NOTINHAS PÓS-RODADAS (atualizadas com o raio)



A diferença do líder para o quarto colocado caiu para quatro pontos.

O Internacional (com dois jogos a menos) tem o mesmo aproveitamento do Palmeiras: 65%.

O Grêmio Barueri caiu três posições. O Corinthians subiu três.

As notas da décima-nona (para a maioria) rodada:

* No terceiro empate (1 x 1 com o Botafogo: André Lima e Danilo – 24.231 pagantes no Palestra Itália) seguido do Palmeiras, o segundo tempo foi muito melhor do que o primeiro.

* O Botafogo, que estreou Estevam Soares, também está há três rodadas (1E, 2 D) sem vencer.

* O Internacional (2 x 0 no Santo André: Taison e Alecsandro – 2.762 pagantes no Bruno José Daniel) está em posição privilegiada: em terceiro lugar virtual, com chances de ganhar o turno.

* A queda livre do Santo André chegou ao calabouço da tabela.

* Trinta dias atrás, o Avaí (2 x 1 no Náutico: Eltinho, Emerson-contra e Marquinhos – 9.223 pagantes na Ressacada) era o lanterna do campeonato. Desde então, o time catarinense está invicto há nove rodadas (com 7V).

* O gol de Marquinhos foi belíssimo.

* Após três jogos, o Corinthians (2 x 0 no Atlético Mineiro: Dentinho e Boquita – 19.773 pagantes no Pacaembu) voltou a fazer gols.

* O Atlético tem um jogo a menos, por isso sua saída da área-vip também é virtual.

* Grande jogada de Júnior César, no gol da vitória do São Paulo (2 x 1 no Sport: Washington, Fabiano e Hugo – público ND na Ilha do Retiro), a sexta seguida.

* A maneira como o Sport perdeu o jogo ajuda a explicar sua posição na tabela.

* O melhor mandante do campeonato (86,7% de aproveitamento) goleou o Flamengo (Grêmio 4 x 1: Perea, Éverton, Réver, Jonas-2 – 19.535 pagantes no Olímpico), com ótima atuação do goleiro Victor. Até na bola que entrou, ele tocou.

* Já Bruno falhou no gol de Réver.

* Que passe de Léo Lima no primeiro gol do Goiás (3 x 2 no Vitória: Felipe Menezes, Fernando, Leandro Domingues, Neto Berola e Júlio César – 7.202 pagantes no Serra Dourada). E que jogada de Iarley no segundo gol.

* Com 37 gols, o Goiás tem o segundo melhor ataque (Barueri, 38) do campeonato.

* Na estreia de Ney Franco, o Coritiba ganhou (3 x 1 no Fluminense: Marcelinho Paraíba-2, Kieza e Marcos Aurélio – 17.042 pagantes no Maracanã) um “confronto direto” pela fuga do calabouço. E escapou.

* Marcelinho Paraíba já é perigosíssimo no mano a mano. Com a ajuda de Luiz Alberto e FH, então…

* Não foi por falta de chances de gols que Cruzeiro e Santos ficaram no único 0 x 0 (16.939 pagantes no Mineirão) da rodada.

* Com 18 gols, o ataque do Cruzeiro é o pior do BR-09.

* Quarta vitória seguida do Atlético Paranaense (3 x 0 no Barueri: Paulo Baier-2 e Marcinho – 14.992 pagantes na Arena da Baixada), que já vê a saída da zona do limbo.

* Paulo Baier fez dois, sofreu o pênalti, e ainda determinou quem ia bater.

______

* Pela Série B, o Vasco virou (3 x 1na Portuguesa: Dinei, Gian, Adriano e Elton – 9.462 pagantes no Canindé) e venceu o confronto “luso-brasileiro”, para seguir com a mesma pontuação do líder Atlético Goianiense.

* Jogadores e dirigentes do Vasco foram agredidos depois do jogo, episódio que não é novidade no Canindé.

______

(ilustração enviada pelo blogonauta Fellipe Elias. Obrigado!)

Dizer mais o quê?

Usain Bolt (9s58 em Berlim, novo recorde mundial) levou a prova mais rápida do atletismo a um inédito nível de espetáculo.



  • ADSON CARVALHO

    André, bom começo de semana… Não é querer ser “DC” mas cabe uma correção!!! O Sport levou o segundo gol com um jogador a mais, Ok!!!
    att.
    AC

    AK: Obrigado pela correção. Um abraço.

  • Lippi

    André, na verdade o Sport estava com 10 jogares quando sofreu o gol da virada..

    AK: Obrigado. Abraço.

  • Cesar

    Olá Andé bom dia. Se não me engano, quando o São Paulo fez o segundo gol, o Sport tinha um jogador a mais, certo. Miranda e Renato Silva (expulsos pelo S.Paulo) e Wilson (expulso pelo Sport)….

    Abraço.

  • Marcelo

    André,

    o Sport teve um jogador expulso no segundo tempo. O São Paulo esteve com um jogados a menos no momento do segundo gol. O que também não justifica a bobeada do Sport.

    Abs.

  • leonardo atleticano

    André, a saída do Galo dos grupo dos quatro primeiros não tem nada de virtual, é real mesmo, varios problemas de contusão e suspensão, mas a queda de rendimento tambem é clara.

  • BASILIO77

    Já pensou se o gol anulado pelo Vuaden no Pacaembú fosse a favor do Atletico?
    DVD.
    Abraço.

  • Leandro Dias

    André…bom dia, gostaria que vc falasse do Bolt…fizesse uma coluna sobre o q vc pensa sobre esse cara que realmente parece não ser desse planeta ou desconhecer o limite do seu próprio corpo…abraços

  • Bruno Pereira

    Ô, André…
    Esperei a manhã toda para ver se você iria fazer algum comentário sobre o E.T. “Lightning Bolt”. Você nem tocou no assunto e eu agora estou me perguntando: “O que mais pode ser dito sobre esse cara? Onde é que ele vai parar? Será possível que ele faça os 100m abaixo de 9s5?”. Depois de vê-lo em Pequim e Berlim não duvido mais de nada,
    abraços

  • eduardo pieroni

    EU cantei a bola semanas atras que o GALO PARAGUAIO ,venceria o coritiba ou o avai,falta so o avai,10º ao 12º esta e a colocação do GALO PARAGUAIO no campeonato 2009

  • Marcos Vinícius

    Querido,me responda uma pergunta:

    Como vc mesmo disse,agressões a torcedores adversários por parte da torcida da Portuguesa são fatos recorrentes.

    Por muito menos que isso,vários times já perderam mando de campo,ou tiveram que jogar com portões fechados,o que é um desastre hoja,pois se os clubes já sofrem com problmas financeiros,imagine sem a renda de alguns jogos.

    A pergunta é:Se todo mundo sabe que isso acontece algumas vezes no Canindé,pq ninguém faz nada?Pq a Lusa,pelo menos,não perde o mando de campo em alguns jogos?e pq com os chamados grandes há um rigor muito maior do que com os times de menor expressão?

    Em tempo:Belíssimas as cenas das crianças dos times sub-14 de Boca e River.Uma verdadeira guerra física comandada pelo imbecil do treinador do time do Boca.Como dizia minha avó:”É de cedo que se aprende…”

  • leonardo atleticano

    André, o que mais me impressiona no Bolt, é a cara de tranquilade do cidadão ao correr, seus concorrentes quase enchendo as calças de tanto fazer força e ele na manha, olhando para o lado e apreciando a corrida tal qual um simples espectador. Não tem como avaliar seu limite, ele não é exigido para tal. Vamos ter que soltar um leão faminto atrás dele para ver o quanto ele voa, com seres normais o cara corre relaxado demais. Acho que ficou claro que ele baixa de 9:50 quando quiser.

  • Anna

    O gol mais bonito da rodada é o de Boquita! 😉 Eu até me lembro do Palomino dizendo em Pequim: Usain Bolt é mágico mas eu ainda tenho cá minhas desconfianças com essa facilidade toda. Espero estar redondamente enganada!

  • Li que o Movimento Browniano é o movimento aleatório de partículas macroscópicas num fluido como consequência dos choques das moléculas do fluido nas partículas. Apesar de Robert Brown observá-lo antes que todos reles mortais, foi EINSTEIN que explicou corretamente esse movimento, propondo que a energia fosse constituída de moléculas. Chegou até a desenvolver/assessorar, em conjunto com Conrad Habicht, uma engenhoca para medir o movimento browniano dessas cargas elétricas, da seguinte forma: conseguiram encontrar um fator multiplicativo enorme de 10-²+², quer dizer, um décimo de milésimo até 100 volts. Porém tal engenho não deu certo, transformando-se em um dos maiores fracassos do Gênio (apesar de Einstein não fazer questão de ser incluído no pedido de patente, tampouco assinar o trabalho).

    Entenderam? Nem eu…

    Assim como não entendo Bolt (bom, se nem EINSTEIN explica, estou no lucro!)…

    Meu medo é ele correr mais que isso e viajar p/ o FUTURO!

    …………………………………………………………………………………

    Após essa explanação confusa, só tenho a agradecer pela publicação da charge… André deixou de ser revelação no Jornalismo Esportivo já faz um BOM tempo e hoje pertence a um seletíssimo grupo de jornalistas que, pelo conjunto da obra, tornam-se leitura obrigatória (e prazerosa) de todo santo dia!

    Thanks, Brah!

  • Fred Ferreira

    André,
    Faltou você dizer que no jogo Palmeiras x Bota, o Botafogo teve 8 desfalques…..

  • Willian Ifanger

    André, como pode um campeonato ser levado a sério quando colocam uma partida pra ser jogada num pasto (e olha que acho que estou sendo bonzinho). Aquele gramado (ou areado) do Bruno José Daniel é um desrespeito com o esporte.

    E fiquei comovido com a comemoração do banco de reservas do Tricolor depois do gol do Hugo. Agora sim esse time tem um grupo de verdade. Parabéns Ricardo Gomes.

    E o Tyson Gay falou que o Bolt não é imbatível. Tá bom então…..vai demorar uns anos aí pra alguém fazer ele correr de verdade. E isso que ele gosta de correr os 200m.

  • Marcel Souza

    Pois é, como disse a Anna, o cara ganha tão fácil que dá até pra desconfiar!! De qualquer forma é um showman!

  • Tiago

    Tudo bem André? Não é só o futebol brasileiro que sofre com a janela de transferência, não sei você viu, do contrário, veja o desabafo do treinador do Huracán: “A Cappa le desarman el equipo y acusa a los representantes: “Huelen dólares y se convierten en hienas”. Les pega a los jugadores que se fueron y banca a los que practican aun sin firmar contrato. Defederico quiere irse a Brasil y es otro conflicto.”
    Só que lá, eles sofrem até do assédio de clubes brasileiros, como o próprio Corinthians. A fonte: http://www.ole.clarin.com/notas/2009/08/18/futbollocal/01980505.html
    Abraço!

  • Ricardo Pires

    O Bolt é realmente um fenômeno. Curioso como o ser humano tem a capacidade de se superar e reinventar com certa facilidade, seja no atletismo, no futebol, na ciência e (negativamente) na política. Sou fã desse cara!

    Léo M, a queda do Galo mostra a fragilidade do elenco Atleticano, algo que eu já apontava aqui há algum tempo. Depender só do Mortadelli não dá. O Júnior também cai muito de produção do meio ao final da temporada, afinal já não é mais nenhum garoto. Fora esses dois, não existe um jogador diferenciado no time e o banco é de doer. Agora com o Desentería pode ser que melhore, mas o cara é uma icógnita. O Éder Luís é esforçado mas muito irregular…

    Já o meu Cruzeiro continua em franca decadência. Como pode ser prejudicial perder uma final, hein? Jogando no Mineirão, os jogadores dão a impressão de estarem desconfortáveis, constantemente lembrando a tragédia de 15 de Julho, como se fantasmas de Verón e “Gata” Fernandez estivessem alí… no pé deles… forçando erros que outrora não cometeríam. A ver se o Guerrón dá vida nova ao capenga time de Adílson Batista, que até hoje não conseguiu dar padrão a um dos melhores elencos Sul Americanos.

    André, será que isso aconteceria em outros países, como a Argentina, ou é coisa de time Brasileiro mesmo que não sabe lidar com perdas tão significativas? Pergunto isso porque me lembro de seu comentário sobre jugadores hermanos, que em geral tem educação mais qualificada e estariam mais prepareados para, digamos, a vida… 🙂

    Abraço

  • Qure golaço do Boquita!

    http://brasilinteligente.wordpress.com/

MaisRecentes

Sqn



Continue Lendo

Gato



Continue Lendo

A vida anda rápido



Continue Lendo