O MAIS CARO PONTO CEGO DA HISTÓRIA



Se você se interessa por futebol americano, provavelmente já ouviu falar do novo estádio do Dallas Cowboys.

Custou US$ 1,2 bilhão, para ser o que há de mais moderno, mais luxuoso, mais extravagante.

Além dos jogos da NFL, receberá todo tipo de evento (esportivo ou não) imaginável, incluindo o All-Star Game da NBA no ano que vem.

Se nada disso é novidade para você, imagino que a polêmica em torno do espetacular telão HD (foto 3 da galeria linkada acima) pendurado no teto do estádio, também não seja.

Mas não custa tocar no assunto: com 22 metros de altura e 50 de largura (sim, o negócio é uma televisão de 50 metros), é o maior telão já construído, ao custo de US$ 40 milhões. E com 30 milhões de pixels, tem o objetivo de deixar 100 mil pessoas – capacidade máxima da arena – com raiva das TVs de LCD que elas possam ter em casa. Por maiores e melhores que sejam.

Aqui, um vídeo (em inglês) mostrando o equipamento em ação.

Só há um probleminha: o monstro está 30 metros acima do campo, de grama artificial.

Um jogo de pré-temporada da NFL, na semana passada, provou que foi um erro de cálculo. Um punt (aos não versados na bola oval: é o chute com o qual um time devolve a bola ao adversário, e se reposiciona em campo. Quanto mais alto, e mais profundo, melhor) acertou o brinquedo, provocando uma situação evidentemente constrangedora para o dono da casa.

A NFL está monitorando o caso e, talvez, determine reformas no estádio.

Mas esse não é o único inconveniente descoberto no novo palácio dos Cowboys.

Neste outro vídeo (também em inglês, mas o que interessa mesmo são as imagens), a prova de uma sacanagem maldade com os fãs.

Assentos que não deveriam existir. Mas que não só existem, como custam US$ 75.

Alguém precisa chamar os inspetores da Fifa para uma vistoria…



  • Anna

    Gosto da NFL, principalmente do Tom Brady e New England Patriots mas sei pouco das regras. Muito obrigada pela explicação. Não sabia o que era punt mas touchdown eu sei… 😉 Bem, eu queria mesmo era ver a partida da NBA nesse estadio do Dallas Cowboys! 😉

  • Anna

    As fotos sao maravilhosas! O estádio é muito bonito! Agora vou prestar atenção na aula do Assaf que está ótima! Fui! Boa noite!

  • Leandro Azevedo

    O Jerry Jones ja falou que nao vai pagar pq a regra pede 85 pes de altura e o telao esta a 90, sem falar que a NFL aprovou… E a NFL provavelmente vai ter que bancar os meros 2 milhoes pra mudar.

    Mas vale ressaltar que pro show do U2 em Novembro, o placar jah ia ser elevado.

    Agora me diz como eh que o pessoal que senta la em cima assiste o jogo sem olhar pro telao?

    Abraco

    AK: Estou mais preocupado com o cara que terá de imaginar o jogo, olhando para a parede… abraço.

  • Willian Ifanger

    Não é possível que os caras não levaram em conta a altura de um punt. E nem imagino o que seja reformar o Estádio a essa altura de começar a temporada. O estádio antigo ainda existe? Hehehehe

  • Willian Ifanger

    Ah sim…….e eu tenho certeza que o engraçadinho que acertou o telão pensou em fazer isso quando pisou em campo…..hehehehe. Só de mulecagem.

  • ò meu Deus… Jogar meu XBox 360 nessa telona….

  • Jovaneli

    Se o Juvenal Juvêncio souber dessa, vai se convencer de que não é preciso se preocupar com os pontos cegos do Morumbi. Tá jóia do jeito que está. Maravilha. Pronto para a Copa de 2014.

  • Cauê

    Pelo que consta o punter dos Cowboys fez testes de força e altura da bola e não houve problema. Ai no jogo da pré-temporada o punter do time adversário caprichou no chute e acertou o telão.
    Eu havia sugerido a solução de um telão mecânico automático, que sobe de altura para os punts e depois retorna à altura normal no resto do jogo.

    Sobre os lugares (absurdos), pagar 75 doletas para ficar de castigo e só ver a end zone? 1,2bi é muita grana, mas querer recuperar isso em cima de torcedor trouxa é sacanagem.

  • Douglas

    Que obra de engenharia !!! Tá parecendo a arena da Baixada aqui de Curitiba, onde venderam cadeiras atrás das colunas.
    Falando sério, certeza que ali não é espaço para cadeiras, mas os caras resolveram aumentar a renda. E é bem baratinho o lugar …. uahuahhauauh
    Os Comboys parecem alguns times daqui: comem galinha e arrotam peru !
    Go, Eagles !!!

  • Vai ter “post protesto” contra homens armados que invadem vestiario da Lusa, ou isso é menos grave que o caso homofobia no futebol (no SPFC)? Vou aguardar…

  • murilo sc

    Ola andre, se fosse no Brasil com nossos governantes, (porque seria usado dinheiro publico) e nossos cartolas, teria custado U$ 2,4 bi, o telão teria no maximo 15 metros e 10% do estadio nao sentaria de frente pra parede, nem o telão veria. parabens pelo SC a cada dia melhor e sucesso.abraço.

  • Marcel Souza

    Não consegui ver o vídeo… Mas é um absurdo esse lance dos pontos cegos. Imagina se fosse no Brasil??? E ainda reclamam do Morumbi, ahaha! Tem picareta em todo lugar do mundo mesmo.

    Sobre a altura do telão, se NFL determina a altura mínima, e essa altura foi respeitada, então o erro foi da NFL mesmo…

    De qualquer forma o estádio é maravilhoso!

  • felipe

    aheuahuehaueha serio mesmo q o cara acerto punt na tv? espero q tenha sido nas q ficam de frente pro fundos, nao na gigante pro meio …. ahuehauehauhe

    o cara deve ter mirado com certeza!! q preju absurdo anyway ….

    no brasil esses lugares nao seriam problema se comprados, todo mundo fica de pe mesmo 😛

  • Marcos Vinícius

    Pois é…
    Vc vem aqui falar de uma tv de lcd montruosa que certo time da NFL colocou em seu moderníssimo estádio…beleza,André!
    Aqui,bem perto de vc,em São Paulo,torcedores armados invadem o vestiário da Portuguesa logo após a derrota do time,em seus domínios,para o Vila Nova-GO,intimidam os jogadores,a ponto de o craque do time,Edno(e bota craque nisso!),dizer que não tem mais clima pra jogar na Portuguesa,sendo este fato,intimidação,algo muito comum por parte da torcida da Lusa,seja com adversários ou mesmo com o próprio time.
    Sério,não é?Aliás,muito ´serio.
    E vc vem me falar de super monitor mal projetado?!Nos States?!
    Dá licença,irmão!

    AK: Quem “vem aqui” é você, não eu. Veja o horário do post, e compare com o horário da barbaridade no vestiário da Portuguesa. Não é tão difícil. Um abraço.

  • Ricardo Pradas

    AK, é bom para a gente acompanhar que os gringos fazem besteira, mesmo com US$ e em uma liga organizada como a NFL, anos-luz a frete de nossos dirigentes.
    Tremenda lambança. Agora estou com vc, os locais a US$75,00, sem visão…. Melhor ouvir via satélitte, ou pagar para entrar e ficar no bar comendo hot-dog……

  • Marcos Vinícius

    André…mudando de alhos para bugalhos.

    Procede a informação passada pelo Arnaldo,de que o Fernandinho,que estava arrebentando no Barueri,e que tá sem contrato,não conseguiu uma boa proposta do exterior,e deve jogar o restante do ano pelo Vasco?

  • Marcos Vinícius

    Tá certo.Dou o braço a torcer.Mas discordo por vc ironizar o”vem aqui”.E vc quis insinuar algo com “Porrtuguesa”(dois R)?

  • Thiago

    André, um absurdo da tão reverenciada engenharia americana, que projeta e faz arenas formidáveis… Fazer uma numerada de frente pra parede e ao levantar só ver 1% do estádio (mal dá pra ver um touch-down) é brincadeira… Tinha que implodir e fazer outro…. E o telão então…. é mais baixo que o do Maracanãzinho…. Manda a FIFA lá pra ver se aprova o estádio para a Copa de 2018…. certamente vão optar pelo Cotton Bowl;….

  • Marcos Vinícius

    Em tempo:
    Discordo da sua ironia do “vem aqui”pq esse blog é para todos “virem aqui”.Essa é a graça,é esse o sentido do Blog.Se ninguém pudesse”vir aqui”,pra que levantar temas?pra que os comentários?

    E,enfim,pra que a ironia mal educada?

    AK: Explique-me uma coisa: por que quando você escreve “e você ainda vem aqui falar…” é normal, e quando eu escrevo “quem vem aqui é você”, é falta de educação? O tom das respostas neste blog é o mesmo tom dos comentários. É mais honesto com quem comenta e com quem responde. Quem vem de um jeito, é recebido de um jeito. Quem vem de outro, de outro. Um abraço.

  • John T

    AK, o ponto cego em espetáculos é bem normal na história, é só observar as casas de ópera da Europa, aonde geralmente o último “andar” é composto de pontos cegos aonde só se escuta a música, a preços bastante módicos.
    Desde que esteja sinalizado como “ponto cego” na hora da compra do ingresso… não vejo grandes problemas!
    Abraço

    AK: Será que alguém se contentaria, mesmo pagando menos, em apenas “escutar” um jogo? Um abraço.

  • Leandro Thome

    Pelo que disseram, o punter dos Cowboys treinou punts no Alamodome (em San Antonio) por que lah eles tem um telao de teto pra treinar a altura, e nao teve problemas.

    Aqui nos EUA o papo que rola, eh que o Jeff Fisher (treinador do Titans) mandou o Puntar acertar o telao pq ele faz parte do comite de regras da NFL pra propositalmente gerar o debate e tentar mudar a regra… mas boatos existem de monte.

    Abraco

  • Bruno Pulci

    Que absurdo estes lugares atrás da parede.. imagina o cara que comprar e chega no estádio empolgado pra ver o jogo do seu time nesse lugar moderno. e senta atras da parede. ahiahiah. que faaase.

  • davi

    cara, nem é tão legal esse telão. quer dizer, é mt legal, mas não para um estádio. além de atrapalhar o jogo, compete com a atração principal. por maior que seja, olhar a coisa ao vivo ainda é mais legal e nem se vc quiser vc consegue desviar o olhar dele. pelo menos não nesta vista mostrada no video. e sei lá, não calcularem a altura direito, é demais hein. vai se empolgar assim lah na casa do chapéu. alem disso nem dá pra ter raiva do meu lcdzinho não. uma coisa é uma coisa, outra coisa…

  • André, na verdade o conjunto todo compreende 4 displays, 2 de 22 x 50 e 2 um pouco menores que “fecham” os lados do quadrado (os maiores ficam “colados” como se fossem um sanduíche. Na verdade, a regra já prevê que na eventualidade de um punt acertar o display o lance volta, como no voley ou no tênis. A verdade é que mesmo se o conjunto de displays for elevado, se houver intenção de acertá-lo, não tem jeito. Eu prefiro o sistema de displays laterais, nos cantos da arena. Esse sistema, de conjunto central elevado, foi adotado pelo Maracanãzinho. Ele inviabilizaria o “jornada nas estrelas” por exemplo.
    Quanto aos pontos cegos, isso não é usual nas novas arenas americanas. Visitei a nova arena do Arizona Cardinals, e todos os assentos que não permitiam uma visibilidade de 100% foram simplesmente retirados. Essa falha da arena dos Cowboys deverá ser corrigida em pouco tempo pois lá a preocupação com o conforto dos assistentes é enorme.

  • Robinson

    Caro André, Boa Tarde.

    Enviei este comentário para o Mauro Beting, mas como ele não vem postando muitas coisas devido ao lançamento do livro dele, resolvi enviar para você também, pois sou seu fã, assim como de seu pai, do próprio Mauro…enfim…de muitos bons jornalistas mas a questão não é esta.
    Mas estou aqui para fazer um comentário que não poderia deixar passar batido. Como você faz sempre boas análises tanto de arbitragem, futebol, política…gostaria que analisasse a atuação do árbitro “Eduardo Suplicy” onde o mesmo na data de 25/08 mostrou cartão vermelho para o Presidente do Senado, José Sarney! em seguida, mostrando também para seu companheiro de bancada (não me lembro o nome). A Câmara dos deputadas é patética e não sei se há algo semelhante no mundo, mas eles conseguem sair do limite do bom senso e da dignidade.

    Abraço…

    Robinson

  • Certo que o lugar é marcado como ponto cego. Não esqueçam que, nos EUA, principalmente para o “Time da América” (o Cowboys), não é fácil arranjar ingresso. ALguns preferem ir ao jogo só pra estar no ambiente, apreciando o espetáculo…

  • Jakob

    É melhor mesmo suspender esse treco. Já imaginou se o Dwight Howard pendura uma tabela lá e enterra no All Star Game do ano que vem?

  • Vinicius Carvalho

    Vivo em Portugal onde algo semelhante em relação a lugares “sem ângulo de visão” foram criados no estádio Alvalade XXI, do Sporting. Neste caso os lugares “estranhos” estavam… atrás de telões! Quando a imprensa foi averiguar surgiu do clube a grande explicação: por lei em Portugal é necessário dedicar as pessoas com deficiência visual um número percentual de lugares, e eis a saída do Sporting, colocar estas pessoas que não “vêem” o jogo num local onde elas possam, sem problemas, “ouvir” o jogo. Claro que isso não pegou bem, pois afinal existe aí uma questão de respeito, e mais do que isso, cobrar ingresso integral deste tipo de situação não é nada correto. Talvez a adminsitração do Dallas tenha a mesma desculpa, ou ainda, invente uma melhor!

  • jairo

    EH VC TAH CERTO DE NOVO KFURO, ESTADIO BOM EH A MEIA ARENO DO ATRETICO OU O ENGENHAO DO RIO.

  • Fabio Mantoanelli

    Vai custar uma graninha pra mudar o telão de lugar…coisa de 6 milhões de dolares…E parece que a NFL vai “querer” que mudem. Estou aqui em Chicago e parece que os Bears com o Jay Cutler vai melhorar este ano.

MaisRecentes

São Paulo joga, Corinthians soma



Continue Lendo

Sqn



Continue Lendo

Gato



Continue Lendo