TABELA SARCÁSTICA



É forte o cheiro de Muricy Ramalho na Vila Belmiro.

Mas o fato de haver uma conversa não significa (é só lembrar da semana passada, em outras cores) que o final terá um aperto de mãos, sorrisos e fotos.

E o final, seja qual for, pode estar longe.

Olhe a tabela do Campeonato Brasileiro. O Santos recebe o Grêmio Barueri amanhã, na Vila.

Serginho Chulapa dirigirá o time.

E no domingo? Sabe qual é o jogo?

Clássico contra o São Paulo, e no Morumbi.

Você acha que Muricy se sentiria bem em estrear pelo novo clube, contra o (e na casa do) antigo?

Eu acho que não.



  • Anna

    Tb acho que Muricy pode parar na Vila Belmiro… Intuição…E o Vasco esta ganhando do Vila Nova por 2 a 0 numa partidaça de Fagner, aquele que foi do Timao que vc disse no fim do ano que era ótimo reforço. Ainda bem que acreditei em vc! 😉 Valeu!

  • leonardo atleticano

    André, ele deve empurrar com a barriga até semana que vem e depois bater o martelo.

  • eduardo.pieroni

    andre,bom dia! mundando de alho para bugalhos,o gol que o kleber perdeu na quarta passada vai pesar hoje,aquele gol e imperdivel em final,ainda mais de libertadores.abraços

  • Rodrigo

    Posso estar enganado, mas o Muricy não deve ter engolido sua saída do Moromba até agora. Acho que, no íntimo, ele até gostaria de estar no banco de reservas dos visitantes, no domingo. Vai saber…

  • Jovaneli

    Se me permite, acho um exagero a importância que dão a treinadores de futebol. Estou com Tostão quando disse em recente coluna na Folha de S. Paulo que eles estão supervalorizados. Excessivamente supervalorizados.
    Acho um erro tremendo. Dizer que o Corinthians só voltou a ser grande por causa de Mano Menezes é bom apenas para o técnico. Para o clube, soa como admissão de falta de capacidade, a ponto do sucesso ser responsabilidade de um único profissional.
    Técnico é um profissional importante, mas são os jogadores quem deveriam ser os atores principais, seja nas conquistas ou nas derrotas.
    O Santos não está mal por causa do Vágner Mancini. Da mesma forma, era equivocado creditar a ele o fato do clube ter surpreendido o Palmeiras e ido à final do Paulista. Nem uma coisa nem outra.
    Mancini acertou e errou como treinador do time do Santos. O mesmo vale para os jogadores. Aliás, considero maior a responsabilidade dos atletas, seja na boa campanha do Paulista ou no pífio desempenho na Copa do Brasil e no Brasileiro.
    Ao invés do modelo de clube de excessiva valorização dos chamados “técnicos de ponta”, caso de Mano Menezes, Muricy, Luxemburgo e Parreira, entre outros poucos, considero mais produtivo um sistema de trabalho em que o clube viva a sua vida, independentemente da qualidade de um profissional em uma determinada função, no caso o cargo de treinador.
    Penso que o técnico é importante, mas cada um na sua função. Analisando o que ocorre dentro do campo, não admito que o treinador seja a estrela e os atletas fiquem em um plano secundário. Até porque se isso ocorre, significa que o time não tem tanta qualidade, ou seja, o clube passa a viver uma situação de refém do técnico, algo muito perigoso, para o clube sobretudo, que acaba ficando menor que o treinador.
    Não gosto desse modelo. Prefiro aquele em que as pessoas não são insubstituíveis. Claro, há sempre profissionais de diferentes níveis, mas não pode haver alguém com tanto poder assim em uma organização, a ponto de sua presente ser imprescindível para o clube, no caso.
    Esse tipo de situação só é favorável ao treinador, que fica exageradamente valorizado.
    Recentemente, o enorme Palmeiras se apequenou diante de Muricy Ramalho, um bom profissional, mas que não pode ser considerado a salvação do clube. Agora é a vez do Santos. Enfim, não é à toa que os salários dos treinadores estão tão altos. Bom para eles, o que não necessariamente é bom para os clubes de futebol.

  • Luiz Felipe

    “Futebol é trabalho, filho.”
    “Quero os jogadores estressados, sim. Quem não quer pressão, fica em casa tomando chá com bolacha.”
    “Motivar os jogadores? Não faço isso, não. Quem não tiver motivado, não joga!”

    Grande muricy! Como eu queria que ele voltasse ao Inter!!!

  • Pedro Valadares

    André, o advogado de Romário disse que ele já tinha pago as dívidas. Hoje leio que o Romário quitou as dívidas e por isso vai ser solto. Fico em dúvida se o que o advogado disse não configura uma mentira em juízo e provavelmente tambémum crime contra a honra da ex-mulher do Romário. Porque de certa maneira, ao dizer que Romário não devia nada, ele acusou implicitamente a ex-esposa de estar mentindo. Você saberia me esclarecer essa dúvida?

    Abs!

    AK: Havia uma diferença entre os valores que ele tinha depositado, e os juros sobre o atraso. Um abraço.

  • Alan

    Eu acho que toparia, e ainda seria ovacionado pela torcida (dos dois times). Eu, como santista – duas vezes – torço por isso. Um abraço !!!

  • BASILIO77

    Moro em Santos, e posso dizer que Muricy tem ótima relação com a cidade desde quando treinou a Portuguesinha…tem casa no Guarujá…muita coisa ajuda nessa possivel transação.
    Só não sei se seria a melhor opção pelo lado profissional, como gestão da propria carreira.
    Abraço

  • Pedro Valadares

    Valeu pela resposta, André! Abraços!

  • Paul

    Acho que ele ia gostar. É vaidoso , grande parte da torcida o adora, e ele seria ovacionado no inicio do jogo.

  • Nathaly

    Olá,São Paulo é o melhor time do mundo,quem concorda??
    bjo0o0o0o0o0o0o0o0o0o0s

MaisRecentes

Dilema



Continue Lendo

No banco



Continue Lendo

É do Carille



Continue Lendo