NOTINHAS PÓS-RODADA



Fechando a alviverde vigésima-quinta rodada:

* Os resultados do fim de semana animaram o Palmeiras, que foi ao Mineirão e abriu (2 x 1 no Cruzeiro: Thiago Ribeiro, Diego Souza e Vágner Love – 26.282 pagantes) três pontos na liderança isolada.

* Fábio não pode levar o gol de falta que levou.

* E agora, senhoras e senhores, o que todo mundo quer comentar. Os pênaltis:

Wendell em Kléber – não foi por isso que Kléber caiu, mas o puxão é visível pela TV. Não dá para dizer se o árbitro viu. Mas puxão é falta, e dentro da área é pênalti.

Jumar em Fabrício – 100% pênalti.

Figueroa em Diego Renan – nada.

Conclusão: não foram 3 pênaltis não marcados. No lance com Kléber, não dá para crucificar o juiz. No lance com Fabrício, Evandro Rogério Roman estragou o jogo.



  • Fabricio

    Olá André,
    houve um quarto pênalti que foi o lance do Guerrón, na expulsão do Armero. Ele estava claramente dentro da área, gostaria que você comentasse esse também.
    Grato

    AK: Armero em Jonathan, né? Achei que foi fora. Um abraço.

  • Ricardo Pires

    Pois é André. Difícil. Dá muita tristeza ver um juiz mudar a história do jogo assim. Eu também acho que o lance do Diego Renan não foi pênalti, mas os outros dois foram claríssimos. Fosse um àrbitro de peito, como o P.C de Oliveira, teria marcado. O no Fabricio, inclusive, tirou-o do jogo. No lance da expulsão, uma câmera mostra que a falta foi dentro da àrea. Aí vai o terceiro pênalti.

    Outro lance capital: você acha que a falta que originou o gol de D.Souza existiu? Eu não. Até porque houveram outras durante o jogo e ele não teve o mesmo critério. Henrique vai claramente na bola. Na Europa o juiz nem considerava. Claro que o mão de cebo do Fábio falhou mais uma vez, mas não justifica.

    Detesto reclamar de arbitragem e detesto mais ainda teorias de conspiração. Mas que os juízes tendem a beneficiar as equipes de São Paulo, lá isso tendem. Não sei se trata-se de coincidência ou pilantragem. Sabendo como é sórdido o meio do futebol, nada me surpreende, até porque já tivemos muitos escândalos há não muito tempo atrás.

    E como sabe armar uma retranca esse tal Muricy…

    AK: Com relação à falta que originou o gol, a meu ver não há dúvida: foi falta. Um abraço.

  • leonardo atleticano

    André, de três erros vc já reduziu para um, um erro em noventa minutos é mais que aceitavel, então passa a régua e segue a vida. Ontem minha torcida era para ocorrer um empate e serem expulsos 06 de cada lado. Impressionante como vencer descaradamente roubado já não causa vergonha em paulistas, tudo segue na mesma tranquilidade.

  • EDUARDO

    E a falta que culminou com a expulsão do jogador Armero. Pela imagem quando o pé do Armero acerta o jogador do cruzeiro ele está em cima da linha, logo é penalti.. ou seja 3 penaltis não marcados

  • Massara

    O pênalti não marcado em cima do Fabrício foi escandaloso. Faltam palavras para descrever a incompetência de um juiz que não marca um lance daquele.

    O Cruzeiro jogou muito, mas muito melhor ontem e perdeu o jogo para o Juiz e para a falha clamorosa do Fábio (ele tem crédito).

    Outra coisa, este time do Palmeiras não é nada de mais. Joga feio. Será mais um título do Muricy, que tem todos os méritos. Mas os times dele definitivamente não jogam um futebol bonito de se ver. Time fechado, sem toque de bola, que bate muito e joga pouco.

    Abs.

  • Massara

    Leonardo pateticano, meu filho, não foi um erro em 90 minutos não. Você não deve ter assistido ao jogo. Primeiro que o erro tratado aqui é algo absurdo, inaceitável. O jogador do Palmeiras deu um carrinho no tornozelo do Fabrício dentro da área. O Fabrício saiu machucado. Quando o cara preparou o carrinho eu já vi o pênalti acontecendo…

    Pelamordedeus…

  • Ricardo Pires

    Respeito sua opinião, André, mas que ele pegou só a bola, lá isso ele pegou. Tanto é que ele fica com ela na frente dele. Foi uma dividida dura em que o Henrique entrou de frente, no carrinho. Na Europa, na badalada Premier League, se o juiz marca uma falta dessa apanha!

    Abraço

    p.s. Léo M, você entrou em contradição. Primeiro escreve que foi aceitável a atuação do safado Roman e depois quer os paulistas sentindo-se envergonhados pela robalheira? Escolhe um lado aí bicho! Claro que o Cruzeiro foi garfado feio ontem! Abre o olho porque seu time é o próximo.

  • Rosangela Mello de Almeida

    Eh! André , vc viu o corinthias querendo outro ronaldo?
    será que não perceberam que esses ronaldo não jogam mais nada , rsrsrsrss
    Espero que ronaldinho venha para acabar de vez com o corinthias , kkkkkk
    como são – paulina que sou , venha seus ronaldos , rsrsrs
    Abraços

  • Otto

    Oi André.
    Sobre o jogo de ontem, o que me assusta no lance do Fabrício, foi um comentarista “esperto” dizer que quando o Jumar acerta o Fabricio com uma carrinho, ele já tinha chutado a bola.
    Me corrija se eu estiveer errado, mesmo que ele já tivesse chutado a bola e ela ainda estivesse dentro do campo, ou seja, o jogo em andamento, houve falta é penalti. Procede ?
    Abraços

  • adson

    Hilariante os cruzeirenses reclamarem dos erros absurdos cometidos ontem pelo árbitro… Sempre que comento sobre estes absurdos sou chamado de chorão, mania de perseguição, complexo de vira-lata, IUPST etc.etc.etc… Agora sentiram na pele o que eu estou cansado de dizer:
    Esses erros não são por incompetência técnica, são erros intencionais, só não vê os paulistas, é óbvio…É por estas e outras que vou ficando desiludido com o futebol brasileiro, onde o poder econômico impera !!!
    Ps. AK, por acaso existe algum caso de um árbitro deixar de marcar três penalidades máximas indiscutíveis na própria casa do adversário??? Preciso desta informação para alimentar o livro Guinnes de Records.
    Galo – “O time mais roubado do mundo” (Livro Guinnes de Records)

  • Eu acrescentaria mais um lance às polêmicas: um penalti do Marcão, em um lance que ele perdeu a bola na linha de fundo e deu um toquinho no atacante do Cruzeiro (que se jogou cinematograficamente depois). Acho que ficar discutindo se foi ou não penalti não resolve, temos que discutir meios de melhorar nossa arbitragem, não só com a inclusão do apito eletrônico como também a profissionalização dos árbitros, melhor formação, melhor estrutura para eles. Também não dá para falar em roubo ou complô: o mesmo árbitro que beneficiou o Palmeiras ontem prejudicou-o contra o Goiás, então é ruindade, não é má intenção.

    E falo isso com a isenção de um corinthiano que já está mais do que satisfeito com os títulos conquistados esse ano e que de certa forma estou vendo tudo isso “de fora”, sem nenhum interesse.

  • Anna

    André,e a sul-americana? Você poderia antecipar os comentários.. Botafogo mandou benzaço ontem!

  • Quando fez 1×0, achei que minha previsão (5×0 com 3 do Thiago Ribeiro) se concretizaria. Daí o Fábio me toma um gol de falta da intermediária no meio do gol!

    Depois, achei que daria pro Cruzeiro pelo menos ganhar, já que o Marcos tava pedindo pra tomar um gol de cruzamento. Mas os caras de azul só cabeceiam de olho fechado e pra cima!

    Daí, pensei que rolava pelo menos manter o empate, só um ponto de diferença pro SPFC, e tal. Só que a zaga fez a linha burra, perdeu na corrida pro Love (parecia o Rodrigo atrás do Ronaldo) e o goleiro ainda fez questão de fazer o contrário de todos os movimentos corretos pra uma bola cara-a-cara!

    Por fim, achei que talvez rolasse empatar depois que o Armero foi expulso. Daí o Adilson me saca o Kléber e o time passa a jogar handebol! Só rodava a bola de um lado pra outro e de vez em quando cruzava na área!

    Com ou sem penalti não marcado (eu só achei que foi o do Fabricio), faltou competência ao Cruzeiro. Como faltou ao SPFC e ao Inter no fim de semana.

    Comentários adicionais:
    – com Kléber e Diego Souza em campo, impossível não sair pelo menos um jogador sangrando de cotovelada.
    – impressionante a arrancada do Fabrício no 1º tempo. Ele puxou o contra-ataque de um escanteio, passou por três caras, foi até a entrada da área e deixou o Kléber na cara do gol. O Kléber perdeu a bola e o Fabricio ainda recuperou o rebote e deu um pombo rasteiro na redinha do lado do Marcos. Sério, jogada de Hernanes (sim, isso foi um elogio).
    – impressionate (2) também a diferença no físico dos jogadores que passaram pela Europa com os demais. VLove e Kléber pareciam fisioculturistas perto dos demais.

  • Ricardo Macedo

    André, quanto ao primeiro comentário feito pelo meu xará, relacionado ao quarto penalti proponho que vejam o pé do Armero. A falta foi por cima e por baixo. O pé do Armero calça o do jogador do Cruzeiro que estava com o pé em cima da linha.

  • José A. Matelli

    Esse papo de ajuda aos paulistas, nesse caso específico desse pavorosa arbitragem, não cola. Roman teve arbitragem igualmente pavorosa em Goiás 2 x 1 Palmeiras, sendo os dois gols do Goiás extremamente contestados. Com isso, ele se colocou numa sinuca de bico: se errasse a favor do Palmeiras, seria para compensar; se errasse a favor do Cruzeiro, seria perseguição ao Palmeiras. Um árbitro capaz de se colocar numa situação dessas não pode apitar jogo algum. Quanto ao Fabio, poderia defender aqulea falta, mas não seria uma defesa nada fácil. Notem como ele quase “quebrou a coluna” tentando voltar.

  • Renato Mello

    Ao ADSON: Adson, sou atleticano e te dou a resposta no lugar do André: aconteceu sim, na libertadores de 2000, no jogo entre Atlético x Corinthians, no mineirão. Eu estava lá. Houveram 4 (isso mesmo,QUATRO) PÊNALTIS PARA O GALO, e o FDP do juizinho sem vergonha só deu 1. O jogo ficou 1×1. Depois, com a decisão em SP, perdemos de 2×1 o jogo de volta e fomos eliminados… um dos maiores ABSURDOS q já vi até hoje. Depois vem neguinho querer dizer que não temos libertadores, e tal… com umas dessas, ou como foi em 81 (que NINGUÉM da “imprençççça” lembra (com “Ç” mesmo, pq pra nem fingir q viu aquela roubalheira do Wright é brincadeira… e o cara ganha de presente CARGO na FIFA e EMPREGO de comentarista de arbitragem!!! E ainda comenta arbitragem pro LANCE! !Putz…). Enfim… o q houve com os azuis ontem foi café pequeno… e é sempre assim contra MG, RS e times de fora de RJ e SP. Lembremos o inter de 2005, o Grêmio de 2008, o Galo de 80, o Cruzeiro de 74… se for ficar enumerando não acaba aqui. E pelo jeito, tem mais uma “encomenda” saindo do forno “quentinha” esse ano… espero sinceramente que não. Mas pelo jeito…
    Abraços a todos.
    P.S. : André, te fiz uma pergunta em um post (quando estava indo viajar para os EUA recentemente, creio), e vc não respondeu… se pudesse, ficaria grato.
    Abraço.
    Renato Mello 😉

  • leonardo atleticano

    Bando de cruzeirenses sem noção, quem disse que o juiz errou apenas uma vez foi o André, eu ressaltei mas com ironia, como as meninas estão nervosas não perceberam o que foi dito. Vcs estão descontroladas, vaiam hj o jogador que ontem exigiam na seleção, vaiam o tecnico que era gênio a pouco, não sabem o que querem. Fiz uma crítica ao André por não ter visto as penalidades, e disse que como ele viu só uma, que errar uma vez tudo bem. Sei que torcer para vcs é uma merd… vcs só fazem raiva. Perder roubado para paulistas é uma coisa que o Brasil inteiro está acostumado, não são só vcs a sofrer com isso.

  • Eu estava disposto a comentar sobre o lance do Marcão no Guerron, mas um camarada ae já o fez, então ok. O alviverde deixou a perna CLARAMENTE, para fazer o alviceleste cair, e o segundo foi muito burro em se jogar daquele jeito. Se tivesse ficado em pé, tinha feito o gol. Idiota.

    Aí eu decidi não comentar. Mas fica difícil ler tanta merda de gente que fala que os juízes beneficiam times paulistas e não falar nada. Se os juízes tivessem que beneficiar alguém, os fariam com os times cariocas, pois a D. CBF é de lá. Mas vide o caso do Botafogo, coitado… dá até dó.

    E quanto aos que falam que isso só envergonha o futebol brasileiro, se sentem desiludidos, porque a Champions é isso, a UEFA é aquilo, porque o Milan, o Barça, o Real, que é melhor torcer para esses times, etc. e tal: não precisamos de vocês. Fiquem vivendo no “mundo europeu da fantasia” enquanto tentamos melhorar o nosso futebol. E aproveitem e torçam para a Itália, a Inglaterra, a Argentina e a Espanha… pois todo mundo sabe (quem não sabe é burro) que Paolo Rossi, Roberto Baggio, Bobby Charlton, Gerard, Maradona, Messi, Fernando Torres e Villa foram/são muito melhores que Garrincha, Canhoteiro, Zizinho, Didi, Gérson, Nílton e Djalma Santos, Gilmar, Romário, Ronaldo e Kaká (pra ficar só nos DESTE mundo).

    Palhaços.

  • Rodrigo Lepera

    CHOREEEEEEEEEEE CHOREEEEEE
    NAO RESPIRE !!!
    Bom pra aprende nossos irmaos palestrinos (falsos claro)
    Palestra Italia aqui so existe um!
    Realmente a arbitragem foi horrivel, 1 penalti eu irei concordar com voces, agora o resto? CHORADEIRA ! O zerin jogo o 2 tempo inteiro com 1 a + e nada? MUITO FRACO
    PALMEIRAS CAMPEAO BRASILEIRO 2009

  • Renato Mello

    André,
    disponibilizo aqui um link (via twitter) que leva ao jornal “O Tempo”, com uma entrevista FANTÁSTICA com o Presidente do Atlético, Alexandre Kalil. NECESSÁRIA para todos os trabalhadores da área esportiva que tiverem o interesse em saber como estão os novos tempos no GALO, com a administração Kalil, e o que mudou de fato no clube.

    http://bit.ly/gD6fA <<< Link via twitter

    http://www.otempo.com.br/otempo/noticias/?IdEdicao=1426&IdCanal=3&IdSubCanal=&IdNoticia=121949&IdTipoNoticia=1 <<< link direto do jornal “O Tempo”

    Abraço,
    Renato Mello 😉

  • Wagnão

    QDO UM CAMPEONATO DE PTOS CORRIDOS ENTRA EM SUA RETA FINAL, TODOS FICAM PROCURANDO ERROS PARA JUSTIFICAR OS RESULTADOS. MAS, QUANTAS VEZESO PALMEIRAS FOI PREJUDICADO NESTE CAMPEONATO? OLHA A LISTA:
    1- CONTRA O SP NO PRIMEIRO TURNO: PENALTY DO MIRANDA NO D. SOUZA.
    2 – ATLÉTICO/PR: GOL ANULADO DO OBINA (O MAIS BONITO DO CAMP.)
    3 – GOIAS: UM GOL IMPEDIDO E 1 PENALTY INVENTADO
    4 – GRÊMIO: FALTA COBRADA COM A BOLA ROLANDO
    5 – ATLÉTICO/MG: 2 PENALTYS P/ O PALMEIRAS NÃO MARCADOS
    6 – CORITIBA: PENALTY INEXISTENTE MARCADO P/ O COXA
    7 – FLAMENGO: NO LANCE DO PENALTY NO ADRIANO, ELE FAZ A FALTA ANTES NO ZAQUEIRO.
    8 – BOTAFOGO: MARCADO IMPEDIMENTO EM LANCE NORMAL, ONDE O D. SOUZA SAIRIA NA CARADO GOLEIRO.
    FAÇAM AS CONTAS E VEJAM SE O PALMEIRAS ESTÁ SENDO AJUDADO OU PREJUDICADO (COMO SEMPRE).

  • Cesane

    André, acho que não houve penalty em nenhum lançe. Contato é do jogo de futebol, que não pode virar um jogo de basquete, a não ser que sejam os últimos minutos de um jogo de NBA, em que só há falta se sair sangue.

  • bruno

    @Anna
    A maior parte da imprensa tá nem aí pra Sul-americana, não tem time de São Paulo.
    Ouvi isso da boca de um comentarista da Gazeta Esportiva ontem num programa do final da tarde.
    Não acredito em complô para os times de São Paulo mas que a coisa anda feia na arbitragem isso é verdade. E não me venha com ai ai de dizer que alguns poucos clubes (não só de sampa) andam sendo favorecidos até demais.

  • bruno

    Outra coisa, falta boa vontade dos torcedores com a Copa citada.
    A Copa da UEFA (que é a correspondente da Sul-americana) é tão comemorada quanto a Champions League (correspondente da Libertadores).
    Falta divulgação, incentivo, adequação de calendário, falta uma porrada de coisa que da até desgosto.

  • Fred Ferreira

    Como algúem pode levar a sério um campeonato desses ?!?!

    No final, será simplesmente impossível dizer se o campeão e os rebaixados terão sido determinados pelo campo ou pelas arbitragens….Será que é só ruindade? Tá ficando feio demais !!!!

  • Danilo

    Entendo que no lance do Wendel com o Kleber tb não foi nada.
    No lance do Jumar, lance de interpretação.. o Jumar acertou o cara depois de o mesmo ter chutado a bola, de repente o juizão (ou juizinho?!) deu a vantagem.
    Agora a expulsão do Armero, em um lance que nem falta foi…. sem falar no primeiro cartão pra ele, que foi exagerado, e muitos outros lances em que nenhum jogador do Criuzeiro foi amarelado.
    Resumindo: o cara num favoreceu ninguém não… ele é fraco mesmo.

  • Edouard Dardenne

    AK, seu miserável, bastardo, a culpa pelos pênaltis não marcados contra o time do eixo-do-mal é toda sua e dessa imprensa marron, vendida, que nunca critica quando os juízes roubam a favor do Palmeiras.

  • Paulo

    Nada está ganho ou perdido! Tem muito “chão” de campeonato pela frente… 13 rodadas de muita emoção. A reclamar apenas a não marcação do penalti claro no Fabrício e a constatação de que no Brasil, não há time líder ou campeão sem a conivência das más arbitragens. E como ninguém faz nada mesmo, que o beneficiado acabe sendo o meu time… São paulinos e corintianos vem pulando muito e festejando nestes últimos anos graças ao “show de arbitragem dos juízes do Brasil”…

  • Rejane

    Também acho que só foi pênalti no Jumar em Fabrício! Tirando a arbitragem o Palmeiras jogou muito bem…com menos um jogador em campo no 2º tempo, o Palmeiras se fechou e não deixou o Cruzeiro empatar a Partida!

    E na Sul Americana, o Botafogo saiu na frente…apesar que o Bota poderia ter aberto uma vantagem bem maior! O André Lima caí demais..se ele batesse na bola em direção ao gol em vez de cair, o Botafogo aumentaria mais as chances de gols!

  • Xandinho

    André, sobre o penalty do Armero no Jhonatan não é achar que foi fora. Pelo que vejo você não precisa de óculos né!. Então só posso concluir que vc não viu o jogo. O pé esquerdo do Jhonatan (que foi o pé atingido) esta dentro da área. Não é jogada de interpretação. Foi falta, o juiz deu, o pé estava dentro da área, portanto penalty. Enumero ainda. Wendel em Kleber: Não foi o braço, repare no pé esquerdo do Wendel batendo (pisando) no pé direito do Kléber. O mesmo pé que ele tentou colocar na frente, mas por ter sido tocado, ele não teve equilibrio. Não é possível que vcs aí com todos os recurso não veêm os lances. Penalty claro no Fabrício. Penalty claro no Diego Renan. Penalty claro no toque de mão dentro da área. Reparem o tanto que o Armero emborca para tentar demonstrar que não teve a intenção. pra tentar aproximar o corpo do braço. Vcs são muito bairristas. Imaginem se este assalto tivesse acontecido contra um time Paulista, heim?!

  • Ricardo

    O Cruzeiro j’a entrou em campo perdendo. Seu principal jogador disse clara e abertamente pra quem quisesse ouvir:

    “Estou aqui por pura obrigacao, meu coracao esta do lado de lah…”.

    Alem disso, nao foi capaz de furar um bloqueio dos abnegados defensores alvi-verdes, onde o fraco, lento e veterano Marcao se desdobrava para corrigir sua falha bizonha no primeiro gol.

    O bom goleiro Fabio lembrou o bom goleiro Rogerio Ceni, quando aceitou o canudo do meio do campo de Leo Lima no Paulista 08. O de Ceni foi mais feio.

    De fato o penalti do estabanado Jumar poderia ter sido marcado (e s’o esse), mas nao foi, e nao foi por isso que o Cruzeiro perdeu esse jogo.

    O Palmeiras caminha a passos largos rumo ao titulo

  • Eu vi os lances e ligeiramente identifico 2 lances de penalidades. O carrinho no Fabrício e no fim do jogo, aos 48 minutos. O primeiro sem comentários a intenção de matar o lance de forma imprudente. O segundo, o jogador palmeirense lança-se no corpo do cruzeirense e o choque nas pernas (com um empurrão) caracteriza infração. Esse do Wendell não achei que foi pra tanto. Ele não “puxa”, mas estica o braço como quem tenta impedir a passagem. O que podemos apontar com infração seria um leve toque no calcanhar do Kleber quando este corta para a linha de fundo, mas ainda assim não suficiente para todo aquele “tombo”. O escorregão ficou mais claro do que a infração.

  • Ednei G. Marcos – Jaraguá do Sul (SC) – 54 anos

    André,

    Não li nenhum dos comentários para nãos aber se já comentaram o que vou dizer.
    Já tinha assistido você e o Arnaldo ontem no Sportcenter falar sobre o assunto.
    Na hora do lance assistindo na TV já tinha achado muito penalti o lance do Figueroa sobre o Diego Renan e revendo depois não foi só muito não, foi MUITOOOOOOOOOOOO PENALTY…
    O Figueroa vai escandalosamente com o braço e empurra, não houve nada de ombro no lance não.

    Abraços

  • João Marcelo de Oliveira

    Se o Edno e o Defederico não constarem no BID até hoje, os dois ficaram no Corinthians o resto do ano sem jogar??? No reguilamento da CBF do campeonato brasileiro diz que os jogadores tem que estar inscritos no último dia útil, antes da participação do clube na 26ª rodada. Se não conseguirem inscrever os dois será uma incopetência enorme hein.

  • Anna

    Bruno, o André disse a Cruvinel que falaria mais pra frente da competição, nas quartas ou semi. Eu que pedi pra antecipar o comentário porque gosto de ler o que ele escreve. E não concordo com o que voce disse. O Juca mesmo falou da sul-americana no programa dele na CBN hoje cedinho.

  • João

    Incompetência do Cruzeiro; não conseguiu furar o bloqueio do Palmeiras;é sempre assim, não conseguem fazer a coisa certa, ao invés de assumirem os erros transferem a culpa; e quase sempre é do juiz. O time do Cruzeiro parece bom. Mas não é.

  • Marcos Vinícius

    AK: Do que você está falando?

    Engraçado…

    Quando o Palmeiras foi jogar contra o Coritiba,na casa do adversário,perdeu por 1×0,num pênalti duvidoso marcado aos 42 do segundo tempo.

    Teve gente que ficou indignado,criou um comentário sobre o assunto,disse que eu não sei o que é bairrismo,que não sei interpretar textos,em suma,só faltou xingar a minha mãe.

    Agora o Palmeiras foi beneficiado.Isso vai render o que?Foi postado aqui que 3 dos 4 foram pênaltis.

    Cadê a indignação?

    A ausência da mesma deve ser pelo resultado do jogo.Ou eu que interpretei o texto errado.

    Será?Será?

  • alguem

    Quanta hipocrisia.
    Minas, Rio Grande do Sul, São Paulo e Rio de Janeiro são os estados que mais ganham dinheiro por dinheiros de televisão. Quando jogam com times de outros estados são altamente beneficiados, seja no apito, seja pela mídia, seja pelo que for.
    Mineiros acordem. Sintam agora o que acontece com os times de outros estados quando enfrentam times desses quatros estados.
    Quando ocorre conosco é ruim né, porém quando é recorrente dói muito mais.
    Vocês é que se matem entre vocês!!!

  • Marcelo

    Na boa AK, não concordo com essa de tempo para marcar penalti… Penalti é penalti, não importa se é no primeiro ou último minuto de jogo. Outra coisa, estou cansado de tantos jornalistas e comentaristas de arbitragem justificarem tudo como “interpretação”. Você não acha que na regra tem que ser abolida essa palavra? Para mim isso não existe: passou o pé, é falta. No lance do segundo penalti do Palmeiras não teria que ter interpretação. O jogador do Palmeiras deu um carrinho, pegou o jogador do Cruzeiro e ponto final. Penalti! Outro exemplo: bateu na mão, para mim teria que ser falta. Esse negócio de ver se o cara teve a intenção de por a mão na bola não tem nada a ver porque, na prática, 99% dos casos não há intenção (tirando lances como o jogo do Paraná). Se tirasse a interpretação, não teríamos lances idênticos com marcações diferentes em diferentes jogos… Essas coisas decidem campeonatos…

  • evaldo otto

    ….o mais engraçado desta história toda é a imprensa achar normal a arbitragem desastrada deste safado…ué, então um time é prejudicado quatro vezes numa partida e só acham que foi mero engano do apitador?acordem seus hipócritas….

    AK: O que é “toda a imprensa”? Cada jornalista tem nome e opinião, e há opiniões diferentes sobre este mesmo jogo. O que eu acho engraçado é você querer que todos concordem com você.

  • evaldo otto

    …não falei¨ toda a imprensa¨ releia o comentário …comentarista de arbitragem concordam comigo e com milhões de torcedores que ficaram indignados com a atuação do juiz…vestiu a carapuça?

    AK: Falou “a imprensa”, o que tem o mesmo significado. Não tenho carapuça para vestir, amigo. Minha opinião é clara, e diferente da sua. Um abraço.

  • @anna

    Não me referi ao Juca, anna, era de outra pessoa que eu falava.
    O blog do Juca é muito bom.
    Não sabia que seria falado mais pra frente sobre a Sul-Americana, bom saber.

  • Antonio Luz

    Ainda que tarde e apenas em parte, a justiça se fez em campo, onde o futebol deveria ser sempre jogado. Cruzeiro na Libertadores! Palmeiras em quinto, mesmo com 4 pontos garfados ao Cruzeiro (que resultaram em +5 pra eles) e que, por “coincidência”, podem ser creditados ao mesmo assoprador de apito. Concordo com a opinião dos que afirmam que, além das arbitragens, uma outra que coisa precisa melhorar urgentemente no Brasil é a qualidade do “jornalismo” esportivo. Mas esperar isso é no mínimo ingenuidade, já que se não houvesse esses escândalos e absurdos o tempo todo, certamente haveria menos interesse pelo futebol e menos emprego pra galera que vive em função das paixões que a “nova arena romana” desperta. Há muito tempo já existem os meios pra que esses escândalos deixem de acontecer. Mas parece que ninguém quer acabar com os erros, pois muita gente vive deles…

MaisRecentes

Gracias



Continue Lendo

Abraçados



Continue Lendo

A diferença aumentou



Continue Lendo