NOTINHAS PÓS-RODADA



Goiás e São Paulo agradecem os resultados da noite de quarta-feira.

As notas:

* O Santos voltou a vencer (1 x 0 no Grêmio: Paulo Henrique – 6.499 pagantes na Vila Belmiro) em casa, com bela atuação de George Lucas.

* Se o Grêmio não resolver seus problemas como visitante, o meio da tabela será seu destino final.

* Quem perdeu os quinze minutos iniciais do jogo (Botafogo 1 x 2 Santo André: Júnior Dutra, Nunes e André Lima – 6.524 pagantes) no Engenhão, achou que o Botafogo venceu por 1 x 0.

* A vitória tirou o Santo André do calabouço.

* Depois de cinco rodadas, o Vitória venceu (2 x 1 no Atlético Paranaense: Ramon, Wallyson e Neto Berola – 5.376 pagantes no Barradão) e quebrou a série de triunfos do Atlético.

* Eram quatro vitórias seguidas do Furacão.

* O Sport levou mais um gol no finalzinho, perdeu (2 x 1 para o Grêmio Barueri: Val Baiano, Thiago Humberto e Luciano Henrique – 2.243 pagantes na Arena Barueri) de novo e segue na lanterna.

* A exemplo do que aconteceu contra o São Paulo, o Sport tinha um jogador a mais quando levou o gol fatal.

* Um pênalti inexistente, aos 46 minutos do segundo tempo, significou a primeira derrota do Palmeiras (Coritiba 1 x 0: Marcelinho Paraíba – 16.381 pagantes no Couto Pereira), sob o comando de Muricy Ramalho.

* Pênalti nos acréscimos só pode ser marcado quando for absolutamente claro.

* Os dois gols da vitória do Corinthians (2 x 1 no Internacional: Jean, Alecsandro e Jorge Henrique – 20.328 pagantes no Beira-Rio) foram ilegais, por impedimento.

* Frase de Tite, depois do jogo: “O campeonato tira, e o campeonato dá”. É só lembrar dos 2 x 2 com o São Paulo, oito rodadas atrás.

* Partidaça de Richarlyson, na sétima vitória (1 x 0 no Fluminense: Richarlyson – 22.115 pagantes no Morumbi) seguida do São Paulo, primeiro time a conseguir tal sequência no BR-09.

* O Fluminense (11D) só não perdeu mais jogos do que o Sport.

* Fato importante, que vale a terceira nota: o Morumbi gritou o nome de Richarlyson logo antes da bola rolar. E o capitão Rogério Ceni (que voltou bem, assim como Rodrigo) declarou em entrevista: “Tenho orgulho de trabalhar com ele”. É isso, parabéns.

* Logo mais, tudo às 21horas:

Maracanã – Flamengo x Cruzeiro

Aflitos – Náutico x Goiás

Mineirão – Atlético x Avaí



  • Anna

    George Lucas ou Luke Skylwalker? 😉 Vi esse jogo e parte de Flu e São Paulo em que Richarlysson brilhou. Flu em queda livre, ladeira abaixo, rumo à segundona! Grande abraço, Anna

  • Massara

    George Lucas já havia jogado pelo Santos contra o Cruzeiro, no Mineirão.

    Referiu-se à estréia em casa?

    Abs.

    AK: Erro meu. Obrigado e um abraço.

  • ADSON CARVALHO

    AK, só para não perder a fama de “DO CONTRA”, vamos lá:

    “Goiás e São Paulo agradecem os resultados da noite de quarta feira(AK)”.
    Esqueceu do GALO??? Com estes resultados, o Galo poderá ultrapassar o próprio Goiás, citado por Vc., se vencer o Inter no jogo adiado do 1 turno, portanto na minha ótica foi mais beneficiado que o próprio Goiás!!! Não acha???

    Para não acabar com a mania de perseguição, vamos lá:

    A escalação de Heber Roberto Lopes hoje no Mineirão tá com cheiro de Pizza… Tomara que esteja errado e o Galo não seja prejudicado…
    Att.
    AC

  • Richarlyson fez um GOLAÇO ontem, poderá fazer outro, muito mais bonito, na hora em que quiser!

    Profissional exemplar, ótimo jogador (quando atua em sua posição de origem), condicionamento físico privilegiado… enfim, muitas virtudes.

    Apesar de sua vida pessoal não ser da conta de ninguém, poderia aproveitar essa perseguição que quase todos fazem (em torno de sua sexualidade) para marcar O GOLAÇO de sua vida, abraçando (independentemente de sua opção sexual) uma luta ferrenha contra o PRECONCEITO.

    Hoje motivo de piada, passaria a ser um ícone no combate à homofobia, além de diversas outras chagas preconceituosas da sociedade (racismo, machismo, etc.)… lutando contra qualquer tipo de discriminação.

    Contaria com o apoio de diversos meios: veículos de comunicação, órgãos públicos, iniciativa privada, etc… (creio eu).

    Será que estaria disposto a tentar? Não deve ser nada fácil…

    Mas Ricky entraria para a história:

    http://felldesign.wordpress.com/2009/08/20/dois-golacos-de-richarlyson/

  • eduardo pieroni

    boa tarde,JASON cuidado com o EXTERMINADOR DO FUTURO digo corinthians,se o mano conseguir armar o time com os novos reforço e a diferença for pequena faltando dez rodadas babal,o corinthians é campeão!!!!

  • leonardo atleticano

    ” AQUI TEM É TRABALHO MEU FILHO.” Não duvido que seja trabalhador, mas deu muita sorte de ter trabalhado em um clube que tem uma baita administração e lhe deu três títulos, absolutamente por falta de concorrência. Pontos corridos, a administração é tudo, Libertadores, onde o trabalho tático conta demais, e anular o adversário é impressindivel, nosso amigo Muricí não arruma nada, absolutamente nada. Engraçado, quatro jogos sem vitória para o Galo é o fim do mundo, para o Palmeiras ou para o Murici, a mídia segue a babação da mesma forma. Também, se não babar leva patada ao vivo e a cores e tem que fazer carinha de bobo.

  • Às minhas notinhas:
    – Pênalti claro em Coritiba. Desculpe, mas foi sim. Muita burrice do Marcão, pois não precisava fazer aquilo.
    – Gols em impedimento do Corinthians, mas… eu só suspeitei do segundo. O do primeiro nem vi. E pênalti contra o Corínthians não-marcado; impressionante como, 2 minutos depois desse lance, teve um lance ABSOLUTAMENTE IGUAL contra o Inter, e Tardelli, além de falta, amarelou o jogador colorado. Os gols achei de difícil marcação; o pênalti sim eu achei um absurdo.
    – Coitado do Sport, merecia melhor sorte.
    – Sobre o Grêmio: aquele (dos ponteiros) que conseguir (ou que conseguiu) vencer o Grêmio no Olímpico, já dará (ou deu) um grande passo para ser campeão.

    Abraço!

  • fabio zardo

    a eh Andre… quer dizer que penalti no meio do jogo nao precisa ser marcado entao…. como os dois que o juiz do eixo do mal ( RIO ) nao marcou para o Coxa… Coxa jogou melhor e tem o craque do campeonato. por isso venceu.

    AK: Você leu o que está escrito?

  • Jovaneli

    André, lamentavelmente o Lancenet confirma a Massa do Apito: http://is.gd/2qChp

  • beto kfouri

    Tens razão: os 2 gols do Corinthians resultaram de impedimentos;há que ressaltar, entretanto, que o mesmo aconteceu no do Inter. E que o Bolaños não foi expulso porque o juiz amarelou.(sem trocadilho).Na verdade , foi tudo uma enorme lambança proporcionada pelos times e pela arbitragem.Abraços

  • Carlos

    Concordo contigo Fábio. E realmente NÃO há citação no post sobre os penaltis não marcados. Aliás, o soprador de latinhas inverteu faltas todo o jogo. No fim ainda arrumou uma falta com expulsão para ver se o Palmeiras conseguia empatar. O Coxa foi amplamente prejudicado. Não sou torceror de nenhum dos dois clubes e estou absolutamente à vontade para falar.

    AK: Tem time que adoraria ser “amplamente prejudicado” assim…

  • jairo

    ANDRE ,PEGA LEVE , VC TAH ESQUECENDO DOS 2 PENALTIS NAO MARCADO A FAVOR DO COXA, ANTES DE FAZER COMENTARIO PROCURE SE INFORMAR SOBRE A PARTIDA TODA MEU AMIGO, FICA CLARO AI A SUA TENDENCIA AOS TIMOS DO EIXO DO MAL.

    AK: Amigo, pega leve você. Escrevi sobre o pênalti que foi marcado, inexistente, e nos acréscimos. Um erro não justifica outros. E a única tendéncia que se vê aqui é sua. A irresistível mania de ser perseguido. Um abraço.

  • Willian Ifanger

    Parabéns pra parte da torcida do São paulo que parou de seguir a “política” da “torcida” do mal: não grita o nome do jogador, mas comemora o gol. Boa chance para eliminarmos a infuência dessa gangue no nosso estádio.

    E achei que você iria fazer alguma piadinha hoje no Sportscenter com o George Lucas……aliás, é impressão minha ou você e o Arnaldo estão se divertindo muito no programa do meio-dia?

    AK: Não é impressão sua. Obrigado e um abraço.

  • beto kfouri: O gol do Inter não foi em impedimento, o tira teima provou no intervalo. O penâlti no Andrézinho foi escandaloso! Daí, quando o cara reclama, é paranóico (não tô dizendo que tu chamas AK, só generalizando)

    abraços

  • Rodrigo

    Carlos, inventou falta?? Cara, sou corinthiano, mas aquela falta foi inventada?? Você tem certeza do que tá falando??

  • ALGUEM

    AK: Você parece querer convesrsar. Poderia se identificar, não acha? Mas a respeito do seu comentário, que tal deixar o exagero de lado? Um pênalti inexistente foi marcado aos 46 do segundo tempo, e decidiu o jogo. Os lances anteriores não foram marcados, e não isentam o árbitro do erro que ele cometeu. Não podem ser usados como compensação. E daí a falar na “imprensa paulista” e nos “problemas do Brasil”, desculpe, mas é pouco demais. Um abraço.

    Sou leitor assíduo do “lance” e sempre acompanho os “blogs”. Já me comuniquei certa vez com o Mauro.
    Acredito eu que o futebol, reflexo da cultura de um país, demonstra muito mais do que um mero esporte.
    Engraçado como reclamamos de políticos, cartolas, mas presenciamos o mesmo ranço em todas as profissões, inclusive no jornalismo.
    A defesa da não existência do pênalti em cima do jogador do Coritiba por parte da imprensa paulista indica algo maior.
    Não algo consciente, porém é um aperitivo de algo maior e que necessita ser alterado na cultura brasileira.
    Se, pelo menos, houvesse alguma ressalva de outros dois pênaltis que ocorreram e que não foram marcados, mas não, nada.
    Respeito o seu trabalho e a sua independência, entretanto, algumas amarras devem ser melhor desveladas. Sim, desveladas, para só então termos um futebol melhor, e, antes de tudo, um país mais correto.
    Pensemos nisso e no que é feito no eixo prioritário do país. Até que ponto não contribuimos para este futebol? Somos totalmente isentos assim?

  • Lippi

    É de se elogiar que finalmente a Bandeirantes e a Globo transmitiram jogos diferentes

  • Fábio Dias

    André, pênalti é pênalti em qualquer instante do jogo…… assim como cartão vermelho….. se o cara acha que foi, que apite….. vendo na câmera por trás, eu até consigo pensar que foi. Mas da posição do juiz, não marcaria. Agora, ou alguém prova que ele é “Edílson” ou fica quieto. E embora eu seja a favor do uso de imagens, nesse caso eu acho que seria bem difícil, pq vendo pela câmera da linha fundo, aquela puxação e empurração…. pô o Marcão podia ser menos mané e não arriscar……

    AK: Pênalti que decide jogo, nos acréscimos, como esse, só pode ser marcado quando for flagrante. E ninguém está sugerindo erro proposital. Mesmo porque o árbitro teve outras chances para dar pênaltis. Sobre o uso da imagem, pelo amor de Deus, nem precisaria do segundo replay. Um abraço.

  • Massara

    Sobre o pênalti contra o Palmeiras, acho que os dois (Marcão e Thiago Gentil) se puxaram levemente e o zagueiro tirou a bola em lance normal.

    Pra mim não foi pênalti.

    Não vi os outros dois lances comentados aqui no blog, pelo que não posso falar.

    AK: Chega a ser engraçado que se tente colocar tudo na mesma gaveta. Pênaltis não marcados acontecem em quase todos os jogos. Já pênaltis inexistentes, nos acréscimos, que decidem jogos… Um abraço.

    Abs.

  • Marcos Vinícius

    Neto Berola?Deve ser parente muito próximo do Neto Baiano…

  • baianim

    CRUZEIRO,GRANDE CRUZEIRO.

  • Jacques SPFC

    Eu vi ainda em 2007 após o campeonato o Rogério em uma entrevista, não lembro agora se na ESPN mesmo ou no Sportv dizer que o Richarlyson era um dos jogadores de maior personalidade com quem ele já havia trabalhado e o elogiou da mesma forma e quase com as mesmas palavras usadas na coletiva de quarta, e lembrei disso quando o Juca disse que torcia para que o RC tomasse uma atitude a respeito (acho que o RC deve ter visto no linha de passe).
    Agora, já que a imprensa critica tanto a perseguição idiota e desumana da torcida (o que estou também acho abominável) não seria coerente criticarmos também os caras do pânico, cqc, kibeloco e tantos outros panacas que sem o ter o mesmo talento dos nossos grandes humoristas(Jô Soares, Chico Anysio, etc…) só se valem de fazer terrorismo moral contra as pessoas, agredindo-as com piadas apelativas?
    André, não é mais apropriado classificarmos a violência sofrida pelo atleta/trabalhador/homem de calúnia e não homofobia já que ele não se declarou homossexual?
    Da maneira que a imprensa escreve as palavras “preconceito e homofobia” não passa a soar como afirmação convicta de que ele é homossexual?
    O que você acha a respeito?
    André, parabéns a você e o Arnaldo pelo Sportscenter, está cada dia ainda melhor e divertido, imperdível como os demais programas da ESPN.
    Abraços a todos!

    AK: A “classificação” da perseguição é menos importante. O motivo, repugnante, é o preconceito. Obrigado e um abraço.

  • alguem

    Caro comentarista.
    Exagero? Será mesmo?
    Você não acha que o futebol seja um reflexo de nossa cultura?
    Será que ele não tem relação nenhuma com aqueles que detêm o poder?
    Qual o número de estados brasileiros que já tiveram um Presidente da República? Depois disso note os Estados que mais têm títulos brasileiros? Mera coincidência?
    Ora, talvez tudo isso seja um exagero mesmo. Talvez o nosso futebol melhore a cada dia, com a mesma possibilidade para todos. Ah sim, por sinal, a CBF e o clube dos treze repassa o mesmo valor de direitos para todos os clubes né? Não? Nossa, que exagero, alguns clubes merecem mais mesmo.
    Exagero, eu ouvi essa palavra de alguns “Senadores” que defenderam essas semanas o Sr. Sarney.
    Tudo coincidência na República das Bananas.

    AK: Você continua anônimo e exagerado. Por que será? O exagero está em não perceber que um pênalti inexistente, nos acréscimos, e decisivo, é muito, mas muito mais grave do que lances anteriores não marcados. Só isso. Suas análises sócio-esportivas nada têm a ver com a questão. E no que diz respeito às minhas opiniões, e essa patacoada de “defender os times do eixo”, é só ler a nota que está imediatamente abaixo, sobre os gols do Corinthians. Mas é mais fácil ler apenas o que se quer ler, e entender o que não está escrito. Um abraço.

  • Rapaz, nunca vi o André responder tantos comentários em um post!

    Isenção é uma das diversas qualidades desse profissional… por favor, leiam mais colunas dele e perceberão…

    Quem o acompanha diariamente sabe!

  • Ricardo Pires

    Enquanto isso o nosso querido Galo Paraguaio vai caindo pelas beiradas. Eu avisei: Campeonato Brasileiro é pra quem tem elenco e não presidente falastrão.

    Não foi pênalti, isso tá mais do que claro. Como é fraca a arbitragem no nosso país. Ridículo.

    André, quando é que vão implementar novas tecnologias no futebol e utlizar câmeras para decidir lances duvidosos? Já sei sua resposta: nunca!

    AK: Nuuuuuuuuuuuuuuunca!!!!!

  • Massara

    André, não sei se você entendeu o que eu escrevi acima.

    O que eu disse foi que achei que não foi pênalti do Marcão no Thiago Gentil e que os outros dois pênaltis que as pessoas comentaram que existiu ao longo do mesmo jogo eu não vi e por isso não posso comentar.

    Não entendi a “bronca”.

    Abs.

    AK: Que bronca? Um abraço.

  • alguem

    Nossa, sinto certo nervosismo em seu discurso.
    Mais fácil desmerecer o argumento do outro do que tentar rebatê-lo.
    “Suas análises sócio-esportivas nada têm a ver com a questão”. Como não? Eu estou a discutir muito mais do que um mero lance, caro “especialista”.
    Quero saber da sua opinião sobre o futebol como expressão cultural de um povo. Quero ver se você entende existir alguma atitude, mesmo inconsciente, que privilegie alguns setores do país e, consequentemente, alguns times de futebol. Só isso.
    Ficar nervoso e desvirtuar a conversa em nada contribui, ao contrário, somente desmerece o seu trabalho.
    Um abraço
    Enzo

    AK: Caro Enzo, a conversa desvirtuada começou no seu primeiro comentário. É apenas um pênalti pessimamente mal marcado. Nervosismo é impressão sua. Um abraço.

  • Massara

    O “reply” do comentário deu a entender que você entendeu que eu tentei “colocar tudo na mesma gaveta” no meu comentário, quando, na verdade, não entrei no mérito dos pênaltis não marcados ao longo do jogo.

    Abs.

    AK: Desculpe, não era essa a intenção. Quis apenas continuar a conversa. Um abraço.

  • Valêncio

    André meu caro, gostaria que a imprensa aqui do Paraná, fosse igual à de São Paulo, RJ ou do Rio Grande do Sul. Nunca a imprensa daqui defenderia tanto os times, como fazem nestes estados!!! Do jeito que falam do pênalti marcado, se não tivesse visto o jogo, eu juro que acreditava em vcs!! Por isso eu digo: Adorei a vitória do Coxa!!!!

    AK: Pois é. Cada um acredita no que quer. Um abraço.

  • alguem

    Chega, sem mais conversa?
    Não irá me responder acerca das “tendências esportivas”.
    A verdade é uma e ponto final.
    Com todo respeito, mas a sua resposta, ou melhor, a falta dela, somente confirma o que eu falei.
    O silêncio ecoa também no mundo “internético”.
    Abraços

    AK: Silêncio? Como já ficou claro, discordo de você. Mas não pretendo convencê-lo de nada. O espaço está aberto para suas opiniões. Mas repito que se trata, apenas, de um pênalti mal marcado. Não me culpe por não concordar com você. Um abraço.

  • Luiz Felipe

    A banca paga e recebe.

    É assim com quase todos os times, a exceção da banca X, que só recebe.

    Na banca X: goleiro pode dar voadora dentro da área e ainda se expulsa o adversário agredito, zagueiros podem puxar camisa a vontade dentro da área, volantes botem bater a vontade sem levar cartão, atacante ciscador pode se atirar e cavar falta nas redondezas da área e dentro da mesma, pode também fazer gol impedido a torto e direito, etc.

    Viva a banca X. E, se tudo isso não adiantar, anula-se as partidas perdidas pela banca X para ela poder jogar de novo…

    AK: Fizeram até um DVD sobre isso, né?

  • AK, sou coxa-branca e como disseram, da maneira que foi escrito parece que o palmeiras foi assaltado em Curitiba o que não é verdade.

    A expulsão do Pierre foi injusta na minha opinião, bem como a do Leandro Donizete que foi pra fora pra equilibrar o jogo.
    E considerando que houveram dois penaltis claros não marcados a favor do Coxa (Carrinho do Armero no Marco Aurélio e a matada de mão clamorosa do Marcão dentro da área, os dois lances na minha frente) e um penalti marcado que não foi falta o juiz ainda ficou devendo um penalti pro Coxa que poderia ser um gol a mais de saldo e um a menos pro palmeiras. Portanto o Coxa foi prejudicado sim

    Com a chiadeira que deu no estádio depois dos dois penaltis e provavelmente sabendo que tinha errado o juiz resolveu compensar

    AK: Discordo totalmente da sua matemática de pênaltis, esse tipo de coisa não existe no futebol. Discordo, também, da sua visão sobre as expulsões. Pierre foi bem expulso (pediu o vermelho), e a do Leandro Donizete foi só para compensar. Acho que o árbitro sabia que deveria ter dado um pênalti para o Coritiba, e não teve coragem de deixar o último lance correr. Um abraço.

  • David

    “Qual o número de estados brasileiros que já tiveram um Presidente da República? Depois disso note os Estados que mais têm títulos brasileiros? Mera coincidência?” Sarney é do Maranhão, embora tenha tido a manha de criar um outro estado só pra ele. Collor nasceu no RJ, mas na prática “era” de Alagoas, assim como FHC nasceu no RJ e Lula nasceu em Pernambuco, mas na prática “eram” de SP. Considerando o número de títulos do Maranhão, do Amapá e de Alagoas, essa relação não faz sentido algum. Ademais, é de se esperar que os estados mais ricos e populosos tenham maior influência política, e historicamente são também os estados com maior tradição no futebol brasileiro. Uma relação de obviedade, e não de causa e efeito.

  • Com certeza a matemática de penaltis não existe o que eu estava querendo colocar é que o coxa estava sendo prejudicado até aquele momento do jogo. Pra mim o Pierre escorregou, lógico que ele foi pra fazer a falta, mas não feia daquele jeito.

    Bom, justiça de futebol é bola na rede como dizem.
    Abraço.

    AK: Sim, o ponto de que Coritiba estava sendo prejudicado até então é válido. Mas a maneira como o jogo foi decidido não se justifica. Um abraço.

  • Massara

    Relaxa. Fiz confusão.

    Abs.

  • alguem

    Discorda de mim? Muito bom, só gostaria de saber se a sua contrariedade está relacionada ao pênalti ou a história do futebol brasileiro? Sobre o pênalti já entendi e tentei fazer com que você entendesse que sua opinião tem certa tendência. Não relacionada a má-fé ou má intenção, mas sim pela sua história ligada a certo território nacional. Uma criança que nasce dentro do Movimento Sem Terra terá visão diferente daquele que nasceu de um grande produtor de terra. Mesmo sem má intenção a visão de ambas as crianças será diferente. Agora até que ponto cada uma tem o poder para impor a sua visão que é o ponto da história.
    David, desculpe, mas o seu ponto de vista decorre do senso comum.
    A história presidencialista é muito maior do que a era democrática pós Constituição de 1988.
    Ademais, Lula e FHC, evidentemente, são crias de São Paulo. Sarney não foi eleito, não sei se você sabe, mas era para ter sido Tancredo (MG).
    Se for pensar por riqueza, o Paraná é um dos mais ricos do país e tem pouca influência política.
    Assim, caros amigos, deixemos de lado essa conversa mole.
    Pressão tudo bem, mas hipocrisia não!

  • David

    Meu ponto de vista decorrer do senso comum, nesse caso, é um elogio. Melhor que a falta de bom senso da sua mente conspiratória.

    Sarney não foi eleito? Bem, minha memória as vezes falha, mas posso jurar que ele foi eleito como vice de Tancredo pelo Colégio Eleitoral. Talvez pra você ele ganhou a presidência num bingo.

    Se quiser levar seu argumento sobre presidentes para antes da redemocratização, Inter e Grêmio deveriam ter uns 10 títulos cada, pelo tempo que Getúlio foi presidente.

    Faça o seguinte: indique 1 (um) estado brasileiro que seja menos rico que o Paraná e tenha maior influência política. Ah, e por falar nisso, Coritiba e Atlético já foram campeões brasileiros. Deve ser pelo grande número de presidentes paranaenses que já tivemos né.

    E pare de usar a palavra hipocrisia enquanto você desconhecer o significado.

MaisRecentes

Gato



Continue Lendo

A vida anda rápido



Continue Lendo

Renovado



Continue Lendo