NOTINHAS PÓS-RODADAS



Vinte e sete gols em 10 jogos. Boa média.

O Atlético Mineiro lidera, mas supera o Palmeiras apenas no saldo de gols.

Maior salto para cima: Avái, quatro andares.

Para baixo: Sport, três.

As notas da décima-primeira rodada do BR-09:

* O Palmeiras (1 x 0 no Santo André: Diego Souza – 19.041 pagantes no Palestra Itália) chegou a 12 jogos – 6V – de invencibilidade. E já tem o mesmo número de pontos do líder.

* Desculpe a repetição: quando Diego Souza está bem, o Palmeiras é muito melhor.

* Já o Fluminense (4 x 1 para o Goiás: Ruy, Ramalho, Júlio César, Felipe e Iarley – 7.451 pagantes no Maracanã) está há sete rodadas sem vencer.

* Foi a terceira vitória do Goiás, como visitante. Só o Atlético Mineiro (4) tem mais.

* Washington fez os dois gols da vitória do São Paulo (2 x 1 no Santos: Roni fez o gol santista – 10.913 pagantes no Morumbi), e disse que o time “foi mais irmão”.

* O centroavante são-paulino não marcava desde o dia 31 de maio.

* Fraco Atle-Tiba (0 x 0 – 19.266 pagantes) na Arena.

* Na chance mais clara do jogo, Rodolpho evitou um gol de Marcelinho Paraíba.

* No Gre-Nal número 377, de uma história centenária, deu Grêmio (2 x 1: Nilmar, Souza e Maxi López – 36.046 pagantes no Olímpico), e de virada.

* O Internacional informa que Tite não está a perigo.

* O Atlético Mineiro (0 x 0 com o Vitória – 16.101 pagantes no Barradão) interrompeu a série vencedora (5 jogos) do Vitória em casa.

* Como mandante, o Vitória tem a segunda melhor campanha (5V, 1E, 0D) do BR-09. A melhor é a do Palmeiras (5-2-0).

* Mesmo com um jogador a mais desde os 27′ do primeiro tempo, o Corinthians (2 x 1 no Cruzeiro: Jorge Henrique, Ronaldo e Kléber – 32.595 pagantes no Mineirão) sofreu para vencer a primeira fora de casa.

* O lance da falta de Wellington Paulista em Chicão é tão duvidoso quanto o pênalti de Chicão em Kléber Rooney. Pênalti, de verdade, foi o toque de mão – não marcado – do mesmo Chicão.

* Val Baiano, autor dos 4 gols da vitória do Barueri (4 x 0 no Náutico – 1.868 pagantes na Arena Barueri), já é um dos 3 artilheiros (com Felipe, do Goiás, e Roger, do Vitória) do campeonato.

* O Barueri está fora do G-4, pelo número de vitórias.

* O Avaí (3 x 1no Sport: Igor, Dudé, Roberto e Luiz Ricardo – 13.218 pagantes na Ilha do Retiro), que não vencia fora de casa pela Série A há mais de 30 anos, quebrou o tabu na rodada passada e gostou.

* O prêmio para o time de Silas foi livrar dois pontos do calabouço da tabela.

* Flamengo e Botafogo (2 x 2: Alessandro, Adriano, Renato e Emerson – 29.508 pagantes no Maracanã) gostam mesmo de um empate.

* Eu não marcaria falta de Emerson em Lucio Flavio, no lance do segundo gol do Flamengo.

______

* O Vasco (3 x 0 no ABC: Souza, Adriano e Elton – 17.370 pagantes em São Januário) está nos trilhos, de novo.

* A que ponto a pentelhação chegou: o árbitro Luiz Alberto Bites deu uma bronca no jovem vascaíno Phillippe Coutinho, por “excesso de habilidade”.



MaisRecentes

O início



Continue Lendo

Desconforto



Continue Lendo

Irmãos



Continue Lendo