PELA VOLTA DA SUNGA



(Alerta: Não gosta de natação? Não prossiga.)

Declarações do sérvio Milorad Cavic, hoje em Roma, mostram o tamanho da piada em que se transformou o Mundial de Natação, por causa da polêmica dos trajes.

Cavic é o cara que “ganhou” de Michael Phelps na final dos 100m borboleta em Pequim. Ele permanece convencido de que tocou o bloco de chegada antes do americano, mas não com a força devida.

Parece que ele não dá muita importância para o fato de os dois sistemas de cronometragem, e fotos em alta resolução da chegada, terem confirmado a vitória de Phelps.

Cavic está babando pela oportunidade de bater o maior campeão olímpico de todos os tempos, e não quer que os trajes estraguem o momento.

Cavic também não aguenta mais ouvir alguém dizer que Phelps está sendo obrigado a nadar em Roma com um traje inferior, por questões contratuais.

“É lealdade. Eu sei que ele está ganhando muito dinheiro da Speedo. Mas a liberdade tem um preço, e quanto você paga por ela é algo que depende de você”, disse o sérvio.

A Speedo liberou os nadadores que usam seus maiôs para vestirem outros trajes (o “Arena X-Glide” e o “Jaked”, que literalmente bóiam, são considerados mais avançados) em Roma. Mas Phelps, que é patrocinado pela marca desde adolescente, e com um contrato milionário, decidiu ficar com o LZR.

Cavic se ofereceu para ajudá-lo. “Se Mike quiser um Arena, ele só precisa dizer. Se ele quiser um Jaked, e não arrumarem um de graça, eu compro um para ele. Ele tem opções. Estão dizendo que ele tem de nadar com um Speedo. É mentira”.

“Michael tem três opções. A primeira é usar o maiô que vem usando. A segunda é arrumar um desses trajes novos, e eu garanto que a Arena conseguiria um em questão de uma hora. A terceira é um sonho meu, que todos os nadadores da final estejam de sunga. Eu juro por Deus que é isso que desejo, mas esse é o cenário menos realista de todos”.

Milorad Cavic deu essas declarações antes da semifinal dos 100m borboleta. Na água, falou ainda mais alto.

Classificou-se com o melhor tempo (roubando o recorde mundial de Phelps): 50s01.

Phelps ficou em segundo, com 50s48, e disse que não trocará de maiô.

A final acontece neste sábado. Certeza, apenas, é que ninguém estará de sunga.

——

ATUALIZAÇÃO, SÁBADO 01/08/09, 15h05 – Resultado da final dos 100m borboleta:

Michael Phelps (trajando Speedo LZR): 49s82 – novo recorde mundial

Milorad Cavic (trajando Arena X-Glide): 49s95

Fim de papo.

Disse Phelps (sobre as declarações do sérvio): “Como isso poderia não me motivar? Quando coisas são ditas, o único resultado é me estimular sem limites. Eu adoro.”

Disse Cavic (ainda na piscina, para Phelps): “Você é o cara.”

Engraçado como, neste Mundial de Roma, a natação ficou parecida com hipismo e fórmula-1. De qualquer forma, isso tem data para acabar: janeiro de 2010.

Será muito interessante ver se os recordes mundiais quebrados em Roma sobreviverão mais do que o normal.

E se o alemão Paul Biedermann (que bateu Phelps nos 200m livre) continuará nadando na frente.



MaisRecentes

Virtual



Continue Lendo

Falante



Continue Lendo

Vencedores



Continue Lendo