Roman estragou sim o jogo ao nao marcar o pênalti no Fabricio. Sou Mineiro, mas acho um saco esse complexo de perseguiçao que a maioria adora exercer contra a imprensa. Mesmo que isso existir, e dai? Basta parar de acompanhar as noticias e ler somente o que for publicado em âmbito Estadual. Mas nem aih resolve. A maioria falaria entao que a imprensa local é Gremista, Colorada, Atleticana, etc.

    Chega disso!

    AK: Obrigado. Um abraço.

  • Anna

    O arbitro nao pode decidir se deve ou nao haver jogo? Esse jogo fla e inter é um jogo de pólo aquático de quinta categoria. Não devia acontecer a partida. Alguem pode até se machucar. 🙁

  • Luiz Guilherme

    Não André, eu não me esqueci que o Cruzeiro ganhou com um gol ilegal ontem. Aliás, não sei se você percebeu, mas eu postei justamente criticando essa postura de alguns comentaristas. Ontem disseram que o Cruzeiro ganhou com erros de arbitragem. Na quarta feira, disseram que houve erros de arbitragem, mas que o Palmeiras ganhou porque tem cara de campeão.

    Realmente aconteceram erros de arbitragem ontem. Aliás foram dois. Mas na quarta feira, aconteceram também muitos erros, e vocês da imprensa, jornalismo, IUSPT, SUPITA, ou qualquer outro nome pelo qual vcs prefiram ser chamados, fizeram questão de falar que foi chororô do Cruzeiro.

    Faça me o favor né?

    AK: É “IUPST”, e explica a maneira como você está se sentindo. Você deveria me agradecer. Um abraço.

  • luLa_Dodói

    “E esperar que uma entidade reacionária como a FIFA permita um avanço tecnológico desses é o mesmo que esperar ética do senado federal. Mas milagres podem acontecer.”

    kkk É vero, Rafael. rs rs rs Nem o diacho do spray pra marcar a barreira a Fifa permite.

    —-
    Com a globo transmitindo, Fla vs Inter aconteceria até debaixo de granizo, certo? rsrsrsrs

  • evaldo otto

    sim! o cruzeiro ganhou com um gol impedido….manchete do lancenet ¨cruzeiro ganha jogo dos erros¨…palmeiras ganha ,daquele jeito no meineirão, manchete do lance ¨palmeiras heróico,com raça,vira sobre o cruzeiro¨ imprensa baba ovo!!!!!!!!

  • evaldo otto

    …jornalismo tem que ser imparcial…estava um passageiro brasileiro num ponto de ônibus na áfrica do sul,o racismo,diziam, estava extinto!Misturado com ele haviam vários pessoas da raça negra e brancos também…Chega o ônibus e ele pergunta ao motorista…o ônibus é para brancos ou negros? diz o motorista,para mim todos são verdes…nisso vai subindo um senhor negro que é interrompido pelo mesmo,primeiro os verdes mais claros!!!!!…continuo com minha opinião…IMPRENSA BABA OVO!!!!!!!!

    AK: Clique em “IUPST” e leia. E depois releia. Você vai ver como se sentirá melhor a cada vez. Um abraço.

  • evaldo otto

    …IMPRENSA BABA OVO!!!!!!

    AK: Ainda não melhorou?

  • evaldo otto

    OPA!… ESQUECI…UM ABRAÇO!!!!

    AK: Ah, agora sim… não falei?

  • Henrique

    Essa ideia é revolucionaria, mas como quem esta comandando o futebol é reacionario, nunca aconteceria…
    Abç

  • Anna

    André, não aguento com sua fina ironia. 😉 Boa noite!

  • BASILIO77

    Na medida em que duas das principais redes de TV que transmitem e debatem o futebol contratraram ex-arbitros SÓ para comentar o desempenho dos homens de preto, a coisa só tenderia a piorar mesmo.
    Criar um “placar paralelo” ao placar real de fato, é uma imbecilidade.
    Analisar os erros da arbitragem apenas levando em conta “lances capitais”, sem observar outras nuances que podem acabar por influenciar o jogo é mais um erro comum dos que adoram a polêmica pela polêmica.

    Quem não souber conviver com os erros do homem do apito é melhor acompanhar outro esporte…o que será bem difícil…já que até nos resultados do surf tem discussão.

    Abraço.

  • Rafael Tamashiro

    Deixem como está, porque sem esses erros de arbitragem não haverá mais assunto para comentar nem intrigas para investigar, ou seja, não havera notícias boas para veicular… só não é legal quando acaba em chororô e coisas assim, que é vexatório…[ ] ‘s

  • Lama

    “a imaginação do torcedor fica liberada para decidir que houve cinco pênaltis no jogo. Houve um.”
    Quanta arrogância!Como se a opinião ou “imaginação” do torcedor fosse pior ,menos inteligente ou menos crítica do que a dos jornalistas.Menos,André…vocês não são os donos da verdade.São jornalistas,alguns competentes(como é o seu caso) e outros não!Abraço

    AK: Entendeu errado, amigo. Roman foi punido por não marcar UM pênalti. Essa foi a opinião da Comissão de Arbitragem, que deveria ser melhor explicada ao público. Menos raiva, companheiro. Um abraço.

  • Bruno Assunçao

    A ideia é boa
    Mas como um cara disse deveria leve essa ideia pra imprensa tambem
    sou paulista sou torcedo da ponte
    e eu vi 2 penaltys claros no cruzeiro contra o palmeiras
    no Kleber foi clarissimo o jogado foi puxado com a mao e com isso foi deslocado
    e um no volante do cruzeiro que ia chuta e levou uma voadora na perna
    pegou sim o jogado do cruzeiro e era lance pra expulsao
    como vi o que o cruzeiro ganhou roubado do barueri com o gilberto claramente impedido

    entaum a questaum que me entra em duvida é
    pq trataram as duas coisas de forma diferentes?
    os lances que ajudaram o palmeiras foram tratados como nada e choro do povo la de minas
    o lance que ajudou o cruzeiro foi tratado com pedrada querendo que jogado treinado vai da entrevista

    é claro que um time que foi favorecido nao vai reclama disso
    o palmeiras reclamo?

    entaum na minha opiniao devia era muda sim a imprensa
    tratando erros da msm maneira
    se foi penalty pro goias contra o palmeiras nao marcado tem que ser justo e fala que foi penalty que prejudicou o goias
    se foi penalty pro palmeiras contra o goias nao marcado tem que ser justo e fala que foi penalty e prejudicou o palmeiras

    pelo que eu li nos comentarios em alguns blogs nao so nesse
    é isso que muita gente quer
    que usem o msm peso e medida pra todos
    seria mais justo e acabaria com essa fama que times paulistas e cariocas saum ajudados e ninguem fala nada.

  • Guilherme

    “instalem uma microcâmera na testa dos árbitros. Pelo menos a análise será feita sob o ponto de vista correto”? Aí você está assumindo que o árbitro está sempre no lugar correto… Se ele estava mal posicionado no lance e por isso nao foi capaz de fazer a marcacao correta, continua sendo falha do árbitro! Microcâmera nao resolve o caso…

    Abraco

    AK: Se o árbitro estiver mal posicionado, isso ficará claro na imagem aberta, não acha? Eu entendo que a visão do juiz deve ser levada em conta. Um abraço.

  • Alex

    Andre,

    Concordo que os clubes e principalmente os técnicos colocam muita culpa por derrotas na arbitragem, mas não tem como fechar os olhos para o nível baixíssimo dos árbitros e bandeiras.
    Os apitadores não gostam de jogo correndo, param o jogo o tempo todo para não se complicarem e os bandeiras têm apenas uma função em campo, marcar impedimento, mas não conseguem fazer isso!!!
    Para facilitar a vida e acbar com 80% das polêmicas, sugiro acabar com o impedimento!!! Seria bem mais fácil!!! Talvez o início de um futebol diferente, mas o volei mudou e muito as regras e continua interessante!!

  • MAURO ALVIM

    Caro André. Só existe polemica no penal no Tardele, por falta de rasão. Com duas imagens e umas seis perguntas provariamos o penal. Não haveria polemica. BOM DIA.

  • Nilton

    Andre, referente a possibilidade de ser usar uma camara na testa do arbitro, eu já tinha pensando, o unico problema seria, que se o arbitro estivese olhando de lado a imagem que apareceria não seria a mesma que ele viu, porem os comentaristas de TV teria seus trabalhos dificultados.
    Mas um detalhe que muitos torcedores não “sabe” ou não pensa é que a maioria dos comentaristas são do eixo RJ-SP e a maioria escreve pensando nos torcedores destes estados, que são os que pagam os salários. Sendo que a seguinte manchete “O Cruzeiro é prejudicado no jogo mais importante da rodada” vende mais jornal em Minas do que em SP. O resto é apenas ponto de vista, como dos tecnicos que vive reclamando de erros dos outros, mas não tem coragem para dizer e/ou por um Bill ou Souza para treinar finalização (Eles precisam e muito) ou um Andre treinar recuou de bola para o goleiro ou a tira de bicudo uma bola na grande area. O Richarlyson já deve ter apendido a recuperar uma bola perdida no meio de campo.

  • M. Silva

    Caro André,

    você freqüentemente rebate certos comentários que se referem à “imprensa”, argumentando, não sem razão, que “a imprensa” não existe. Não seria então honesto responder também ao primeiro comentário do Evaldo Otto, no qual ele aponta uma diferença significativa de tratamento destinada pelo Lance às vitórias do Cruzeiro e Palmeiras, em vez de apenas destilar sua ironia nos comentários subseqüentes?

    Aproveito para parabenizá-lo pelo blog.

  • Rafael Oliveira Borges

    Não podia ser uma sugestão mais genial.

  • Mauro Alvim, no lance do Tardelli pelo Flamengo, a ESPN mostrou uma câmera invertida no dia seguinte que mostra que não houve contato. Se os lances fossem simples de definir como certo ou errado, não precisaria nem de juiz.

    André, ouvi o Marsiglia falando com seu pai no CBN EC e fiquei com uma pulga atrás da orelha. Ele disse que como a regra do futebol é muito interpretativa, colocar dois juízes em campo só ia atrapalhar o jogo, pois o que valesse de um lado podia não valer do outro. Daí extrapolei para a sua proposta de apito eletrônico: imagina o Paulo César de Oliveira, o Simon e o Vuaden na cabine. Eles não iam concordar em lance nenhum! Era capaz de no lance do Miranda com o Fernando, um dar penalti (o PC), um não dar nada (o Vuaden) e outro dar falta do Fernando (o Simon)…

    AK: Com três árbitros na cabine, uma decisão sempre será tomada. Sobre o pênalti no Tardelli, em 2008: para mim houve contato do Léo Fortunato (joelho na coxa) e foi falta. Um abraço.

  • Bebeto

    Bom dia, Srs:
    Incrível: Ninguém comentou que se não fosse a atuação do arbitro da partida realizada no morumbi, o time da floresta não estaria mais no G4…
    Acho que faltou dar mais importância e sem arrogância aos outros clubes, como Atlético-MG…e que o time da floresta ao invés de criticar quem está a frente, deveria se preocupar com quem está atrás…
    “Opsss”…Aí “florestas”, não deixem o sabonete cair….que o pessoal está bem atrás …

    Inté, camaradas…

  • Bebeto

    Só complementando,…

    Futebol sem polêmica, não é futebol e sim vídeo game :FIFA 2006, FIFA 2010 …

    Abraços

  • MAURO ALVIM

    Caro Eduardo; você está enganado. Houve o contato e eu consigo provar.
    Procure no YOU TUBE: erros de abitragem CRUZEIRO FLAMENGO. Repare na imagem da cãmera de baixo e responda;
    1- podemos afirmar que não houve o contato?

  • MAURO ALVIM

    Eduardo Mion.
    A Imagem que quero é uma com o comentário de Mrcio Resende de Freitas. UM ABRAÇO.

  • MAURO ALVIM

    http://www.youtube.com/watch?v=HrvcyDRkFFo

    este é o video.
    Podemos afirmar vendo esta imagem que não houve o contato?

    AK: Amigos, estamos aqui falando de um lance de novembro do ano passado? Sério? Há opiniões diferentes sobre ele (a minha, como escrevi à época, é de que FOI pênalti – com o braço e com a perna esquerda), e não acredito que alguém mudará de idéia. Um abraço.

  • MAURO ALVIM

    Estamos falando a mesma coisa. Eu não quero mudar sua opinião. Queria apenas, com sua ajuda, assinalar um festival de erros cometidos pela ESPN BRASIL neste episódio ocorrido ano passado. Estou falando sério. Meu objetivo não é comentar o erro do Simon. Traser este video é apenas uma estratégia. Meu objetivo é questionar, como um entrevistado pode dar duas versoes para o mesmo fato e ninguem questiona-lo sobre isso. EMEE

    AK: A imagem da ESPN Brasil, para muita gente, mostrou que não houve pênalti. Comentaristas que trabalham no canal, e disseram que o pênalti tinha acontecido, mudaram suas opiniões com base no replay da linha de fundo. Qual é o problema? Onde está o “festival de erros”? Eu trabalho na ESPN Brasil (não estava na posição em que estou hoje, na qual posso dar minha opinião), achei que foi pênalti na primeira imagem que vi, escrevi aqui que foi, e não mudei de opinião quando vi o replay. Aliás, a imagem só me confirmou que foi pênalti. Seria mais interessante se você fosse claro sobre quem está falando. Um abraço.

  • MAURO ALVIM

    Eu queria entender a fala do Simon no blog do Pvc. Ele diz: “Não ha o penal, ha o choque, mas fosse ou não o jogador do cruzeiro o Tardeli cairia de qualquer maneira”.
    Como pode alguem dizer que não, e afirmar que sim ao mesmo tempo?
    Se há o choque e o choque derruba o TARDELI, só o toque na bola seria argumento para ele não marcar o penal.
    Esta entrevista foi dada ao PVC antes do aparecimento da cam~era exclusiva da ESPN.

    Para minha surpresa em entrevista ao ESPORTCENTER Simon diz em sua primeira fala: NÃO HÁ O CHOQUE.

  • Prezado André
    Tua proposta sería excelente, se fosse em outro pais, que não tenha os dirigentes que nos temos aqui, agora algo parecido ocorreu com um dirigente honesto, que é o respetabilisimo Sr. Presidente do Palmeiras, que falou ao vivo em todas as midias, que o entrevistaram, que foi penalti do Jumento Jumar, no jogo do Cruzeiro, dirigentes como ele, é o que o futebol Brasileiro precisa, Concorda?
    Abraços
    Arnoldo

  • mauro alvim

    Caro André,
    são estes os erros:
    1- Não interpretar a fala do entrevistado.
    2- Não confrontar as falas do mesmo.
    3- Deixar que a empolgação com um possivel “furo”comprometa a “investigação.

    Um abraço.

  • Rafael TAmashiro

    Na verdade, os jogadores deveriam usar uma roupa especial impregnada de sensores nanotecnológicos que captariam todo e qualquer tipo de força externa abusiva. A bola, assim como todos os outros elementos do jogo também deveriam ser monitorados electronicamente. Isso em 2109, aprovado pelo genro de Ricardo Teixeira…

  • mauro alvim

    Caro André; a demora em publicar o comentário é devido a confirmação dos dados?
    Caso voc~e ache necessário posso confirmar minha identificação. Nome,CPF, identidade, telefone. Não é ironia.

  • Anna

    Por essas e outras que deveria ter arbitragem eletrônica… Uma dúvida suscita tanta coisa e tanta discussão… 😉

  • mauro alvim

    É SÓ?

    AK: Só o quê?

  • adson

    AK, me desculpe mas acho que vc ” Mascarou” !!! Já reparou que vc nunca erra ??? É o mestre dos mestres, a última coca-cola do deserto, o rei da informação precisa… Acho que seus seguidores baba-ovos te estragaram… A humildade é uma virtude e suas respostas irônicas e evasivas demonstram que vc encontra-se a anos-luz de reconhecer esta verdade!!!
    Ps. Permita-me dizer que este papo de IUPST já cansou, vê se arruma outra babaquice para ironizar suas respostas arrogantes. Sinceramente acho que vc deveria se ater a NBA e Tênis onde os recursos tecnológicos estão tão avançados como vc!!! Deixe o futebol para os “Menos Instruidos”, o esporte bretão não merece um gênio como vc, muito menos nós, simples mortais….
    att
    AC

    AK: Fala DC! Sua opinião a meu respeito é seu direito. Me diverte, mas é seu direito. Já sua opinião sobre a IUPST me dá a certeza de que as coisas estão no caminho certo. Alvo atingido. Permita-me lembrá-lo de que este blog é uma porta aberta, mas só entra quem quer. Um abraço.

  • mauro alvim

    Eu só pensei que você fosse comentar.Concordando ou não. Seria importante saber de ti, se não confrontar a falas de um entrevistado seria um erro.
    um abrço.

    AK: A pergunta poderia ter sido feita. Mas isso é mais importante do que a sua opinião sobre o lance? Um abraço.

  • mauro alvim

    Você se engana, sobre este lance eu não tenho opinião;tenho certesa; foi penal e posso provar. É pena que ninguem tenha coragem de debater.
    Não estudei jornalismo, portanto não sei, se seria erro, incompetencia, má fé de um jornalista, de uma emissora não confrontar e interpretar as falas de um entrevistado.
    Não inventei os personagens, Carlos Eugenio Simon em entrevista ao blog do Paulo Vinicius falou esta “maravilha” Há o choque mas fosse ou não o jogador do cruzeiro o Tardeli cairía de qualquer maneira” , e Carlos Eugenio Simon em entrevista ao Esportecenter. “NÃO HÁ O CHOQUE”.
    Agora lhe respondendo: A minha opinião ou minha verdade não servem para nada, eu sou apenas um homem comum.

    AK: Eu também. Um abraço.

  • Guilherme

    “Se o árbitro estiver mal posicionado, isso ficará claro na imagem aberta, não acha? Eu entendo que a visão do juiz deve ser levada em conta”. Nao entendi… Se ficar claro na imagem que o árbitro estava mal posicionado, qual decisao será tomada? Suspensao e reciclagem? E se ele estiver bem posicionado? Cadeia? Claro que nao… No fim das contas ele será suspenso e mandado para a reciclagem da mesma forma, já que a imagem nao mostrará se ele foi “comprado” ou nao…

    AK: Se ele estiver mal posicionado, o ponto de vista dele não poderá ser levado em conta.

MaisRecentes

Abraçados



Continue Lendo

A diferença aumentou



Continue Lendo

Sabotagem



Continue Lendo