NOTINHAS PÓS-RODADAS (atualizadas com o raio)



A diferença do líder para o quarto colocado caiu para quatro pontos.

O Internacional (com dois jogos a menos) tem o mesmo aproveitamento do Palmeiras: 65%.

O Grêmio Barueri caiu três posições. O Corinthians subiu três.

As notas da décima-nona (para a maioria) rodada:

* No terceiro empate (1 x 1 com o Botafogo: André Lima e Danilo – 24.231 pagantes no Palestra Itália) seguido do Palmeiras, o segundo tempo foi muito melhor do que o primeiro.

* O Botafogo, que estreou Estevam Soares, também está há três rodadas (1E, 2 D) sem vencer.

* O Internacional (2 x 0 no Santo André: Taison e Alecsandro – 2.762 pagantes no Bruno José Daniel) está em posição privilegiada: em terceiro lugar virtual, com chances de ganhar o turno.

* A queda livre do Santo André chegou ao calabouço da tabela.

* Trinta dias atrás, o Avaí (2 x 1 no Náutico: Eltinho, Emerson-contra e Marquinhos – 9.223 pagantes na Ressacada) era o lanterna do campeonato. Desde então, o time catarinense está invicto há nove rodadas (com 7V).

* O gol de Marquinhos foi belíssimo.

* Após três jogos, o Corinthians (2 x 0 no Atlético Mineiro: Dentinho e Boquita – 19.773 pagantes no Pacaembu) voltou a fazer gols.

* O Atlético tem um jogo a menos, por isso sua saída da área-vip também é virtual.

* Grande jogada de Júnior César, no gol da vitória do São Paulo (2 x 1 no Sport: Washington, Fabiano e Hugo – público ND na Ilha do Retiro), a sexta seguida.

* A maneira como o Sport perdeu o jogo ajuda a explicar sua posição na tabela.

* O melhor mandante do campeonato (86,7% de aproveitamento) goleou o Flamengo (Grêmio 4 x 1: Perea, Éverton, Réver, Jonas-2 – 19.535 pagantes no Olímpico), com ótima atuação do goleiro Victor. Até na bola que entrou, ele tocou.

* Já Bruno falhou no gol de Réver.

* Que passe de Léo Lima no primeiro gol do Goiás (3 x 2 no Vitória: Felipe Menezes, Fernando, Leandro Domingues, Neto Berola e Júlio César – 7.202 pagantes no Serra Dourada). E que jogada de Iarley no segundo gol.

* Com 37 gols, o Goiás tem o segundo melhor ataque (Barueri, 38) do campeonato.

* Na estreia de Ney Franco, o Coritiba ganhou (3 x 1 no Fluminense: Marcelinho Paraíba-2, Kieza e Marcos Aurélio – 17.042 pagantes no Maracanã) um “confronto direto” pela fuga do calabouço. E escapou.

* Marcelinho Paraíba já é perigosíssimo no mano a mano. Com a ajuda de Luiz Alberto e FH, então…

* Não foi por falta de chances de gols que Cruzeiro e Santos ficaram no único 0 x 0 (16.939 pagantes no Mineirão) da rodada.

* Com 18 gols, o ataque do Cruzeiro é o pior do BR-09.

* Quarta vitória seguida do Atlético Paranaense (3 x 0 no Barueri: Paulo Baier-2 e Marcinho – 14.992 pagantes na Arena da Baixada), que já vê a saída da zona do limbo.

* Paulo Baier fez dois, sofreu o pênalti, e ainda determinou quem ia bater.

______

* Pela Série B, o Vasco virou (3 x 1na Portuguesa: Dinei, Gian, Adriano e Elton – 9.462 pagantes no Canindé) e venceu o confronto “luso-brasileiro”, para seguir com a mesma pontuação do líder Atlético Goianiense.

* Jogadores e dirigentes do Vasco foram agredidos depois do jogo, episódio que não é novidade no Canindé.

______

(ilustração enviada pelo blogonauta Fellipe Elias. Obrigado!)

Dizer mais o quê?

Usain Bolt (9s58 em Berlim, novo recorde mundial) levou a prova mais rápida do atletismo a um inédito nível de espetáculo.



MaisRecentes

Plano B?



Continue Lendo

Pendurado



Continue Lendo

Porte



Continue Lendo