PIZZA FRIA



Da série “Por que estamos tão atrasados?”.

Só para espezinhar:

O ex-árbitro da NBA Tim Donaghy foi preso ontem em Tampa, na Flórida, por violação de sua liberdade condicional.

Ele não apareceu para trabalhar no horário em que deveria.

No ano passado, Donaghy recebeu uma sentença de 15 meses de cadeia, por causa de seu envolvimento com uma rede de apostas em jogos da NBA.

Ele confessou ter recebido dinheiro de um apostador profissional, para fornecer informações sobre jogos, incluindo aqueles em que ele mesmo trabalhou.

Até o último fim de semana, Donaghy estava em prisão domiciliar. Ele deveria ser solto em outubro, mas sua detenção deve complicar o processo.



  • Bruno

    Lei existe para ser cumprida, exceto no Brasil, pois aqui Lei só existe para fazer piada.

    AK: Neste caso, é pior: a Lei não existe. Um abraço.

  • Anna

    Lá se faz cumprir algo pelo menos. O título é muito bom! Aqui tudo acaba em pizza. Pena que algo tão saboroso tenha virado sinonimo de impunidade. 😉

  • Jason

    Gostaria muito que os nossos árbitros fossem realmente profissionalizados, que tivessem orgulho de exercer a profissão. Sei que a instantaneidade das imagens de TV acabam por gerar injustiças, já que analisamos em casa, ao sabor de nossas emoções, aquilo que o juiz tem de decidir em uma fração de segundos. Mas, mesmo assim “erram” demais e o “erro” deles, recebe sempre punição branda perto da recebida por atletas e dirigentes. Dura lex sed lex… A lei precisa existir e ser efetivamente “dura”, na mesma medida do “erro” ou da falha cometida. Enquanto houver o amadorismo da arbitragem será muito difícil determinar o “dolo”, a intenção de prejudicar… Só não venham me dizer que não existe de lobby de bastidores, que isto não passa de “teoria da conspiração”, porque isso insulta a inteligência de muitos torcedores não limítrofes… Abraços.

  • Jovaneli

    André, quer apostar (certamente não, né?) que esse árbitro ladrão ainda vai escrever um livro contando o que ele fez com a (in)justiça brasileira? Lamentável mesmo. Isso é Brasil!

  • Ricardo H

    Essas horas me dá uma pontinha de inveja deles…

  • André,
    se não me engano, o cara nem mesmo alterou resultados, apenas passou inside informations para os apostadores. Aqui, o Edilson confessou ter tentado alterar o resultado e ‘não houve enquadramento’.

    Os caras lá sabem valorizar seu próprio produto.

  • Luiz Felipe

    Amigos,

    O sistema jurídico americano é o “Common Law” e, como tal, prescinde de atos legislativos. É baseado nos julgamentos dos tribunais.

    Já o nosso é o romano-germânico, cujo principal alicerce é a lei, elaborada pelos nossos parlamentares.

    Não tem nada a ver com atraso; a questão é sociológica.

    Abraço

  • João

    André,

    Infelizmente é só mais um caso… Abaixo copio da Época online o caso da Boi Gordo que virou pizza, esquema de pirâmide similar ao de Madoff. O problema é que Madoff foi condenado a 150 anos de prisão e sua fortuna confiscada…

    Abraço,

    Joao

    O empresário Paulo Roberto de Andrade, dono da Boi Gordo, que quebrou em 2004 e deu um calote de R$ 2,5 bilhões no mercado, se livrou de ser punido criminalmente. O Supremo Tribunal de Justiça anulou a ação penal contra Andrade e reconheceu sua prescrição. A Boi Gordo era uma grande empresa de investimento em gado, coqueluche dos anos 90 e que chegou a ter 30 mil investidores em sua lista de clientes, segundo o Estadão. Entre eles, nomes famosos, como o técnico de futebol Luiz Felipe Scolari e a atriz Marisa Orth. Todos foram atrás dos agressivos rendimentos prometidos pela empresa. Funcionava assim: o investidor aplicava em animais e, no final do contrato, recebia o lucro da venda do animal engordado. Depois, descobriu-se que a Boi Gordo funcionava como uma pirâmide, explica o Estadão, pagando os contratos vencidos com o dinheiro de contratos novos. Quando os saques superaram os investimentos, a pirâmide desmoronou. “É a pizza, fazer o quê?”, afirmou um promotor de Justiça da Vara de Falências de São Paulo.

  • PEDRO CARBONE

    NA VERDADE,O MAIOR PREJUDICADO COM OS ERROS DO Sr.ARILSON BISPO NUNES DA ANUNCIAÇÃO, ARBITRO DESTA PARTIDA,FOI O BOTAFOGO. PORQUE O SEGUNDO GOL DE FALTA DO CORINTHIANS, FOI MUITO BONITO,(BEM COBRADA A FALTA),POREM UMA FALTA ASSINALADA PELO ATABALHADO ARBITRO QUE NÃO EXISTIU. O PENALTI NO J.HENRIQUE(O CAI CAI),TAMBEM FOI MAL MARCADO,POIS É NITIDA A ENCENAÇÃO DO ATACANTE.ACREDITO QUE FOI APITADO ESTE PENALTI, PARA COMPENSAR O GOL DE MÃO DO ANDRÉ LIMA,QUE TAMBEM FOI VERGONHOSO PARA ESTE ASSOPRADOR DE APITO,QUE COMO PUNIÇÃO LEVOU DUAS RODADAS DE GANCHO!!! ENFIM,ALEM DE NA VERDADE RECEBER UM PREMIO PELOS ERROS,(DUAS RODADAS DE DESCANSO) DEVE VOLTAR CHEIO DE GAZ PARA COM CERTEZA PREJUDICAR OUTROS TIMES.DEVERIA SER BANIDO DOS QUADROS DA ARBITRAGEM BRASILEIRA,NÃO SÓ ELE,MAS TODOS OS JUIZES DE FUTEBOL QUE COMETEM ERROS TÃO GROTESCOS!!! VAMOS ESPERAR,PARA VER QUAL SERÁ A PROXIMA VITIMA DESTES ASSOPRADORES DE APITO!!! COMENTE E COBRE UMA ATITUDE MAIS RIGOROSA, DA PARTE DOS RESPONSAVEIS PELA ARBITRAGEM NO BRASIL!!! QUALQUER TRABALHADOR, QUANDO COMETE MUITOS ERROS NO SEU TRABALHO, É MANDADO EMBORA PELO PATRÃO, OU SEJA DESPEDIDO. SERIA ESTA A SOLUÇÃO PARA MORALIZAÇÃO DAS ARBITRAGENS NO BRASIL?!?!? DE AS SUAS SUGESTÕES E OPINIÕES????

  • Marcos Vinícius

    Atraso?não acho que estejamos atrasados.Nosso problema é algo bem mais abrangente que isso.Os árbitros são apenas a ponta do iceberg.Futebol é,hoje,um negócio milionário,muita gente fica rica as custas da paixão do torcedor pelo time de coração.Isso não acontece só no Brasil,ou nos EUA.Em 2008,o Liverpool aplicou uma chinelada de 8×0 em um time,que não me recordo qual foi,pela fase classificatória da Champions League.Seria normal,pois o Liverpool é um timaço,e o adversário não era de muita qualidade.
    O problema é que,coincidentemente,um número razoável de apostadores fez uma fezinha em uma famosa casa de apostas de Londres,onde eles achavam que os Reds iriam vencer…por 8×0!Deu investigação,mas,claro,nada foi provado,e tudo acabou em pizza.Coincidência?!Tanto quanto o Corinthians ser constantemente beneficiado no brasileiro!
    E na semi da Copa do Brasil,contra o Vasco,naquele penalti escandaloso do Chicão no Élton que o miserável do Gaciba não marcou!
    AK,prometo me esforçar pra não falar mais do assunto.Tá ficando chato!

  • Teobaldo

    Por gentileza, informe quanto tempo o tal árbitro chegou atrasado para trabalhar. Bem, se é que ele apareceu para trabalhar. A partir de hoje, por via das dúvidas, levantarei uma hora mais cedo.

  • Pietro Santurbano

    É a primeira vez que escrevo aqui.

    Mas gostaria de dizer algo que os jornalistas parece que esqueceram.

    Aposta no Brasil não é uma contravenção penal e só funciona por liminar?
    Como se pune alguém assim?

    O resultado de um jogo de futebol, que é alterado, não deveria ser julgado pela lei comum, sim pela lei desportiva. O árbitro deveria ser expulso e o jogo realizado uma outra vez.

    Tenho minhas dúvidas em relação ao julgamento da mídia sobre esse caso. Além de saber também que para acabar em pizza alguém precisa pagar os “ingredientes”, não deveríamos refletir que no final das contas isso é um esporte, não business? E se alguém perdeu dinheiro com a alteração do resultado já deveria estar ciente que isso não é bolsa de valores?

    Não são críticas, são comentários.

    Obrigado pela atenção.

MaisRecentes

Futilidade



Continue Lendo

Incoerente



Continue Lendo

Sozinho



Continue Lendo