NOTINHAS PÓS-RODADAS



Vinte e sete gols em 10 jogos. Boa média.

O Atlético Mineiro lidera, mas supera o Palmeiras apenas no saldo de gols.

Maior salto para cima: Avái, quatro andares.

Para baixo: Sport, três.

As notas da décima-primeira rodada do BR-09:

* O Palmeiras (1 x 0 no Santo André: Diego Souza – 19.041 pagantes no Palestra Itália) chegou a 12 jogos – 6V – de invencibilidade. E já tem o mesmo número de pontos do líder.

* Desculpe a repetição: quando Diego Souza está bem, o Palmeiras é muito melhor.

* Já o Fluminense (4 x 1 para o Goiás: Ruy, Ramalho, Júlio César, Felipe e Iarley – 7.451 pagantes no Maracanã) está há sete rodadas sem vencer.

* Foi a terceira vitória do Goiás, como visitante. Só o Atlético Mineiro (4) tem mais.

* Washington fez os dois gols da vitória do São Paulo (2 x 1 no Santos: Roni fez o gol santista – 10.913 pagantes no Morumbi), e disse que o time “foi mais irmão”.

* O centroavante são-paulino não marcava desde o dia 31 de maio.

* Fraco Atle-Tiba (0 x 0 – 19.266 pagantes) na Arena.

* Na chance mais clara do jogo, Rodolpho evitou um gol de Marcelinho Paraíba.

* No Gre-Nal número 377, de uma história centenária, deu Grêmio (2 x 1: Nilmar, Souza e Maxi López – 36.046 pagantes no Olímpico), e de virada.

* O Internacional informa que Tite não está a perigo.

* O Atlético Mineiro (0 x 0 com o Vitória – 16.101 pagantes no Barradão) interrompeu a série vencedora (5 jogos) do Vitória em casa.

* Como mandante, o Vitória tem a segunda melhor campanha (5V, 1E, 0D) do BR-09. A melhor é a do Palmeiras (5-2-0).

* Mesmo com um jogador a mais desde os 27′ do primeiro tempo, o Corinthians (2 x 1 no Cruzeiro: Jorge Henrique, Ronaldo e Kléber – 32.595 pagantes no Mineirão) sofreu para vencer a primeira fora de casa.

* O lance da falta de Wellington Paulista em Chicão é tão duvidoso quanto o pênalti de Chicão em Kléber Rooney. Pênalti, de verdade, foi o toque de mão – não marcado – do mesmo Chicão.

* Val Baiano, autor dos 4 gols da vitória do Barueri (4 x 0 no Náutico – 1.868 pagantes na Arena Barueri), já é um dos 3 artilheiros (com Felipe, do Goiás, e Roger, do Vitória) do campeonato.

* O Barueri está fora do G-4, pelo número de vitórias.

* O Avaí (3 x 1no Sport: Igor, Dudé, Roberto e Luiz Ricardo – 13.218 pagantes na Ilha do Retiro), que não vencia fora de casa pela Série A há mais de 30 anos, quebrou o tabu na rodada passada e gostou.

* O prêmio para o time de Silas foi livrar dois pontos do calabouço da tabela.

* Flamengo e Botafogo (2 x 2: Alessandro, Adriano, Renato e Emerson – 29.508 pagantes no Maracanã) gostam mesmo de um empate.

* Eu não marcaria falta de Emerson em Lucio Flavio, no lance do segundo gol do Flamengo.

______

* O Vasco (3 x 0 no ABC: Souza, Adriano e Elton – 17.370 pagantes em São Januário) está nos trilhos, de novo.

* A que ponto a pentelhação chegou: o árbitro Luiz Alberto Bites deu uma bronca no jovem vascaíno Phillippe Coutinho, por “excesso de habilidade”.



  • Riler B. Scarpati

    Caro André Kfouri, vocÊ errou o público de Cruzeiro e Corinthians no MIneirão. Foram 32.595 pagantes ontem no Mineirão, favor corrigir essa informação pois nós cruzeirenses não abandonamos e nem abandonaremos o time nesse momento.

    AK: Corrigido. Obrigado.

  • Paulo

    Luxemburgo vai começar um novo ciclo de trabalho no Santos. Acredito muito no treinador, que para mim continua sendo um dos melhores deste país, ao lado de Felipão, Mano Menezes e Muricy. A combinação Luxemburgo + Palmeiras é muito odiada, principalmente por alguns comentaristas que existem dentro da imprensa paulista. Não gosto de generalizar, mas não irei citar nomes. Não é o seu caso, André… As críticas são tão fortes e constantes que não sobra espaço para a análise do trabalho realizado. O ambiente vai se deteriorando aos poucos. E olha, que da última vez, pelo menos campeão paulista, ele conseguiu ser… Agora no Santos, onde a combinação Luxemburgo + Santos, acaba sendo mais permitida, vai fazer a molecada voar e vai ser deixado de lado pelos críticos, verdadeiros algozes. Torço sempre por ele e principalmente pela sua coragem de falar das arbitragens, já que não me recordo de uma outra época em que elas estivessem tão lamentáveis como agora… Talvez seja por isso que tenha sido tão “caçado”… Ou pelo lado manager, que muita gente não aceita… “O ambiente do futebol é um dos meios mais conservadores que existem”, segundo ele mesmo um dia afirmou no microfone da Rádio Jovem Pan.

  • Eu acho que a falta do Emerson foi em cima do Lucio Flavio.

  • leonardo atleticano

    André, realmente o Palmeiras empatou com o Galo em número de pontos, mas as duas próximas rodadas podem voltar a dar um refresco para o Galo, pelo menos na teoria. Muito disputado esse campeonato, aqui, estamos chegando a 1/3 do campeonato, logo estaremos na metade, é impressionante o descrédito com o Atlético, a liderança dele até então é tida única e exclusivamente à falta de interesse das principais equipes, mérito, pelo jeito ele não teve nenhum. O que vc acha André? Vc vê o Galo pelo menos como candidato a vaga da Libertadores? Será que como atleticano, esse bom e esforçado time existe só em minha imaginação?

  • ADSON CARVALHO

    Concordo com o Leonardo, é impressionante o desdém com o Galo!!! Ontem assistí praticamente todos os programas esportivos e o Galo só é citado esporadicamente… O Cruzeiro na zona de rebaixamento foi mais comentado que o Galo??? Por favor cronistas, respeitem a Instituição CLUBE ATLÉTICO MINEIRO- Desde 1908, o mesmo nome, a mesma camisa, o Primeiro Atlético do Mundo, o Primeiro Campeão Brasileiro e inventor da Estrela Amarela… Pasmem…

  • Davi

    André, vc disse que o Vitória tem a 2ª melhor campanha entre os mandantes (5V, 1E) e que o Palmeiras tem a melhor (5V, 2E). Seu critério está equivocado. O Palmeiras jogou um jogo a mais, e conquistou 1 ponto a mais. No aproveitamento, o Vitória é melhor, com 16 pontos em 18 disputados (88,89%) contra 17 em 21 disputados do Palmeiras (80,95%). Lembre-se que o Vitória pode chegar a 6V e 1E se vencer seu próximo jogo em casa. Abraços.

  • leonardo atleticano

    O problema Adson, creio eu, é que quando o jornalista é contratado pela grande mídia do eixo, ele já recebe uma cartilha com aquilo que ele pode dizer ou não, é impressionante, o roteiro é o mesmo, as falas são as mesmas, o Galo na liderança já a algumas rodadas deve estar incomodando um montão, falar o que? É o mesmo discurso, e se vc fala alguma coisa, vc é o interiorano com trauma de perseguição. O cruzeiro é praticamente o lanterna, com o time traumatizado, e tem jornalista que segue a cartilha do início do campeonato, que o time é candidato ao título, mas não tem problema, a verdade do jornalista, principalmente do comentarista não dura 24 hs, amanhã é só mudar o discurso radicalmente e ninguem cobra as babaquices ditas anteriormente.

  • Jovaneli

    Val Baiano e o seu Barueri merecem todo o respeito, mas que é muito fraco o nível técnico do Brasileiro, isso eu não tenho dúvida.
    De todo modo, vale registrar a ótima campanha do líder Galo. Celso Roth, de novo, surpreende. Até quando haverá resistência em reconhecer a importância do seu trabalho? Será que não está na hora dos clubes darem maior valor ao técnico trabalhador ao treinador de “grife”?
    Outro detalhe importante: se a presença de seis paulistas entre os 20 do Brasileiro é surpreendente, mais incrível é a real possibilidade de haver oito (com Guarani e Ponte) ou até nove (se a Lusa subir, também) times do estado de São Paulo no Brasileirão 2010.
    Por outro lado, o Rio de Janeiro sofre com o Vasco na Segundona e Botafogo e Fluminense na Zona do Rebaixamento. E pensar que um dia o Rio de Janeiro foi a capital do futebol brasileiro. Que situação!

  • Maurilio

    Assustei quando vi o publico do Cruzeiro x Corínthians no seu comentário. Inclusive, achei até que você comentaria sobre o mesmo, já que depois do desastre de 4ª feira ir, apenas três dias depois, mais de 32 mil pagantes é um feito. Se o time não anda correspondendo, a torcida do cruzeiro vem dando um show.

  • Joao Luis Amaral

    Fala, André!
    Engraçado, mas eu achei que o penalti no Kleber aconteceu sim, mas muito mais por esperteza dele, que deixou a perna para o Chicao tocar…. Inocência do zagueiro, que deveria apenas ‘ter cercado’. Se bem que o Chicao salvou o empate no último lance, entao saiu com saldo zero.
    Achei incrível a capacidade do Cruzeiro em sufocar o Timao, mesmo com um jogador a menos e, principalmente, a ousadia do técnico em mandar o time para cima… Bonito de ver!
    Grande abraço,
    Joao Luis Amaral

  • ADSON CARVALHO

    Prezados Leonardo e Jovaneli, o pior é que estes Pseudo-cronistas teriam muitas notícias do Galo para comentar, tais como:
    A administração austera de Alexandre Kalil, a profissionalização imperada por Bebeto de Freitas, o retorno à valorização da base com a criação da “Cidade do Galo”, o “Diamond Mail” como redenção financeira, a união do grupo, a apaixonante torcida com a melhor média de público, etc. etc. etc…
    Mas como bem disse o Leonardo, tem que seguir a cartilha e esperar por algum tropeço para depois dizerem alto e em bom som:
    “EU NÃO DISSE QUE IA CAIR PELAS TABELAS…”
    São os verdadeiros Profetas dos Fatos Consumados!!!Pasmem de novo!!!
    Obs. Vamos mostrar ao Brasil que com humildade e união vamos chegar lá!!!
    Um abraço.

  • Henrique de Morais

    André uma pergunta, como um time grande como Santos pode ter uma zaga com Domingos como titular? Já passou vários técnicos e lá está ele atormentando os torcedores santistas. Esses diretores são umas comédias! Pior é que ele parece uma muralha e nem para se contundir e dar uma folga para nos santistas. Um abraço e uma ótima semana.

  • Massara

    André,

    Na minha opinião o Cruzeiro foi muito prejudicado ontem contra o Corinthians. O Corinthians já é um ótimo time, difícil de bater. Ainda mais quando você tem que jogar contra o time e contra o juiz.

    1 – Vi, revi e fiquei vendo ontem e hoje o lance do pênalti do Léo Silva. Pra mim, a bola toca na coxa direita dele, sobe e bate no peito. Não há toque de mão. O Fábio defendeu (não foi o Ronaldo que perdeu) de forma espetacular, mas a partir daquele momento, o Cruzeiro passou a jogar com um a menos. Pior do que isso: o Léo Silva era o único zagueiro do time em campo. O Cruzeiro passou a jogar sem zagueiros!!

    2 – Falta do W. Paulista?? Por favor, me fale aonde! Os dois disputaram a bola em cima, ela passou e sobrou para o Jonathan, que fez o gol. O melhor foi que quem estava no Mineirão viu a auxiliar correndo para o meio do campo, validando o gol, e depois voltando, por causa da marcação do arbitro mais fraco do campeonato.

    3 – Se o Juiz viu mão do Léo Silva e marcou o pênalti, como é que ele não marcou o pênalti do Chicão, quando a bola, escandalosamente, pegou em sua mão?!

    Isto sem contar as inversões de faltas a favor do Corinthians. Sério mesmo, cara. Foi o segundo jogo que este árbitro apitou no Brasileiro! Sendo que o primeiro tinha sido Náutico e Avaí!! E vai apitar logo um Cruzeiro (vice-libertadores) e Corinthians (campeão Compa Brasil)?? Você acha isto certo??

    É brincadeira com o torcedor, com o fã de esporte.

    Abs.

  • BASILIO77

    Concordo que a dupla Luxa + SFC é menos criticada do que Luxa + SEP.

    Aos mineiros, pergunto se não há programas esportivos locais que falem mais sobre Atletico e Cruzeiro…até aqui em Santos existem Tvs e rádios locais em que santistas podem saber até sobre a unha encravada dos seus jogadores. Duvido que não tenha opções parecidas por aí, porque as redes “nacionais” sempre deram mais espaço para o eixo RJxSP, e acho difícil mudar.

    Engraçado ver críticas ao nível técnico do brasileirão…e elas aumentarão… coincidentemente ao mau momento do SPFC na competição.
    O tal mau momento vem desde 2003 e caindo gradativamente.

    Celso Roth é muito melhor do que a fama que tem. O inverso acontece com Muricy.

    Campeonato absolutamente aberto. Não vejo favoritos. Cruzeiro entrou agora na briga e ontem mostrou sua força jogando com um a menos.
    No momento, CAM e Cruzeiro, Inter e Gremio, Flamengo, SEP, SCCP e SPFC podem levantar a taça.

    Abraço.

  • BASILIO77

    AK, comentei os comentários…rsrsrsrsrsrs…sobre as notinhas, nada a acrescentar.
    Abraço.

  • Azul

    Jogando 12 contra 10 podemos dizer que foi até equilibrado… e caros Corinthianos:

    Estão a comemorar a Copa do Brasil ??? NÓS SOMOS TETRA

    Estão felizes que irão disputar a Libertadores??? NÓS SOMOS BI

    Estão em busca da tríplice coroa??? NÓS JÁ GANHAMOS EM 2003

    Estão felizes com o Ronaldo??? Começou aqui…

    Saudações Celestes!!!

  • Azul

    E os Atleticanos estão revoltados proque o Cruzeiro na zona do rebaixamento é mais falado do que eles na liderança…

    Ninguem mais leva o atlético a sério… mas também, é vexame atrás de vexame!!! E além do mais, torcida arco-íris não merece espaço. Quem mandaou torcer para Borussia, Estudiantes, Velez Sarsfild, Gremio, São Paulo, Corinthias, etc, etc, etc…

  • Ricardo

    André, vc tb se equivocou com o público do Maracanã. Não foram 13.000 e sim 29.500 pagantes…

    AK: Que fase… obrigado.

  • Massara

    Agora, em relação ao jogo, acho que o Cruzeiro jogou muito mais bola que o Corinthians, mesmo jogando a maior parte do tempo com um a menos.

    O Cruzeiro pressionou, sufocou, jogou com muita raça e personalidade. Marquinhos Paraná mais uma vez foi um leão. Fabrício deu uma boa saída de bola ao time.

    O Cruzeiro poderia ter aberto o placar, mas falhou. Poderia ter empatado o jogo, quando estava um a zero, mas o Juiz anulou o gol. E poderia ter empatado no finalzinho, mas Chicão e Felipe salvaram.

    E vale lembrar que o Cruzeiro só tomou o segundo gol e correu o risco de tomar vários outros porque estava perdendo por um a zero (porque o Juiz anulou o gol legítimo de empate) e teve que sair para o jogo e expor sua defesa (jogando com um a menos e sem nenhum zagueiro em campo).

    A vitória do Corinthians não reflete o que foi o jogo.

    E os lances de arbitragem me fizeram lembrar de 2005.

    Abs.

  • leonardo atleticano

    É azul, vcs agora vão ter que torcer até para o GALO meu amigo, principalmente quando enfrentarmos time da zona do rebaixamento.

  • ADSON CARVALHO

    Azul, tá com vergonha até de dizer o nome??? Após o Mineironazzo ainda continuastes com a arrogância perdedora??? O espaço aqui é de pessoas, não cores, OK!!! E também de pessoas educadas e de boa índole, o que parece não ser o seu caso… Vá comentar no post do Milton Neves, OK!!!

  • Anna

    Advertir o Philippe Coutinho por querer driblar ou fazer bonito é o fim da picada. Eu vi Cruzeiro e Corinthians e gostei muito de ver Ronaldo mais uma vez fazer um golaço. Quero ver algum gol do Vasco no Linha de Passe pois os tres foram bonitos.

  • Thiago

    Poxa André, o Chicão vai correndo, chuta resvalado, a bola sobe e bate no braço? sendo que na área só tinha corinthiano, e nenhum cruzeirense dando perigo? Seria a mão mais sem noção da história do mundo, e só pode ser considerada assim se você partir do princípio que, bateu a bola na mão na área, é penalidade.

  • Thiago

    Massara, assim como o Cruzeiro poderia ter empatado, o Corinthians, que vinha melhor antes da expulsão, poderia ter goleado. O Corinthians perdeu muito mais chances que o Cruzeiro, o que não é mérito algum.

    Correu-se riscos, pois contra um time com qualidade, qualquer bobeada significa empate.

  • Sylvio Andrade

    Caro, André,

    O pênalti do Chicão no Kléber foi facilitado pela “quedinha” do atacante cruzeirense. Apesar disso, o Chicão foi com a intenção de tocá-lo, não acha? Ele foi levemente no meio das pernas do atacante, apesar de não ter tocado seu pé nelas, mas a coxa o tocou. Os braços levantados pelo zagueiro não denunciam isso?
    Abs.
    Sylvio Andrade.

  • Massara

    Anna,

    O Ronaldo fez GOLAÇO? Não vi, acho que eu fui ao banheiro nesta hora.

    Abs.

  • Guilherme Lemos

    Caro André, o Cruzeiro pressionou, e perdeu o jogo por desperdiçar chances claras de gols e por ser prejudicado. Além dos lances por vc já comentado (gol anulado injustamente e o zagueiro do Corinthians poder usar a mão para cortar a bola), a falta de critério e o tratamento de intocáveis dado a Corinthians e Ronaldo é errado. Exemplo: Ronaldo toca a mão na bola no meio de campo, nada; Kleber faz o mesmo logo depois, amarelo para ele. Mas isso parte da imprensa, assisti o Bate Bola de hoje ao vivo, quando o assunto foi o jogo de ontem, falaram 19 minutos da preguiça do time de SP e 1 da garra do Cruzeiro, hora nenhuma questionaram que o Corinthians só conseguiu o resultado por ajuda do 12º jogador, aquele escalado pela CBF.

    AK: Provavelmente porque não pensam dessa forma. Assim como eu não penso. Um abraço.

  • Anna

    Fez Massara. Acho que vc foi sim. 🙁 E vai entrar no Linha de Passe tb! Mas eu nao torcia por nenhum dos dois pq gosto do Kleber e tinha ficado triste com a derrota na Libertadores.

  • Massara

    Thiago,

    O Corinthians poderia ter feito mais gols, no segundo tempo principalmente. Mas repito o que escrevi antes: isto somente aconteceu porque o Cruzeiro teve que se lançar ao ataque para tentar empatar o jogo quando estava com um jogador a menos e sem nenhum zagueiro em campo. Isto não teria ocorrido se o juiz não tivesse anulado o gol do Cruzeiro erroneamente no primeiro tempo. Com certeza, o Cruzeiro não teria se lançado ao ataque de forma desenfreada caso aquele gol tivesse sido validado.

    Anna,

    Respeito sua opinião. Mas na minha, ele só rolou para o gol, sem goleiro.

    André, acho que os erros do Juiz foram capitais e influenciaram no resultado do jogo. Não estamos falando aqui de impedimento não marcado, faltas invertidas etc. Estamos falando de gol mal anulado, pênalti mal marcado e outro pênalti, existente, enão marcado.

    Aí fica difícil ganhar, repito, de um bom time como o do Corinthians.

    Abs.

  • Massara

    Para terminar…

    Assistir ao Kleber e ao Ronaldo jogando em uma mesma partida me leva à conclusão de que o Ronaldo não merece a seleção. Ele tem preguiça de jogar bola, apesar de ser craque e poder decidir jogos em alguns momentos.

    Mas o Kleber luta por todas as bolas, dá trabalho para a zaga e é muito perigoso. E pode decidir o jogo em uma jogada também.

    Acho que o K30 é joga mais para o time e tem muita raça e vontade de ganhar.

    Abs.

  • Paulo

    Na realidade, num campeonato disputado nos moldes clássicos dos pontos corridos, o chororô contra os “erros” de arbitragem não é deste e nem daquele. Deveria ser de todos já que o APITO BUROCRATA tem decidido os torneios a favor desta ou daquela equipe desde antes de 2005 (EDILSÃO, conquistado pelo Timão). Nunca os árbitros foram tão ruins… Existe o estilo “caseiro”, do tipo do paranaense Heber Roberto Lopes (quem joga em casa sempre ganha, repare); “técnico”, do tipo do paulista Sálvio Spínola (o jogo vira um “vale-tudo” sem critério algum até que alguém seja expulso); “autoritário” do tipo Paulo Cesar de Oliveira e o “neo-autoritário” do mineiro Ricardo Marques Ribeiro (ninguém ganha no grito, mas vale gol com a mão) que ganhou “de presente” a Final da Copa do Brasil 2009 ou tipo “medalhão” como o gaúcho Carlos Eugênio Simon (uma arbitragem acima de qualquer suspeita) e o mineiro Márcio Rezende de Freitas (uma arbitragem longe de ser discreta). E ninguém faz nada… Já que quem é prejudicado hoje, pode tirar proveito amanhã… A perpetuação do jeitinho brasileiro… E vamô que vamô que até meu time pode ser campeão!

  • Carlos AZUL

    Caro Adson Carvalho, onde é que fui mal educado ou mostrei má índole??? Só porque eu disse que o Atletico não credibilidade e que NINGUEM o aponta como favorito, nem quando é líder??? Ou foi a parte de que vocês estão fazendo um brilhante trabalho de marketing para tentar ser mais conhecido fora do Brasil, entregando bandeira para o Estudiantes (verdadeiro campeão da Libertadores) levantar ou para os corredores Quenianos na São Silvestre??? BAsta ver a torcida do galo no mineirão, tem camisa do Estudiantes, Boca Junior, Borussia, Bayer de Munique… Este ano vcs já torceram para Gremio, São Paulo, Universidad do Chile e por aí vai… (essa serve para o Leonardo “atleticano” também)

    Isso não é falta de educação, é uma constatação.

    E me desculpe, mas o Milton Neves já declarou que é atleticano… lá deve ser o SEU lugar.

    E o apelido é uma forma de identificação com meu clube. Carlos “Azul”…

    E o público pagante no mineirão foi de 33.000 pessoas, depois da eliminação em um jogo que teve entrada de 80 reais a arquibancada (antecipado).

    Saudações Celestes do BI campeão da Libertadores e único time de Minas 100% Primeira Divisão.

  • Mario

    Caro André,

    Deve ser observado que o Kleber já tinha cartão amarelo e no início do 2 ° tempo tentou cavar um penalty simulando uma falta. O juiz deu falta do Kleber por simulação, portanto, deveria receber o 2º cartão amarelo e ser expulso. Os cruzeirenses deveriam parar de reclamar do juíz e pedir ao time mais raça e futebol.
    Abs.

  • Anna

    A conexao ta caindo entao e a ultima tentativa… Tá, Massara. 😉 Eu tb te respeito. Como dira humphrey bogart ao sargento em casablanca:”isso pode ser o inicio de uma grande amizade”. Vlw! boa noite a todos!

  • Renato

    12 rodadas cumpridas no Brasileirão (menos para dois times: Botafogo e Cruzeiro).

    Algumas tendências já vão se esboçando. Se não para dizer quem, realmente, vai brigar pelo título, ao menos para apontar quem deve ficar fora da disputa pela ponta.

    Interessante também é comparar o desempenho dos clubes considerando outros campeonatos recém-findos dos quais eles tomaram parte.

    Vejam como estão se saindo no atual Brasileirão:

    I ) Times participantes do campeonato gaúcho-2009
    (Internacional e Grêmio):
    aproveitamento conjunto de 56,94 % dos pontos disputados.

    II ) Times participantes do campeonato mineiro-2009
    (Cruzeiro e Atlético):
    aproveitamento conjunto de 52,72% dos pontos disputados.

    III ) Times participantes do campeonato paulista-2009
    (Corinthians, Santos, Palmeiras, São Paulo, Santo André e Barueri):
    aproveitamento conjunto de 51,39% dos pontos disputados.

    IV ) Times participantes da Série B-2008
    (Corinthians, Barueri, Avaí e Santo André):
    aproveitamento conjunto de 49,31% dos pontos disputados.

    V ) Times participantes do campeonato paranaense-2009
    (Coritiba e Atlético):
    aproveitamento conjunto de 36,11% dos pontos disputados.

    VI ) Times participantes do campeonato carioca-2009
    (Flamengo, Botafogo e Fluminense):
    aproveitamento conjunto de 35,23% dos pontos disputados.

    VII ) Times participantes do campeonato pernambucano-2009
    (Sport e Náutico):
    aproveitamento conjunto de 27,77% dos pontos disputados.

    Obs: Considerados apenas campeonatos predecessores dos quais tomaram parte dois ou mais clubes que disputam o Brasileirão-2009 (por isso não está listado o campeonato baiano, por exemplo).

  • Anderson Santos

    André, dá uma olhada nesse clipping de noticias:
    http://conexaotocantins.com.br/tag/vanderlei+luxemburgo

  • Edouard Dardenne

    André, eu não sei se o Lance! monitora esses dados e sei muito menos se isso interessa de verdade pra você, mas eu acho que sua audiência tem aumentado bastante. Além do óbvio componente que é o seu ótimo trabalho, credencio esse crescimento a alguns fatores como o bom momento para a mídia que vive o futebol no país. Mas muito relevante mesmo é o seguinte:
    1 – o espaço para comentários, com a sua participação, e com um ‘controle de qualidade’ ativo, atrai quem gosta de ler e palpitar sobre esportes. Eu mesmo leio bastante coisa interessante (nem que seja para me surpreender com a criatividade humana) nos comentários aos seus posts.
    2 – você tem ‘produtos’ bem definidos, e com credibilidade. todo mundo espera que você poste as ‘notinhas pós rodada’, a caixa postal, acompahada da frase de cinema, a coluna dominical, etc.. não é tv, mas as pessoas esperam para ‘ouvir’ oq vc tem a dizer a respeitos dos eventos, e saber com que olhos vc os viu.
    É uma pena que não temos entrevistas às sextas-feiras…
    era só mesmo essa constatação q eu queria fazer.
    um abraço.

    AK: Obrigado pelo comentário. O Lancenet! monitora a audiência dos blogs diariamente. E ainda que não seja o principal foco deste espaço, é bom saber das coisas. Tenho me esforçado para “cuidar” dos comentários, com o propósito de manter o nível da conversa. Honestamente, achei que seria mais difícil. Os comentários que não passam pelo filtro, por absoluta inutilidade/falta de educação, tem sido raros. Claro que eu não pretendo que se discuta a origem dos planetas aqui, mas o espaço dos comentários permanecerá fechado aos terroristas do futebol. Sobre os posts “fixos”, a idéia era exatamente essa, criar o hábito. Bom saber que está dando certo. Um abraço.

  • Ricardo Pires

    Concordo com o comentário acima do Edouard. Acho que o Lance deveria inclusive dar mais destaque ao seu blog, que sempre fica meio escondido do lado direito enquanto que o Blog do Benja, mal escrito e sem utilidade pública quase nenhuma, é sempre estampado – nada contra ele, mas não o vejo respondendo e participando com tanta seriedade como você.

    Enfim, parabéns!

    Uma perguntinha, André: o Cruzeiro está para contratar o Guerrón que era da LDU, e o Rentería, ex Inter. Eu, por morar fora, não tenho muitas informações e referências sobre esses dois jogadores. Queria saber a sua opinião… seria uma boa?

    Abraço

    AK: Sobre o Rentería, a possibilidade foi comentada no dia em que Gilberto e Leandro Lima foram anunciados. Pelo que ouvi, está para fechar. O Guerrón já apareceu “contratado” por vários times brasileiros, mas nada concreto até agora. São bons jogadores. Um abraço.

  • fogão

    então tá figura, vc anularia o gol do André Lima…responde aí…sai de cima do muro ?

    AK: Que muro, figura?

  • ADSON CARVALHO

    Prezado Carlos Azul, bom dia!!!

    Primeiro: Repare nos posts anteriores se eu ou o Leonardo Atleticano tecemos comentários ofensivos ao Cruzeiro ???

    Segundo: Eu e com certeza toda família Atleticana, consideramos de extrema falta de educação, baixeza e arrogância, comentários depreciativos ao time líder do Campeonato Brasileiro(1/3 dos jogos encerrados), tais como:
    “Ninguém mais leva o Atlético a sério” ou “Torcida Arco-Iris não merece espaço”… (Carlos Azul)

    Terceiro: Vc. comenta como como se a torcida do Paraíso das Garças não torce-se contra o Galo…

    Quarto: Favor se ater ao Cruzeiro e “esqueça” nosso Galo, OK!!!

    Saudações Atleticanas.
    AC.

  • Jackson J Silva

    O Avaí na rodada anterior venceu o Goiás no Serra Dourada, portanto segunda vitoria fora de casa, e não a quebra do tabu de mais de 30 que foi na rodada anterior!!! Parabéns pelo blog!

    AK: É o que está escrito. “Quebrou o tabu na rodada passada e gostou”. Um abraço.

  • BASILIO77

    Sem Cristian e Andre Santos o SCCP perde muito do seu conjunto, sem falar na individualidade desses dois.
    No ano, Cristian é o melhor volante jogando no Brasil.
    Há muito que não via um como ele, defende tão bem quanto ataca, se mantiver o nível tem bola pra seleção. Agora na Turquia, não sei como é o nível do futebol de lá.

    Vencer o Vitoria na quinta feira será importante para mostrar que o elenco tem força para suprir as perdas, o que não acho que seja verdade.
    Veremos.

    O “segundo campeonato brasileiro do ano” já começou.
    Abraço.

  • Marcos Vinícius

    Certa feita,sinceramente não lembro o ano,jogaram na Vila Belmiro SantosxCoritiba.Deu Coxa,e tb não lembro o placar.Final de jogo,e o lateral do Coxa,na época era o Ceará,passou o pé por cima da bola,tal qual o jogador do Vasco.O árbitro deu amarelo pra ele,dizendo que era falta de desportividade.Agora me vem esse Sr.Bittes(parece nome de personagem de desenho animado),e adverte o jogador do Vasco pelo mesmo motivo,sendo que,após o jogo,o jogador que o estava marcando disse que aquilo não era nada demais,que fazia parte do jogo.O motivo dado pelo árbitro para adverir verbalmente o vascaino foi manter sua integridade física.

    Vamos aos fatos:

    Dribles fazem parte do futebol.A meta principal do jogo é o gol,a vitória,mas os dribles embelezam o espetáculo.Na Espanha,nos áureos tempos,o Ronaldinho driblava e era aplaudido.No Brasil,o cara é repreendido.Não creio que seja questão de cultura.Falta de costume talvez.Cultura nunca.

    Alguns dos atributos do árbitro são exatamente esses:Zelar pelo espetáculo e pela integridade física dos atletas.Se o cara não se acha capaz de controlar o jogo,que peça o boné.Seria a mesma coisa que pedir para a torcida não vaiar o adversário,ou para que não houvessem goleadas,pois isso”poria em risco a integridade física dos jogadores”devido os adversários sentirem-se humilhados.

    Em suma:Parabéns ao jovem e brilhante jogador do Vasco,e ovos em cima do juiz!Saudações Vascainas!

  • Carlos AZUL

    Adson Carvalho… PELAMORDEDEUS.

    O Leonardo Atleticano postou INÚMEROS comentários a respeito do Cruzeiro. Debochou mesmo antes do Cruzeiro perder a Libertadores. É só voltar alguns posts atrás. E eu entendo perfeitamente. O futebol também se faz pela brincadeira entre as torcidas. Não o critico jamais por isso. Assim como, em contra partida, os Cruzeirense também rebatem as provocações.

    Futebol é cíclico, e assim como na década de 80 o atlético fôra mais vencedor que o Cruzeiro, as décadas de 90 e 2000 foram favoráveis ao Cruzeiro. Tanto que neste referido período, o atleticano parece poder comemorar apenas os tropeços do time celeste.

    Não sei se foi essa sequência ruim do atlético que te fez tão ranzinza. Um chato, pra falar a verdade. Afinal, depois de ver o atleticano fazer um carnaval com a derrota azul, você vem exiger que as pessoas comentem exclusivamente do seus times… isso é coisa de gente chata!

    Por fim, VOU REPETIR pra você: “chamar o torcedor atleticano de arco-íres não é ofensivo… é constatação!!!” E o atlético não vem mesmo sendo levado a sério. Eliminações ridículas, goleadas anuais (inclusive do rival) e a falta de DISPUTAR (não é só ganhar) títulos, vem fazendo a atlético perder credibilidade no cenário nacional. Que vocês reconquistem isso… mas não no grito (principalmente no grito de campeão de outros times)!!!

  • Fred Ferreira

    Se não foi falta do Emerson no Lucio Flavio, também não foi falta no Vitor Simões no Airton, no lance do gol mal anulado do André Lima. Se, em algum dos casos ficou visível um empurrão, foi o do Emerson….

    No final do jogo, ainda teve um pé-alto gritante do Angelim sobre o Reinaldo, mas como é contra o Flamengo a imprensa simplesmente finge que não existiu….

    AK: É isso aí. A culpa é da imprensa.

  • Leonardo Pires

    André, cada vez que eu entro aqui no seu blog, vejo-me obrigado a comentar que está cada dia melhor. Desculpe a repetitividade, mas não dá pra me conter. E perdoe-me, tb, a ausência tão duradoura, mas é que, apesar de o bebê estar crescendo, continua dando um trabalhão!

  • Ricardo Pires

    Carlos AZUL disse tudo. Atleticanos tem um baita complexo de vira-lata e são hipócritas. Pedem para os Cruzeirenses deixá-los em paz mas vão às ruas comemorar o título do Estudiantes como se fora deles. Isso sim é ridículo. Isso sim contribui para que ninguém leve vosso patético time à sério. Isso sim é a verdade dos fatos.

    Se fossem Corinthianos, Palmeirenses, Gremistas, Colorados, São Paulinos, enfim, torcedores que vêem seus times pelo menos CHEGAREM em decisões, eu entenderia. Afinal, um dia é da caça e outro do caçador. Mas Atleticanos não tem moral nenuma para gozar ninguém, pois JAMAIS disputam título, tomaram duas goleadas em duas finais seguidas de Campeonato Mineiro, e tem como maior feito em sua história recente liderar o Campeonato Brasileiro por algumas rodadas.

    Típico de Atlético-MG. Que deveria ser rebatizado Patético-MG.

    São torcida arco-íris SIM.

    São motivo de chacota nacional SIM.

    São a segunda torcida do Estado de Minas Gerais SIM.

    Vão cair do topo da tabela nas próximas três rodadas SIM.

    Serão eternos sofredores SIM.

    SIM. SIM. SIM.

    Contra argumentos, não há chatura que resista.

  • Fred Ferreira

    É isso aí, a culpa é da imprensa mesmo, porque fica babando-ovo da torcida do Flamengo por interesse em audiência. E, é a mesma coisa com o Corinthians que vive ganhando roubado. Agora, os torcedores que se sentem prejudicados com o que leem e veem publicado, não podem reclamar da imprensa ? Por que ? Vocês são perfeitos ? A imprensa é verdadeiramente isenta nesse pais ?

    Não gostei da sua ironia na resposta, perdi completamemnte o respeito que tinha por você….Passou a ser mais no meio desse lixo que é a imprensa esportiva. Por isso vocês são considerados a escória do jornalismo.

    AK: Que hilário. Você me parece uma pessoa volúvel. Entre num acordo em relação ao que pensa. Lamento que sua relação com o futebol seja tão equivocada. Para não falar do resto… Um abraço.

  • Fred Ferreira

    AK: Você desconhece o significado da palavra “volúvel”. E o “resto” é a quantidade de equívocos em seu(s) comentário(s). Mas fique à vontade. Um abraço.

    Você está muito enganado a meu respeito. Não sou nem um pouco volúvel, se fosse, provavelmente eu seria mais um flamenguista ou corintiano, que são os típicos “maria-vai-com-as-outras”….

    Hilário mesmo, é que você não me respondeu absolutamente nada ! Que jornalista é vc ?

    Se você não me entendeu bem, foi porque ficou faltando o termo “apenas mais um”, no que eu escrevi.

    Você não tem nada que lamentar sobre a minha relação com o futebol, simplesmente, porque nem me conhece. Agora, como vc é uma pessoa pública, eu posso reclamar dos seus textos e comentários. Se não gosta de críticas deveria mudar de profissão.

    E, se tem algum resto que você queira falar, fale….Não acho coisa de homem ficar mandando indiretinhas…..

  • Fred Ferreira

    André,

    Os meus comentários, se possuem equívocos, são normais.Não sou profissional da imprensa e muito menos sou pago para escrever sobre futebol. Mas,como cidadão, basta ter um pouco de poder de observação, para ver que o futebol está repleto de interesses econômicos, se sobrepondo a esportividade.

    Infelizmente, como a própria ESPN cansa de denunciar, a gente vive no país da corrupção, isso é fato. Vc acha mesmo que não existe favorecimento no futebol ?

    Um abraço.

    AK: Bom, agora você parece disposto a conversar com quem chamou de “escória do jornalismo”, por quem “perdeu o respeito”, só porque “não gostou” de uma resposta. Interessante…

    Mas vamos lá: é claro que existe favorecimento no futebol, isso já foi provado aqui no Brasil e no exterior. Como em qualquer negócio em que circula muito dinheiro, tem muita sujeira. Só que você está fazendo uma confusão perigosa: dizer que o que aconteceu no último Flamengo x Botafogo foi premeditado é a mesma coisa que ver um policial na rua e decidir que ele é corrupto.

    E dizer que “a imprensa favorece o Flamengo…” é uma bobagem dupla. Primeiro porque “a imprensa” não existe. Cada jornalista tem nome, consciência e opinião. E depois porque você não sabe quantos e-mails eu recebo de gente reclamando de favorecimento ao “outro time”. Quando se mexe com paixão, as pessoas perdem a capacidade de compreender as coisas. Um abraço.

MaisRecentes

Gato



Continue Lendo

A vida anda rápido



Continue Lendo

Renovado



Continue Lendo